Las Vegas: é preciso estar de carro?

Las Vegas

Precisa carro em Las Vegas? Precisar, não precisa: simplificando muito, Las Vegas é uma cidade de uma rua só; basta você estar nesta rua — a Strip — para caminhar e, se necessário, pegar táxi ou o transporte público (que não é mau).

Ainda assim, muita gente curte estar de carro em Las Vegas — porque os estacionamentos são gratuitos, os manobristas trabalham só pela gorjetinha, e é possível fazer passeios aos arredores (ou ainda vir de carro desde Los Angeles, pelo deserto).

Pelo que pude apurar nas caixas de comentários de posts anteriores, o freguês costuma ficar satisfeito com a opção que preferiu. Os que dispensaram o carro acharam conveniente, os que fizeram questão de rodas próprias só viram vantagens. É possível então que esta não seja mesmo uma questão técnica, mas de estilo.

Aí vão os prós de cada uma das modalidades, para você decidir (ou endossar ou rebater na caixa de comentários).

Las Vegas sem carro

– O táxi do aeroporto à Strip é pelo taxímetro: espere pagar 30 dólares até a região central. A fila é super bem organizada e anda rápido.
Tram do Aria

– Você só caminha pela calçada se quiser: os hotéis, em sua maioria, são conectados por alas de lojas ou shoppings completos. Existem também monorails (chamados “trams”) gratuitos entre hotéis do lado oeste da Strip. Um trecho conecta Bellagio, Aria e Montecarlo; outro vai do Excalibur ao Mandalay Bay; outro liga o Mirage ao Treasure Island.

Máquina de passagemRTC TransitRTC Transit

– A linha de ônibus Deuce on The Strip funciona 24 horas para cima e para baixo na avenida principal. O passe de 24 horas custa US$ 7; o de três dias, US$ 20, e vale também para a outra linha principal, a Strip and Downtown Express.

– A linha de ônibus Strip and Downtown Express circula entre 9h e 0h30 do extremo norte ao extremo sul da cidade, passando inclusive nos dois outlets. O passe de 24 horas custa US$ 7; o de três dias, US$ 20, e vale também para a outra linha principal, a Deuce on The Strip.

– O lado leste da Strip é ligado por um monotrilho pago, o Las Vegas Monorail, cuja vantagem (tanto sobre os ônibus quanto sobre os carros) é não enfrentar o engarrafamento da avenida. Mas as estações ficam bastante recuadas; é preciso dar uma pernada para pegar o trem.

– Todos os passeios aos arredores podem ser feito em tours organizados, com timing azeitado para visitar as atrações.

Las Vegas com carro

– Há muita concorrência e as tarifas podem sair bastante em conta, sobretudo para quem dispensa a proteção CDW e usa o seguro do cartão.

– Os estacionamentos são gratuitos.

– O valet parking custa apenas a gorjeta do manobrista.

– Dá para fugir do engarrafamento da Strip usando as vias expressas do oeste e do leste.

– Dá para usar o carro para fazer passeios aos arredores por conta própria.

Eu fiquei sem carro e não senti falta nenhuma — pelo contrário: a pé você fica mais exposto à fauna de Las Vegas, que é uma das curtições do lugar.

E você? Alugou ou não alugou carro quando esteve em Vegas? Como foi sua experiência? Diz pra gente!

Leia mais:

35 comentários

Oi, Ricardo! Cheguei há algumas semanas de Las Vegas e alugamos carro, sim, mas apenas para fazer os passeios mais distantes, como o bate-e-volta ao West Grand Canyon e a represa Hoover Dam. O carro também quebrou um galho quando fomos até a Freemont street, que é a Las Vegas de antigamente, já que fica do outro lado da cidade.
Quanto a alugar carro para curtir a região da Strip, acho bobeira, afinal, é tudo tão perto e, caso a distância seja maior, é fácil pegar um táxi, pois em todos os hotéis tem uma certa aglomeração na frente. Pelo menos no Venetian, onde me hospedei, e nos hoteis mais próximos dele eu conseguia táxi rápido.
No meu blog, detalhei alguns aspectos da viagem. Para quem quiser dar uma olhada, segue:

blogsealguemperguntar.blogspot.com.br

Abração,
Juliana

Acabei de chegar de Las Vegas. Fui com minha irmã e alugamos um carro compacto pela Hertz no site aqui no Brasil. Peguei o carro no aeroporto e de lá já fui direto para o complexo de lojas da Arroyo Crossing onde tem Best Buy, Walmart, Babies “R” Us, Ross… levei meu GPS aqui do Brasil com o mapa de Nevada e funcionou direitinho. Não fui de carro para o Grand Canyon, pois havia contratado o passeio de helicóptero, mas o carro ajudou muito nas compras. Fui no Outlet, na Target, Boulevard Mall e outros lugares para compras. Quando voltava para o Hotel (fiquei no Flamingo que, aliás, recomendo muito) estacionava e saía para passear a pé pela Strip. Lá realmente o carro é dispensável mas para se locomover para os locais de compras e acomodá=las é muito útil.

Carro ajuda muito, cheguei ontem, aluguei.
Ja conhecia a cidade o que me facilitou a movimentação.
É tudo muito tranquilo e de certa forma da uma independencia.
Mão na roda,facilita para conhecer melhor a cidade e os arredores.
Viagem tranquila e facil até o Gran Canyon West, Sky Walk, tendo o carro.
Pode alugar, leve seu GPS.
Se quer ir ao SkyWalk, coloque no gps as coordenadas do aeroporto do Sky Walk.
Boa Viagem

Pessoal! Dicas super-legais! Fazem toda a diferença!!! Mandem mais informações…

Não aluguei carro e nem senti falta. Fiquei hospedada no meio da Strip e andei bastante a pé. P/ as extremidades da Strip, usei o monorail. Acho que alugar ou não um carro vai depender da sua programação na cidade.

Eu cheguei de carro em Las Vegas e só tirei da garagem do hotel para ir pro Aeroporto… Talvez se fosse buscar passear pelos outlets o carro fosse uma boa, mas como só ficamos ao redor da Strip, não foi necessário usá-lo nenhuma vez sequer.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.