Pernoite em Caracas: onde ficar? o que fazer?

Caracas

Muita gente que vai pra Los Roques ou faz algum bem-bolado com milhas TAM para Aruba ou Curaçao acaba tendo que passar uma noite em Caracas.

Quando eu fui a Los Roques, em 2003, acabei dormindo perto do aeroporto, não cheguei a entrar na cidade. A Venezuela proporciona uma experiência sui generis para o turista do século 21. Não sei de nenhum outro lugar que aceite turistas onde ainda existe a aberração do câmbio paralelo. Na minha vez, havia um exército de cambistas no saguão à espera dos estrangeiros. Não sei se as últimas endurecidas chavistas tornaram a recepção mais discreta.

Uma maneira de evitar o pernoite caraquenho é ir na dica do Marcelo Lemos (que tem um relato completíssimo da viagem a Los Roques no seu blog), que descobriu (no Mochileiros.com) que indo de TAM e voltando de Gol não é preciso dormir na cidade [não é mais verdade, o vôo da TAM agora também chega no fim da tarde, impossibilitando a conexão]

Caso você queira ir com milhas TAM para Aruba ou Curaçao, o melhor é emitir a passagem a Bogotá, continuando de lá com Avianca. Bogotá inclusive vale a parada (veja nos relatos do Dionísio e do André).

A maneira de minimizar dores de cabeça (deixando, por exemplo, para fazer o câmbio negro só em Los Roques, num cambista de confiança da pousada) é desistir de qualquer turistagem local e ficar no hotel do aeroporto mesmo. Nesse caso, a dica é reservar o Eurobuilding Express Maiquetía, que fica anexo.

Querendo aproveitar a escala em Caracas para visitar a cidade… bem, aí precisamos de dicas da comunidade :mrgreen:

O que eu sei é que quem se hospeda nos bairros Las Mercedes e Altamira está mais próximo dos bons restaurantes da vida norturna (e que a outra zona hoteleira, de Sabana Grande, é movimentada/popular de dia, mas um pouco insegura à noite).

O point da noite são os bares do Centro Comercial San Ignacio, em La Castellana.

O melhor momento para subir no teleférico ao Cerro El Ávila é pela manhã. Tendo tempo, um passeio interessante parece ser até a cidadezinha colonial de El Hatillo, que fica a 30 km e pode ser visitada com o metrobús.

E em hipótese nenhuma dá para passar pela Venezuela sem experimentar uma arepa, o pastel local.

Mas isso são coisas que eu pesquisei. E você, que foi, o que tem a nos dizer? Desembuche, please!

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


90 comentários

Paulo, uns amigos ficaram neste hotel Chipi’s Beachs e gostaram muito, disseram que é bem novo mesmo. Eu fiquei no Catimar, luxo zero, mas tinha transporte e “dava para dormir”, paguei BSF 390/casal.

Olá, vou para Aruba em julho com as milhas da TAM e vou ter que pernoitar em Caracas na ida e na volta. Estou vendo os voos de Caracas a Aruba e hotel em Caracas com transfer com uma empresa de turismo AvilaTur, alguém sabe me dizer se essa empresa é de confiança? Estou insegura quanto a isso e ao hotel que eles me sugeriram Muevete por Vargas.

Olá a todos.

Estou indo com minha esposa para Los Roques agora em abril, no dia 10. Fechei com a Posada Guaripete e eles agilizaram tudo para mim (voo para LR, pernoite em Caracas etc.). Em Caracas, reservaram o hotel Chipis Beachs (?), que fica a 8 Km do aeroporto, segundo o Sr. Andrea, incluído o traslado. Ele disse que este hotel é novo, portanto ainda não tem nem site na net, mas ele me enviou algumas fotos por e-mail. Alguém tem alguma referência do hote?
Obrigado.

Abs.,

Paulo.

Olá, pessoal! Vou pernoitar em Caracas na volta de uma viagem a Aruba.

Muito foi falado sobre os táxis (obrigada por todas as dicas), mas o que vocês acham sobre alugar um carro no aeroporto Simon Bolivar e seguir para o hotel? É seguro?

Meu voo chegará em Caracas por volta das 23:30h.

Obrigada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.