Caribe para principiantes: língua, visto, vacina, passeios, dinheiro, tempo, furacões etc.

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Aruba: Eagle Beach

Cada vez mais o Caribe se consolida como a nova fronteira para as férias na praia do brasileiro. Mais até do que o mar azul-bebê, o que nos atrai é a novidade. Na cabeça do brasileiro, as ilhas do Caribe são um arquipélago com o formato de um ponto de interrogação. Para facilitar a vida dos candidatos a viajar pela região, compilei as perguntas mais frequentes que me fazem sobre o Caribe.

Precisa visto?

Só para Cuba (obtido na compra do pacote, solicitado junto ao consulado ou comprado no emparque) e para os territórios dos Estados Unidos no Caribe, como Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas. O território francês de Guadalupe, onde estão St.-Martin e St.-Barthélemy, não exige mais visto de brasileiros desde outubro de 2009. O México também deixou de exigir visto em 2013.

Precisa vacina contra febre amarela?

Barbados exige. Se você embarcar para Bahamas desde os Estados Unidos, talvez a companhia aérea exija. As outras ilhas e o México não pedem. A Colômbia, que serve de escala, também não pede a vacina. O Panamá passou a exigir vacina contra febre amarela em 2017, mas quem não for sair do aeroporto, e estiver em conexão de até 6 horas, está dispensado.

Precisa fazer câmbio?

Com exceção de Cuba, o dólar é moeda corrente em todos os lugares turísticos do Caribe. O troco normalmente vem na moeda local. Na maioria dos países os caixas automáticos inclusive dão a opção de fazer saques em dólar. Cartões de crédito têm larga aceitação. Caso você vá para Los Roques, saiba que na Venezuela o câmbio negro é praticado abertamente e paga 10 vezes a cotação oficial (não usar é loucura).

Curaçao: Port-Marie/Portomari

Precisa falar inglês?

Nosso portunhol é relativamente bem entendido na República Dominicana, em Cuba, no México, na Colômbia, na Venezuela, em Aruba e Curaçao. Em St. Maarten e Barbados, um pouco de inglês é bom para evitar mal-entendidos. Tanto na parte francesa de St.-Martin quanto em St.-Barth o inglês é compreendido e falado por todos.

Precisa carro?

Em St. Maarten, Curaçao e St.-Barth é fundamental. Em Cancún, permite que você passeie por conta própria. Em Aruba dá uma mobilidade extra, mas não é imprescindível. Em Barbados, a independência vem com um problema: dirigir na mão inglesa em estradas acanhadas. Em Playa del Carmen só é necessário para os dias de passeios. Em Cuba é uma aventura (poucos postos de gasolina, muitos cubanos pedindo carona). Em Punta Cana é praticamente inútil (e não se preocupe, há fartura de táxis. O preço é tabelado, há um guichê no aeroporto e nos hotéis é só pedir para o mensageiro, que ele chama por telefone.)

Precisa carteira internacional de motorista?

Não.

Arena Gorda, Punta Cana

Qual é a melhor época?

O tempo é mais firme e a temperatura mais amena entre dezembro e abril. Em maio o clima começa a ficar mais úmido, as temperaturas sobem e as chuvas são mais freqüentes, por isso os preços caem.

E os furacões?

Podem ocorrer entre agosto e novembro (com exceção de Aruba, Curaçao, Los Roques e Cartagena; Barbados e San Andrés tampouco vêem furacões há muitos anos). A probabilidade de pegar um é mínima - e compensada pelos preços bastante em conta desta época. Saiba mais aqui.

O mar é bonito mesmo?

Todo o Caribe vendido no Brasil tem praias consistentemente mais bonitas do que as nossas, no quesito cor da água e transparência. A areia branca dessas ilhas é que dá a coloração azul-bebê característica da região. A transparência/cristalinidade varia de acordo com a época, com a quantidade de luz, com as condições atmosféricas, com o vento, com a ocorrência ou não de chuva nos dias anteriores, com a posição do sol, com a posição do observador. É muito difícil para um fotógrafo amador captar a transparência da água sem polarizador e sem paciência para encontrar o ângulo exato em que a cristalinidade é revelada. Não espere encontrar o tempo inteiro a água quase incolor vista de fotos aéreas. O mágico do mar do Caribe é o azul-bebê. Uma vez dentro d'água você sempre vai ficar encantado com a transparência e a visibilidade.

St.-Barth: Plage Gouverneur

Como é a temperatura da água?

Morna no meio do ano (mas menos morna que no Nordeste) e um pouquinho fria no fim do ano (mas menos fria que no Rio e em Santa Catarina).

Tem muitos passeios?

No seu hotel haverá guichês de agências locais com os catálogos. Quase tudo pode ser arranjado de um dia para o outro. Cancún, Playa del Carmen e Barbados têm os passeios mais diversificados. Fãs de arquitetura colonial vão curtir Havana, Cartagena e Curaçao. Para mergulhar os destinos top são San Andrés, Bonaire, Cozumel, Los Roques, Curaçao e St. Maarten.

Tem agito?

Cancún e sua vizinha descolada, Playa del Carmen, são imbatíveis neste quesito. A noite tem algum apelo para solteiros em Cartagena, Barbados e Curaçao.

É bom para ir com crianças?

O mar é propício para crianças em todo o Caribe oferecido no Brasil (evite apenas a parte de baixo da zona hoteleira de Cancún, que tem mar perigoso). Você encontra resorts superequipados em Punta Cana e na Riviera Maia (ao sul de Cancún). A hotelaria de Aruba também é bem preparada para satisfazer as expectativas de famílias brasileiras.

Mullet Bay, St. Maarten

É mais caro do que o Nordeste?

É. Não se iluda com os pacotes mais em conta -- normalmente são chamarizes e oferecem hotéis bastante inferiores aos que você escolheria no Nordeste. Na baixa temporada (maio a novembro) você vai encontrar preços bons até em ótimos hotéis, mas leve em consideração que é a época mais sujeita a chuvas, e que de agosto a novembro há risco de furacão -- o que leva os hotéis a baixarem violentamente os preços (coisa que o nosso Nordeste poderia fazer na nossa temporada de chuvas, entre maio e julho).

Gastos extras: conte em pagar pelo menos 3 dólares por cerveja long-neck ou refrigerante (a cerveja pode chegar a 5 dólares em alguns lugares). O preço das refeições, em todas os gêneros de restaurantes, do fast food aos mais sofisticados -- regula mais com São Paulo e Rio do que com o Nordeste. Com o agravante de que não dá para dividir pratos. Os lugares mais em conta são Cancún, Playa del Carmen & Riviera Maia e St. Maarten.

Os passeios também são bem carinhos -- você vai encontrar alguns de 40 dólares, mas a maioria começa em 60 dólares, e muitos custam de 100 dólares para cima.

Como são as compras?

O comércio nas ilhas é voltado para o turista americano. Por isso é especializado em tudo o que é altamente taxado nos Estados Unidos: jóias, relógios, cosméticos, perfumes e roupas de grife. O único lugar onde comprar eletrônicos é interessante é o Panamá; se a renovação do seu equipamento fizer parte do seu plano de viagem, programe uma paradinha na Cidade do Panamá na volta. Ou vá via Miami.

Leia mais:

Praias do Brasil e do Caribe, mês a mês

330 comentários

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Boa noite,

Pretendo ir para Punta Cana em Julho desse ano. Essa época é boa?
Uma outra dúvida é se faço ou não o seguro de viagem, tem algum para me indicar?

Obrigada,
Mariana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Nunca viaje ao exterior sem fazer seguro. Há muitos seguros bons no mercado. A Mondial é parceira do Viaje na Viagem.

Julho é uma época boa em termos de clima. Faz calor, mas não chove muito: http://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe/

Kelrin
KelrinPermalinkResponder

Mariana, por gentileza me passe seu e-mail só para que eu possa tirar algumas dúvidas com você. também pretendo ir a Punta Cana e no mesmo período que você, mas como marinheira de primeira viagem, estou com medo de acabar me frustrando. rs

Claudia Calvet

E a Jamaica? É o mesmo esquema?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Não saia do Brasil sem seguro.

Remo De Barros

Olá
brasileiro não precisa de visto para o México já há um bom tempo, caso você queira atualizar o artigo...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Remo! Obrigado por corrigir. Esquecemos de atualizar aqui, já estamos providenciando a atualização.

Raquel M
Raquel MPermalinkResponder

Ola, estou indo para Guadalupe, e vou fazer conexao no aeroporto de Porto Rico, na ida e na volta, preciso apresentar o visto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Precisa sim.

Pablo Gauterio Cavalcanti

Olá Boia! Estamos querendo levar meu pai para viajar, que é um grande fã de cassinos. Entretanto, ele está doente e acha Las Vegas um voo muito longo. Surgiu então a ideia de algum lugar no Caribe, que é pouco mais que a metade do caminho.
A primeira ideia era Cancun, mas me parece que os bons hoteis não são cassino, e dependeríamos de transporte frequentemente. O ideal seria se hospedar, jogar, comer, etc, em um só local.
Resumindo, qual local no Caribe vocês acham que é o melhor para um fã de cassinos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pablo! Considere Aruba ou Punta Cana.

Pablo Gauterio Cavalcanti

Desculpe, mas o "ou" ali da frase me fez entender que você queria me dar outra fica além de Punta Cana smile
De qualquer forma, muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pablo! Já está corrigido!

valeria
valeriaPermalinkResponder

Olá pessoal! Há alguns anos nao ando 100 km sem antes consultar o vnv q sempre acerta em tudo!!! Há um mes veio lendo publicações sobre Cancun, Playa e Tulum e seus parques para montar meu roteiro. Estou indo dia 29/01 com meu marido e filha de 8 anos.Resolvi então nao perder tempo nem dinheiro com os parques porq percebi q existem lugares maravilhosos pra se conhecer com os mesmos atrativos dos parques de forma totalmente natural. Montei meu roteiro pra conhecer toda região sem os famosos parques. Fiquei com medinho de me arrepender qdo voltar conto pra vcs. Bjos.

Renata
RenataPermalinkResponder

Oi, estou indo fazer um cruzeiro no Caribe, saindo de porto Canaveral passando por Cococay, Bahamas;Charlotte Amalie, St. Thomas e Philipsburg, São Martin. Preciso levar comprovante de vacina contra febre amarela?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Nas Bahamas podem pedir.

Nelson
NelsonPermalinkResponder

Cadê Bonaire? Vocês praticamente não falam nada sobre Bonaire...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nelson! Não temos conteúdo próprio sobre Bonaire. É um destino bastante específico para mergulhadores.

Outro dia publicamos um Linkódromo direcionando para o Olhar de Viajante:

http://www.viajenaviagem.com/2016/03/bonaire-para-mergulhadores

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Oi! Viajarei para Miami 11/8 e irei fazer um cruzeiro para Cozumel,Jamaica,Bahamas...meu passaporte vence 16/2/17, já providenciei renovação mas tenho medo de não dar tempo! Será Q terei problemas no cruzeiro, uma vez Q estará vencido no embarque caso não dê tempo de chegar o passaporte novo? Estou preocupada! Desde já muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flavia! Para entrar nos Estados Unidos o seu passaporte só precisa estar válido até a data da saída.

Bruna
BrunaPermalinkResponder

Olá Boa noite. Vou viajar a punta cana agora em outubro, porém irei com meu passaporte europeu. Por ser outro passaporte e não o brasileiro, necessita de visto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruna! Não precisa não.

Italo ricardo da silva

To gostando das dicas? meu sonho é ir pra punta cana ou cancun. Rsrs

Rafael
RafaelPermalinkResponder

A Costa Rica exige vacina contra febre amarela. Se bem que, quando cheguei lá, não pediram.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! As cias. aéreas Copa ou Avianca não deixaria você embarcar sem a vacina para a Costa Rica.

Cristiane
CristianePermalinkResponder

Olá gostaria de saber se é necessário e porque ? fazer seguro de viagem? Estou indo para punta cana agora em julho de 2017, estou cheia de curiosidades em relação a isso, quando a gente compra passagem ou fecha a hospedagem não já está incluso o seguro? ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristiane! Não está não. Não saia do Brasil sem seguro-assistência.

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar