Salamanca

Aula Magna
Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Veja neste guia prático de viagem a Salamanca:

Salamanca cabe num bate-volta saindo de Madri. O centro histórico é gostoso de caminhar, sem ladeiras muito traumáticas. As atrações principais -- incluindo a fabulosa Universidade, que completou 800 anos em 2018 -- estão todas bem pertinho umas das outras.

Há, porém, três motivos muito bons para se demorar um pouco mais. São eles: a noite animada, os hotéis com bom preço, e a chance de fazer um pit-stop bem redondo pelo caminho, em Ávila ou Segóvia.

Programe dois pernoites em Salamanca e descubra uma cidade universitária linda e cheia de vida. Em matéria de carisma, Salamanca passa com 10.

Salamanca: quando ir

salamanca dicas: ieronimus catedral velha

Salamanca é um destino para o ano inteiro, embora os meses mais quentes combinem mais com a cidade.

A primavera não tem erro. Maio é o mês mais agradável, com máximas de 22°C e mínimas de 8°C. Junho também é uma delícia, com máximas em torno dos 25ºC.

O verão é intenso. Entre julho e agosto, dias de pico de calor podem registrar temperaturas próximas a 40°C.

O outono é a estação mais chuvosa. Novembro já tem temperaturas invernais, com termômetros que marcam mínimas de 2°C, e máximas de 13°C.

O mês mais frio do ano é janeiro, com temperaturas que variam entre -1°C e 9°C.

Salamanca: como chegar

salamanca dicas: estação trem

Estação de trem de Salamanca

Salamanca fica em Castela e Leão, um 'estado' vizinho a Madri (na Espanha, os estados são chamados de 'comunidades autônomas'). Graças aos trilhos de alta velocidade instalados em 2015, a viagem entre Madri e Salamanca leva apenas 1h36.

Os deslocamentos entre Madri e Salamanca podem ser aproveitados para visitar uma cidade no meio do caminho: dá para fazer pit-stop em Ávila ou Segovia.

E pela sua localização, próxima à fronteira portuguesa, Salamanca é uma parada perfeita em roteiros combinados Espanha-Portugal.

Veja todas as possibilidades:

Madri-Salamanca direto

Ao comprar sua passagem Madri-Salamanca, cuide para escolher um Alvia, o trem de alta velocidade, que faz o percurso em 1h36. Há um outro trem na rota, o MD (Media Distancia), que leva entre 2h40 e 3h de viagem.

Atenção: os trens de alta velocidade de Madri para Salamanca partem da estação Madrid-Chamartín. Selecione esta estação ao comprar a passagem.

Veja como comprar passagens de trem na Espanha.

Barcelona-Salamanca

Não há trens diretos entre Barcelona a Salamanca.

É melhor chegar a Salamanca depois de uns dias em Madri, para evitar uma baldeação chatinha. Os trens que saem de Barcelona chegam a Madri pela estação Madrid-Puerta de Atocha -- seria preciso se deslocar até a estação de Chamartín para pegar o trem a Salamanca.

Madri-Salamanca com pit-stop

Programar um pit-stop no caminho entre duas cidades é uma forma de fazer render o seu dia de deslocamento.

Ávila e Segóvia, também em Castela e Leão, valem a paradinha entre Madri e Salamanca.

Você vai embarcar em Madri, desembarcar na cidade do seu pit-stop, guardar as malas e passear. No fim da tarde, vai buscar as malas e reembarcar em direção a Salamanca. Num pit-stop você acaba adicionando um destino ao seu roteiro, sem precisar incluir mais um pernoite na viagem.

Para fazer um pit-stop entre Madri e Salamanca você vai precisar comprar dois bilhetes de trem separados. Um para o primeiro trecho (Madri-Ávila ou Madri-Segóvia), e outro para o trecho final (Ávila-Salamanca ou Segóvia-Salamanca). Só dessa maneira você vai poder desembarcar e reembarcar em outro trem, no final do dia.

Pit-stop: precauções e pegadinhas

Tenha em mente que só dá para fazer pit-stop viajando leve. Sua bagagem precisa caber em guarda-volumes que só comportam malas até o tamanho M.

Como os guarda-volumes não ficam nas estações de trem, mas nas rodoviárias, estar com bagagens de volume mais razoável facilita o vai-e-volta entre um lugar e outro.

Nesse dia, não se esqueça: dinheiro e passaporte devem ficar com você, guardados na doleira, por dentro da roupa. Os lockers são seguros, mas não é recomendável deixar objetos de valor neles.

Pit-stop em Ávila

ávila pit stop madri salamanca

Ávila

Se você só fizer um pit-stop, escolha Ávila.

  • Madri-Ávila: 1h30
  • Ávila-Salamanca: 1h15

Clique e veja como organizar a viagem a Salamanca com pit-stop em Ávila.

Pit-stop em Segovia

segovia pit stop madri salamanca

Segóvia

Se você fizer dois pit-stops, pare em Segóvia na viagem de ida, e em Ávila na viagem de volta. (Ávila é mais impressionante que Segóvia.)

  • Madri-Segóvia: 30 min.
  • Segóvia-Salamanca: 1h10

Clique e veja como organizar a viagem a Salamanca com pit-stop em Segovia na vinda e em Ávila na volta.

Salamanca a caminho de Portugal

Por estar a 120 km da fronteira, Salamanca é a parada mais conveniente para uma viagem entre Espanha e Portugal.

Sem carro, o melhor é usar os ônibus que passam diariamente com destino final ao Porto ou Lisboa.

Veja os tempos de viagem:

  • Salamanca-Guarda (Serra da Estrela): 2h05
  • Salamanca-Coimbra: 3h45 a 6h
  • Salamanca-Fátima: 7h15
  • Salamanca-Aveiro: 5h
  • Salamanca-Porto: 5h30
  • Salamanca-Lisboa: 9h

Compre na Flixbus.

Como sair das estações de trem e ônibus

  • Estação de trem: 2 km do centro histórico
    • Táxi: 5 euros (0,55 euro por mala)
    • Ônibus: linhas 1 e 11 (passagem ;1,05 euro)
  • Rodoviária: 2 km do centro histórico
    • Táxi: 5 euros (0,55 euro por mala)
    • Ônibus: linha 4 (passagem: 1,05 euro)

8 comentários

André
AndréPermalinkResponder

Fiquei em Salamanca em 2008 e fiz alguns cursos na Universidad de Salamanca. Assim, deixo aqui algumas dicas, principalmente para quem quiser curtir o estilo mais universitário da cidade: a maioria dos bares e boates da cidade possuem dias alternados em que fazem promoções e acabam sendo o point. Por exemplo, às terças, era o Irish Rover que fazia "barra libre" (è época, a módicos 5 euros, com chopp e sangria a vontade); às quintas, Atahualpa e Biblioteca (a Biblioteca tinha um "cara ou coroa" genial, em que se você ganhasse do bar, a bebida era grátis).
Aos finais de semana, o costume por lá é "salir de tapas" ou mesmo "salir de copas", para petiscar/beber. Há diversos bares com esquemas de "chupitos" (nossos famosos shots): Niebla, Chupiteria, Jackos, etc...
As baladas funcionam geralmente mais tarde. As mais famosas eram Pan y Agua (mais alternativa), Camelot (bem central), Potemkim, People, e outra que não me recordo o nome (um pouco mais distante do agito). A maioria possui entrada gratuita, então é comum os estudantes irem pulando de uma para outra (porém, se o cliente estiver já bêbado, geralmente eles barram na porta).
Não sei se ainda são exatamente esses os points da cidade, mas basta seguir o movimento, que a própria cidade acaba apontando o caminho...rs
Salamanca é imperdível, e é uma cidade extremamente barata, comparada com outros centros europeus. No pós balada, sempre válido um Kebab ou mesmo um sanduíche no brasileiro "Leonardo's".

Decio
DecioPermalinkResponder

Segovia é muitoooo mais impressionante que Ávila, opinião pelo menos de 9 a cada 10 pessoas. As duas valem a pena, mas Segovia tem muito mais atrativos (castelo, aqueduto romano, catedral gotica, lojas, uma das maiores coleções de construções românicas da Europa). Se tiver só uma opção, pare em Segovia.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Peço orientacaio; vou pra italia e Espanha passar 60
Dias de
01/05 a 01/07 mas quero retornar a italia por mais 15 dias de 18/09 a 02/10 há alguma implicação? Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carmen! Pelas regras do Espaço Schengen você pode permanecer até 90 dias a cada 180 dias. Matematicamente, suas viagens estão dentro do limite. A cada entrada, porém, o agente de imigração poderá questionar o motivo da viagem e exigir os requisitos de entrada (passagem de volta, hotéis reservados para toda a estada e/ou carta-convite do anfitrião, seguro-saúde e 65 euros por dia por pessoa).

neusa soares
neusa soaresPermalinkResponder

Eu tenho, 72 anso e meu marido 83, gostaríamos de conhecer a Espanha, somos do rio de janeiro e não falamos nenhum idioma estrangeiro, será que teremos problemas de comunicação, iremos a Madri e Barcelona, no mes de setembro. Indicaria um hotel nessa duas cidades,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Neusa! Brasileiros não costumam ter problemas de comunicação em destinos onde se fala espanhol.

Veja onde ficar em Madri e Barcelona:
https://www.viajenaviagem.com/destino/madri/onde-ficar-madri/
https://www.viajenaviagem.com/destino/barcelona/onde-ficar-barcelona/

teresa cristina Lima

Pretendemos (eu e meu namorado) ir para Espanha em março de 2020. Gostei da ideia é ir de Salamanca para Coimbra de ônibus. Vc tem mais informações sobre este roteiro ? Gostaríamos também de passear pela Serra da Estrela . Alguma sugestão ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Teresa! A Flixbus faz Salamanca-Guarda, na Serra da Estrela. https://www.flixbus.pt .

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar