Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 3)

Relatório de viagem :mrgreen: — os apartamentos que eu aluguei na viagem do ano passado

lisboa5

LISBOA
O apê: quarto, sala, cozinha americana, pátio. Um andar de escadas. 85 euros.
Onde: Traveling to Lisbon.
O bairro: Príncipe Real, residencial, charmoso e colado ao Bairro Alto, quartel-general da noite lisboeta.
Muito giro: a localização, num ponto adorável de Lisboa.
Muito chato: a banda larga tinha sido desinstalada, e a agente levou uma manhã inteira até conseguir instalar uma placa de celular no laptop

madri31

MADRI
O apê
: duplex – sala, cozinha americana e quarto embaixo; e um pequeno terracinho na cobertura. Elevador. 100 euros.
Onde: RentMadrid
O bairro: Malasaña, animado e pouco turístico, a dois passos da Plaza Mayor e da movida de Chueca
Me encanta: tomar café da manhã no terraço ensolarado
Me mata: a inspeção final foi feita depois da saída, e a agência demorou um mês para devolver os 200 euros da caução, por PayPal

barcelona2

BARCELONA
O apê
: loftzinho moderno num edifício antigo. 2 andares de escada. 100 euros.
Onde: Friendly Rentals
O bairro: Born, antiga zona portuária que hoje é o Baixo Leblon de Barcelona
Qué bueno: sair de casa, dobrar uma esquina e estar no lugar mais bacana da cidade
Qué malo: mesmo com o apartamento desocupado desde a noite anterior, a agência não permitiu o check-in de manhã

roma3

ROMA
O apê: sala grande, quarto, cozinha separada. Terraço comunitário no topo do prédio. Um andar de escada. 85 euros.
Onde: VRBO
O bairro: um canto sossegado do pitoresco Trastevere
Bravissimo: ouve-se mais italiano do que inglês na vizinhança (uma raridade para o centro histórico de Roma)
Porca miseria: é preciso passar pela cozinha para chegar ao banheiro

paris2

PARIS
O apê
: quarto, sala, cozinha num prédio de 600 anos. 3 andares de escada. Nome na porta. 48 euros (no contrato de 28 dias).
Onde: NYHabitat (a dona não permite a publicação do link exato)
O bairro: Les Halles, num ponto mal-encarado da rue St.-Denis, entre sex-shops e prostitutas sexagenárias, mas perto de tudo
Très bien: os restaurantes sem turistas da rue Tiquetonne (uma transversal) e as padarias, queijarias, açougues, peixarias, mercearias e caves da rue Montorgueil (uma paralela)
Très mal: o sono leve da vizinha de baixo, que reclamava até do barulho de passos

amsterda4

AMSTERDÃ
O apê: a metade de uma casa-barco estacionada no canal Waalseiland. 120 euros.
Onde: Amsterdam House Boat
O bairro: Niewmarkt, vizinho careta do Bairro da Luz Vermelha.
Lekker!: ver o pessoal dos barcos de passeio olhar com curiosidade para dentro da nossa casa
Kak!: precisar ir embora no último dia

berlim3

BERLIM
O apê: loft com pé direito alto e pátio interno num prédio comunista dos anos 50. Térreo. 100 euros.
Onde: All-Berlin-Apartments
O bairro: Friedrichshain, a nova fronteira dos modernos em Berlim Oriental
Wunderbar: foi o apartamento mais bonito e bem-resolvido da viagem
Kaputt: a muvuca do bairro é jovem demais e está longe do apartamento; teria sido melhor procurar em Prenzlauer Berg

londres2

LONDRES
O apê: quarto, sala, cozinha separada, num típico predinho londrino. Dois andares de escada. 70 libras.
Onde: NYHabitat (não está mais listado lá)
O bairro: Bethnal Green, reduto de imigrantes em East London, próximo à Brick Lane
Jolly good: uma ótima base para descobrir as novidades do leste londrino, a parte da cidade que está acontecendo
Bloody hell: a internet por celular mais lenta do planeta

novayork2

NOVA YORK
O apê: studiozinho clean, com cama facilmente disfarçada de sofá. 2 andares de escada. 180 dólares.
Onde: Vacation Home Rentals
O bairro: Chelsea, epicentro da cena gay, fora da rota dos turistas de Midtown e de Downtown
Awesome: pós-crise, a diária chegou a baixar para 120 dólares (agora está 160)
Not so good: os trens expressos não param na estação de metrô mais próxima

Leia mais:


madri31

289 comentários

Olá!!! Achei o seu site e gostaria de saber se vc pode me ajudar! Vou para NY..estudar em East Village e gostaria de achar um quarto ou kitnet não muito caro! Qual a média de aluguel!? Vc acha que compensa morar fora de manhattan e ir todos os dias para East Village!? Preciso muito de sua opinião..já que tem experiencia em viagens! Pretendo alugar algo de maio à agosto!

Aguardo retorno!

Obrigadaaa!!!!

Bjo

Oi Riq,

trabalhamos juntos há tanto tempo e, enfim, chegou a minha vez de pedir um help. Estou programando passar um mês em Paris. A idéia é a de alugar um apto. Tendo em vista o tempo de permenência você recomendaria o aluguel? E a melhor época.
Um abraço.
Nelson

    Olá chefe! Bem-vindo a bordo!

    Um mês? Suuuuuper-recomendo. Sobretudo na agência que eu aluguei, a NY Habitat http://www.nyhabitat.com/paris-apartment.html . O fee deles pra um mês é proporcionalmente bem menor do que o fee de uma semana, então a diária se torna uns 20 a 25% mais barata do que a informada no site.

    Pra alugar vale o ano inteiro. Acho os meses de maio, junho, julho e setembro os mais bacanas. (Se der pra evitar agosto, melhor, porque os parisienses debandam e algumas coisas metidas fecham.)

Está certo Riq, muito obrigado. Os posts são riquíssimos em detalhes. É que sendo marinheiro de “primeira viagem” no quesito aluguel de ap. no exterior fico um pouco receoso, mas vou torcer para dar certo e depois te conto, tá? Um abraço.

    Alugar apê é um processo bem mais trabalhoso e artesanal do que escolher hotel. O conselho básico é descartar os suuuuperbaratos — é bem provável que sejam também suuuuuperlonge ou estejam supercaidinhos.

Riq, teria alguma dica de apartamento para alugar em Londres por 15 dias, por favor? Obrigado, abraços meu caro.

    Não. Mas o caminho das pedras está todo desenhadinho nestes três posts.

Ah sim, entendi. Mas quando eles botam a informação sobre os tipos de camas, tipo uma de casal.. não podem dormir mais pessoas no apto, ainda que levem colchoes? rs

    É gravíssimo irem mais pessoas do que o combinado. Pergunte antes. A operação nunca é totalmente automática, sempre é preciso trocar emails antes de fechar negócio.

Estou planejando uma viagem pela europa entre amigas e eu queria saber se é possível ficarem 4 pessoas em um desses apartamentos ou se tem restrições quanto ao número de pessoas! Obrigada =)

    Carol,
    Vai depender do apartamento. Nos sites, normalmente, há indicação do número de pessoas que cada apartamento comporta. Em muitos, se não em todos, há informações sobre os tipos de camas (casal, solteiro e sofá cama) disponíveis.

Oi Ricardo,

Estou em dúvida: vou para Londres com minha filha de 15 anos, passar uns 12 dias em julho. No Hotwire, tem um 5 estrelas bem localizado por US$180, e os apês para alugar estão todos na faixa de 120 libras para cima. O que vc acha melhor? E alguma dica de passagem p/ Londres mais em conta? Tks!

Ola Ricardo ,

Boa Tarde . Eu sou brasileira e moro e trabalho em NY , trabalho com aluguel de apartamentos para curta e longa temporada e gostaria de estar divulgando o meu trabalho ai no Brasil , voce poderia por favor me indicar aonde eu possa fazer o mesmo . Ficarei imensamente agradecida .
Abracos
Rita

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.