Morro de São Paulo

Índice de posts
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Morro de São Paulo no Viaje na Viagem

Morro de São Paulo: como chegar, onde ficar, onde comer, o que fazer

Morro de São Paulo volta a cobrar taxa de visitação: R$ 15

Costa do Dendê: como chegar e se locomover

Reurbanização de Morro de São Paulo: é, ficou bom

De ônibus pela Costa do Dendê

Praiômetro | Chuva mês a mês em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo: quando dá praia?

58 comentários

Thiara Passon
Thiara PassonPermalinkResponder

Boa tarde, estou querendo ir pra Morro de São Paulo em fevereiro, vamos em quatro casais e vou levar meu bebê que terá 10 meses.
Sera que vai dar para eu aproveitar??
Da pra levar ele para levar ele nas festas a noite?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiara! Você vai aproveitar, mas de uma maneira diferente. Bebês ditam o ritmo da sua viagem que será em função mais dele do que sua. E festa noturna não é lugar para bebês de 10 meses. Decida se quer curtir com os amigos ou se quer curtir com a família.

Pedro Felipe
Pedro FelipePermalinkResponder

Boa tarde, estou querendo passar um final de semana com a noiva em Morro de São Paulo, janeiro de 2015. Quais as sugestões para hospedagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Para pesquisar hospedagem, veja sites como o Booking.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Fui para Morro de São Paulo este ano, depois de ler várias dicas no Viaje na Viagem, e foi ótimo! Estou contando a experiência no Comer, Dormir e Viajar. Para quem quiser mais dicas, visite lá! smile
http://comerdormireviajar.wordpress.com

Sarah Moreira
Sarah MoreiraPermalinkResponder

Olá!!
Por favor, gostaria que você me desse umas dicas sobre Morro de São Paulo, meu namorado e eu estamos querendo passar 7 dias pelo nordeste em janeiro de 2015 e como sempre achei lindo essa parte do litoral da Bahia convenci ele de irmos para lá rs. Mas tenho uma duvida 7 dias são demais para um mesmo lugar? Quais outros destinos estão próximos de Morro de São Paulo para que eu possa aproveitar sem que enjoe (se é que isso é possível rs)?
Obrigada.

Hugo Faria
Hugo FariaPermalinkResponder

Olá, estou indo para morro de são paulo em Janeiro/2015 irei chegar em salvador as 11:00, dá tempo de ir fazendo o trajeto via Ferry-Boat / Valença ou é melhor pegar o Catamarã no mercado modelo ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Hugo! A última lancha/catamarã do Mercado Modelo sai às 14h. Você precisa ter reserva prévia. Se o vôo não atrasar, você consegue pegar.

Alternativamente, dá para ir de ferry boat a Bom Despacho, pegar o ônibus a Valença e seguir de lancha. As lanchas Valença-Morro saem com freqüência à tarde e também à noite, sem necessidade de reserva.

https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-itaparica-morro-sao-paulo-boipeba-barra-grande-marau-itacare-ilheus-una-comandatuba-canavieiras

Paula Rocha
Paula RochaPermalinkResponder

Bom dia! Vou comemorar meu aniversário de casamento em Morro de 21 a 24 de dezembro. Alguém me indica algo legal???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paula! Morro é um lugar simples e animado, não tem muito luxo ou lugares românticos. É mais azaração, mesmo. Um champagne ao pôr do sol na Toca do Morcego, quem sabe...

Junior Bastos
Junior BastosPermalinkResponder

Gostaria de saber se há barcos 24 horas no reveillon?

Vou ficar hospedado em Valença, mas gostaria de passar a virada no Morro e depois voltar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Junior! Não sabemos. Mas é uma informação bastante simples de descobrir com quem você estará hospedado em Valença.

Karine Souza
Karine SouzaPermalinkResponder

Olá, gostaria de fazer um passeio de uns 10 dias, queria conhecer Morro, Itacaré Boipeba e se possível Ilheus....você acha que em 10 dias dá? e qual melhor roteiro, por onde começo...obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karine! Os deslocamentos são complicados nesta região. A cada mudança de destino você perderá um dia de praia.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-itaparica-morro-sao-paulo-boipeba-barra-grande-marau-itacare-ilheus-una-comandatuba-canavieiras

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Ola,
ficando na quinta praia, corro o risco de conviver com "farofada"? smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! É uma praia quase deserta, muito longe, ninguém vai, só quem está hospedado.

Aristides
AristidesPermalinkResponder

Boa noite, gostaria de saber se junho é um bom mês para ir pra Morro de São Paulo.

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Boa tarde, queria saber se tem o transfer aéreo tem como parcelar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Entre em contato com a cia. aérea para se informar sobra a possibilidade de parcelamento. wink

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi, Boa Tarde! Estou planejando passar a primeira semana de abril em morro, gostaria de saber se esse período é chuvoso na ilha.Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Já chove bastante por lá em abril: https://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe/

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Acho que o melhor período é de janeiro a março. Já estive em outras épocas do ano e teve chuva, sendo que uma vez em outubro foi chuva durante uma semana.

Veronica
VeronicaPermalinkResponder

Olá! Adoro seu blog!!
Eu queria ir para Morro e Maraú em Junho mas vi que é época de chuva.
Não vi nenhuma cidade do nordeste com possibilidade de menos chuva.
Havia pensado em ir para o Rio de Janeiro e passar na região dos lagos, mas meu medo é pegar dias mais frios e o mar gelado.
O que você me recomenda para viajar para prais em Junho no Brasil?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Veronica! Região de Porto Seguro, Búzios, Rio e praias ao longo da Rio-Santos.

Carol Pinheiro

Nesta quinta feira (11/02/2016), fizemos o translado Morro de SP x Salvador, translado SEMI Terrestre. O translado foi adquirido através da empresa Zulu Turismo, que terceiriza o serviço para a empresa Farol do Morro que por sua vez terceiriza para a empresa LCR Brisa Tur, por conta disso, resolvi registrar minha reclamação para todas as envolvidas.

O fato é que o translado ocorre em 3 partes, uma lancha rápida até um atracadouro em Valença, de lá um micro ônibus nos leva até o Terminal Marítimo na ilha de Itaparica (foi aí que o problema começou) e de lá um FerryBoat até Salvador.. Ao chegar neste Terminal Marítmo, percebemos que o translado não era mais de uma empresa particular que contratamos e sim um transporte convencional/público onde haviam centenas de pessoas com destino a Salvador. Um rapaz "representante" da empresa que contratamos nos entregou 4 cartões de acesso e falou "corram porque se perderem o FerryBoat de meio dia ferrou", resultado, entramos no meio de uma multidão, com malas, numa correria só, conseguimos entrar no Ferry Boat e viajamos em pé no meio de muita gente. Contratamos um transporte particular, pagamos por isso, deveriam ter uma lancha para fazer esse translado e não nos enfiarem num transporte público. Não recomendo à ninguém.

Thales Cota
Thales CotaPermalinkResponder

Ricardo, gosto muito do seu trabalho, e acho importantíssimo a colaboração mútua de todos os viajantes!
Escrevo esse relato sobre Morro de São Paulo pois ficamos - eu e minha esposa - muito preocupados e decepcionados com o local. Apelo para você e seu poder de divulgação, para que se faça alguma coisa para salvar o local que é tão bonito e, como outros tantos no Brasil, está sendo destruído pelo turismo predatório e parasita. Aí vai meu relato:

Estive com minha esposa em Morro no início de março/2016. Foi uma decepção! Sempre ouvimos falar bem do local, pelas praias, natureza e tranquilidade. Estávamos empolgados e foi uma frustração.
A vila é bem charmosa, com uma praça bacana, bons restaurantes e lojinhas. Mas a 2ª praia, onde é o "centro" da agitação, muito bagunçada. Muvuca total! Desorganizado, muita gente te abordando, músicas altas em todos os bares, um ao lado do outro. Recomendo apenas para grupos de amigos jovens e solteiros, buscando agito e badalação. De uma forma geral, as três praias são bem parecidas (1ª, 2ª e 3ª), com o agravante da muvuca dos bares na 2ª praia.
Na 4ª praia, onde fiquei hospedado, buscava tranquilidade. Encontrei, porém sem estrutura para ficar "de perna pro ar" e "pé na areia".
O que vale para todas as praias: muito sujas! Mal cuidadas, com muita sujeira, papel, plástico, restos de tijolos. O que nos pareceu é que o turismo predatório e parasita está acabando com a beleza natural de Morro de São Paulo! Em conversa com os "nativos", foi unânime a avaliação de que o local está piorando muito nos últimos anos.
De válido: mergulho com a Cia do Mergulho; o passeio de barco "volta à ilha", onde se conhece outras praias chegando até Boipeba; E a melhor praia da região - inclusive opinião dos locais - que é Garapuá: lindíssima! Vale a ida. Inclusive, acho que é melhor se hospedar em Garapuá e ir a Morro, apesar da estrutura de hospedagem ser mais restrita e mais simples.
Fica o alerta a todos os turistas, autoridades locais e entidades de interesse: TEMOS QUE SALVAR MORRO DE SÃO PAULO! A beleza natural do local é indiscutível, mas está sendo destruída por nós.

Christina
ChristinaPermalinkResponder

Olá. Vamos para a Chapada Diamantina em julho e queremos combinar com Morro de São Paulo. A ideia é ir de carro/ônibus de Lençóis até Valença e de lá pegar o barco para Morro. Vc sabe como é esse trajeto? Busquei passagem de ônibus, mas não encontrei esse trajeto. Será que dá para ir de carro? Ou será que tem algum outro tipo de transfer? obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Christina! Talvez localmente na Chapada te expliquem alguma rota que não passe por Salvador, mas ônibus direto não haverá mesmo. Dei uma pesquisada em linhas de Feira de Santana a Valença, mas só achei Feira de Santana-Nazaré e Feira de Santana-Camamu.

http://www.agerba.ba.gov.br/transporte/linhas_empresa.asp?empresa=EMPRESAS%20DE%20TRANSPORTE%20SANTANA%20E%20S%C3O%20PAULO%20LTDA

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá! Estou pensando em ir para Morro de São Paulo agora no natal com marido e filho de 1 ano e meio e se hospedar no villa das pedras, praia 2. Ouvi falar que está muito badalado a noite e que o bebe terá dificuldade para dormir pelo barulho.
Qual a opinião de vocês? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! A Segunda Praia sempre se caracterizou pelos luaus na areia. Se você não quer risco de barulho, hospede-se na vila (não há luaus no centrinho), ou a partir do fim da Terceira Praia, a uma distância segura da Segunda.

João Augusto Reis Junior

Olá Chego em Salvador por volta das 8 da manhã. Onde deixar as malas até pegar a lancha até Morro de São Paulo as 14:30 e o que posso visitar neste tempo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Augusto! Procure o guichê do seu catamarã ou lancha e peça para guardarem a mala.

Rafaela Lonardi

Boa tarde, fizemos uma reserva na Vila dos Orixas para Novembro/17, mas vi em suas informações que a Praia do Encanto não tem acesso pela areia para as outras praias do Morro, sabe como é feito?
Agora não sei se cancelo, pois queria ter acesso fácil as outras praias.

Grata,
Rafaela.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafaela! É uma praia isolada das outras por mangue.

Patricia Fiuza

Olá!! Vamos viajar para Morro de São Paulo na próxima semana e estamos muito em dúvida sobre a melhor forma de chegar até lá. Vamos com nossa filha de 1ano e ficamos com medo de ir pelo semi-terrestre e a lancha rápida ser muito ruim para ela. Como é? Será que a melhor opção é a marítima mesmo, indo de catamarã?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! A terceira alternativa é o teco-teco. Nenhuma é indolor. Você conhece a sua filha melhor do que a gente, pode decidir o que vai ser menos estressante.

Se você escolher a Praia do Forte, dá 1 hora de carro do aeroporto.

Alexia
AlexiaPermalinkResponder

NAO FACA TRANSLADO COM A CASSI TURISMO

Translado Morro de São Paulo para Salvador

Eu e meu marido viajamos para Morro de São Paulo pela Cassi Turismo no dia 28 de maio de 2017. Viagem longa. Tivemos que pagar uma taxa no atracadouro de 1,10 por pessoa, mas nem reclamamos porque a taxa era barata. Na volta contratamos a mesma empresa pra fazer o trajeto até o aeroporto. Contratamos o transfer com o vendedor Thor no dia 30 de maio de 2017 por 220,00. Ao chegarmos para o embarque, o rapaz que nos recebeu da empresa nos informou que a gente tinha que pagar uma taxa de 10 reais por pessoa. Taxa que não existia 3 dias antes e que ele afirmou ser de embarque que não foi avisada no momento da contratação do pacote. Você paga 110 reais para o transporte e não inclui nem a "taxa de embarque". Perguntei sobre a taxa para o rapaz responsável pelo atracadouro e ele disse que a taxa pra pessoa entrar lá era 1,10 sendo que a empresa estava nos cobrando 2,50. Outra taxa de 5 reais pro percurso rodoviário na van que é da empresa. Nunca vi isso de pagar taxa pra entrar em van da própria empresa. E por último uma taxa de 2,50 pra pegar a lancha que é um pouco mais que 5 reais pros demais passageiros. Tivemos que pagar porque dependiamos da empresa pra pegar nosso vôo. Mas a raiva de ser cobrada de forma abusiva e sem lógica por uma empresa que só quer tirar nosso dinheiro de todas as formas porque sabe que dependemos dos seus serviços. BOICOTE A ESSAS EMPRESAS DE TURISMO QUE QUEREM NOS TIRAR DINHEIRO DE TODAS AS FORMAS POSSIVEIS.

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Boa tarde! estou indo pra morro de sao paulo na primeira semana de dezembro, e ja me falaram pra deixar pra alugar o hotel la, sera que corro risco de nao achar hospedagem ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Esse é o jeito que se viajava há 10 anos. Não oferece vantagem nenhuma, você vai ter que se contentar com o que sobrou e ainda vai perder uma parte do seu primeiro dia de férias procurando hotel.

Gleiton
GleitonPermalinkResponder

Bom dia, provavelmente meu vôo chegará no aeroporto de Salvador em torno de 02:30h da manhã, sendo que o primeiro catamarã para Morro São Paulo se não me engano é somente às 08:30h.

Alguém tem alguma dica de onde descansar neste intervalo?

Seria uma boa opção pegar táxi de madrugada logo na chegada e ir até o terminal marítimo?

É seguro andar de táxi neste horário ?

Tem onde ficar próximo do terminal marítimo para aguardar até ás 08:30h que é o primeiro horário catamarã?

Ou melhor opção é descansar (se é que é possível) no aeroporto e pegar táxi pela manhã?

Aguardo dicas e sugestões por favor.

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gleiton! O lugar mais seguro é o aeroporto mesmo. O ideal seria você pegar um hotel para a noite e sair num catamarã mais tarde. Lembre-se que sua pousada em Morro não vai liberar o quarto antes das 14h.

Gleiton
GleitonPermalinkResponder

Muito obrigado.

Denise Sette Ossuna

Bom dia, gostaria de planejar uma viagem em setembro para Morro de São Paulo, porém gostaria de conhecer ou até mesmo me hospedar em outro local (Barra Grande ou Itacaré), mais confesso que estou meio perdida no planejamento, terei 10 (dez) dias para viagem. Será que vcs conseguem me dar uma direção?

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Olá boa noite, estou com viagem marcada para Morro de São Paulo agora no Carnaval e tive a orientação de que fazer o transfer semi terrestre por conta sem ser por agência de turismo costuma dar certo! Você saberia me dizer se para o transfer da volta a salvador teríamos algum risco de não embarcar no Ferry de Itaparica para Salvador por excesso de passageiros retornando??? (Pois estaríamos por conta sem passagens reservadas pela agência e correndo risco de perder o voo mesmo saindo de Morro com antecedência...)
Muito obrigada...!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiana! Viajar sem passagem assegurada, no momento mais movimentado do ano, com todo mundo voltando ao mesmo tempo, filas e filas em Itaparica, e com um vôo para pegar com hora marcada a 30 km do desembarque em Salvador. O que pode dar errado, não é mesmo?

Marcus
MarcusPermalinkResponder

Pessoal, gostaria de saber se alguém utilizou e gostou dos serviços da Island Tour para o translado semi-terrestre entre o aeroporto de Salvador e Morro de SP. Vi que há queixas em relação à Cassi, que é a maior operadora do translado e está cobrando 140 do translado mais 30 de taxa (taxa por trecho - 3 trechos). Já a Island Tour está cobrando 120 acrescido de taxa conforme a opção de pagamento (entre 10 e 20 reais), portanto mais em conta.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcus! É melhor você pesquisar essas coisas diretamente no Google, Reclame Aqui ou TripAdvisor. Lembre-se de que os maiores operadores sempre têm maior número de reclamações, é uma questão estatística.

Sua pousada também poderá lhe dar informações com base em experiências recentes de seus hóspedes.

Dito isso, o Ricardo Freire voltou de Boipeba com a Island Tour e deu tudo certo.

Josy
JosyPermalinkResponder

Boa tarde, estou indo com + 3 pessoas para Morro agora final do mês. Como estaremos com tempo sobrando e temos estômago fraco, optamos por ir por conta própria pelo semi terrestre uber até o terminal, ferry até Itaparica, táxi até Bom Jardim e lancha rápida até Morro.
.
Minha dúvida é quanto a volta. No atracadouro de Bom Jardim tem disponibilidade de táxi fácil??

Agradeço desde já pela ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Josy! Não conte com táxi fácil no atracadouro, não. Vai depender do movimento. Sua pousada em Morro consegue que um táxi espere você.

kamila
kamilaPermalinkResponder

Estive em Morro de São Paulo , com meu noivo, início de Janeiro desse ano, 2018. Nunca tive um experiência em viagem, tão ruim quanto neste pequeno lugar , onde vale lembrar do emaranhado de pousadas, restaurantes e congestinamento de pessoas. Vale lembrar que lá, é rotineiro ter queda de energia, nós mesmos, ficamos 48 sem energia alguma, os mosquitos puxavam por conta da janela aberta, pq se não, morreriamos de calor. Várias pousadas na mesma situação, a manutenção custa a chegar na ilha, toda e qualquer emergência, é mto problemática. As praias são lindas de cima, mas quando se está nelas, você se sente incomodado com tanta gente, por conta da pequena faixa de areia. Duas únicas coisas boas de Morro, restaurantes variados, com preço justo e de qualidade. A toca do morcego etudo de bom. Mas ainda sim, não compensa todo o inferninho que se para por lá, ainda mais com risco de ficar sem energia. Em todos os lugares do mundo, que viagei, nunca tive tanta vontade de sumir de um lugar.
Ah! Vale lembrar do bando de argentinos, selecionadíssimos, que frequentam constamente a cidade, educação zero!
Próximo a Salvador, recomendo Itacaré, paraíso na Terra.

Marcos Frias
Marcos FriasPermalinkResponder

Existem coisas para fazer em dias de chuva no morro de São Paulo ou tem que ficar trancado dentro da pousada?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcos! Em praticamente nenhum vilarejo de praia no Brasil há o que fazer em dia de chuva.

Daniela Cristina de Oliveira

olá, queremos ir ao Morro de São paulo no dia 31 de maio para passa o feriado prolongado. Será que chove muito nesta época?

Carlos Dias
Carlos DiasPermalinkResponder

Pense duas vezes antes de ir !!!

Acessos;
Não é para qualquer um. Você não dará 3 passos sem estar subindo ou descendo com exceção das praias. Acessibilidade não existe para todos aqui.
Preços;
Caros, muito caros, principalmente quando relacionados aos serviços e qualidade oferecidos. Na maioria dos restaurantes em que comemos a comida era ruim e o atendimento péssimo. Um casal com duas crianças não conseguem uma refeição com menos de R$ 180,00. E como eu disse, normalmente ruim e sem atendimento ou serviço razoável.
Passeios;
Cuidado, os guias sempre vão dizer que o passeio é lindo mas depois que você comprou vai descobrir que foi enganado. Se viajar na baixa temporada a maioria das “atrações” não estarão disponíveis como bar flutuante, caiaques, carroças e outros mas, só te avisarão quando chegar no destino.
Piscinas Naturais;
Se você já viajou para Porto Seguro, Maceió ou Porto de Galinhas, você com certeza já viu as mesmas piscinas que existem em Morro, e a vantagem é que nessas praias você gastou menos, viu mais peixes e não sofreu tanto para chegar ao destino.
Pousadas;
Em comum, todas exibem fotos de espaços muito bonitos em seus interiores mas cuidado. As fotos são velhas. A maioria das pousadas que pesquisamos e depois visitamos para um eventual retorno praticam isso. As fotos são antigas e as pousadas tem instalações bem desgastadas como ventiladores que estão enferrujados e sem funcionar, camas ruins e outros itens bem usados já.
Restaurantes;
Cuidado ao escolher. Alguns servem comida estragada como o Point ou tem uma péssima cozinha como o Capitão Pipoca em Garapuá. Jantamos duas vezes no Casarão e também no Marilyn, que foram os únicos que serviram comida bem feita com serviço a altura.
Conclusões;
Já visitamos quase todo nordeste brasileiro e, em alguns destinos, estivemos três vezes. Morro de São Paulo, que visitamos entre 23 e 30 de junho de2018, não voltaremos com certeza absoluta!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar