Barra Grande do Piauí

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Barra Grande do Piauí: o que fazer

Veja nesta página passeios e atividades para fazer durante a sua viagem a Barra Grande do Piauí.

Praia e kitesurf

Kitesurf

Não ache que a praia em Barra Grande vai ser como as que você conhece no Ceará -- retas, rasinhas na beira, com ondinhas intermitentes. Nada disso. Barra Grande é uma enseada perfeitinha, normalmente sem ondas na maré baixa, e que logo fica funda na maré alta. O banho é supergostoso -- isto é, caso você não esteja na zona do ziguezague radical dos kitesurfistas.

Barra Grande do Piauí: praia

A praia tem zonas de ocupação bem distintas. No centro, à altura da vila, estão as barracas mais populares, que já existiam antes do boom do kitesurf. As zonas do kite ficam à esquerda e à direita da vila. Do lado direito, você acha os melhores bares de praia: o Pé de Vento e o Bar da Villa.

Barra Grande do Piauí kitesurf

A temporada dos ventos vai de agosto a dezembro, podendo esticar até janeiro. Sua pousada pode ajudar você a contratar aulas ou encontrar guarderia para seu equipamento.

Bar Pé de Vento

Bar Pé de Vento, Pousada BGK

Com uma estrutura de dois andares rente à areia, o Pé de Vento, da pousada BGK, é o bar de praia mais bem estruturado de BG. O segundo andar funciona como camarote para assistir à evolução dos kitesurfistas -- e também para apreciar o pôr do sol. Os petiscos cobrem todo o repertório de comidinha de praia: caldinhos, pastéis, patinhas (empanadas) de caranguejo, camarão alho e óleo, iscas de peixe, filé mignon em cubos. Para almoçar, venha com mais um ou dois e peça um pargo inteiro na brasa. Funciona das 9h30 ao pôr do sol. (Pousada BGK, tel. 86 3369-8019)

Bar da Villa

Bar da Villa

O Bar da Villa é o bar de praia do restaurante Villa dos Poetas. Fica no canto direito da praia, passando todas as pousadas à beira-mar -- a sensação é de estar numa praia deserta. A estrutura é supercharmosa, com boas espreguiçadeiras e um balanço pronto para o Instagram. Serve drinks, petiscos e, para um almoço propriamente dito, oferece os carros-chefe da Villa dos Poetas: o camarão da Villa e o baião da Villa. Prepara também um parmiggiana para compartilhar. (Tel. 86 99966-2233 - Facebook - Instagram)

Voltar | Topo

Passeio dos cavalos-marinhos

Barra Grande do Piauí: passeio dos cavalos-marinhos

O passeio mais típico de Barra Grande atrai turistas até de Parnaíba e Luís Correia. A aventura começa numa charrete puxada por burrico, que segue pela beira da praia até a beira do rio Camurupim. (Se tiver pena do burrico, é possível ir andando -- mas dá mais de meia hora de caminhada sob o sol.)

Você então embarca numa canoa que vai mangue adentro até chegar à colônia de cavalos-marinhos do Camurupim. Ali os canoeiros vão mergulhar para capturar, com cuidado, cavalinhos-marinhos, que são então acomodados em aquários de vidro para observação. Depois de admirados, os bichinhos são devolvidos ao rio.

Na maré vazante, é possível voltar flutuando, com o auxílio de colete, deixando-se levar pela corrente.

Passeio dos cavalos marinhos
  • Saída: da sua pousada
  • Horário: depende da maré
  • Duração: 2/3 horas
  • Preço: R$ 65 por pessoa
  • Onde comprar: BarraTur (tel. 86 99941-5363)

Voltar | Topo

Passeios ao Delta do Parnaíba

Barra Grande do Piauí: passeio do Delta do Parnaíba

Estar no litoral do Piauí e não navegar pelo labirinto de igarapés e ilhotas do maior delta fluvial das Américas é um pecado. Os passeios saem do Porto dos Tatus, na Ilha Grande de Santa Isabel, a 80 km de Barra Grande. A viagem até o porto leva pouco menos de 1h30.

Há duas maneiras de navegar pelo Delta: em barcos 'tradicionais', grandes e lentos, que fazem roteiros de dia inteiro com direito a música, bebida e almoço a bordo, e em lanchas rápidas, que levam pequenos grupos e podem trafegar por canais mais rasos e estreitos (mas não têm comida a bordo).

A Bóia recomenda: invista no passeio de lancha rápida com observação de guarás ao pôr do sol.

Caso você se interesse por mais de um passeio pelo Delta, então o melhor é dormir uma ou duas noites em Parnaíba. Ir de Barra Grande a Parnaíba uma vez para passear no Delta é aceitável, mas repetir o vaivém por mais dias é muito chato.

Leia sobre os passeios ao Delta no nosso Guia de Parnaíba. Caso não esteja de carro, acrescente os custos de traslado (entre R$ 200 e R$ 250 para até 4 pessoas, contratado com as operadoras dos passeios).

Passeios ao Delta do Parnaíba

Voltar | Topo

Passeio ao Parque Nacional de 7 Cidades

Barra Grande do Piauí: bate-volta a 7 Cidades

A 210 km de Barra Grande (e 180 km de Teresina), o Parque Nacional de 7 Cidades abriga um conjunto de formações geológicas de peculiar beleza. De quebra, ostenta inscrições rupestres de 6 mil anos, que acrescentam uma dimensão cultural a um passeio que poderia ser apenas panorâmico.

A visita ao parque deve ser feita de carro. Dá para fazer também a pé ou de bicicleta, mas o calor é muito forte, e os atrativos, muito distantes uns dos outros. Na entrada do parque você contrata um guia e escolhe um dos circuitos que caibam no tempo de visita de que você dispõe. Um passeio curto de carro vai levar entre 2 e 3 horas. Leve água e lanche.

Agências de Parnaíba oferecem o passeio a 7 Cidades em modo privativo.

Caso você chegue ou saia por Teresina, pode também negociar um pit-stop no parque como parte do trânsfer.

Parque Nacional de 7 Cidades
  • Endereço: Piracuruca (PI)
  • Acesso: BR 343 (Transpiauí)
    • vindo de Barra Grande: entre em Piracuruca
    • vindo de Teresina: antes de Piripiri, saia pela BR 222 sentido Fortaleza
  • Horário: aberto diariamente 8h-17h
  • Ingresso: gratuito
    • obrigatório contratar guia (R$ 80)
  • Tour privativo saindo de Parnaíba (2 passageiros): R$ 550 (Clip. Negocie o preço para sair de Barra Grande)
  • Site oficial

Voltar | Topo

Nenhum comentário, deixe o primeiro!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar