Breve história de um brigadeiro indiano

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Kulfi de Ovomaltine do Spice Market

O Spice Market, restaurante de cozinha de rua pan-asiática, abriu em 2004 no Meatpacking District em Nova York. Com o sucesso, tornou-se mais uma marca do império do chef Jean-Georges Vongerichten, com franquias espalhadas mundo afora.

Fui a primeira vez ao Spice Market em 2005 e me apaixonei sobretudo pelo cenário, deslumbrante nos seus entalhes trazidos da Índia e do Camboja. A comida é correta; você pode comer um pouco melhor e bastante mais barato em restaurantes "étnicos" de verdade, mas o cardápio é amplo, bem concebido e bem executado. Enfim, um programa bacana para quem não gosta de asiático sujinho.

Spice Market, Nova York

Naquela ida de 2005 o garçom, muito competente, fez grande propaganda de uma sobremesa: um "Ovaltine kulfi", ou kulfi de ovomaltine. Kulfi vem a ser o sorvete feito à moda indiana. E Ovaltine é o nosso Ovomaltine.

Kulfi de Ovomaltine do Spice Market

Pedi, e ao provar vi que já conhecia muito bem aquele gosto: não era nada mais do que um brigadeiro gelado. Claro! Kulfi é feito com leite condensado...

Desta vez quis voltar ao Spice Market para ver se o conceito e a decoração resistiriam seis anos depois. Fomos na hora do almoço. O lugar é bem mais bonito à noite, por causa da iluminação. Mas de dia é mais fácil identificar os elementos que compõem o cenário.

A comida continua como eu lembrava que era. E, ao ver o kulfi de Ovomaltine no cardápio, não deu pra não pedir. Não, não tô com síndrome de abstinência de brigadeiro no primeiro dia de viagem. É que eu PRECISAVA registrar a existência desse primo indiano do nosso brigadeirinho, nascido em Nova York em 2005.

Kulfi de Ovomaltine do Spice Market

Servido?

Leia mais:

11 comentários

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Falar no Spice Market uma hora dessas é tortura!

Mariana "de Toledo" (@merel)

Está uma maldade essa conVnVenção 2011 e olha que ela nem começou oficialmente!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

"está uma maldade" - concordo em gênero, número e grau.
O que me consola é saber que dicas fresquinhas sairão do forno para os blogs logo logo.

Jurema
JuremaPermalinkResponder

E o que é essa banana em cima do brigadeiro? Para ficar mais "étnico"?

Ricardo Freire

É glaceada. Tem também um coquinho ralado em cima da barra. E aquilo no alto do chantilly é um pouquinho de... pipoca doce grin

Mirian
MirianPermalinkResponder

Simplesmente perfeito!!! Estive la dia 2/4. A garçonete colombiana é super simpatica!!! Prova o Cipriani tambem! Abraços

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Nossa...que lugar lindo! Ah, NY, me aguarde em 2012!

tatiana
tatianaPermalinkResponder

é preciso reservar para o jantar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! É sempre bom!

Paulo Paraluppi

Estou seguindo suas dicas pra montar meu roteiro por NYC, e infelizmente, parece que o Spice Market fechou sad (pelo menos o Google está indicando isso).

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Fechou sim sad

Veja dicas atualizadas de onde comer em Nova York a partir desta página:

https://www.viajenaviagem.com/destino/nova-york/onde-comer-nova-york/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar