De carro na Califórnia, parte 3: de Carmel a Big Sur

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Big Sur, Califórnia

Atenção: Highway 1 reaberta

  • Desde 20 de julho de 2018 o trecho de Ragged Point está reaberto ao tráfego, possibilitando percorrer toda a Highway 1 pela costeira. Leia aqui.

O segundo dia da travessia amanheceu feio -- mas lá pelas 10, oba!, as nuvens foram se dissipando. Precisei trabalhar online, então só conseguimos sair perto do meio-dia.

O dia seria dedicado à segunda parte do filé (ou do medalhão de Kobe) da viagem: a costeira de Big Sur.

Por circunstâncias alheias à nossa blogagem, o objetivo não era muito ambicioso. Como a Highway 1 estava interditada logo depois de Big Sur (por desabamentos ocorridos durante enxurradas; não está mais), eu resolvi apenas marcar um almoço no restaurante do hotel Post Ranch Inn. De lá eu voltaria a Carmel e iria em direção à Highway 101 para seguir ao sul.

Foram 50 quilômetros daquilo que os antigos chamam de ~mais puro deleite visual~.

Carmel Mission

Na saída de Carmel, demos uma paradinha na Missão -- e estava rolando uma primeira comunhão! (Tem pelo menos uma garota que não estava gostando muito da situação, não.)

Carmel Mission

Basta sair da zona urbana para a estrada se transformar numa mega-Niemeyer. Ou numa Rio-Santos sem construções (e com mais mirantes).

Big Sur, Califórnia

Big Sur, Califórnia

Big Sur, Califórnia

A comparação não é gratuita. Temos coisas tão-bonitas-quanto bem pertinho de casa.  (Uma costeira dessas em Itacaré ou mais pertinho da praia no norte de Ubatuba seriam um show igual.) Mas a posição da estrada e a paisagem intacta, sem vestígios de urbanização, realmente fazem diferença.  É uma lindeza.

Big Sur, Califórnia

Big Sur, Califórnia

Big Sur, Califórnia

De novo, os mirantes se sucedem, e a gente não consegue não parar em todos.

Big Sur, Califórnia

Lá pelo 40º quilômetro, porém, a estrada se afasta do precipício e entra numa região de parques. Por ali, logo no começo, se esconde a praia mais famosa do pedaço, a Pfeiffer Beach (é preciso pegar o Sycamore Canyon Drive, a única estrada asfaltada à sua direita entre os Correios -- Big Sur Post Office -- e a entrada do Pfeiffer big Sur State Park).

Big Sur, Califórnia
Mas eu não sou muito a favor de ter trabalho para achar praias que não vou aproveitar... então nem tentei achar.

Fui direto para o Sierra Mar, o restaurante do Post Ranch Inn, que funciona para almoço das 12h às 15h e aceita reservas de não-hóspedes.

Post Ranch Inn

Post Ranch Inn

O hotel é um dos precursores da onda do luxo despojado (as diárias das cabanas mais simples começam em US$ 550). Mas a vista é um sonho. E a comida, bem boazita (espere gastar uns US$ 140 para duas pessoas com entrada, prato e uma taça de vinho para cada. Mas o cardápio tem até hamburger).

Sierra Mar, Post Ranch Inn, Big Sur, Califórnia

Sierra Mar, Post Ranch InnSierra Mar, Post Ranch Inn

Já passavam das três da tarde quando retomamos a viagem... mas isso é assunto para o próximo post.

Parcial Carmel-Big Sur: 50 km

Total desde San Francisco: 263 km

Leia mais:

54 comentários

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Olá a todos, parabéns pelo post, está excelente mais uma vez, Riq. Foi um revival de 2 semanas atrás, qdo fiz o mesmo trajeto. Optei por pegar a Nacimiento Rd em vez de retornar a Carmel pra pegar a Hgw 101 (na altura da cidade de Bradley) e não me arrependo, na verdade, gastamos apenas cerca de 1h10 da rodovia costeira para chegar na 101. Retornando, o tempo gasto seria bem maior. Tirando a parte inicial, que é realmente muito mas muito mesmo sinuosa (gasta-se mais de meia hora pra rodar alguns poucos quilômetros), o restante é tranquilo e não tivemos problema com a base militar, somente ter que andar um pouco atrás de carros militares, sem ultrapassar, a uns 40 km/h. Abraços a todos

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Com uma vista destas quem é que precisa almoçar ?

Próxima Trip - Erika

foi exatamente o que eu pensei depois de terminar de ler e ver as fotos do post smile

Silvia
SilviaPermalinkResponder

Com essas interdições na estrada estou morrendo de medo de agendar o Hearst Castle. A ideia é sair de Carmel por volta do meio-dia e marcar o Hearst para às 15:40, último horário. O que vcs acham?
Farei isso no dia 20/07.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! Com a estrada livre, já é difícil fazer isso, porque naturalmente você vai querer parar muito. Se a estrada continuar interditada, vai ser impossível -- você precisaria ir até San Luis Obispo por dentro para então subir de novo ao castelo.

Gustavo - Viajar e Pensar

Faltou o relato do Viajar e Pensar no Big Sur:

http://viajarepensar.blogspot.com/2010/06/dicas-da-california-o-imperdivel-big.html

Boa Viagem!!!
wink

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Eu também fiz um relato lá no Wazari no ano passado:

http://wazari.wordpress.com/2010/04/14/pacific-coast-highway-us1/

Abraços!

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Oi Alessandro!

Vi o mapa que vc fez e percebi que do ponto C (Carmel) ao ponto D (Big Sur) vc dá uma "volta". Por que vc não continou pela H1 nesse trecho?
Obrigado!!!

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Eduardo,
Foi falha minha na hora de fazer o mapa. Eu não dei essa volta toda não e segui direto pelo H1 mesmo. Vou consertar. Valeu pelo aviso!

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

i Alessandro!

Vi o mapa que vc fez e percebi que do ponto C (Carmel) ao ponto D (Big Sur) vc dá uma "volta". Por que vc não continou pela H1?
Obrigado!!!

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Gostei do princípio ao fim!!! Eu quero ir para esse lugar visualmente magnífico, de naturaleza portentosa.
Adorei essa estrada com vistas de vertigem!!!
Simplemente bello!
Parabéns pela viagem!

caro!ina
caro!inaPermalinkResponder

putz! sério que passa numa área militar e pode rolar revista de bagagens e tudo? oh lord...

Helder
HelderPermalinkResponder

Legal demais. No dia 6 de maio eu e minha namorada fizemos o mesmo que o Eduardo pois queriamos passar também no Julia Pffeifer Burns State Park. E foi exatamente como o Eduardo relatou. Um tempo para subir a montanha (trecho meio chato) e depois fica tranquilo. E também não fomos revistados pelos militares. Achei que valeu a pena.

Juliano
JulianoPermalinkResponder

O post ficou ótimo! No ano passado fiz essa viagem pela H1, desde San Fran até San Diego. No caminho achei legal o Big Sur River Inn e a cachoeira Mc Way Creek (imperdível!!!)

No meu blog tem um post sobre esta viagem:
http://viajandoeviajando.blogspot.com/search/label/Pacific%20Coast%20Highway%20%28Highway%201%20%2F%20Route%201%29

Ernesto, o pato

Excelente post, parabens!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Valeu o link, Riq!
Lindo, o restaurante! Que sonho!

claudia
claudiaPermalinkResponder

hahahahah!!
Eu e minha filha passamos por esta estrada na área militar há duas semanas. Não sabíamos que o "desvio" iria durar tanto tempo. Ficamos rezando para não faltar gasolina e quando vimos que era área militar quase tivemos um "troço". Pedi para ela tirar fotos dos soldados/tanque de guerra, etc. e ela nada.... (morrendo de medo!)
Agora a gente se diverte. Para falar a verdade eu não recomendo esta estradinha não.

claudia
claudiaPermalinkResponder

hahahahah!!
Eu e minha filha passamos por esta estrada na área militar há duas semanas. Não sabíamos que o "desvio" iria durar tanto tempo. Ficamos rezando para não faltar gasolina e quando vimos que era área militar quase tivemos um "troço".
Pedi para ela tirar fotos dos soldados/tanque de guerra, etc. e ela nada.... (morrendo de medo!.
Assim que saimos desta área havia um único posto de gasolina, daqueles antigos, com apenas duas bombas, com dezenas de motociclitas tipo Hell Angels (ai meu Deus! Achei que a gasolina daria para mais um trecho, e deu!)
Agora a gente se diverte, mas na hora...
Para falar a verdade eu não recomendo esta estradinha não.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Esse esquema é usado em outras áreas militares com estradas que a atravessam. Não tem segredo: se vc está em situação legal no país, o carro é alugado e vc tem habilitação, dá pra ir tranquilo.

O que não se pode fazer, na California ou em lugar algum, é entrar em estradas secundárias em áreas desabitadas de tanque abaixo de 1/3. Jamais. Ever. Os tanques de carros americanos em geral são grandes, e a ausência de postos é comum.

Não fotografar equipamentos militares ativos é uma medida de bom-senso em qualquer lugar do mundo.

SOL
SOLPermalinkResponder

Ricardo,
li o relato da Claudia (02/06/11), estou indo em julho e fiquei preocupada em fazer SF/LA pela costa, pois quero muito andar na BIG SUR, mas percebi que a estrada é perigosa. É isso , tem trechos mais suaves?
Obrigada,
Sol

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sol! Aqui quem responde é A Bóia. A estrada não é perigosa.

Vania
VaniaPermalinkResponder

Estou apaixonada pela matéria!!!!! Farei SF-SD em julho. Peço desculpas, mas não consegui entender bem a interdição. Pelo googlemaps nem consigo passar na Big Sur, mas pelo q vc disse, a interdição é após a Big Sur? Consigo descer pela Hw1 até depois do Pfeiffer St Pk então pego a 101 p S. Luis Obispo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vania! Está bem explicadinho pelo Ricardo Freire. Clique no mapa e aproxime, que você vai ver exatamente o ponto da interdição. Você pode voltar a Carmel e então pegar a 101 ou subir pela Nacimiento-Ferguson Road.

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Oi Bóia!! Por favor, veja se consegue descobrir o que fica mais rápido para chegar em L.A.
Quero fazer o Big Sur até ao Pfeiffer Pk e depois cair para a Nac. Rd ou voltar para Carmel e ir enfim para a 101.
Veja se consegue descobrir para nós.
Super obrigado!!!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Há inúmeras maneiras de fazer esta rota. Ao fim do relato o Ricardo Freire vai resumir as possibilidades. Para fazer só o filé, vá de San Francisco a Monterey pela auto-estrada, então faça de Monterey a Big Sur conforme o que já foi explicado,depois volte a Carmel e pegue a 101 novamente até Los Angeles.

Simule tempos em http://www.viamichelin.com .

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Boia,

A Via Michelin não é boa para simular caminhos nos EUA, não. É excelente para Europa, mas tem uns furos, ou é menos completa na América do Norte.

Recomendo, para simulações em EUA e Canadá, a Map Quest http://www.mapquest.com .

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

OK Bóia, obrigado!!

Claudia Beatriz - Aprendiz de Viajante

Riq, uma pena que vocês não conseguiram fazer a rota toda sad Porque pra mim, o mais legal foram os quilometros finais... E concordo com vc na comparação, eu pensei muito em Ubatuba quando vi.
E o Post Ranch Inn é meu sonho de consumo. Tenho um amigo fotógrafo que ficou lá e as fotos que ele fez de dentro do quarto com vista pra big sur são espetaculares!!!!

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com

Gente, a HW-1 abre amanha. Ainda com pontos de pista simples, mas aberta!
hotelcaliforniablog.wordpress.com/2011/06/09/hw-1-sera-reaberta-amanha

Andre
AndrePermalinkResponder

Estou viajando pela California daqui a poucos meses. Gostaria de fazer esse percurso com bastante calma, mas, infelizmente, não tenho férias disponíveis. Terei de me contentar com o essencial deste trecho. Farei Los Angeles/ São Francisco. Qual o trecho mais bonito ( parece ser Big Sur até Carmel, não?). É possível entrar na hw-1, fazer somente esse pequeno trecho e voltar para a 101?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, André! O Comandante publicou hoje suas impressões finais sobre essa viagem! Leia o relato fresquinho neste outro post: https://www.viajenaviagem.com/2011/06/vai-por-mim-san-francisco-a-los-angeles-de-carro/

Ana Luíza
Ana LuízaPermalinkResponder

Olá Ricardo
Estou partindo pra SF dia 17/07 (verão) e vou descer essa linda costa até San Diego (por 15 dias). Estou viajando com crianças, pretendo parar em algumas praias. Quais você indica?

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Qual aparelho GPS vc utilizou?

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Ana Luiza,praia n California nao é pra criança brasileira. Praia aqui é só pra ver, a agua é muuiito gelada e venta bastante. Pare nas praias que vc achar bonitas só pra andar na areia e brincar um pouquinho. Na 17th mile drive dá pra ver focas.

Mauricio
MauricioPermalinkResponder

É comum haver fechamento de trechos da Highway 1 em julho?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maurício! Não que saibamos. Se eu soubesse como googlar isso eu googlaria, mas infelizmente não sei.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Olá, eu tenho uma dúvida um tanto quanto boba, mas é uma dúvida...enfim.
Já li inúmeros blogs acerca dessa viagem de carro San Francisco-Los Angeles e tenho visto que muitos param para almoçar, jantar ou petiscar..sei lá...vejo que sempre essas refeições são acompanhadas de vinho, ou algum drink! E a lei de alcoolemia zero não existe nos EUA? será que posso tomar uma tacinha de vinho e dirigir também? Como fazer nas vinícolas?
Tenho essa dúvida, se algué puder responder como fizeram...

Mon
MonPermalinkResponder

Julia, existe sim a lei e é super reforçada na Califórnia. Estão aí Paris Hilton e Lindsay Lohan que não me deixam mentir (e, mais recentemente, Reese Whiterspoon e o marido).
O limite permitido é bem baixo e, o que o pessoal costuma fazer, é revezar na direção com alguém que não bebeu. Isso, ou ignorar a lei, o que não é recomendável por vários motivos...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julia! A lei americana é severíssima. Na estrada, porém, só costumam parar carros que tenham praticado alguma infração ou estejam se movimentando de maneira suspeita. No Napa Valley há blitze corriqueiras, com policiais de tocaia nas cercanias das vinícolas. Recomenda-se não beber. Dirigir sob influência de álcool nos Estados Unidos dá cadeia (alguns dias, mas dá).

Julia
JuliaPermalinkResponder

Boia e Mon,
Eu sabia que era severa! Mas vejo inúmeras pessoas nos mais diversos blogs fazendo esse tour do Nappa, ou então tomando vinhos em restaurantes e tinha essa curiosidade acerca da fiscalização! Agora já sei...não dá pra beber de jeito nenhum! Obrigada!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi Ricardo, passei aqui pra agradecer a dica da viagem pelo Big Sur com parada no restaurante do Post Ranch Inn... Faz dois dias e eu ainda nao consigo tirar da cabeça a vista da mesinha debruçada em cima do mar q eu e meu marido conseguimos!
Reservei no mesmo dia por telefone pois no opentable so havia disponibilidade depois das 2:30, que seria muito tarde para a nossa viagem. Meus pratos estavam muito, muito, muiiiito bons, meu marido já não gostou tanto da comida... Mas posso dizer que vale muito a pena e eu reservaria com antecedencia da próxima vez pq nao sei se dei sorte por ser fora de ferias e durante a semana.
De Monterey (saimos às 9:30) até lá paramos em praticamente todos os mirantes. Chegamos cedo para nossa reserva mas valeu pq nos acomodaram numa mesinha prá lá de especial. Nosso almoço foi com água (Voss) pois estavamos dirigindo.
Depois continuamos pela 1 onde, além da paisagem de tirar o folego, esquilos, gaivotas e leões marinhos resolveram posar para as fotos.
Estou amando tudo da nossa programação na California. Depois volto para contar dos hoteis que ficamos!
Enfim, obrigada pelo site, sem suas dicas minha viagem nao teria sido tão inesquecível.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Quem responde é A Bóia, mas vou repassar para o Comandante! Obrigadíssima pelo feedback, aguardamos o resto grin

Márcio Cerqueira

Pessoal, vou descer a Big Sur com minha namorada em dezembro e estou com uma dúvida.
Saio de SF 18dez pela manha, vou descendo com calma até Carmel.
Durmo em Carmel e no outro dia de manha pego estrada cedo!
Daí vem a minha pergunta:
Fica muito cansativo sair de Carmel pela manhã, passar pela Big Sur (sem parar muitas vezes) e tocar direto pra Los Angeles?
Não queria perder tempo pernoitando em San Luis Obispo. E dormir em Santa Bárbara perde um pouco o sentido, uma vez que a mesma fica bem proximo a Los Angeles.
Obrigado.

Andréia
AndréiaPermalinkResponder

Bóia,

Em outubro, estarei fazendo este trecho e gostaria de explorar mais a Big Sur. Vc saberia me dizer 2 atividades imperdíveis lá?
Inclusive gostaria de ir ao banho noturno de Esalen Instituto. Será que vc conhece alguma hospedagem perto deste local que não tenha preços exorbitantes, nem que seja camping? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andreia! Tente o Big Sur River Inn.

As atividades da região são visitar praias, fazer caminhadas, ioga e tratamentos de spa.

Informe-se sobre as atividades do Esalen no site do instituto.

Tania
TaniaPermalinkResponder

Vou para a California agora em outubro LA x SF e a voltando para LA, li varios posts sobre o trajeto com as paradas e tudo mais.
Entendi que é melhor, mais bonito e na mao da estrada fazer SF x LA pela costa, e qual opção para LA x SF por dentro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! É possível fazer a costeira na direção contrária; você apenas terá mais trabalho para ir aos mirantes, pois precisará atravessar a estrada, seja de carro, seja a pé.

A 101 também corta todo o estado pela costa, sem necessariamente ir pelo litoral.

Carlos Russi e Maria do Carmo

são 21:37H em Monterey e 03:37H no Brasil....rsrsrs....amanhã cedo 16/11/13, partiremos em direção a São Luis Obispo....planejo curtir muito a big sur...suas dicas foram muito legais e muito uteis....alguns comentários também nos ajudarão a curtir o máximo este trecho.....pena que não é prudente tomar um bom vinho californiano.....mas qdo chegar a SLO vou a forra....rsrsrs...hj passamos o dia em Carmel...almoçamos no Casa Nova....boa comida e lugar charmoso...atendimento de primeira.....mas só Maria pode tomar vinho...eu fiquei na água mesmo....rsrsrs...abraços a todos!!!

Casamundi Turismo e Cultura | Foto da semana

[...] Fonte: https://www.viajenaviagem.com/2011/06/de-carro-na-california-parte-3-de-carmel-a-big-sur/ Posted on 4 de junho de 2011 Por Chayenna AmorimACONTECE NA CASADeixe um Comentário FacebookshareTwittertweetGoogle+sharePinterestpin it [...]

Maria Regina
Maria ReginaPermalinkResponder

Ola,
Estou planejando ir em Marco por 6 dias com meu filho para sao Francisco , entao vendo seu blog gostaria de saber se posso reservar 2 ultimos dias para irmos ate big sur e depois voltar,os para sao Francisco pois tenho hotel la reservado por 6 noites pensei so em perder uma noite la em Carmel fazer o trecho que vc falou e voltar os para sao Francisco. O que vc me aconselharia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Regina! É perfeitamente possível. Reserve uma noite em Monterey, Carmel ou Big Sur.

Claudia Calvet

Poxa, papou não só uma mosca, mas um vespeiro inteiro ao desistir de procurar a praia... Foi totalmente o highlight da minha viagem agora em agosto de 2014 com meu american husband. Na praia do Julia Pfeiffer State Park cai uma cachoeira, a McWay Falls. Achei no gps do celular, a gente estacionou no acostamento (mas depois descobri que é tranquilo estacionar no parque, mas deve ter que pagar), 15 min de trilhazinha moleza, e voilá, ficamos totalmente mesmerizados!! Mesmo com a cachoeira magrinha pq estava em época de seca! Pra mim foi o mais bonito da viagem que tbm incluiu carmel e monterey (que eu amo e pretendo voltar muitas vezes qdo formos visitar família).

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar