Miami

Bienvenido to America
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Capital não-oficial dos estados nem tão unidos assim da América Latina, Miami se encaixa no modelo brasileiro da cidade ideal: a metrópole que também é praia. E com duas qualidades extras: entende portunhol e… tem outlets!!!

Mas não é uma unanimidade: Miami é um daqueles destinos ame-ou-odeie. Só que muita gente implica com a cidade sem nunca ter posto os pés lá.

A verdade é que Miami é muito mais complexa do que seus detratores (e até mesmo seus fãs) imaginam. Para além da Miami das compras, da ostentação e do kitsch existe também a Miami das artes, da natureza, da diversidade cultural. Para cada clichê Miami guarda uma surpresa.

Aventure-se por uma Miami diferente da que você conhece — ou que você tem na cabeça.

237 comentários

Dirlene Barros

Vou passar o Réveillon em Miami com meu esposo e minha filha de 13 anos. Gostaria de dicas do que fazer na noite da virada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dirlene! O calçadão de Ocean Drive fica muito animado. Passe uns dias antes e reserve uma mesa.

Joao Henrique Fontoura Hollerbach

Pretendo locar um carro em Miami para ir até as Key Islands. As locadoras informam que o GPS não está incluído e chega a custar mais de US$ 50 para somente dois dias. A solução seria usar o Google Maps no celular, mas para isso é preciso adquirir um SIMcard de dados. Posso encontrar um SIMcard já no aeroporto de Miami? Alguma idéia do preço? Grato pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Henrique! Até onde sabemos, não tem loja de operadora no aeroporto. Você pode sair do Brasil com um chip já comprado (o easysim4u funciona bem, apesar de ser bem mais caro do que o que você pode comprar localmente) ou acionar o roaming internacional da sua operadora por um dia (dá R$ 39) antes de comprar um chip local.

CLARISSA SANTOS DE CARVALHO

Acha um quiosque no aeroporto que o preço custa o dobro do preço na lincon road. fui no comecço do ano e compramos 1 por 60 dolares e depois encontramos na lincon por 30

Giselle Guimarães Rezende Schneider

Essa empresa de passeios,a Viator, não faz passeios a Key Biscayne não ? POis não achei no site deles.. apenas passeios para as ilhas Keys..pretendo ir à Miami com meu esposo, mas não queremos alugar carro...vamos ficar em south beach, e gostaria de fazer um passeio à Key Biscayne..

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Giselle! Key Biscayne fica dentro de Miami mesmo. Alguns passeios da Viator incluem um passeio de barco pela baía Biscayne, mas não percorre a ilha.

RAFAELA
RAFAELAPermalinkResponder

Olá, Bóia! Obrigada pelas super dicas do blog! Estou indo com uma amiga passar uma semana em Miami. Primeira vez que vou nesse esuema "galera" e não familiar.... Tinha pensado em ficar em Brickell, porque gosto muito da região... Mas estão querendo me convencer a ficar em Miami Beach. Acontece que a impressão que tenho é de que Miami Beach é sempre aquela coisa: turistada! Sempre cheio, etc... Você me diz algo disso? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafaela! Se você não gosta de Miami Beach, não fique em Miami Beach. Mas que é o melhor lugar para se hospedar e poder sair a pé à noite, é.

virginia
virginiaPermalinkResponder

olá a todos! pesquisando no youtube sobre receitas portuguesas descobri que em Bermuda, mais proxima a America do Norte que ao caribe, embora possessão britânica, o Portugues é o segundo idioma oficial graças a intensa imigração. Sabe informar se vale a pena conhecer, praias etc..... furacões?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Virginia! É um destino caro e com clima mais frio do que o que apreciamos em praia.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Caro Ricardo, não viajo sem olhar seus posts ! Em janeiro volto ao Brasil pela American Airlines no Aeroporto de Miami, geralmente no Terminal D. Após fazer o check in e passar pelo Raio X nesse Terminal, existe algum meio de chegar ao Terminal J, na Sala Vip da Latam ? Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Quem responde é A Bóia. Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Se houver resposta, aparecerá aqui.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Tatiana,
Confesso que não sei se conseguirá em Miami, mas em Orlando em consegui. Meu embarque era no terminal x (não me lembro ao certo) e a sala vip no terminal y; o que fiz: fui ao terminal y e passei por raio-x, peguei o monorail e fui à sala vip; depois, saí novamente ao saguão principal e me digiri ao terminal x, de onde meu voo saiu. É trabalhoso e requer passar no raio-x duas vezes, mas deu certo.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Tatiana,
Tenho a mesma dúvida que você.
Encontrei uma situação parecida no blog Passageiro de Primeira, em que é relatada a impossibilidade de acesso às Salas VIP do terminal D, caso seu voo saia do J. Imagino que o inverso também seja verdadeiro.
Segue o link.
http://passageirodeprimeira.com/sala-vip-centurion-lounge-by-american-express-aeroporto-de-miami-mia/
Espero ter ajudado.

NICOLAS R ATMATZIDES

Prezados, meu filho ficará 5 meses na Finlandia em intercâmbio, pergunto: cartão pré pago ou cartão crédito? Qual vale mais a pena? Grato

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nicolas! O cartão pré-pago pode ser recarregado a distância e serve também para saques em caixa automático.

Kenji
KenjiPermalinkResponder

Olá,

Se vc tiver tempo suficiente, só explicar na polícia que deseja usufruir da sala Vip que está no concourse J que eles deixam vc entrar. Ponto negativo é que vc tem que passar pela polícia, filas, raio x, etc e depois sair do terminal J e fazer tudo novamente para entrar no D pois o trem não conecta eles diretamente.

Ultima vez que fiz isto, mostrei o cartão de embarque (com horario do voo), o cartão da sala vip e expliquei que teria muito tempo livre até meu proximo vôo

Andr L.
Andr L.PermalinkResponder

Conta em banco digital que funciona com app como BUNQ e N26 são a melhor opção. Até porque na Finlândia se paga quase tudo por meio eletrônico.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar