110 hotéis em Paris comentados pelos leitores (com mapas!)

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Paris, Rio Sena

Atualização | Natalie Soares (24/4/2012)

Este post reúne e organiza todos os comentários deixados por leitores do Viaje na Viagem em diversos posts sobre os hotéis em que se hospedaram em Paris. Os hotéis estão divididos por arrondissements -- os bairros numerados e agrupados em desenho de espiral a partir do Louvre. Os bairros mais centrais são os de 1 a 6.


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

 

Se o hotel não estiver listado aqui, é porque ainda não foi comentado por nenhum leitor.

Paris 1 (margem direita; Louvre, Châtelet, Les Halles, Vendôme)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 2 (margem direita; Bourse, rue Montorgueil)

Paris 3 (margem direita; do Marais à République)

Paris 4 (margem direita; Hôtel de Ville, île St.-Louis, Rivoli)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 5 (margem esquerda; Quartier Latin, Sorbonne, Mouffetard/Contrescarpe)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 6 (margem esquerda; St.-Germain, Luxembourg)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 7 (margem esquerda: Torre Eiffel, Invalides, Raspail)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 8 (margem direita; Champs-Elysées, St.-Honoré, Concorde, Madeleine)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 9 (margem direita; Opéra, Boulevard Haussman/Galeries Lafayette)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 10 (margem direita; Gare du Nord, Gare de l'Est, Canal St.-Martin)


Visualizar 110 hotéis em Paris comentados pelos leitores em um mapa maior

Paris 11 (margem direita; République, Oberkampf, Bastille)

Paris 12 (margem direita; Bercy Village)

Paris 13 (margem esquerda; Gobelins, Place d'Italie, Butte-aux-Cailles, Chinatown)

Paris 14 (margem esquerda; Montpartnasse)

Paris 15 (margem esquerda; entre Torre Eiffel e Montparnasse)

Paris 16 (margem direita; Passy, Trocadéro, Avenue Foch)

Paris 17 (margem direita; Clichy)

Paris 19 (margem direita; La Villette)

Paris 20

Fora dos arrondissements

Leia mais:

416 comentários

miguelito
miguelitoPermalinkResponder

Tenho me hospedado em hoteis no subúrbio como forma de pagar um preço mais em conta. As resevas eu faço no http://www.booking.com e estão em linha com o que diz no site. Muito bom. Recomendo. O Metrô leva e trás até à 1:00h da madruga e 2:00h na sexta e no sábado. O subúrbio que me hospedei foi:

15 arrondissemente (bairro). Casa de um amigo. Rue de Lourmel. Metrô 8 estação Lourmel. Muitos franceses. Quase nenhum imigrante. Nenhum sorriso. Bairro muito bonitinho. Dava pra ir andando até a Torre Eiffel. A noite tem vários pubs, cafés e restaurantes abertos. Muito bom. Andei um pouco mais no bairro e achei tudo bem bonito. A noite é bem iluminado.

18 arrondissement. 51 rue letort, hotel Iliade, Metro 4 estação Poissonniers, perto da rue championnet. Paguei muito barato E$44, mas mederam um quarto no térreo ao lado da portaria, muito barulhento. O bairro é povoado com imigrantes de origem árabe, africana e paquistanesa. A lingua na rua que se escuta é o árabe. Apesar da aparência de imigrantes pobres das pessoas, achei até mais agradável o tratamento que recebi. Menor a sensação de insegurança do que na praia de copacabana, antigamente. Ao contrário do nativo francês, os imigrantes não se importam com uso do idioma inglês que muitos dominam. Andei muito pelo bairro e comprei roupas de frio, luvas, cachecol, gorro a 3 euros a peça e casaco por 10 euros. Uso feliz. A noite as ruas são escuras. Andei com bastante tranquilidade apesar de cruzar de vez em quando com imigrantes. Mas sempre que disse "bon soir" recebi resposta dos transeuntes. Encontrei um que falava português da costa do marfim e nas poucas palavras que trocamos foi bastante simpático.

19 arrondissement, Le Villette hotel, rue curial, por 3 noites paguei E$ 174. Metro 7 estação Crimeé. Tem mais imigrantes africanos e alguns árabes. Mesma coisa do outro bairro. Fui bem melhor tratado do que vinha sendo pelos franceses. Porém menos gente fala o inglês. Me viro com o francês mesmo. A noite as ruas são mais iluminadas. Menos gente. Poucos bares perto. Andando um pouco, perto da estação stalingrad encontra-se mais noite. Mais pub, café restaurantes.

Andei um pouco pelo 20 arr cemitério de Pere Lachaise, onde está enterrado Jim Morrisson, e achei o bairo lindo. Vale uma experimentada.

Transcrito manualmente pela equipe VnV de uma página que expirou.

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Olá a todos, venho deixar aqui o meu comentário acerca de da minha estadia de 5 cinco dias em Paris. Em primeiro comprem o ParisVisite e conciliem com números de dias que ficam. Relativamente aos hoteís, ponham fora de questão o Hotel Charma, as fotografias do mesmo são enganosas, a internet e wi-fi é aldrabice, funciona mas só ao fim de muitas voltas, para quem não é experiente com redes tenham atenção. O elevador não funciona, se é que alguma vez funcionou e só é dito depois da reserva paga, curioso, ainda mais quando as estadias são pagas com cartões de crédito. A limpeza só existe na imaginação deles, algumas situações mesmo muito desagradáveis, mas não pensem que outros hotéis dentro do mesmo nível podem ser melhores, eles pensam que quem vem a Paris vem preparado para tudo e sujeita-se a tudo. Escolham poucos monumentos em conformidade com os dias que ficam, vejam cada coisa como se fosse a única para ver, se quiserem ver tudo perdem a magia de Paris, aconteceu me isso. O resto comida, bebida e entradas, já vai ao gosto e posses de cada um. BOA SORTE

Transcrito manualmente pela equipe VnV de uma página que expirou.

mary marcia
mary marciaPermalinkResponder

Concordo com o Marcelo Sales,agora me sinto melhor em saber que nem tudo que reluz é ouro.Minha estadia foi do dia 25/12/2011 ao dia 30/12/2011,o hotel Ibis na La Defense também cheirava a cigarro e tudo que ele relatou é verdade.São mal educados sim.Hoje fiz uma avaliação do hotel em um site, e mais se voltar nesta cidade vai ser
um processo de terapeuta.Moro na cidade atualmente mais suja do Brasil Salvador, mas prefiro conviver nela assim mesmo.Não troco o Brasil por nada, fui passear na Europa com meu dinheiro sem pedir nada a país algum.
Parabéns Marcelo Sales

Transcrito manualmente pela equipe VnV de uma página que expirou.

Maíra Moura Góes

Olá, nao sei se aqui seria o lugar ideal pra essa duvida, sou nova visitante no blog (!), mas fiz duas reservas de Hotel com cancelamento sem multa e gostaria de opiniao dos mais experientes com Paris pra ajudar a me decidir em qual ficar! Um á o Adagio no Boulevard Haussmann, é um apart hotel e li em blogs pra viagem com crianças (vou levar minha filha de quase dois anos) que estar em um apart facilita por ter cozinha, etc...o outro é o Mercure Montmartre Sacre Coeur. O Mercure já conheço, tem serviço de quarto diariamente e talvez mais conforto que o Adagio. A duvida é: a localização do Mercure é tao boa quanto a do Adagio? A vizinhança é "family friendly"? Se eu tiver escrito a perguntar no lugar errado me desculpem, espero que possam me ajudar. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! O hotel do Boulevard Haussmann é mais central.

Leia sobre insegurança em Paris:
http://www.viajenaviagem.com/2013/07/europa-inseguranca-turismo

Maíra Moura Góes

Olá, muito obrigada, principalmente pelo link sobre insegurança...vou de trem de Paris a Londres e vi que ideal eh usar o cadeado pra prender as malas! Vou providenciar! Sobre o Hotel, entendi que o Boulevard Haussmann pode ser mais adequado. Mas essa área de montmartre também eh "tranquila"? Pra ver se vou abrir mão do conforto pela melhor localização....

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! Em Montmartre, e sobretudo neste hotel, você estará mal localizada. O Boulevard Haussmann, como respondi anteriormente, é mais bem localizado. Mas se você quiser perguntar isso outra vez, eu respondo a mesma coisa de novo, não vou mudar de opinião não, te garanto.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Olá!
Nunca fui a paris e recebi a tarefa de planejar a viagem para meus pais e meu irmão.
A tarefa de conseguir um quarto triplo com bom preço é árdua.
Estou na dúvida entre 4 hotéis com disponibilidade de quarto triplo para o período que preciso:
– Mercure Montparnasse raspail
– Ibis Style Republique
– Ibis Style Maine Montparnasse
– Ibis Paris Italie Tolbiac
A diferença de preço entre cada hotel é de aproximadamente 200 reais, sendo que o Mercure o mais caro. Cada hotel na sequência vai ficando 200 reais mais barato.
O Ibis Style já tem incluído café da manhã.
Por não conhecer a cidade, me sinto perdida e tenho receio de fazer uma economia que não compense tanto…
Alguém poderia, por gentileza, me dar uma luz?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danielle! A melhor localização é a do Ibis Styles République.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Muito obrigada pela ajuda!
=)

Sylvia Nagashima

Boa noite,
Dei uma olhada no site e não achei post sobre hostels em Paris.
Vocês tem alguma indicação?
Obrigada,
Sylvia Nagashima

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sylvia! Tente a Mije, Maison Internationale de la Jeunesse. Fica próxima ao Marais.

Sylvia Nagashima

Vou ver agora!
Obrigada pela atençao! smile

lais
laisPermalinkResponder

alguma indicação de hotel que os recepcionistas falem português? o que você acha da localização do íbis torre Eiffel cambrone? vou chegar a paris pelo ory.
obrigada desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lais! Sabemos que no Victoria Châtelet falam português. O Ricardo Freire não gosta da localização Torre Eiffel, porque é uma área muito turística e com pouca vida local, mas os turistas adoram.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Olá! É claro que a zona da torre Eiffel é muito turística, mas Cambronne está a uns 15 minutos da torre, há poucos turistas na zona e muita vida local. É uma boa área para translados à Orly, o táxi demora de 20 a 30 minutos e não custa mais que 35 Euros.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

ja fiquei no íbis cambrone, e tinha recepcionista que falava portugues smile

lorena
lorenaPermalinkResponder

ola, gostaria de saber a respeito do hotel : ibis paris maine montparnasse ou timhotel montparnasse, estao em boa localizaçao?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lorena! A localização Montparnasse é razoável. O Ricardo Freire prefere arrondissements mais centrais.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/10/em-que-regioes-de-paris-e-melhor-se-hospedar

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Bom dia!
Fizemos nossa viagem a Paris em out/2014 com pouco tempo para nos planejar, já que o meu namorado decidiu tirar férias de última hora. Pesquisamos mais os lugares e passeios. Já com hotel, tivemos que ser rápidos na escolha, além dos preços muito altos dos mais centrais de última hora... Acabamos nos hospedando num "porte", num lugar afastado porém simpático, e por incrível que pareça gostamos da "aventura" de pegar metrô e ver um pouco do "lado B" de Paris! Falei um pouco sobre a viagem aqui: http://www.liveforexperiences.blogspot.com.br/

Mas com certeza vou querer ter experiências novas em uma próxima viagem, quem sabe hospedar num ponto mais charmoso... Valeu pelas dicas!

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 12 de setembro de 2016. Obrigado pela compreensão.
Comentar novamente

Cancelar