Summerville, o primeiro resort de Muro Alto

Summerville, Porto de Galinhas

Se hoje Muro Alto é “o” endereço para um resort em Porto de Galinhas, o Summerville é um dos grandes responsáveis. Antes de se instalar por ali, em 2000, Muro Alto era apenas o destino de passeios de bugue (que naquela época, inclusive, vinham pela areia da praia). E Porto de Galinhas, a bem da verdade, não estava de fato no mapa dos resorts (o mais próximo era em Serrambi).

O pioneirismo não foi só esse. Dono de uma frente de praia não muito larga, o Porto de Galinhas, o Summerville acabou criando um estilo que foi seguido tanto em Porto quanto em outros lugares: o da piscina em forma de rio, perpendicular à praia, que aproveita melhor o espaço e valoriza também as áreas ao fundo do terreno. Foi também aqui que apareceu pela primeira vez o deck molhado — áreas rasinhas da piscina onde as espreguiçadeiras são colocadas sobre a água.

A localização

Muro Alto fica na ponta norte de Porto de Galinhas, no iniciozinho da costeira, 9 km antes do centro. Há um trevo assim que a estrada chega ao litoral. Há um transfer diário gratuito ao centrinho, às 11h, e mais seis horários pagos. O aeroporto está a menos de 60 km.

A praia

Summerville, Porto de Galinhas

O trecho exatamente em frente ao hotel é bonito mas não é muito aproveitável, porque tem pedras. Para pegar praia, deve-se andar 5 minutos para a esquerda, onde está a praia de Muro Alto propriamente dita. O Summerville mantém ali uma estrutura de praia.

Summerville, Porto de Galinhas

As instalações

Summerville, Porto de Galinhas

A recepção está situada no fundo do terreno, num prédio onde também ficam os apartamentos standard. O kid’s club tem a sua sede na ala norte da estrutura; por ali também estão o salão de beleza, a sala de ginástica e as quadras de tênis. A estrutura de convenções fica à direita (sul).

Logo em frente à recepção encontra-se o restaurante principal. A piscina vai até quase ali. Os predinhos de apartamentos, de dois andares, espalham-se dos dois lados da piscina. A faixa frontal é ocupada por bangalôs, pelo restaurante de praia e pelo quiosque do spa.

Na lateral norte (esquerda) do terreno há o mini-golf e um mirante (você precisa pedir para abrirem). Na lateral direita, perto da praia, ficam o vôlei e o futebol de areia.

Os apartamentos

Summerville, Porto de Galinhas

Summerville, Porto de Galinhas

São 166 unidades em prédios de dois andares, sem elevador. Os standard são maiores (37 m²) mas não têm varanda; localizam-se no prédio da recepção. Os superiores e luxo têm 31 m², varada e TV com tela LCD, e estão espalhados nos blocos ao longo da piscina; os luxo têm vista melhor do que os superiores (e decoração um pouco mais sofisticada). Há também suítes com cozinha equipada com geladeira, pia e microondas.

Há ainda 36 unidades em bangalôs próximos à praia. Todas são duplex, e a maioria está geminada duas a duas. As unidades chamadas bangalôs (75 m²) comportam famílias de até 5 pessoas; o bangalô nupcial(102 m²) é próprio para casais e têm piscina de hidromassagem próxima à cama; e o bangalô presidencial é o maior de todos, com 156 m².

Consulte tarifas do Summerville Beach Resort com valores exclusivos para cadastrados no Zarpo

Summerville, Porto de Galinhas

A piscina

Summerville, Porto de Galinhas

Summerville, Porto de Galinhas

Serpenteando da praia até as proximidades do restaurante e da recepção, tem vários ambientes e profundidades. As atividades recreativas acontecem na parte da frente. Há zonas demarcadas para nadar, relaxar e ficar com crianças (a mais óbvia: tem dois toboáguas). Há decks molhados em todas as zonas, um bar molhado, pontes e uma cascata.

Summerville, Porto de Galinhas

Summerville, Porto de Galinhas

Kid’s club

Summerville, Porto de Galinhas

Tem instalações amplas no prédio da recepção, com restaurante dos baixinhos anexo. Um dos diferenciais é a horta onde acontecem atividades de educação ambiental.

Summerville, Porto de Galinhas

Refeições

Summerville, Porto de Galinhas

Café da manhã e jantar estão incluídos nas diárias. Entre as especialidades pernambucanas servidas no café da manhã estão três tipos de bolo de rolo (o tradicional, de goiaba, mais os de chocolate e doce de leite). No jantar funciona uma estação de grelhados na varanda do restaurante onde sempre tem uma picanhazinha.

Na temporada também funcionam os restaurantes Quebra-Mar (à beira mar, só para adultos) e Arrecifes (pizzas), mediante reserva.

Summerville, Porto de Galinhas

Também há buffet na hora do almoço, pago à parte.

Bebidas

Em 2011, os refrigerantes eram Coca-Cola e Antarctica; as cervejas, Heineken, Skol, Brahma e Antarctica. Se este item for essencial à sua escolha, recomendo contactar diretamente o resort para informar-se sobre os acordos vigentes.

A sala de ginástica

Summerville, Porto de Galinhas

Fica nos fundos do terreno.

O spa

Summerville, Porto de Galinhas

Operado em parceria com o Kur de Gramado, funciona num quiosque voltado para o mar com salas de massagem. Há planos para uma versão ampliada.

Os passeios

São operados pela Pontestur, uma empresa do mesmo grupo a que pertence o hotel. Em 2011, o city-tour a Recife e Olinda saía R$ 40; em táxi fretado (para até 4 pessoas), sai R$ 200, incluindo o ateliê de Brennand. O passeio de catamarã a Carneiros, passando pela ilha de Santo Aleixo, custa R$ 80 (refeição à parte). Também é possível ir por terra a Carneiros (com travessia de barco desde a praia de Guadalupe), por R$ 55. O passeio a Maragogi sai R$ 40; a Igarassu e Ilha de Itamaracá, R$ 45. É possível fretar passeios de bugue a Maracaípe para até 4 pessoas (4 horas, R$ 120; 6 horas, R$ 160; passeio de jangada à colônia de cavalos-marinhos à parte) e ao litoral do Cabo de Santo Agostinho (6 horas, R$ 160). Espere pagar um pouco mais caro.

Um cantinho

Summerville, Porto de Galinhas

A jacuzzi de frente para a praia.

O hotel Summerville, em Porto de Galinhas…

  • É para você: que quer ir com a família a um resort testado e aprovado, com boa comida e recreação, sem surpresas.
  • Talvez não seja pra você: que faça questão de entrar na praia em frente ao hotel.

Summerville, Porto de Galinhas

Leia mais:

Passagens mais baratas para Recife no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Tarifas exclusivas para resorts em Pernambuco no Zarpo

Faça seu Seguro Viagem na Mondial Assistance

Alugue carro em Porto de Galinhas na Rentcars em até 10 vezes

127 comentários

Fiquei no Summerville em Dezembro de 2008 e como fui no início do mês (baixa temporada), ganhei um upgrade para o Bangalô, e adorei. O serviço foi excelente, funcionários competentes, levei filhos de 10 e 11 anos que ainda frequentaram o Kids Club ( a gostaram muito) com programação para pré-adolescentes. Na época, meus filhos levaram óculos de mergulho (daqueles simples, de natação mesmo) e na praia (aquela que o Ricardo falou, a alguns minutos de caminhada) conseguiam mergulhar na piscina natural e ver peixinhos. O hotel disponibilizava caiaques para os hópedes, o que foi bem divertido.O lugar é bem familiar, a comida era boa e não me lembro de nada que tenha me desagradado, voltaria lá com certeza!
Abraços

Parabens Riq pelo retorno sobre os posts de resorts. Qdo vejo os preços como o do buffet de almoço e das bebidas cobradas a parte, me vem de novo na cabeça aquela velha questão do all-inclusive ( caro X barato X serviço X variedade X luxo X whatever ). Um almoço no dado hotel, para uma família de 4 pessoas sai por volta de R$ 200 com algumas bebidas. Coloque aí uma semana e veja qto dá. Idem mais uns petiscos e bebidas durante o dia e voilá…..Note: Não estou criticando, estou só fazendo as contas..
Escrevi tudo isso para perguntar, Riq : Qdo sai aquele seu FAQ de all inclusives e/ou Tudo o q vc queria saber mais tinha medo de perguntar sobre all inclusive?!?!?!?
Se estiver muito off topic pode tirar daqui….Grato

Estive duas vezes em Porto de Galinhas. A primeira ficamos no Eco Resort do Cabo, em Cabo de Sto Agostinho, o hotel é o antigo Blue Tree de Cabo de S.A, portanto, apesar de antigo, estrutura ampla e redes no final da tarde são colocadas entre os coqueiros para um cochilo. A comida não era das melhores, mas os petiscos na beira da piscina compensam, pois não eram muito caros. A piscina é cheia de ilhas com jardins, o que dificulta o acompanhamento dos filhos brincando enquanto vc se protege do sol, sim, não posso esquecer: há iguanas passeando pelas áreas da piscina, não se preocupem são inofensivas e os salva vidas da piscina acompanham os passeios delas de perto!!! Na segunda vez ficamos no Beach Class, recomendo, pois a comida é boa, acomodações amplas (pelo menos no bangalo), a piscina muito boa para as crianças que no final da tarde terminam nas de hidromassagem que são aquecidas, ou seja, aproveitam até o ultimo minuto. Se for com filhos, alimente os peixes sargento no passeio de jangada em Porto de Galinhas. Sim a praia é cheia de gente vendendo coisas, a faixa de areia é estreita não tem onde pisar, mas se informe sobre o horario da maré, pois as piscinas naturais são mais legais na maré baixa. Enquanto espera coma escondidinho de camarão nos restaurante de Porto.

    É claro que para quem não é de Pernambuco, talvez o comentário de Mire faça algum sentido. E aqui não vai uma crítica a Mire, não. Talvez seja como vendam as coisas para os turistas.

    Mas não dá para dizer que se ficou em Porto de Galinhas, tendo ficado no Eco Resort do Cabo. É mais ou menos como dizer que se ficou hospedado no Leblon, num hotel em Copacabana. Com um detalhe, não há transporte fácil do Cabo para Porto.

    Aliás, basicamente nenhum dos resorts fica realmente em Porto de Galinhas. Quase todos eles ficam na Praia do Cupe ou na Praia de Muro Alto. Tudo pertencente ao município de Ipojuca (Camboa, Maracaípe, Serrambi e Toquinho também ficam em Ipojuca).

    Porto de Galinhas, propriamente dita, se divide em três praias. A primeira parte tem vários hotéis, como o Armação de Porto e tem o mar bastante agitado, inclusive sendo uma região um pouco perigosa de afogamento, por causa de pequenos redemoinhos que se formam.

    A segunda parte da praia de Porto de Galinhas é onde ficam as barracas. Quase não se vê a areia da praia e na maré cheia não é possível tomar banho de mar.

    A terceira parte é em frente da antiga casa de praia do Governo de Pernambuco, onde, reza a lenda, será construído um mega resort e um condomínio de luxo.

    A segunda parte, que é a mais próxima da vila, é onde ficam as piscinas naturais, acessíveis apenas na maré baixa.

    A melhor experiência gastronômica que se pode ter em Porto é comer os ensopadinhos (especialmente de caranguejo e de aratu) que são vendidos em barraquinhas que circulam pela praia. Atualmente, para mim, o melhor é o vendido por Dona Rute. Um pote custa 7 reais e 3 potes sai a 20 reais.

    Para ficar numa barraquinha a pessoa escolhe ou pagar 5 reais por cadeira ou pedir um petisco qualquer. Uma boa pedida é o filé de agulha frita, cujo preço oscila em torno de 40 reais. Algumas barraquinhas estão aceitando cartão de crédito e de débito, mas para comprar o ensopadinho tem que ser em dinheiro, mesmo.

    Claro que em Porto tem o estrelado (e caro) Beijupirá, mas a minha recomendação para quem ainda conseguir comer depois de tanto ensopadinho e agulha é o Peixe na Telha, que fica à beira-mar. E se tiver espaço para uma sobremesa, que tal um sorvete na Gelateria Parmalat?

Fui ao Summerville em 2008, quando meus filhos tinham 4 e 8 anos. Dos resorts desse porte que já fui com eles, esse foi disparado o mais satisfatório. A recreação é muito boa, a comida de boa qualidade e variada e as acomodações ( fiquei num quarto superior)bastante confortáveis, ainda que sem luxo.
Acho que o ponto alto do resort em termos de estrutura é a piscina que é uma delícia.
Fomos algumas vezes à praia em frente ao Nannai, mas atenção, tem que ir cedo porque, ao menos em outubro, quando eu fui, a maré subia por volta de 13/14horas.
Ah…uma coisa…quando eu fui o almoço das crianças- que é servido no Kids Club (somente delas) também estava incluso na diária.
Acho que para quem tem filhos pequenos não tem erro…
Agora vou conferir o Tivoli (Praia do Forte) no carnaval. Espero que corresponda às minhas expectativas:)

    Ana Luisa, só uma breve observação: não existe “horário certo” para marés de acordo com o local de forma permanente, como “sobe as 17h em Florianópolis”, “sobe as 15h em Recife”. As reversões do movimento cíclico das marés obedecem a um ciclo específico cujo horário muda todos os dias. No caso do Brasil, essa mudança é quase sempre uma antecipação em relação ao horário do dia anterior.

    Ana Luisa, conforme o André disse, a maré não tem horário fixo; ela atrasa 30/45 minutos a cada dia. Inclusive se você voltar na MESMA semana de outubro no ano seguinte, é CERTO que o horário das marés vai estar completamente diferente: será uma outra lua, uma outra configuração.

    Para aproveitar o Nordeste é preciso entender sobre as marés. Entenda sobre as marés neste post:
    https://www.viajenaviagem.com/2010/11/piscinas-naturais-7-dicas-para-nao-perder-a-viagem/

    Ok. Realmente não entendo lhufas de marés, apenas quis alertar sobre essa possibilidade. Que bom que não é sempre assim 🙂

Riq, quanto mais você comenta sobre os resorts mais dúvidas tenho em escolher um para minhas férias em fevereiro.
Tenho dúvidas entre o Beach Class, Summerville e Marulhos, mas lendo seus comentários vejo que nenhum dos três tem uma boa praia em frente ao hotel para banho. Qual deles seria mais perto de uma parte boa da praia ? gosto de mar calmo.
Obrigada,

Cada dia eu amo mais o VnV, o Ric, a Bóia!!! Tudo aqui é precioso. Cada detalhe, Jesus… Se não está perfeito, está bem perto!!!

Dia 17/01 estarei no Summerville. Aguardava ansiosamente este post. Ricardo Freire, você informa que o Summerville mantém uma estrutura na praia de Muro Alto (propriamente dita). Você tem como esclarecer em que exatamente consiste tal estrutura e se esta é ou não exclusiva para os hóspedes do resort? Valeu, Ricardo.

    Oi, Silvio! Esta estrutura conta com tem um bar móvel (que muda de lugar de acordo com a maré) e espreguiçadeiras, só para os hóspedes.

    Quando estive lá, eles também disponibilizavam caiaques para os hóspedes.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.