Compras: onde é melhor? Nova York, Miami ou Orlando? 1

Compras: onde é melhor? Nova York, Miami ou Orlando?

Woodbury Commons

Qual o destino favorito dos brasileiros que viajam para os Estados Unidos? É fácil: o outlet. Em segundo lugar vem… o shopping.

Não há viagem pros States que não inclua uma paradinha para compras. (Sem contar aquelas em que a finalidade principal é comprar.)

De vez em quando aparecem perguntas sobre qual das três cidades favoritas dos brazucas — Orlando, Miami e Nova York — é a melhor para compras. Muita gente também tem dúvida se vale a pena combinar duas cidades só por causa das compras.

A verdade é que os preços serão ótimos em qualquer lugar dos Estados Unidos. Toda grande cidade vai ter pelo menos um outlet por perto, e não há lugar em que você não encontre uma Best Buy (a meca dos eletrônicos). Os fatores que mudam de cidade para cidade são a sales tax (o “ICMS” sobre as compras, que varia por estado e condado), o preço da hospedagem, o transporte e a combinação entre compras e turistagem.

Se você vai fazer uma viagem picada, o mais sensato é deixar as compras grandes para a última escala, para não ficar carregando peso a mais (que pode ser taxado como excesso de bagagem em vôos domésticos, se não estiverem vinculados à passagem internacional).

Compras em Nova York

Jersey Gardens

Nova York é perfeita para incorporar as compras ao dia-a-dia da turistagem. Passear e comprar se completam naturalmente.

Para onde quer que você vá sempre vai haver lojas bacanas e vitrines tentadoras. Midtown tem várias grandes lojas de departamentos; a rua 34 tem lojas das marcas mais procuradas. Soho, Nolita e Meatpacking têm lojas descoladas — e onde quer que você vá, sempre haverá quinquilharias por perto. As redes principais têm lojas espalhadas pela cidade inteira, tornando mais fácil a busca do modelo e do tamanho exato que você deseja: se não tem numa, pode ter na próxima.

Para câmeras e eletrônicos sofisticados a superstore da B&H da rua 34 com 9a. Avenida não tem rival nos Estados Unidos.

Há os que defendem que visitas bem-feitas à Macy’s da Herald Square e incursões ao mundo selvagem dos saldos da Century 21, no Ground Zero, podem poupar você de viajar aos outlets dos arredores. É a estratégia de quem não quer arredar pé de Manhattan. Porque, ao contrário dos outros destinos, Nova York permite que você inclua as compras na sua agenda normal de turista: as vitrines estarão sempre no seu caminho.

Já não abrem mão de ir aos outlets de Woodbury ou ao Jersey Gardens (ou a ambos) para fazer compras como se estivessem em Orlando ou Miami — de carro alugado e tudo. (Mas também dá para ir de ônibus.)

Balanço:

– Turismo: intenso

– Sales tax:

– 8,85% em Nova York

– 0% para roupas e calçados de valor unitário até US$ 110 em Nova York

– 3,5% no Jersey Gardens

– 0% para roupas e calçados de qualquer valor em todo estado de New Jersey

– Hotelaria: cara

– Alugar carro: só para os dias de outlet

Vale a pena vir só para comprar? É um desperdício. Vir para comprar só vale a pena se incluir uma boa dose de comércio de rua. Se for para se limitar a superstores e outlets, tanto Orlando quanto Miami são mais práticos.

Compras em Miami

Sawgrass Mills

Miami é interessante para quem pretende dar dedicação total ao esporte de fazer compras. Dá para juntar dias dedicados ao mega-outlet Sawgrass Mills (na vizinha Fort Lauderdale) com visitas a shoppings convencionais, com coleções atuais — do popular Dolphin Mall e Dadeland Mall ao elegante Aventura Mall ao chiquerrérrimo Bal Harbour Shops.

O comércio de rua não é páreo para o de Nova York, mas existe, sim — em South Beach, no calçadão da Lincoln Road e adjacências da Washington Avenue.

No quesito eletrônicos, Miami leva uma vantagem sobre Orlando: só Miami tem lojas da Brandsmart, que costuma ter preços ainda mais baratos que a concorrente BestBuy.

A desvantagem de Miami está no trânsito, que é muitíssimo pior do que o de Orlando (as distâncias são maiores, também) e nos estacionamentos, que são caríssimos (sobretudo nos hotéis e em South Beach).

Balanço:

– Turismo: é uma cidade mais para curtir do que para turistar

– Sales tax: 7%

– Hotelaria: na praia é cara; nos arredores do aeroporto é em conta

– Alugar carro: faz toda a diferença; mas ficando em South Beach é possível ir de van para o Sawgrass e de ônibus para o Aventura Mall

Vale a pena vir só para comprar? Sim

Compras em Orlando

Orlando Premium Outlet, Vineland

Parques + outlets é a fórmula que define a viagem de brasileiros a Orlando.

Os dois outlets principais de Orlando acabam funcionando como parques de diversões, só que sem montanha-russa: o Premium International Drive, mais central, e o Premium Vineland Ave., pertinho da Disney (US$ 30 de táxi desde a porta do seu hotel). Brazucas são mega bem-tratados em ambos.

Além dos outlets, há as BestBuys, as Walgrens, os Wal-Marts, os Targets, mais o popular Florida Mall e o sofisticado Mall at Millenia.

O problema do combo parques + outlets é que ambos requerem muita atividade física. A fórmula para não ser nocauteado é nunca emendar um parque com uma ida a outlet. Separe os dias de Mickey e Harry Potter dos dias de Nike e Diesel, e você vai aproveitar muito mais.

Balanço:

– Turismo: intenso

– Sales tax: 6,5%

– Hotelaria: em conta

– Alugar carro: fundamental

Vale a pena vir só para comprar? Se você conseguir resistir…

Nova York + Flórida na mesma viagem

Só por causa das compras? Não precisa. Você pode brincar de Flórida naquele(s) dia(s) em que alugar carro e for à luta nos outlets fora de Manhattan.

Caso o seu objetivo seja fazer turismo em Nova York e em Orlando, então pense em duas semanas de viagem. 7 dias são o mínimo que um visitante deve dedicar a cada uma dessas cidades numa primeira vez.

(Caso você faça as duas cidades, lembre-se de deixar as compras para a última, para não pagar uma fortuna de excesso de bagagem no vôo interno, que não terá a mesma franquia de bagagem do vôo internacional.)

Miami + Orlando na mesma viagem

É perfeitamente factível — as cidades estão a 4h de carro ou 1h de vôo — e fica mais interessante quando você traça uma estratégia. Tipo: usar Miami para complementar as compras em shoppings convencionais, ou deixar os eletrônicos para Miami, ou ainda usar Miami para dar uma relaxadinha na praia antes de voltar para o Brasil.

 

Passagens mais baratas para os EUA no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel nos EUA no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Mondial Assistance

Alugue de carro nos EUA na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões nos EUA com a Viator

Compre ingressos para os parques temáticos na RCA

742 comentários

Oi Bóia!!!! Eu aqui de novo, agora com questões variadas. Espero que possa ter respostas:

1- Vou a Miami, Fort Lauderdale e NYC. Onde é mais barato comprar eletrônicos, enxoval (cama, mesa e banho)? Lí em um destes sites de viagem que há diferença de impostos sobre as compras que se faz, e, isso se reflitirá no valor final das compras.Existe então diferença de impostos de estado para estado? Qual é o valor na Florida e em NYC? Estou precisando deste dado para definir o número de dias entre NYC, Miami e FLauderdale.

2- Como esta alta do dólar nas últimas semanas(hoje: 03/07 – R$ 2,30), será que ainda é vantajoso fazer compras nestas cidades?

3 – Lí em relatos de 2010, o problema sobre a abertura de malas nos aeroportos americanos. Isto ainda perdura até os dias de hoje? Minha mala, que comprei na Europa, é com segredo. Devo então levar outra mala com cadeado?

4 – Meu vôo chega no JFK as 22:00 se não atrasar.É a primeira vez que vou a NYC. Qual o tipo de transporte que me recomenda? Vou ficar em Upper West Side, no Broadway Hotel ou no Jazz on the Park.

Espero noticias e agradeço a atenção de quem puder me ajudar.

Abs,

Erika

Olá!
Estou programando ir pela primeira vez aos EUA com minha esposa. Ainda não decidimos se vamos para Miami/Orlando ou New York! O que você sugere? Acho a estadia em New York muito cara, mas em compensação o glamour da Times Square encanta demais!

Tou indo viajar 12/07 pra Manaus passarei 4 dias e dia 16/07 tou indo pra orlando passar 7 dias e depois pra Miami pasar 6 dias ou é 7 aí eu volto pra Manaus chego no Brasil dia 30/07 que vc acha tabom os dias que vou passar em Orlando e Miami 🙂

Eu e minha familia estamos querendo no mes de janeiro pegar um voo em margarita e ir para Miami, e de miami pretendo alugar um carro para ir ate Nova Iorque. Porém, tenho apenas 10 dias..
O que você recomenda?

    Olá, Mara! Não há vôos de ilha Margarita a Miami, você deverá retornar a Caracas. Miami está a 2.200 km de Nova York; é para vencer distâncias como esta com pouco tempo disponível que inventaram o avião.

Booooa tarde. Adorei o site e fiquei querendo ajuda kkkk.
Iremos em lua-de-mel para Orlando. Nosso avião chega às 5h do dia 15/10 em Miami e retornamos dia 25/10. Não temos previsão de nenhuma noite em Miami, vale a pena ir para comprar e voltar para Orlando ou devemos ir à noite no dia 15 e comprar os eletrônicos que parece ser mais barato em relação à Orlando? E onde ir?

Precisamos de uma digital e quero um Wii ou XBox hehehehe

Agradeço se responder.

    Olá, Denise! Durma em Miami ao chegar para não precisar pegar a estrada depois de uma noite maldormida no avião. Miami tem mais lojas de eletrônicos do que Orlando, mas o que você procura achará em qualquer uma das cidades a ótimos preços.

Bom dia, vou pela primeira vez aos EUA, estou com algumas duvidas, o dolar esta caro, entao pensei em ir via Manaus, porem andei pesquisando, por La Paz ou Lima sai mais em conta, e ainda conheco as duas cidades, o que me aconselha? estou com medo da imigracao perguntar porque nao sai pelo Brasil, eae? tem alguma coisa ou to viajando?

    Olá, José! Se você tem visto americano válido, não faz diferença.

OLá é minha primeira viagem ao exterior, gostaria de passear e ainda trazer umas coisinhas para faturar um dinheirinho no Brasil. o que me sugere?
NY- Orlando – Miami?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.