Compras no exterior: conheça limites, isenções e impostos

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Camarillo Outlet, a 70 km de Los Angeles

1. Qual é o limite de compras no free shop da ida?

Não há limite de compras no duty-free shop do aeroporto em que você embarcar no Brasil. A loja pode vender o quanto você quiser comprar. Tudo o que for comprado na ida, porém, já é considerado compra no exterior. Não há uma isenção específica para essas compras; na volta você pode ter que pagar imposto sobre artigos eletrônicos (leia mais no item 3).

2. Qual é o limite de compras nos free shops do exterior?

De maneira geral também não há limite para compras nos duty-free shops de aeroportos por onde você passar no exterior, seja em Ezeiza, no Panamá, em Dubai, em Cancún ou onde for. Alguns países limitarão a quantidade de bebida e cigarros que você pode comprar, mas não há um limite para os gastos que você pode fazer. Saiba, porém, que essas compras só estão isentas de impostos no país do free-shop; ao chegar ao Brasil os eletrônicos comprados em free shops estrangeiros ainda estarão sujeitos a impostos (leia mais no item 3).

3. Qual é o limite de compras no exterior?

Podemos trazer um total de US$ 500 em compras no exterior em viagens realizadas por via aérea (ou US$ 300 por via terrestre).

Durante um bom tempo, esses US$ 500 se referiam apenas a produtos eletrônicos. Roupas e objetos de uso pessoal passavam invariavelmente sem problemas.

Desde o final de 2011, no entanto, a Receita tem apertado a fiscalização, sobretudo em vôos provenientes dos Estados Unidos. E quando quer, o fiscal pode aplicar esse limite de US$ 500 a todas as compras, incluindo roupas (e atingindo especialmente enxovais de bebê).

Ao pé da letra da lei, ficam de fora da cota alguns eletrônicos (leia o próximo item), 20 souvenirs até US$ 5 (desde que não haja mais de 10 itens iguais) e mais 10 outras peças acima de US$ 5 (no limite de 3 iguais).

A maioria das pessoas continua conseguindo passar com todas as suas comprinhas de roupas sem maiores problemas. Mas se o seu vôo for escolhido para cristo, prepare-se para pagar multa sobre os não-eletrônicos também.

4. É verdade que câmeras, celulares e relógios estão isentos?

Desde o ano passado uma nova regra passou a permitir que você traga, uma câmera, um celular e um relógio fora da cota dos US$ 500.

Mas atenção: a lei fala em UMA câmera, UM celular e UM relógio. Se você trouxer três relógios, dois deles vão contar para a cota dos US$ 500.

E tem pegadinhas: essa câmera, esse celular e esse relógio precisam estar fora da caixa e já usados.

Então, se você está pensando e comprar uma supercâmera lá fora, ou deixe a velhinha no Brasil, ou abandone a usada antes de embarcar de volta.

5. Notebooks e iPads estão isentos também?

Não estão não. Nem computadores, nem iPads, nem iPods, nem filmadoras. Não me pergunte por quê; não fui eu que escrevi a regulamentação shock

6. Essas isenções valem para Ciudad del Este, Rivera ou Chuí?

Não. A regra que isentou uma câmera, um relógio e um celular do pagamento de impostos usou como desculpa a possibilidade do viajante precisar usar esses equipamentos durante a viagem.

Em viagens pá-pum de compras a Ciudad del Este a Receita não acredita que você não possa ficar uma tarde sem celular ou câmera. Então todos os eletrônicos, incluindo câmeras, relógios e celulares, contam para a cota de US$ 300 para viagens por via terrestre.

7. E o que exceder o limite de US$ 500 de compras de eletrônicos no exterior?

Se você declarar na alfândega ao voltar -- eu recomendo! --, você paga 50% de imposto sobre o que exceder. Por exemplo: se o seu iPad custou 750 dólares, você paga o equivalente a 125 dólares (50% sobre o excedente de 250 dólares).

Caso você não declare e seja pego no raio-X, você vai pagar 100% de multa sobre o excedente da cota dos US$ 500.

O pagamento pode ser feito em cheque ou cartão de débito na agência bancária do aeroporto.

8. Qual é o limite de compras no free shop da volta no Brasil?

No free shop do aeroporto em que você desembarcar no Brasil, e só nesse, você tem direito a comprar US$ 500 além da cota, sem se importar se é eletrônico ou não, se é de uso pessoal ou não.

Essas compras vão acondicionadas em caixas próprias do free shop, com a nota colada pelo lado de fora, e passam direto pela alfândega.

9. Posso registrar antes de viajar os eletrônicos que já tenho?

Não pode mais não. Ao liberar geral, a Receita criou essa pequena arapuca: fechou os postos dos aeroportos em que você podia esquentar muamba simplesmente fazendo o registro de saída.

Ou seja: se você tem um iPad não-tropicalizado e sem nota, e viajar ao exterior com ele, quando voltar pode ser taxado, se não conseguir comprovar que o bichinho já é rodado...

10. É verdade que há fiscalização no aeroporto de Foz do Iguaçu?

Sim. A polícia federal faz fiscalização seletiva no embarque. Você pode ter passado longe de Ciudad del Este, mas se eles desconfiarem de algum equipamento, você vai ter que rebolar para provar que já tinha antes de viajar para Foz.

11. Como funciona a devolução de imposto de compras no exterior?

Na Europa e na Argentina existem lojas credenciadas que emitem notas fiscais especiais para turistas, que podem deduzir o IVA (imposto de valor agregado, o equivalente ao nosso ICMS) ao sair do país. É preciso fazer uma compra mínima no estabelecimento (o limite varia por país), preencher um formulário e passar no posto da devolução de imposto no aeroporto antes de embarcar (você pode ter que mostrar suas compras). Dá trabalho, mas você pode receber até 15% do valor das compras de volta, creditado no seu cartão.

Na Argentina há postos em Ezeiza, no Aeroparque e no terminal Buquebus. Na Europa faça a sua declaração consolidada no aeroporto de saída do último país do seu giro.

Leia mais:

732 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

André
AndréPermalink

Olá... O Iphone é considerado celular ou eletrônico? No caso de eu trazer apenas 1 dos EUA para uso próprio, que custa U$650 preciso declarar e pagar imposto?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, André! Está bastante claro no texto. Se o único telefone com que você passe, o iPhone é isento.

Leonelson Bertora
Leonelson BertoraPermalink

Muito bom o site! Bem elaborado e didático. Porém tive uma pequena dúvida: posso comprar no exterior, uma câmera fotográfica, um relógio e um celular (sem estar portando outros similares oriundos do Brasil), independente do valor e não pagar imposto de importação? Exemplo: Câmera: U$D 1000 + Celular: U$D 700 + Relógio: U$D 600.

Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Leonelson! É isso aí!

Jorge Luiz Rodrigues
Jorge Luiz RodriguesPermalink

Olá, no meu caso o celular comprado na Irlanda por 409 euros (508 dolares), já está sendo usado no Brasil, voltarei para Irlanda por mais 20 dias, ele não foi parado na primeira vez que entrou no Brasil nesta segunda pelo que lí ele pode ser taxado.
Tem alguma forma de evitar esse risco, com aquilo que mencionou a respeito de comprovar que ele é usado?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jorge! Ser novo ou usado não influi. Se o fiscal encasquetar, entrará na cota ou será taxado.

Milene
MilenePermalink

Eu posso somar a minha cota com outra pessoa e comprar um Ipad, 700 dólares?

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Não.

Lee
LeePermalink

Me diz uma coisa, se eu levar uma camera, com nota. E comprar outra lá, mas dentro do limite de 500 dolares, o que acontece? Posso entrar com as duas?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lee. Se não declarar, vai pagar multa na segunda câmera.

João Jr
João JrPermalink

Se não declarar? Há necessidade de declarar uma compra de US$ 500,00 se esse é o limite permitido? Se não declarar, estarei trazendo o que é permitido! E mesmo assim terei que pagar multa? Sobre o quê, se o excedente do limite é 0,00 ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, João.

Você tem direito a trazer uma câmera na sua bagagem dentro da cota de isentos.

Se trouxer uma segunda câmera, esta câmera não estará na cota de isentos.

Ela entrará na cota dos 500 dólares permitidos para compras. O que exceder esses 500 dólares pagará multa se for pego pelo fiscal. Recomendamos declarar eletrônicos para não ter problemas futuros em outras viagens.

lilia l guimaraes
lilia l guimaraesPermalink

Gostaria de saber quanto posso gasta pela internet em sites americano com isençao de imposto.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lilia! Você se refere a compras feitas em viagem? As mesmas regras se aplicam.

Edson
EdsonPermalink

eu quero comprar o celular galaxy note!!! ele no brasil custa em torno de R$2.000 e na Espanha ele custa $660,00!!! como eu tenho um amigo que mora la, se eu pedir para que ele mande um desse pra mim, como ele deve fazer para que eu receba o galaxy note aqui no Brasil sem pagar por impostos???

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Edson! Não é possível. Mesmo se viesse com portador, pagaria imposto, porque é tablet.

Patricia
PatriciaPermalink

Olá, tenho uma dúvida!
Minha mãe estará trazendo da Itália um XBOX para meu filho, custou 280,00 euro, caso ela não declare ela precisará trazer a nota fiscal, e seja parada na Alfândega?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Patricia! A não ser que ela esteja trazendo outras compras que juntas ultrapassem o limite total de 500 dólares, não há com o que se preocupar. É sempre recomendável ter a nota fiscal.

romulo
romuloPermalink

Oi, seguinte eu tenho um notebook marca DATEN, so é fabricado aq no Brasil e nele tem os adesivos de fabricado no Brasil e tals, será q ainda corro risco de leva-lo e ser taxado na volta?

dicas preciosas. valeuuu.

Carolina Di Lucia
Carolina Di LuciaPermalink

Ricardo, boa tarde. Estou sendo obrigada a cumprir horário no trabalho em pleno feriado e o que decidi fazer? Pesquisar tudo para minha viagem em setembro para Italia/França. É a primeira viagem ao exterior que faço e achei seu site. Estou fascinada: primeiro como seu trabalho é bem mais nobre que o meu wink depois porque é muito muito rico e acessível seu conteúdo. Parabéns!
No entanto, acho que podias fazer um post mais caprichado sobre esse lance de Tax Free e outro de seguro viagem... Parabéns mesmo!

Ana
AnaPermalink

Olá, Ricardo, não consegui encontrar quantas garrafas de vinho ou espumante poderia trazer numa viagem. Existe limite por bebida? É por marca ou por tipo de bebida? Obrigada desde já.

Ronnie
RonniePermalink

A minha esposa vai viajar para NY/EUA e ficara em um hotel e lá vai encontrar com uns tios que moram lá faz uns 10 anos, Esses tios vão dar de presente de aniversário para ela um IPAD, e agora? ela pode fazer compras de $500,00 ? Esse IPAD será taxado ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ronnie! Não existe distinção para presentes; o iPad vai entrar na cota de 500 dólares.

igor adriel
igor adrielPermalink

amigo meu tio mora nos eua e queria me mandar uns brinquedos legos usados nem caixa tem mais , será que pagaria alfandega? Mas ele comprou os brinquedos lá?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Igor! Envios estão sujeitos a taxação. Se ele puser artigos usados como descrição talvez passe incólume, mas não é garantido.

igor adriel
igor adrielPermalink

Mas bonecos legis são varias peças pequenas desmontadas... Será que assim msm pago imposto . Não tem como eles saberem qual é o brinquedo que esta sendo enviado , assim msm pode ser que taxem?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Igor! Este site é sobre turismo. Entendemos um pouquinho sobre compras que vêm na bagagem. Fora isso, só podemos intuir. Pessoalmente já recebemos encomendas que foram taxadas, outras que não foram. Boa sorte no seu caso.

igor adriel
igor adrielPermalink

Obrigado, desculpe , nem tinha percebido...

Cundes
CundesPermalink

Olá! em primeiro lugar parabens pelo site. Eu tenho um amigo italiano que vem para o brasil trazendo um teclado que ele comprou por 630 euros. Ele pode ter problemas se passar por fiscalização?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cundes! Dificilmente importunam estrangeiros, mas se encasquetarem com o seu amigo ele vai precisar dizer que vai precisar usar o teclado no Brasil e levar de volta para casa.

Cundes
CundesPermalink

Obrigado!

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

A Receita lançou um aplicativo com as informações para viajantes. Confesso eu não explorei o app mas sempre é bom ter as informações a mão pra qualquer dúvida http://www.receita.fazenda.gov.br/noticias/2012/jun/AplicativoMobile.htm

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Gente, desculpe mas coloquei o link errado, vi uma notícia sobre aplicativo na home da receita e acabei colando aqui apressadamente. O app pra viagens ainda não está disponível mas a notícia está aqui http://g1.globo.com/globo-news/conta-corrente/videos/t/todos-os-videos/v/receita-federal-lanca-aplicativo-para-auxiliar-brasileiros-em-viagens-ao-exterior/2054280/ Sorry!

denise xavier
denise xavierPermalink

ricardo fui para copenhagem e pedi em todas as lojas que entrei o tal formulario do tax free, preenchi tudo direitinho e reservei para o ultimo aeroporto que passaria , frankfurth, conforme me havião orientado. chegando em frankfurth a moça da alfandega me disse que eu deveria ter feito esse procedimento no dinamarca. Essa é segunda vez que eu tento fazer essa historia de tax frree e a segunda vez que não consigo. Não existe um procedimento mais simples , via correio sem ter que passar pela alfandega?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Denise! Não é na alfândega que se faz isso. É num posto da Global Refund, que é a cia. (privada) que lida com isso. Esses postos são encontrados antes de entrar para as salas de embarque.

Felipe Alonso
Felipe AlonsoPermalink

Olá, boa noite! Estou querendo comprar um kit de pratos para minha bateria, de um colega que mora nos Estados Unidos. Os pratos são usados, por isso não terei nota, o valor é $800.00 dólares. Corro o risco de ser taxado na volta. Muito obrigado e parabéns!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Felipe! Se o fiscal quiser encasquetar, ele pode.

Paulo Gervilla
Paulo GervillaPermalink

Olá, tenho uma dúvida. Eu sou brasileiro residente na Alemanha desde 2009. Tenho dupla cidadania e nao necessito de visto nem para o Brasil e nem para Europa.

Considerando que eu queira ir para o Brasil fazer algum tipo de trabalho ou workshop e precise levar alguns de meus equipamentos, como devo proceder??

Vou estar entrando com passagem de ida e volta.

Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paulo! Mostre seu passaporte alemão e alguma prova de que está morando na Europa. Não deve haver problema.

Fernando André
Fernando AndréPermalink

Olá, obrigado pelo artigo. Mas no meu caso ainda estou em duvida. Quero viajar justamente para comprar uma câmera de Cinema, um equipamento caro de quase 4 mil dólares se contar os acessórios junto. É para uso da minha profissão, não para revenda.

Isso entra na "regrinha" de apenas 1 câmera? Com certeza será apenas uma, rs.
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernando! As isenções se aplicam a objetos de uso pessoal, o que não é o caso!

camilo
camiloPermalink

mais uma duvida...

quero comprar alguns produtos médicos. os valores variam de 30,00 ate 160,00 dólares.

esses produtos pagariam impostos por serem especificos?

ha limites ou posso trazer 5, 10 unidades de cada?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Camilo! Remédios entram na cota de comprs de US$ 500. Se o fiscal achar que é para revenda, pode encrencar.

Marcelo
MarceloPermalink

Queria saber se apresentar ao fiscal notas fiscais de produtos adquiridos em viagem anterior ( 1 ano ou mais) antes da viagem atual com valor inferior à cota. Por exemplo comprei duas câmeres fotográficas em 2009 em viagem com minha esposa. É possível comprar uma nova sem taxação se valor for inferior a 500 dolares apresentando notas fiscais e carimbo de passaporte? E se for outros produtos que não configurem uso pessoal? É possível comprovar que valores foram comprados em viagem anterior e o valor não superou a cota em viagem anterior?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcelo! Tudo o que você não declarou em viagens anteriores é material virgem para a Receita.

Tatiana
TatianaPermalink

Oi, gostaria de entender o q vc quis dizer com "não-tropicalizado". Comprei meu ipad em Londres e agora vou a Punta Cana pelo Panama, nao sei se tenho a nota mas vcs saberiam alguma maneira de provar q o produto nao foi comprado nessa viagem?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tatiana! "Tropicalizado" é jargão para produtos fabricados ou vendidos no Brasil, e por isso têm selos. Se você comprou fora, e o fiscal pegar, você vai ter que pagar imposto e multa.

Helen Cardoso costa
Helen Cardoso costaPermalink

Quero viajar para Maiami- EUA e comprar relogio e roupas para vender aqui no Brasil, como devo fazer e qual o limite de comprar

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Helen! Não podemos ajudar; somos um site de turismo! wink

Luana
LuanaPermalink

Boa tarde!
Quero trazer um fone de ouvido que custa +-400 dolares.
Vou trazer outras coisas que espero q nao entrem nas cotas...
mas se caso somando outras coisas este fone entrara nas cotas? ou posso vir usando ele q nao ira ter problemas?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Luana! Se o fiscal quiser encasquetar, pode entrar na cota sim.

Ricardo
RicardoPermalink

Olá,

Primeiramente parabéns pelo ótimo blog! Gostei muito.

Agora a minha dúvida. Estou em Londres como turista, mas vou estudar por dois meses e meio. Cheguei em julho e volto entre outubro e fevereiro.
Comprei 4 perfumes, todos diferentes. Pretendo comprar mais perfumes e um notebook no valor de £400, cerca de US$ 600. Este notebook eu usarei para estudar durante o periodo q estiver aqui em Londres, portanto vai ter bastante arquivo. O notebook pode ser considerado como usado, não?
Os perfumes entram na isenção?

E eu vou passar pela alfandega sozinho. A chance de parar eh maior ou menor?
A alfandega faz vista grossa somente pra quem veio dos EUA ou não há distinção?

A ultima duvida. Estou com dois envelopes para pegar as taxas. Um esta uma data que eu iria voltar, mas eu alterei minha data de volta. Um parente meu vai embora nesse dia. Seria possivel entregar a ele e ele pegar a taxa por mim?

Obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ricardo! O fato de ter usado o notebook para estudar não influi. Quanto à devolução de taxas, se o certificado está no seu nome é você que tem que pegar. As outras dúvidas estão respondidas no texto, por favor leia.

Ricardo
RicardoPermalink

Mas conforme conversei com a vendedora da loja, eu só posso retirar essa taxa antes da data de volta que estiver no envelope. Como vou voltar depois, então eu vou perder a oportunidade de pegar essa taxa?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ricardo! Então tente pelo seu enviado. Está claro que alguma regra você vai ter que tentar dobrar. Achamos difícil, porém, que restituam a taxa para uma pessoa diferente da que fez a compra.

Rafael
RafaelPermalink

Li em muitos sites falando da devoluçao de impostos pagos em compras de produtos nos EUA. Gostaria de saber se isso é verdade e se vale para NY? Alguns sites falam que pode outros falam que isso nao existe. Entao fica a duvida posso ou nao ser restituido dos impostos em nova york e como fazer?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rafael! Isso só acontece em alguns estados obscuros. Não acontece em Nova York, na Califórnia, na Flórida ou em Nevada, que são os destinos de brasileiros.

Silvana
SilvanaPermalink

Oi Bóia...
Estarei viajando a Europa e gostaria de saber quanto em dinheiro posso levar sem ter que declarar ao Leão?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Silvana! Você pode sair do país com o equivalente a até 10.000 dólares em dinheiro vivo (de qualquer moeda).

Vivi
ViviPermalink

Boa tarde.
Estou na Itália e fiz muitas compras em lojas tax free.
Sao 3 ou 4 notas no valor de aproximadamente 450 euros cada...
Pretendia pegar o IVA na saída mas gostaria de saber como funciona.
Sao todos objetos pessoais e decoração para minha casa nova, tem 2 relógios, castical, bandeja, luminaria essas coisinhas.
Pergunto...
Se eu retirar o IVA na saída da itália isso fica registrado no meu passaporte e ao chegar no Brasil a alfândega daqui saberá do valor desses objetos???
Existe uma maximo para compras no tax free (para o reembolso)???
Isso reduz minha cota de entrada no pais?.

Aguardo retorno.

Grata vivi

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vivi! Você precisa ter o certificado das lojas em que fez as compras, e então chegar com uma hora a mais de antecedência no aeroporto para obter a devolução, no quiosque do tax-free. A devolução será feita no seu cartão de crédito. A receita brasileira não fica sabendo automaticamente da sua compra. Se você for revistada na alfândega brasileira, porém, fica sujeita aos impostos e eventuais multas correspondentes ao valor da sua compra.

Wallace
WallacePermalink

Se eu comprar um Fone de ouvido de 160 Dólares pelo site de vendas e mandar entregar aqui no brasil, tem algum perigo de eu perder o produto, a receita pegar ou eu ter que pagar algum imposto?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Wallace! Produtos comprados por reembolso passam pela alfândega.

Gabriel
GabrielPermalink

Primeiramente parabéns pelo site.
Gostaria de saber se a cota de $500 também segue a mesma regra se eu tiver dupla cidadania, no meu caso de Portugal.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gabriel! Se você é residente no Brasil, não importa.

anderson ortiz
anderson ortizPermalink

parabens pelo site

tenho uma duvida que naum perguntaram ainda

tenho uma maquina q vou levar para viagem ao exterior e pretendo declarar
e pretendo comprar uma outra lah q facilmente irá ultrapassar os 500 dolares
minha esposa está indo comigo
entaum se a cota é por pessoa eu poderia trazer outra camera em meu nome ou no nome dela certo?
ou a alfandega pegaria mesmo a outra sendo declarada e com duas pessoas?

obrigado desde jah.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Anderson! Cada pessoa pode passar com uma câmera dentro da cota de isenção.

Alessandro
AlessandroPermalink

Olá! Pode ter passado despercebido por mim, mas fiquei com uma pequena duvida sobre o reembolso do TAX FREE no EUA. Se eu nao pegar o formulário de reembolso no ato da compra eu perdi o reembolso correto! Somente com as NFs nao e possível o reembolso.
Obrigado pela forca.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alessandro! Não há devolução nos estados visitados por brasileiros, como Flórida, Califórnia, Nevada, Nova York e New Jersey.

Thiago
ThiagoPermalink

Olá, consegui esclarecer algumas dúvidas, parabéns pelo site. Mas ainda tenho outra: este limite de US$ 500 é válido para importação de eletrônicos/celulares. Penso em comprar um que custa US$ 288, ele estará isento de multas ou não. Peço que me explique por favor. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tiago! Se for celular, seja o único que esteja com você, fora da caixa, é isento. Está claro no texto.

Thiago
ThiagoPermalink

Olá, consegui esclarecer algumas dúvidas, parabéns pelo site. Mas ainda tenho outra: este limite de US$ 500 é válido para importação de eletrônicos/celulares. Penso em comprar pela internet um que custa US$ 288, ele estará isento de multas ou não. Peço que me explique por favor. Obrigado.

roxane carreirão
roxane carreirãoPermalink

Olá!Vou a Paris, passando por Lisboa. Se eu quiser comprar um iPad, onde me aconselham? Num dos free shops, não? Mas,em qual é mais em conta? Sugestão de algum? Na verdade, quero algo barato,útil e prático. Não sou chegada a super tecnologias... Muuuiiito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Roxane! iPad não está na cota de isentos da receita. Você não vai encontrar iPad em free shop na Europa.

Henrique de Vries
Henrique de VriesPermalink

Olá, não consegui entender direito essa cota, é 500 dólares por produto ou a soma de todas as coisas que tem na mala?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Henrique! A soma das compras.

Luísa
LuísaPermalink

Oi! Vou à Paris e depois sigo até Londres de trem. O retorno para o Brasil será de avião partindo de Londres. Eu poderei receber o dinheiro da VAT das compras de Paris? Onde? Obrigada...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Luísa! Em Londres, no aeroporto. Pode reunir todos os comprovantes de compras dentro da União Européia.

massimo
massimoPermalink

Oi, otimas dicas. Eu tenho uma duvida, quero ir em Orlando para comprar produtos para revenda...como preciso me comportar? Tem jeito de escolher os produtos de forma que so possa declarar 500 usd? Mesmo comprando 3-4 mil usd? Aguardo umas dicas. Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Massimo! Aqui falamos sobre turismo, não tratamos de compras para revenda! Procure em outros fóruns específicos sobre este assunto.

Carolina
CarolinaPermalink

Não entendi uma coisa: para que eu possa declarar um bem (por ex. um IPAD) aqui no Brasil, para que na volta ele não seja tributado tenho que apresentar a nota fiscal deste produto seja ele nacional ou importado? É isso? Obrigada!!!!

Juliana Lucena
Juliana LucenaPermalink

Não há mais a declaração que se fazia sobre o bem que sai com você do Brasil.

Rafaela
RafaelaPermalink

Bom dia!
Gostei muito das dicas!
Uma pergunta...
Se eu levar meu notebook que foi comprado no Brasil, existe algum risco de ser taxado quando eu voltar?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rafaela! Nesse caso, não precisa se preocupar.

Ana Paula
Ana PaulaPermalink

Olá, muito bem explicado!!! Desculpe, sei que está claro no texto, mas eu ainda fico com uma dúvida. Se eu fizer as compras, e elas não passarem o valor de 500 dólares (as tributáveis) e NÃO preciso entrar na fila 'coisas a declarar', correto?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Exatamente!

Luis Henrique
Luis HenriquePermalink

Olá pessoal, boa noite.

Em relação a suplementos, como segue essas taxas e limites ?

Quanto pagaria por excedente caso fosse pego ?

Eu teria que declarar caso estivesse com 4 malas repletas de suplemento, caso contrário pagaria 100% de multa por n ter declarado ?

Agradeço desde já, boa noite.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Luis Henrique! Você provavelmente teria a mercadoria apreendida, porque caracterizaria contrabando.

Monique Arcenio
Monique ArcenioPermalink

Oi boa tarde? Eu moro na Suiça e estou indo de férias para Fortaleza posso levar um Leptop de uso e mas tenho que pagar essa taxa, Obrigado Monique....

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Monique! Leve comprovantes de que você mora na Suíça, just in case...

maria bernadete
maria bernadetePermalink

em Ezeiza (BA) consegui entregar meu fiormulário e recebi no acrtao de credito o dinheiro pago em impostos lá.
gostei. QUando fui à Espanha tambem restituí valores.
boas dicas do Bóia.

carlos RJ
carlos RJPermalink

Pessoal,

Antes de fazer a pergunta, leiam no inicio da pagina a respeito do que se trata este site... ele é ótimo para pegar dicas de viagens de TURISMO!!!

Sobre o TAX FREE:

Em Buenos Aires achei super tranquilo e recebi os creditos no cartao de credito pelo guiche do Aeroporto EZEIZA.

Na Europa foi mais dificil... sao duas empresas conveniadas a Global e a Premier.

Cada pais tem um regra com relação ao valor das compras para poder pegar o IVA de volta. Em Lisboa foi tudo muito facil, a partir dos 60euros voce recebe um certificado na loja para poder receber os creditos de volta.

Na França, o valor sobe pra 170euros, acho... tudo isso num mesmo dia e na mesma loja... entao pra alguns, inclusive eu, foi dificil receber os creditos pois nao gastei tanto numa loja só. (até porque passando em Lisboa primeiro, voce vai comprar tudo lá pois o os preços sao muito melhores do que em PAris)

O grande lance é que voce deve carimbar esses certificados no guiche da alfandega do ultimo ponto da uniao europeia em que estiver e dali se dirigir para o balcao da Premier ou da Global para fazer o ressarcimento.

Para quem fizer a viagem passando por Lisboa, indico fazer as compras por lá e tentar fazer o tax free por ali tambem. O idioma facilita em muito a sua vida... Lembre-se dos horarios de funcionamento... normalmente as alfandegas nao funcionam de madrugada!

Quanto a receber os creditos, indico tentar pegar em dinheiro pois caso indique seu cartao de credito e este tenha sido cancelado/perdido a validade antes de o reembolso ter sido creditado, voce pode ficar sem receber sua grana... aconteceu com um amigo meu... eu recebi parte em dinheiro no aeroporto e a outra no cartao de credito... deu tudo certo, mas foi meio complicado...

Vinicius
ViniciusPermalink

ola amigo,

Eu estou viajando para os EUA e pretendo comprar um Iphone la.
Ocorre que ja estou levando, do Brasil, um outro Iphone (que pertence a um amigo.. e que me pediu que levasse para trocar na loja especializada da APPLE.. uma vez que o aparelho encontra-se com defeito de fabricação.. ele tem todas as notas.. ou seja toda a documentaçao provando que foi comprado aqui no Brasil)..
minha pergunta: Eu provando com documentos que o outro Iphone foi comprado no Brasil.. o que eu quero comprar nos EUA.. contará para a cota de 500 dolares ou poderá passar.. uma vez q tenho direito a 1 celular, 1 camera e 1 relogio ??

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vinicius! Um iPhone = passa. Dois iPhones = se for pego, um paga.

rafael
rafaelPermalink

Boa noite estou querendo comprar um videogame no Paraguai e gostaria de saber se terei que declara-lo na receita federal ou posso passar sem preocupação nenhuma para leva-lo para casa?
Pois estou com essa duvida, pois um amigo disse que não preciso declarar o videogame porque entrou em vigor no começo do ano uma lei q dispensa a declaração porque será de uso pessoal.
Gostaria que me tirasse essa duvida, desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rafael! Depende do valor. Até 300 dólares estará isento, mais do que isso você pode ter que pagar multa se escolherem você no embarque do avião em Foz.