Porto de Galinhas

Ao sabor das marés
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Veja neste guia prático de viagem a Porto de Galinhas:

Até os anos 90, Porto de Galinhas era apenas uma praia de nome exótico. Os recifenses veraneavam em Gaibu, na costa do Cabo de Santo Angostinho, ou na Praia do Toquinho, em Serrambi. O único resort da região, por sinal, ficava em Serrambi (e se chamava Intermares). Poucos turistas saíam do Recife para ir a Porto: o passeio mais desejado era à ilhota da Coroa do Avião, em Itamaracá.

Os primeiros habituês eram fregueses da comida nouvelle-pernambucana do Beijupirá e se hospedavam na pousada Tabajuba -- dois endereços que ajudaram a criar um estilo Porto de Galinhas, colorido e alto astral.

Aos poucos, com a vinda de grandes resorts para a ponta norte da orla -- Muro Alto -- e a construção de grandes hotéis ao longo da praia do Cupe, Porto de Galinhas foi posto no mapa. Cresceu até desbancar Recife como destino número 1 de Pernambuco. E se tornou a praia mais desejada por quem mora na região metropolitana do Recife.

Porto de Galinhas dicas

Rua das Piscinas Naturais

Com o crescimento, veio a descaracterização da vila, que ficou bagunçada e perdeu a direção de arte dos anos 90. Na última década, porém, a cidade se reorganizou. Um anel viário e calçadões de pedestres tiraram o trânsito do miolinho do centro. A rodovia da orla foi em grande parte duplicada e ganhou uma ciclovia. Bugues foram proibidos na areia da praia. O acesso às piscinas naturais foi disciplinado. As galinhas e as placas coloridas de antigamente ganharam um revival.

As multidões vieram para ficar. Mas conte com este guia para descobrir as melhores experiências de Porto de Galinhas.

Porto de Galinhas: quando ir

Sol e chuva, mês a mês

A estação seca vai de setembro a fevereiro. As chuvas se concentram entre abril e julho. Março e agosto são meses de transição.

Janeiro e fevereiro em Porto de Galinhas

Tempo firme: historicamente, chove 100 mm em janeiro e 150 mm em fevereiro. Você dificilmente vai perder um dia de praia. As máximas chegam perto dos 30ºC -- amenizados, ao ar livre e à sombra, pela brisa.

Março em Porto de Galinhas

Com uma média histórica de 250 mm de chuva, março já encaminha para a época chuvosa. As máximas continuam em torno dos 30ºC.

Abril a julho em Porto de Galinhas

Nesse 'inverno' nordestino, São Pedro costuma mandar mais de 300 mm de chuva a cada mês (em junho, a conta sobe para quase 400 mm). A temperatura máxima cai um pouquinho -- tipo 26ºC.

O que acontece na época das chuvas? Chove só um pouquinho de manhã? Chove o dia inteiro? Chove e pára, chove e pára, chove e pára? Na verdade, é imprevisível. Pode acontecer de tudo -- inclusive, pode acontecer de não chover nada e você pegar só dias de sol.

Mas se você quiser arriscar e pegar mais chuva do que gostaria, não vai poder reclamar.

Agosto em Porto de Galinhas

A média histórica cai para pouco mais de 200 mm no mês. A chuva ainda pode atrapalhar, mas o risco é menor. As temperaturas máximas seguem amenas, na casa dos 26ºC.

Setembro a dezembro em Porto de Galinhas

O calendário diz que é primavera, mas em Porto de Galinhas é verão. O tempo é superfirme, sobretudo em outubro, novembro e dezembro, quando chove abaixo de 100 mm. As máximas vão subindo até alcançar os 30ºC no fim do ano.

Porto de Galinhas: quando dá praia?

Piscinas naturais: acerte a lua

Os passeios às piscinas naturais em Porto de Galinhas ocorrem diariamente, o ano inteiro. O que nem todo mundo sabe é que há passeios melhores que os outros.

Quem visita Porto de Galinhas durante uma semana de lua cheia ou de lua nova vai encontrar as piscinas muito mais rasas e cristalinas. Isso porque, nessas luas, a maré baixa vaza muito mais. Outra característica interessante é que, durante a lua cheia ou a lua nova, a maré baixa ocorre de manhã, com sol alto (o que ajuda a dar mais transparência aos aquários).

Já quem programa sua viagem para uma semana de lua crescente ou de lua minguante não vai ter a melhor experiência. Nessas luas, a maré dificilmente seca o suficiente para deixar os recifes à mostra. Além disso, a maré baixa ocorre à tarde, com o sol menos alto, o que prejudica ainda mais o resultado. Mas os passeios são feitos mesmo assim -- e ainda que você não veja as piscinas perfeitamente formadas, vai poder andar de jangada e dar um mergulho no mar transparente de Porto.

Clique e aprenda como usar a tábua das marés (e aproveite para pegar 7 dicas para não perder a viagem a piscinas naturais).

Porto de Galinhas sem superlotação

Porto de Galinhas não é como Jericoacoara, Porto Seguro ou Fernando de Noronha, que dependem de turistas que vêm de longe para terem ocupação máxima.

Por estar a apenas uma hora do Recife, uma cidade com quase 2 milhões de habitantes, Porto de Galinhas é invadida nos feriados e nos fins de semana de sol.

Por isso, um ótimo esquema para aproveitar o melhor da região é viajar na contramão do fluxo local. Divida a sua viagem com Recife. Fique durante a semana em Porto de Galinhas e o fim de semana (na chegada ou na saída) na capital.

Assim, você evita a superlotação de Porto de Galinhas no fim de semana e aproveita Recife com menos trânsito e com o Recife Antigo no auge da animação.

Veja aqui um roteiro de 2 dias em Recife, incluindo passeio em Olinda.

Guia de Porto de Galinhas no Viaje na Viagem

210 comentários

Roberto
RobertoPermalinkResponder

O lugar só tem resort e fama. Estive em outubro/2018. É um lixo, não vale a pena perde tempo conhecendo. A praia é um encontro de farofeiros. Não tem um restaurante decente. Ou você fica 24 horas no resort ou vai pra muvuca. NÃO VALE A PENA.

Fatima Carvalho

Resido em Recife mas queria conhecer melhor PG .Fui em meados de dezembro de 2018 e achei terrível. Os barraqueiros estão acabando com a pria com tanta exploração e maltrato com a praia e os frequentadores. O centrinho está árido , feio, sem vegetação para amenizar o calor. As lojinhas feias e sem pinturas para dar beleza. O prefeito de Ipojuca está deixando a praia ao desleixo.Só as praias ao redor como Muro Alto que salva a região e isso por enquanto pois os Resorts ao redor vão fechar a praia para os turistas( segundo voz geral em Muro). As praias de PG fora do centrinho não são boas para tomar banho, pois são perigosas.Não gostei ! PG só para um dia. As pousadas caríssimas e não vale a pena . Se não ficar num Resort é melhor ficar em praia menos famosa e ir conhecer P. em um dia. Os restaurantes também são péssimos só exploração e comidas ruins.

Denis Vasconcelos

Os ultimos dois Links de "Porto de Galinhas: quando ir" estão quebrados:
Porto de Galinhas: quando ir
Sol e chuva em Porto de Galinhas, mês a mês
As melhores épocas para as piscinas naturais
Quando não encontrar Porto de Galinhas lotada

Estão faltando o # neles.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigada, Denis! Achou o erro e ainda apontou a correção. Está corrigido, agora, valeu!

mariluci jung
mariluci jungPermalinkResponder

A praia Pontal de Cupe é indicada como a melhor para banho, e uma das melhores a de Serrambi.
Pergunto, tem recifes?
gratidão,
mariluci

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariluci! Tem recifes que quase nunca ficam aparentes, e que não formam uma barreira compacta. Por isso a praia é gostosa tanto na maré baixa quanto na maré alta.

Alvaro
AlvaroPermalinkResponder

Olá bóia!!
Vou com minha esposa para Recife em julho, chegamos no dia 17/07/19 a noite e voltamos 27/07/19. Estou pensando em ir direto para Maragogi e ficar 2 dias (18 e 19), voltar para PG no dia 20 e ficar até 23 e ir pra Recife o resto dos dias, é viável esse roteiro? Obrigado pelas dicas do site que são maravilhosas!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Álvaro! Estabeleça as bases de acordo com a maré. Fique no período de maré mais baixa em Maragogi. Não viaje à noite de Recife a Maragogi, é longe e perigoso, a estrada não é duplicada e há muitos motoristas e caminhoneiros irresponsáveis.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar