Viaje na Viagem 11 anos

11 anos boiando no espa├žo :-)

Viaje na Viagem 11 anos

Toc toc toc, tem algu├ęm a├ş?

Nos prim├│rdios da blogosfera, nesta ├ępoca do ano os ~internautas~ passavam pelos seus blogs favoritos para desejar um feliz ano novo aos colegas de caixa de coment├írios. Era um tempo em que todo mundo tinha sua pr├│pria rotina digital, passando diariamente pelo portal de not├şcias predileto e pelos seus blogs de estima├ž├úo. As caixas de coment├írios funcionavam como salas de chat onde amizades virtuais eram estabelecidas.

Hoje a rotina ├ę muito mais simples (mas tamb├ęm mais ca├│tica): basta estar logado no Facebook, e a sua timeline vai trazer at├ę 1.500 oportunidades por dia para interagir com amigos ou clicar em conte├║dos sugeridos ou compartilhados.

(Se mesmo assim voc├¬ ainda passa aqui todo dia para ver as novidades — at├ę mesmo num dia ensolarado na antev├ęspera de ano novo — ├ę porque voc├¬ realmente gosta muito do Viaje na Viagem. Fico muito honrado de ter voc├¬ a bordo!)

Paradoxalmene, hoje a audi├¬ncia (e a influ├¬ncia) do Viaje na Viagem ├ę exponencialmente maior do que quando a blogosfera pautava a navega├ž├úo na internet. Como assim, Bial?

O que eu vejo aqui do meu cantinho ├ę o surgimento de v├írias internets com diferentes especialidades. A internet da not├şcia e da intera├ž├úo est├í no Facebook, no Twitter, no WhatsApp, no Instagram. A internet do entretenimento est├í um pouquinho no Facebook, no Instagram, nos sites ca├ža-cliques tipo Buzzfeed, e cada vez mais no YouTube.

J├í a internet da consulta, da pesquisa, do conhecimento, continua onde sempre esteve — em sites e blogs com conte├║do s├│lido e confi├ível, encontrados via Google.

Grosso modo, daria para simplificar essa din├ómica na diferen├ža entre a internet do conte├║do oferecido e a internet do conte├║do buscado.

O conte├║do oferecido normalmente ├ę descart├ível (posts ca├ža-cliques) ou tem prazo de validade curto (notici├írio). Mesmo quando se trata de um conte├║do de f├┤lego, o conte├║do oferecido chega ao destinat├írio num momento em que muito provavelmente n├úo ser├í ├║til. A internet oferece tanto conte├║do pra gente — tanto bom quanto ruim — que de vez em quando sobrev├ęm aquela sensa├ž├úo de embotamento.

J├í o conte├║do buscado ├ę certeiro: aparece na hora certa, soluciona d├║vidas, resolve problemas, faz a gente agradecer a inven├ž├úo da internet. O conte├║do buscado s├│ ├ę frustrante quando n├úo responde ao que a gente est├í procurando.

├ë nessa internet do conte├║do buscado que o Viaje na Viagem tem relev├óncia. Desde 2009, quando o blog voltou a ser independente depois de uma breve portaliza├ž├úo (que n├úo deixou saudades, n├ę?), todo conte├║do tem sido pensado para responder ├ás d├║vidas de quem vier a pesquisar sobre o assunto dali em diante.

Nosso post mais visto ├ę de 2012; em 2015, depois de v├írias atualiza├ž├Áes, registrou 30.000 views mensais. Outro dia uma ag├¬ncia de publicidade perguntou ├á Elisa, nossa CEO, o que a gente fazia para promover esse post. A resposta: “Nada”. Conte├║do bom funciona.

Somos t├úo fissurados em produzir conte├║do para consulta que at├ę no YouTube, epicentro da internet do entretenimento, resolvemos adotar uma linguagem de tutorial. De novo, investindo no longo prazo.

Al├ęm da reformula├ž├úo do canal do Viaje na Viagem no Youtube, efetuamos duas mudan├žas importantes no blog em 2015.

A primeira foi o in├şcio da modera├ž├úo dos coment├írios, que acabou com perguntas e respostas repetitivas (sobretudo aquela: “Desculpe, mas n├úo temos como fazer roteiros individuais de viagem para cada leitor” — explicamos a nova pol├ştica de respostas aqui). Isso liberou a equipe n├úo s├│ para produzir mais conte├║do como tamb├ęm para atualizar posts antigos e acrescentar links de posts relacionados, facilitando a navega├ž├úo.

A segunda mudan├ža — esta, bem atrasada — foi a implanta├ž├úo do layout “responsive” para dispositivos m├│veis. Agora quando voc├¬ acessa o Viaje na Viagem no celular, j├í l├¬ o texto em corpo maior e com um espacejamento pr├│prio para a telinha do telefone. Ainda h├í v├írias coisas que precisamos ajustar, mas de um modo geral acho que ficou lind├úo. Voc├¬ j├í viu?

(J├í no tablet o layout ainda n├úo est├í funcionando. Se a sua tela aparecer desconfigurada, por favor role at├ę o p├ę da p├ígina e clique em “Vers├úo Desktop”, que restaura o layout para tela de computador.)

Depois da emo├ž├úo de completar 10 anos (e da turbul├¬ncia da mudan├ža de layout do blog), chego ao 11┬║ anivers├írio ├á frente do Viaje na Viagem orgulhoso e confiante. Ainda falta muito para construir e organizar, mas percebo que o blog ├ę uma refer├¬ncia cada vez mais forte.

Esse ano bati todos os r├ęcordes de reconhecimento na rua. Em qualquer lugar que eu v├í, sempre aparece algu├ęm para cumprimentar, agradecer dicas (e tirar selfies, ha!). Muitos desses leitores n├úo t├¬m a menor id├ęia de onde tenho andado. Mas voltam ao blog sempre que precisam de informa├ž├úo para viagem.

Outro dia fui apresentado a representantes de convention bureaux da Calif├│rnia como “um grande influenciador digital de viagens no Brasil”. Retruquei. Disse que eu e outros blogueiros de viagem influenciamos muito pouca gente. O grande influenciador de viagens no Brasil, isso sim, ├ę o conte├║do que a gente publica e deixa organizado para quando os viajantes precisam dele.

Revelo para você as duas coisas mais valiosas que eu aprendi nos últimos anos.

    O n├║mero de pessoas interessadas nas viagens que eu fa├žo ├ę limitado.
    O n├║mero de pessoas interessadas no que eu posso fazer pelas viagens delas ├ę infinito.

Duvida? Mesmo voc├¬, que est├í aqui em pleno 30 de dezembro lendo o Viaje na Viagem, e que por isso talvez se interesse pelas minhas andan├žas, vai ficar muito mais interessado se, em vez de escrever sobre a minha ├║ltima viagem, eu escreva conte├║do fresquinho e atualizado sobre a pr├│xima viagem que voc├¬ quer fazer. T├┤ errado?

    Minha opinião interessa a pouca gente e tem valor limitado.
    Minha explica├ž├úo interessa a muito mais gente e tem muito mais valor.

O que n├úo falta na internet ├ę opini├úo — e voc├¬ precisa se identificar muit├şssimo com um opinante para desdenhar a opini├úo dos outros. Poder confrontar v├írias opini├Áes ├ę uma das vantagens da vida online. Mas o que falta na internet ├ę explica├ž├úo, curadoria, informa├ž├úo em perspectiva. Explicar e destrinchar ├ę a ├║nica chance de ser mais ├║til que o TripAdvisor.

:mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Tenho a convic├ž├úo de que, num momento como esse, de crise e real desvalorizado, o conte├║do do Viaje na Viagem fica mais valioso do que nunca. Vamos naturalmente trocar viagens por impulso por viagens mais planejadas. E estrat├ęgia de viagem ├ę, mod├ęstia ├ás favas, o forte da B├│ia.

Fique ligado que 2016 vai trazer muita novidade no blog — incluindo bastante conte├║do Brasil. (Por falar nisso, hoje eu ia conseguir publicar o novo guia de Porto de Galinhas, mas depois de passar a manh├ú escrevendo esse post, acho que s├│ vou dar conta de p├┤r no ar amanh├ú.)

N├úo d├í pra terminar esse post sem agradecer a todo Team B├│ia pelo talento e dedica├ž├úo devotados em 2015: um beijo pra minha CEO Elisa (chefas first) e pras queridas B├│ias (em ordem alfab├ętica) Helo├şsa, Juliana, Mariana, Natalie e Rebeca.

Meu muito obrigado tamb├ęm aos parceiros comerciais e anunciantes, em especial ao Santander Select, que oferece a seus clientes o conte├║do de qualidade reunido no canal Select.

E claro, minha rever├¬ncia (├á japonesa: me curvei e abaixei a cabe├ža) a voc├¬, que passa aqui no blog at├ę quando n├úo precisa de informa├ž├úo para viajar e ainda l├¬ textos desse tamanho. Muito obrigado! Como diria o J.R., gar├žom-figura├ža da Pousada do Toque: voc├¬ ├ę show ­čÖé

Que venha 2016! Boas viagens para todos n├│s!

Leia mais:

126 comentários

Confirmando sua analise:
Devo a voce, e a todo o pessoal do VnV, as deliciosas e inesqueciveis viagens que ja fiz para Orlando, Patagonia, Lagos Andinos, Atacama, Rota das Emo├ž├Áes, e ainda muitas outras que est├úo na minha lista de desejos.
Obrigado, Guru!!!

Feliz ano novo, Riq ! Pra vc e pra toda equipe, parab├ęns por mais um ano de sucesso.
E obrigada por ensinar os caminhos das pedras pra nós, blogueiros juniores. O VnV sempre será nossa bússola !

Ricardo e equipe. Estou em Lucerna – Su├ş├ža, embaixo das cobertas, programando e revisando o roteiro dos pr├│ximos dias em Frankfurt e regi├úo. Sou f├ú de carteirinha do Viaje na Viagem, seja no r├ídio, no blog, no YouTube ou no Facebook. Leio tudo, sigo as recomenda├ž├Áes e indico sempre. Parab├ęns pelo trabalho e dedica├ž├úo. Meu desejo para 2016 ├ę pular as 7 ondinhas e desejar uma viagem a um local desconhecido a cada uma delas. Conto com voc├¬s nesta jornada. Abra├žos abaixo de zero a todos.

­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝­čĹĆ­čĆ╝
Para vc e toda equipe por mais um ano cheio de novidades e muita informa├ž├úo para os viajantes!!!

Riq, voc├¬ sintetizou lindamente o valor e a qualidade de seu trabalho para todos. Ler seus textos at├ę o fim, ├ę sempre um prazer.
Temos o maior orgulho em dizer que nosso Comandante ├ę a maior refer├¬ncia em turismo no Brasil !
Parab├ęns a voc├¬, ao Nick, Elisa e as queridas boias e viva os 11anos de nosso querido VnV !
Feliz Ano Novo a todos !

A gente l├¬ at├ę o final porque, al├ęm do prazer da leitura, tem sempre algo a se aprender no meio desses textos.
Obrigado, comandante e equipe VnV! Que em 2016 vocês continuem enchendo a internet de conteúdo, como vcs fazem tão bem.

Riq, sua escrita sempre me fascina. Atualmente mais, pois traz a maturidade deste trabalho tão bem realizado. Feliz 2016 a você, Nick e bóias! Feliz ano novo a todos!

Aten├ž├úo: Os coment├írios s├úo moderados. Relatos e opini├Áes ser├úo publicados se aprovados. Perguntas ser├úo selecionadas para publica├ž├úo e resposta. Entenda os crit├ęrios clicando aqui.