NY: travessia da Brooklyn Bridge à Brooklyn Heights Promenade

Brooklyn Heights Promenade

Em cada uma das vezes que atravessei a ponte do Brooklyn, fiz um passeio diferente.

Da primeira vez, fui de metrô até a estação High Street (linhas A ou C) e dei um rolezinho ali pela região do Brooklyn Bridge Park (com direito a sorvetinho na Brooklyn Ice Cream Factory, mas sem entrar na fila da pizzaria Grimaldi’s), antes de atravessar a ponte em direção a Manhattan.
→ Brooklyn Ice Cream Factory | 97 Commercial Street | Site
→ Grimaldi’s | 1 Front Street | Site

Da segunda vez, cheguei de barco, pelo East River Ferry, vindo de um passeio em Williamsburg (que conto em detalhes aqui). E novamente atravessei na direção de Manhattan.


View Brooklyn Heights Promenade in a larger map

Desta última vez, atravessei pela primeira vez na direção do Brooklyn. Fui a pé, atravessando Tribeca,  até a boca da ponte — mas poderia ter chegado de metrô, descendo numa dessas estações: Brooklyn Bridge-City Hall (linhas 4, 5 ou 6), City Hall (linhas N ou R), Park Place (linhas 2 ou 3) Chambers St. (linhas 1, 2, 3, A, C ou J).

Brooklyn BridgeEmpire State com Manhattan Bridge à frente

O sentido Manhattan-Brooklyn perde bastante em termos visuais; para contemplar o skyline de Manhattan durante a travessia você tem que parar e olhar para trás.

Vista da Brooklyn BridgeManhattan Bridge vista da Brooklyn Bridge

Meia hora depois eu estava no Brooklyn. Mas desta vez não queria ir até a muvuca na base da ponte. Meu destino era a Brooklyn Heights Promenade, um passeio elevado de onde se têm lindas vistas da ilha.

Siga as placas!

O caminho é simples. Ao descer pela escadaria da ponte, você logo verá uma placa indicando a Brooklyn Heights Promenade. Ao chegar a uma grande praça, atravesse para a direita e pegue qualquer transversal na direção do rio.

Brooklyn Heights

Em quatro quadras você chega à Promenade — e talvez reconheça a paisagem de Annie Hall ou Feitiço da Lua.

Brooklyn Heights Promenade

O bacana da Brooklyn Heights Promenade é que não apenas a vista para Manhattan é bonita. O passeio bordeja um bairro de belíssimas casas históricas, tombadas pelo patrimônio da cidade.

Brooklyn HeightsBrooklyn HeightsBrooklyn Heights Promenade

O contraste entre a arquitetura das duas margens do rio é o que Nova York is all about 😀

Brooklyn Heights Promenade

Dá para acompanhar também a transformação dos antigos píers abandonados do Brooklyn, que estão em obras para tornar-se, de um lado, a extensão do Brooklyn Bridge Park, e de outro, um novo centro de escritórios e shoppings à beira-rio.

Brooklyn Bridge Park
  • Endereço: 334 Furman Street
  • Horário: aberto diariamente 6h-1h
    • Pier 2: 6h-20h
    • Pier 5: 6h-23h
  • Site oficial

Obras no Brooklyn

De lá dá para voltar a Manhattan de metrô fácil pelas estações Clark St. (linhas 2 ou 3) ou Cort Street-Borough Hall (linha R). Mas resolvi testar um desfecho mais interessante ao passeio.

Shuttle IkeaIkea

Subi pela Montague até a prefeitura do Brooklyn, onde peguei o shuttle grátis que, de meia em meia hora, leva à megastore da Ikea (a mãe de todas as Tok Stoks e Etnas do mundo).

E depois de passear pela loja (e morrer de raiva com os preços ridiculamente baixos), voltei a Manhattan pelo aquatáxi gratuito que a loja oferece no fim de semana (dia de semana custa US$ 5 em cada sentido, reembolsáveis em compras).  Os detalhes do aquatáxi da Ikea estão aqui.

Aquatáxi Ikea

Foi uma supertarde bacana — que ficaria ainda melhor com temperatura abaixo de 30ºC :mrgreen:

Brooklyn Bridge Park

Quer apostar no passeio mais turístico e ir da ponte do Brooklyn direto para o Brooklyn Bridge Park? Sem problema. Basta mudar seu trajeto no fim da travessia. Depois de passar o segundo arco da ponte, haverá uma “bifurcação”. Pegue a saída à esquerda, que dá para uma escada e desça. Ao chegar na rua, vire à esquerda e siga direto na Washington St.

Quando estiver a mais ou menos uma quadra do Brooklyn Bridge Park, no rio, você terá uma vista linda da Manhattan Bridge. Repare que é possível ver o Empire State Building encaixadinho em uma das fendas da ponte. Não é por acaso que a Washington St. é uma das ruas mais fotografadas de Nova York, com presença constante de fotógrafos profissionais, que dividem o espaço com os turistas, todos em busca do clique perfeito.

O Brooklyn Bridge Park está bem embaixo dessa ponte. Siga para a esquerda, onde você será impactado pelo skyline de Manhattan do outro lado do rio, uma “prainha” cheia de pedras onde as pessoas ficam sentadas vendo a paisagem e o por do sol, e um novo centro comercial do lado esquerdo. Além de lojas (como a enorme West Elm, de itens para a casa) e cafés, ali fica um dos dois endereços da Brooklyn Historical Society, um museu que conta a história do bairro. Ali nesse mesmo prédio fica o restaurante Cecconi’s, que além de lindo e ter um ambiente muito agradável, também permite que você curta um pouco mais a região sentado em uma das mesas externas.
→ Cecconi’s | 55 Water St | Site

Seguindo pelo parque, você passará pelo Jane’s Carousel, um lindo carrossel cercado por uma caixa de vidro, uma raridade. Para quem gosta de história, vale contar que ele data de 1922, tem 48 cavalos esculpidos em madeira e ficava em um parque em Ohio. Depois de comprado e restaurado e ganhou lugar de destaque na paisagem do parque em 2011.

Um pouco mais à frente, à esquerda, você verá outro prédio de tijolinhos que também abriu as portas há pouco tempo, depois de uma quarentena sendo restaurado: o St. Ann’s Warehouse. O prédio original, do século XIX, era um armazém de tabaco e hoje é um teatro charmosíssimo.

Continue andando e num determinado ponto não dará mais para passar. Contorne pela rua e volte para a calçada do parque. Ali você encontrará o estrelado The River Café, um restaurante icônico e elegante que conjuga vista estonteante, boa comida e, claro, preços salgadinhos.
→ The River Café | 1 Water Street | Site 

Se o orçamento for mais modesto, há uma unidade do Luke’s Lobster, um lobster roll, o famoso sanduíche de lagosta. Adiante, haverá uma casinha de madeira, a Brooklyn Ice Cream Factory, uma das mais tradicionais sorveterias de NY. Vale parar para provar.
→ Luke’s Lobster  | 11 Water Street | Site
→ Brooklyn Ice Cream Factory | 97 Commercial Street | Site

Depois de observar a paisagem desse ponto, continue andando pela calçada do parque e vocês estará bem diante dos prédios do sul de Manhattan, como o One World Trade Center, o maior deles. Esse é um ótimo ponto para tirar fotos.

Para encerrar em grande estilo, suba ao rooftop bar do 1 Hotel, o Harriet’s. Ele oferece, sem dúvida, a melhor vista entre todos os bares da sua categoria. De lá você verá uma paisagem de beleza impactante, com o verde do Brooklyn Bridge Park embaixo, o skyline de Manhattan à frente, a Brooklyn Bridge de uma lado e a Estátua da Liberdade do outro (pequeninha, ok, mas está valendo).
→Harriet’s | 60 Furman Street | Site 

Para voltar para Manhattan, siga pela rua que fica bem em frente ao parque, a Old Fulton Street. A umas 5 quadras está a estação High St do metrô onde você pode pegar os metrô A ou C (linha azul) no sentido Manhattan.

Jane’s Carousel
  • Endereço: 128 Pierrepont Street
  • Horário:
    • mai-set:  4ª-2ª: 11h-19h
    • set-mai:  5ª-dom: 11h-18h
  • Preço: 2 dólares
  • Site oficial

St. Ann’s Warehouse
  • Endereço: 45 Water Street
  • Para calendário das peças e ingressos , clique aqui
  • Site oficial

Leia mais:

47 comentários

Nossa, como é bom aproveitar dicas tão úteis e interessantes de quem foi antes.
Juro que irei a todos os lugares citados quando voltar a NY. E tirar uns 2 dias só para ficar no Brooklin, lembrando de alguns filmes.
Parabéns pelo blog (o conheci em um curso).
Ah, você concorda com os que dizem que a melhor coisa do Brooklin é a vista de Manhattan?
Até mais

Nossa!!! Esse aquatáxi parece ser muito legal! Da última vez q etive em NY fui em Brooklin Heights Promenade. Fomos de metro e atravessaríamos a ponte na volta mas ela estava em reforma, cheia de tapumes que nos prejudicavam a visão. Optamos por voltar de metro e ir almojantar no Pier 17.

Riq, que boa surpresa este seu post. Minha filha passou quase 3 meses agora estudando na School of Visual Arts e alugou um ap em Prospect Heights, uma parte muito gostosa do Brooklyn ( e nada “farofa”). Fui visitá-la e acabei alugando um ap quase de frente pro Prospect Park, que tem o mesmo designer (Frederick Olmstead) que o seu “irmão maior”, o Central Park (e que desenhou também o Mont Royal Park, de Montréal). O Brooklyn é muito agradável, com ruas e casas charmosas em bairros como o Park Slope e o Brooklyn Heights, que vc mencionou, pra não falar na quantidade e qualidade de shows de música e eventos de arte que rolam por lá. E como vc falou em sorveteria, na Vanderbilt Ave e na Underhill, tem quatro ou cinco das melhores sorveterias de NY, segundo o Village Voice (http://goo.gl/gO2Pfd). Gostei demais da Ample Hills e da Blue Marble.

Que interessante! Em 2011 quando visitei NY conheci a Brooklyn Heights Promenade por acidente: ao sair da ponte, virei à direita e não à esquerda, tentando achar o DUMBO ;-)Foi muito legal conhecer a parte residencial do bairro, mas os piers abandonados atrapalharam as fotos do skyline! É bom saber que a área vai ser reurbanizada. Volto a Nova York no mês que vem e dessa vez vou ver se acho a parte mais “farofa” do Brooklyn!

Riq, muito obrigada por ter uma bola de cristal! 🙂
Procurava uma dica de passeio para fazer e me deparei com esse post logo hoje que estou em NY! 🙂
Já fiz e recomendo sem ressalvas!

Passei por Brooklyn Heights Promenade em minha viagem pra NY, mas esta do aquatáxi gratuito da Ikea eu não sabia 😀

Adoro este passeio. 😉 ( e adoro, também, aquele rapaz esparramado no banco no Brooklyn Promenade… 🙂 )

    Muito bacana mesmo, tanto o passeio quanto a foto. E como vc ja’ disse antes o Brooklyn esta’ com tudo!

    Nao entendi no entanto o comandante reclamando do calor???!!!

Saudades de NY…passeio lindo, Riq! Adorei o aquataxi, deve ser uma delícia. Só não sei se resisto a esta loja (que eu nunca tinha ouvido falar, hehe).

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.