Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 1) 1

Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 1)

(Publicado no caderno Viagem & Aventura do Estadão em 17/3/09)
roma2

Ano passado fiz uma longa viagem para revisitar nove cidades essenciais: Lisboa, Madri,Barcelona, Roma, Paris, Amsterdã, Berlim, Londres e Nova York. Na maioria delas passei uma semana inteira. Em nenhuma dormi em hotel. Em cada uma das cidades aluguei um apartamento charmoso, pelo preço que me custaria um hotel sem-graça. No lugar dos corredores intermináveis de um hotelão tipo Ibis ou do quarto acanhado de um pequeno duas-estrelas, eu tinha sala de estar, cozinha completa – e um molho de chaves.

Fugir do hotel para o apartamento de temporada não é para todo mundo, nem para todo tipo de viagem. Mas se você pretende permanecer pelo menos cinco dias numa cidade e quer rechear sua rotina de turista com algumas experiências que só os moradores vivem, então o aluguel de apartamento pode mudar o seu jeito de viajar.

paris1c

Alugar apartamento é a nossa vingança contra o downgrade de hospedagem a que temos sido forçados pela desvalorização do real e pela escalada de preços das diárias dos hotéis. Nos últimos dez anos, enquanto o preço das passagens aéreas internacionais permaneceu estável em dólar, os hotéis dobraram ou triplicaram de preço, tornando-se o item mais caro de uma viagem internacional. Entretanto, a mesma bolha imobiliária que fez explodir as diárias dos hotéis também acabou fazendo surgir um enorme mercado de apartamentos para curtíssima locação. Graças à evolução da internet, apartamentos para alugar no mundo inteiro estão a alguns cliques das suas próximas férias.


airbnb

novayork1

Como funciona?

Procurar apartamento de temporada no exterior não é muito diferente de procurar um apartamento na sua cidade. É preciso paciência para vasculhar diversas imobiliárias; a diferença é que elas estão na internet, e apresentam suas ofertas em inglês. Os recursos de busca variam de site para site – mas todos mostram fotos e informam localização e preço. Escolhido o apartamento, você preenche um formulário para confirmar a disponibilidade nas datas que deseja.

Para fechar negócio, é exigido um depósito – entre 30 e 40% do total. A maioria das agências aceita cartão de crédito. Algumas poucas, porém, só operam com PayPal, um sistema de transferência de fundos por cartão de crédito muito usado em sites com o eBay; se este for o caso, você vai precisar abrir uma conta no site PayPal.com.
O depósito normalmente corresponde à taxa da imobiliária. Assim que o pagamento é feito, a agência notifica o proprietário, que então entra em contato, por email, para combinar os detalhes da sua chegada. O saldo deve ser pago em dinheiro vivo, na entrega das chaves. Dependendo do contrato, deixa-se também uma caução, que é devolvida na sua saída.

londres1

Em que sites procurar?

O melhor ponto de partida é mesmo o Google. Digite, entre aspas, as palavras mágicas “vacation rentals” e, fora das aspas, o nome da cidade desejada, em inglês. Na primeira página vão aparecer os sites mais quentes. Faça uma segunda pesquisa, com o nome da cidade seguido de “apartments”. Pronto. Você já tem com o que brincar por uma semana.

Prepare-se para ver de tudo: de lixo total ao deslumbre absoluto, com preços de acordo. A maioria dos sites oferece uma coleção desparelhada, misturando apartamentos de decoração minimalista (sinal de que são mantidos apenas para alugar) com apartamentos lotados de tralhas (sinal de que o dono mora lá e só sai quando o apê é alugado). Alguns (poucos) sites ostentam apartamentos muito parecidos entre si – indício de que todos pertencem à agência.

Mundo inteiro: VRBO, Perfect Places, VacationHomeRentals
Portugal e Espanha: Friendly Rentals, Rent4Days, Traveling to Lisbon
Paris: RentParis, MonParis, ParisAttitude, NYHabitat/Paris
Nova York, Londres e Paris: NYHabitat, AlugueldetemporadaemNovaIorque.com
Berlim: All Berlin Apartments
Amsterdã: StayAmsterdam
Buenos Aires: BytArgentina, ApartmentsBA, HomesBA

amsterda1

É seguro?

Não dá para garantir 100% de segurança, porque é impossível pôr a mão no fogo por tantos proprietários avulsos. De todo modo, conduzir o processo por uma imobiliária sempre é menos arriscado do que tratar direto com o dono. Trocar vários e-mails antes de chegar – perguntando detalhes, pedindo dicas – ajuda a assegurar que o seu apartamento existe e estará disponível na data combinada.

Leia mais:


madri31

630 comentários

Obrigada pela resposta, Boia! Fiquei em ap. em 2011 e nem sabia da lei na época! Vou arriscar de novo! 😉

Olá, estou indo pra Europa pela 1º vez e vamos num grupo de 3 casais com idade de 27 á 34 anos e todos marinheiros de primeira viagem. Saimos do Brasil dia 02/11/2014 e chegamos em Paris dia 03/11/2014 ás 11:30 am, isso é tudo que temos. Não decidimos ainda o local da volta pois pretendemos voltar dia 17/11/2014 sendo que um casal retorna um pouco antes, dia 12, e pretendemos conhecer Paris, Barcelona e Roma (esse ultimo o casal que volta antes não vai). Poderia me ajudar?
Obrigado

Olá!

Alguém sabe como anda o esquema de alugar apartamento em Paris? Há um tempo ouvi dizer que estavam querendo proibir e tornar ilegal se o aluguel fosse por menos de 30 dias e tal, como em Nova York. Sabem se foi adiante?

Um abraço!

    Olá, Gabriella! A lei que proíbe o aluguel de temporada em Paris existe desde 2010, mas esse tipo de serviço continua sendo oferecido.

Olá Ricardo, estou programando uma viagem de 20 dias pela França no final do ano. Acompanho seu site e suas dicas estão me ajudando muito. Ficarei 7 dias em Paris e estou vendo apto para alugar pelo site housetrip.com. Vc conhece? Não vi comentários a respeito dele….obrigada

Boa noite a todos….eu moro em Roma, praticamente no centro,pertinho da basilica de San Giovanni e do Metro…. tenho um quarto que alugo para turistas, se alguem se interessar me contate…..
[email protected]
meu cell: +39 3298024485 (whatsApp)

Neide

Bom dia

Primeiramente desculpe, acho que você me entendeu mal. Não estou em busca de garantias, mas sim de opinião de quem já esteve lá, e já vivenciou algo como alugar uma casa barco. Desculpe. Devo ter me expressado mal.

    Olá, Águida! Os comentários do Ricardo sobre a experiência estão no texto.

Boa tarde
Eu novamente….e quanto a alugar as casas barcos….sabe me informar algo? Tipo: Qual o site? É seguro ( você sabe, nós brasileiros já estamos ficando acostumados com insegurança, o que não é bom). A segurança a que eu me refiro é: podemos sair durante o dia inteiro, não tem perigo de arrombarem a porta e levarem nossas pertences? Desculpe se a pergunta parece descabida, é porque eu praticamente moro na 2a. cidade mais violenta do país: Fortaleza.
Obrigada

    Olá, Águida! O site da casa que o Ricardo Freire alugou está na parte 3 desta série. É só clicar. Você pode também tentar no http://www.airbnb.com . Somos apenas um blog de viagem, não temos como garantir que a casa-barco que você alugar, ou o apartamento que você alugar, ou o hotel que você reservar, em qualquer lugar do mundo, não vão ser alvo de furto.

Bom dia Ricardo

Sou leitora assídua do seu blog. Eu e minha família vamos para a Europa em Julho/2014, com uma breve parada em Amsterdã (três dias apenas). Pesquisando na internet, descobri um comentário seu:

“Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 1)
http://www.viajenaviagem.com/…/como-alugar-apartamentos-de-temporada-n…?
24/03/2009 – Alugar apartamento é a nossa vingança contra o downgrade de …. Olá, eu já fiquei neste apartamento em Amsterdam, e no fim do ano …. A imobiliária é gerida por brasileiros e o atendimento e os apartamentos são 100%.”

Gostaria de saber sobre qual imobiliária você se refere (A imobiliária é gerida por brasileiros e o atendimento e os apartamentos são 100%), em Amsterdã? Coisa de doido, sabe? Em Paris, alugamos apartamento de um brasileiro, e seria o máximo se encontrássemos um brasileiro para nos auxiliar no aluguel de um apartamento em Amsterdã. Simplesmente cessaríamos as buscas por outros apartamento ou hotel. Você pode nos ajudar? Desde já agradecemos sua compreensão. Obrigada
Águida

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.