Salamanca o que fazer: Catedral

O que fazer em Salamanca

Salamanca: o que fazer | Roteiro prático

Inclui: onde comer

Veja nesta página:

Salamanca cabe num bate-volta desde Madri — mas fica mais interessante numa escapada de 2 dias (com um ou dois pernoites).

Salamanca em 1 dia (bate-volta de Madri)

Clique nos nomes das atrações para ver os detalhes das visitas.

Salamanca em 2 dias

Clique nos nomes das atrações para ver os detalhes das visitas.

Dia 1:

  • Aproveite a vinda para fazer um pit-stop em Ávila ou Segóvia. Caso você queira fazer um pit-stop na vinda e outro na volta, pare em Segóvia na vinda e em Ávila na volta. Se for fazer apenas um pit-stop, escolha Ávila.
  • Se você vier de Segóvia, vai chegar às 17h30. Se vier de Ávila, vai desembarcar às 18h30. Faça check-in no hotel e saia para um rolê pela Plaza Mayor.
  • Jante no El Mesón de Gonzalo ou faça o circuito de bares de tapas.

Dia 2:

Dia 3

  • De manhã, volte a Madri (de repente com pit-stop em Ávila).
  • Caso vá seguir viagem a Coimbra, aproveite a manhã para visitar a Casa Lis.
  • Os ônibus para Coimbra saem no início da tarde.

Salamanca: as principais atrações

Plaza Mayor

salamanca plaza mayor

Entre as ‘plazas mayores’ da Espanha, a de Salamanca sempre aparece nas listas das mais bonitas. Construída no século 18, a praça é sede da prefeitura e já funcionou até como arena para touradas. Durante o ano, vários eventos culturais acontecem por lá.

É um lugar especialmente agradável à noite, com a iluminação das fachadas e as mesas ao ar livre. À diferença da Plaza Mayor de Madri, por exemplo, na Plaza Mayor de Salamanca você vai se sentir mais convidado a visitar… e ficar. Os bares não são os mais imperdíveis da cidade, mas são suficientemente simpáticos para que você peça uma bebidinha e curta o movimento.

El Mesón de Gonzalo

salamanca el mesón de gonzalo

Um dos endereços mais bacanas para comer perto da Plaza Mayor é o El Mesón de Gonzalo (Plaza del Poeta Iglesias 10, tel. 923 21 72 22). Funciona como restaurante, no subsolo, e bar, no primeiro piso — ambos de cozinha espanhola. O bar, descoladinho, oferece um ótimo cardápio de tapas. O restaurante, mais acolhedor, tem como especialidades as carnes e os pescados.

Universidade de Salamanca: Escuelas Mayores

salamanca universidade escuelas mayores

No mundo, são poucas as universidades funcionando há tanto tempo. Mais nova do que a Universidade de Bolonha, mas mais antiga do que as universidades de Coimbra ou de Cambridge, a Universidade de Salamanca acaba de completar 800 anos.

Era uma universidade sem sede. As aulas aconteciam no claustro da catedral e em outros espaços improvisados. O primeiro edifício construído para a universidade foi o das Escuelas Mayores, e é por ele que você deve começar a sua visita. Repare na fachada, e tente encontrar entre os ornamentos o sapo que virou ícone de Salamanca!

salamanca universidade escuelas mayores biblioteca

A visita é feita por conta própria. O percurso sugerido leva a antigas salas de aula e a espaços para solenidades. As Escuelas Mayores eram o lugar das cadeiras de mais prestígio (Direito Canônico e Civil, Teologia e Medicina). O maior tesouro é a biblioteca, que infelizmente só pode ser vista através de uma vidraça.

Escuelas Mayores | Universidade de Salamanca
  • Endereço: Calle Libreros, 30
  • Horários: abre diariamente
    • 1/abr a 15/set: 2ª a sáb 10h-20h
    • 16/set a 31/mar: 2ª a sáb 10h-19h
    • dom e feriado: 10h-14h
  • Ingressos:
    • inteira: 10 euros
    • até 12 anos: grátis
    • outros descontos aqui
  • Site oficial

Universidade de Salamanca: Escuelas Menores

salamanca universidade escuelas menores

Não deixe de visitar também as Escuelas Menores. A entrada fica na mesma praça das Escuelas Mayores; procure pela entradinha ao fundo.

O edifício das Escuelas Menores tem um pátio encantador. Numa das salas fica em exibição o afresco Cielo de Salamanca, resgatado das Escuelas Mayores, onde esteve escondido durante anos. A pintura, do século 15, representa as constelações do zodíaco e é um sonho.

Escuelas Menores | Universidade de Salamanca
  • Endereço: Plaza Fray Luis de León, 3
  • Horários:
    • 1/abr a 30/set: 2ª a sáb 10h-14h e 16h-20h
    • 1/out a 31/mar: 2ª a sáb 10h-14h e 16h-19h
    • dom e feriado: 10h-14h
  • Ingressos: grátis
  • Site oficial

Centro histórico: passeio e almoço

salamanca casa de las conchas universidade pontificia

Saindo da Universidade, continue o passeio pelo centro histórico em direção à curiosa Casa de las Conchas — uma fachada que merece ser fotografada. Do lado oposto da rua está a grandiosa Universidade Pontifícia, num edifício barroco que pertenceu à Companhia de Jesus.

salamanca corte & cata

A essa altura, já será hora do almoço. Dois restaurantes nos arredores têm menus com entrada, prato principal e sobremesa. Escolha entre a cozinha espanhola do Corte & Cata (Libreros 2, tel. 923 05 53 42) ou a cozinha meio árabe, meio mediterrânea do Salam (Placentinos 10, tel. 923 26 30 18).

Catedral Nova de Salamanca

salamanca catedral nova

Em menos de 5 minutos a pé você vai chegar na Catedral de Salamanca. Ou melhor, nas Catedrais. São duas igrejas contíguas, a Catedral Velha e a Catedral Nova, que você visita com o mesmo bilhete.

A Catedral ‘Nova’ já tem quase 300 anos de idade. Ganhou uma atualização engraçada nas últimas décadas, quando um restaurador adicionou um astronauta à decoração de uma das portas da igreja. (Procure por uma pequena aglomeração na fachada que dá para a Plaza de Anaya. Certamente serão pessoas tirando fotos do Yuri Gagarin salmantino.)

Catedral Velha de Salamanca

salamanca catedral velha

Se você já tiver passado pela Catedral de Toledo, é possível que não sinta um impacto tão grande ao conhecer a Catedral Nova de Salamanca. Mas continue o percurso: é na catedral mais antiga que está o maior encanto da visita, talvez até mesmo por suas dimensões mais modestas. Nela merecem atenção as pinturas murais da capela de San Martín, e também o retábulo, com cenas da vida de Jesus Cristo e do Juízo Final.

Catedral Nova e Catedral Velha
  • Endereço: Plaza Juan XXIII s/n
  • Horários: abre diariamente
    • abr-set: 10h-20h
    • out-mar: 10h-18h
    • feriados: consulte horários aqui
    • fecha 1/jan, 5ª e 6ª de Páscoa, 25/dez
  • Ingressos:
    • inteira: 6 euros
    • 65+: 5 euros
    • 7 a 16 anos: 4 euros
  • Site oficial

Ieronimus

salamanca ieronimus

Emende a visita às Catedrais com o Ieronimus, um circuito com vistas incríveis que passa por dentro das catedrais e leva até o campanário. É preciso encarar escadinhas estreitas, mas há várias oportunidades pelo caminho para retomar o fôlego e tirar fotos bonitas. À tarde é o melhor momento para apreciar, lá de cima, os tons dourados da cidade.

Ieronimus
  • Endereço: Plaza Juan XXIII s/n
  • Horários: abre diariamente
    • jan-fev: 10h-18h
    • mar-dez: 10h-20h
    • feriados: consulte horários aqui
    • fecha: 1/jan, 25/dez
  • Ingressos:
    • inteira: 3,75 euros
  • Site oficial

Ponte Romana

salamanca ponte romana

Sobrou pique? Então desça até a Ponte Romana para ver a cidade de outro ângulo, ao entardecer.

Circuito de tapas

salamanca jamon jamon

À noite, as ruas por onde você passeou pela manhã também se enchem de gente. Dê uma voltinha para ver o movimento, os restaurantes com mesas na calçada, os bares animados.

Dois endereços vizinhos garantem uma noite de tapas genial. O Jamón Jamón (Sánchez Barbero 11, tel. 923 17 69 62) é um excelente lugar para experimentar embutidos especiais, num cardápio em que o porco ibérico é a estrela.

salamanca tapas 3.0

No Tapas 3.0 (Sánchez Barbero 9, tel. 923 61 96 19) os ingredientes e receitas típicas da região viram petiscos e pequenos pratos saborosos. Bom para provar um pouquinho de cada.

A sobremesa pode ficar para a Umami (Rúa Mayor 7, tel. 923 05 28 05), uma sorveteria artesanal que só fecha às 23h.

Casa Lis

salamanca casa lis

Caso você tenha mais uma manhã em Salamanca, a Casa Lis é uma atração deliciosamente inesperada. Trata-se de um palacete modernista que hospeda um museu Art Nouveau e Art Déco. É um lugar impressionante desde a fachada, toda adornada por vitrais e integrada à antiga muralha de Salamanca. A coleção tem objetos decorativos e mobiliário, mas quem rouba a cena é mesmo o edifício, que merece ser visto por dentro.

Casa Lis
  • Endereço: Calle Gibraltar, 14
  • Horários: abre diariamente, exceto 2ª
    • 27/mar a 15/out: 3ª a dom 11h-20h
    • 16/out a 26/mar: 3ª a 6ª 11h-14h e 16h-19h; sáb e dom 11h-20h
    • fecha 6/jan
    • feriados: consulte horários aqui
  • Ingressos:
    • inteira: 4 euros
    • até 14 anos: grátis
    • outros descontos aqui
  • Site oficial

10 comentários

Sevilha é uma cidade encantadora, há muitas atrações como a Catedral, o Aqueduto que atravessa a cidade e o Alcazar medieval que é imperdível, e o Convento das Irmãs Descalças. Prato típico da região é o leitão assado.
Quem estiver na região do Lagos é bem fácil chegar até Sevilha.

Sevilha é interessante para conhecer se estiver na região de Algarve que aí é perto para atravessar a fronteira e cghegar até Sevilha. E quem estiver no Porto é interessante conhecer Santiago de Compostela que fica próximo.

Há dois anos fiz o circuito ao contrário, menos a ida a Cáceres. Fomos de Madrid ao Porto, passando por Ávila, dormindo dois dias em Salamanca. Hoje ficaria mais um dia porque Salamanca é agradável (em setembro) e riquíssima em história e monumentos a ver. Daí rumamos pro Porto, dormindo uma noite em Guarda. Resumindo, do Porto a Sevilha é muito chão a percorrer e, não dá pra perder, há muitas lugares a explorar antes de deixar Portugal. Entre Lisboa e Sevilha há longos trechos sem nada a ver. Sinceramente, Sevilha ficaria melhor encaixada, a meu ver, numa viagem descendo de Madrid rumo ao litoral seguindo depois para Barcelona.

Amei as dicas. Mas quero uma opinião. Vou para Porto (Portugal) em outubro e ficarei 15 dias, pretendo descer de carro até Faro e de lá conhecer Sevilha, e voltar para Porto passando por Cáceres e Salamanca. Vale a pena ou é muito cansativo? O que sugere? Obrigada!

Olá, boa noite.
Se eu tivesse que escolher entre um bate e volta para Segóvia ou Salamanca, qual seria melhor?
Grata pela atenção.

    Olá, Lucianna! É muito difícil optar. Segovia tem o Aqueduto; Salamanca é uma cidade mais charmosa e animada.

Que trata surpresa e coincidência. Estou de passagens compradas e pesquisando sobre Salamanca. Aí lembrei de um bate dorme Volta que o Riq fez uns 10 anos atrás é vim no site pesquisar mais info e não achei nada. Até comentei com a esposa que era estranho pois já existia no site info de Salamanca. Agora entendi o motivo de não ter achado. Vcs estavam planejando uma atualização. Parabéns pelo conteúdo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.