19 hotéis no Atacama comentados pelos leitores (com mapa!)

Natalie Soares
por Natalie Soares

Tierra Atacama

Tierra Atacama

Este post compila todas os comentários deixados espontaneamente sobre hospedagem no Atacama pelos leitores do Viaje na Viagem. Clique no nome do leitor para chegar ao seu relato.

Leia mais:

27 comentários

Isabela Blanco

Fiquei no Parina Atacama e a experiência não podia ter sido melhor!

Ele não fica na rua principal, mas distante por só 10 minutinhos de caminhada, o que foi ótimo já que viajei durante as fiestas patrias. As ruas ficavam lotadas e a festa rolava até altas horas da madrugada, como os passeios são cansativos e de noite só queria descanso, não ficar na Rua Caracoles por fim foi o melhor dos negócios.

Os quartos são espaçosos, bem arrumados e a dona é um amor! Providencia tudo o que você precisa, dá dicas e programa seu café da manhã (que é levado no quarto) de acordo com o horário dos passeios. Recomendo muito!

Próxima Trip - Erika

Quando fui fiquei no Hostal Lickana, que fica na Calle Caracoles, super perto de restaurantes e agencias locais de turismo.. É básico, mas confortável, como fiz a reserva quando estava em Santiago, fizeram um preço ótimo para nós.
O café da manhã nao era muito variado nem farto, mas tinha o basico pelo menos.
Pra quem vai de carro, há estacionamento.
Também tem wi-fi.
Os servicos de lavanderia estavam incluidos na diaria ( apesar de um funcionario do hostal ter tentado nos cobrar depois, mas nos negamos a pagar ja que tinha sido esse o acordo quando fecharam a reserva conosco)
Bom atendimento no geral, eu ficaria novamente.
Se bem que da próxima vez lá vou querer experimentar uma opção mais top! Rsrsrsrs

http://www.proximatrip.com.br/category/chile/deserto-do-atacama/

Abs

maria bernadete

Olá, tambem ficamos no Hostal Likana, básico, porém proximo de tudo. claro fica na rua principal. PAra nós foi o ideal, pois dali íamos a todos os pontos de interesse, inclusive até o posto de fiscalização buscar, claro, a segunda via do cartão de imigração.
simples, mas recomendo. quanto aos preços, negociem pois sempre tem um valor diferente a cobrar. se fizerem reserva antes, levem o comprovante.
abçs

ECouto
ECoutoPermalinkResponder

Fiquei em Agosto deste ano no Hostal Campo Base e achei excelente! Eu e minha esposa ficamos em um quarto privativo com banheiro. Havia um aquecedor no quarto e nao tivemos nenhum problema com água quente do chuveiro. O quarto era limpo todos os dias. Nos dias que tínhamos que sair antes do café da manha, nos preparavam um lanche com sanduíche, suco, barra de cereal e chocolates. No nosso ultimo dia, após o check-out, deixamos as bagagens no maleiro e fomos dar um rolé de bicicleta, na volta pudemos utilizar a estrutura do Hostal para tomar e banho e aguardar o transfer. Ah, fica bem próximo da Caracoles, numa rua perpendicular, na mesma rua da Grado 10, que também recomendo!!!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Completamente apaixonada por esta linhagem de posts
com mapinha !!!!

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Muito bom, mesmo, o mapinha. Quero curtir o comentário da Sylvia! ;p

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Fiquei em março deste ano no Iorana Tolache. Tinha pouca informação sobre ele, pouca mesmo, umas 5 opiniões no Trip Advisor, pois o hotel era novo, mas todas boas, então resolvi arriscar (isso depois de não encontrar vaga em nenhum outro indicado pelos leitores aqui do site em outro post).

O hotel é muito bom, o único inconveniente é que é um pouco longe do centro. Um hóspede falou em 15 minutos de caminhada, o que pra mim seria ok, mas dá muito mais que isso. Eu nem cheguei a tentar ir a pé, pois a viagem e os dias lá foram super cansativos, e eu ainda passei mal em um dos passeios. Daria pra alugar uma bicicleta, mas debaixo daquela lua e devido às condições, eu também desisti da idéia. Então para ir até o centro é necessário pegar um "táxi", que na verdade é um serviço oferecido pelos moradores, geralmente em caminhonetes. Não é barato mas também não é super caro, só que à noite, depois de um certo horário, é um problema conseguir um se não for combinado previamente com o motorista. Teve um dia em que minha prima e eu quase ficamos na rua. E não era super tarde, era perto de meia-noite. Para ir ao centro é só pedir no hotel que eles chamam um táxi conhecido, e na volta, há um lugar onde eles ficam estacionados. O valor é fixo.
Pra quem quiser se aventurar e ir a pé, à noite é necessário levar lanterna. As ruas são escuras, mesmo perto do centro. Mas justamente pelo fato do hotel ficar num local menos iluminado olhar pro céu era sempre maravilhoso. Ainda tivemos a sorte de pegar lua cheia.

Tirando esse inconveniente da distância, o hotel, que mais parece uma pousada, é muito bom, tem quartos grandes, arejados, e apesar da terra típica da região, a limpeza é muito boa. Os quartos têm calefação, e isso simplesmente salvou nossas noites. O banheiro também tem um bom tamanho (pra quem se importa com isso). Eu fiquei no quarto de tarifa mais barata e gostei muito, então imagino que os outros sejam ainda melhores.
O café-da-manhã é continental, em estilo buffet. Como sempre chegávamos meio tarde pra comer, geralmente já não tinha muita coisa. Minha prima, que só come besteira e não é exigente, se esbaldava com os iogurtes e sucrilhos. O café propriamente dito, era inexistente e eles só ofereciam o solúvel. Só havia café coado quando tinha muitos hóspedes, segundo me informaram.

A tarifa dá direito ao café-da-manhã e a uma das refeições (almoço ou jantar), com uma bebida (água mineral ou refrigerante). Geralmente a gente optava por jantar. Essas refeições eram muito, muito boas, e me surpreenderam. Quem vai almoçar ou jantar lá tem que avisar antes. Todo dia há duas opções de escolha para entrada, prato principal e sobremesa. Eu comi muito bem, e achei a comida excelente. Os pratos são feitos por um chef. Não vou lembrar de tudo, mas houve refeições com frutos do mar, salmão, falafel, carpaccio. As sobremesas também eram deliciosas.
O fato de poder fazer uma das refeições no hotel salva uma boa grana, já que tudo em SPA é caríssimo.
Eu não como carne vermelha nem frutos do mar, e quando não havia outra opção os funcionários conversavam na cozinha e eles trocavam ou improvisavam alguma coisa pra mim, sempre na maior boa vontade.

Os funcionários são muito atenciosos e solícitos, com exceção de uma moça que fica na recepção pela manhã, e que foi quem nos recebeu. Ela foi chata durante toda a nossa estada, mas acho que isso é um problema pontual dela.

No hotel tem uma piscina, mas apesar do calor a água estava sempre gelada, e não chegamos a entrar. Devido aos passeios não tivemos tempo, mas é um diferencial.
Eles também oferecem wi-fi grátis; não pega muito bem nos quartos, devido à distância da recepção, mas isso pra mim não foi um problema, pois entrava pouco na internet.

Por ficar meio afastado da muvuca do centro, o hotel é extremamente silencioso. Juntando isso ao cansaço dos passeios, nunca dormi tão bem. Eu amo dormir em completo silêncio, e a qualidade do sono lá é simplesmente sensacional; a gente não ouve barulho dos outros quartos nem hóspedes.
Do “quintal” do hotel se vê nada mais nada menos que o vulcão Lincancabur. Eu tirava fotos dele todo dia, simplesmente apaixonante. =D

Desculpem o relato longo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jussara! Que desculpa o quê!!! Muito obrigada pelo relato detalhado!

Daniela Alves
Daniela AlvesPermalinkResponder

Estou lendo o post de dentro do quarto do Terrantai e nao pude deixar de comentar. O hotel é incrível. O wifi é ótimo e gratuito, o café da manha do tipo que o brasileiro gosta, com bolos fofíssimos, frutas frescas, pães e iogurte. Inclusive, hj mesmo nos serviram um café separado porque saímos cedo para o passeio das lagunas altiplanicas. Nem precisamos pedir. As funcionarias da recepção são mto atenciosas e ontem perguntaram se sairíamos cedo hj (elas sabem de cor a ordem dos passeios que fazemos), entao pediram para separar bolo, chá e biscoito no nosso horário. Tem boa calefacao, nao fica mto quente, nem frio (aqui é necessario). Além disso, tudo é de mto bom gosto, bem limpo e se vc entrar no quarto logo após a limpeza até sente o cheiro de álcool que a moça passa. A localização é perfeita. Enfim, vale cada um dos muitos centavos, nao há motivos para se arrepender.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Fiquei 5 dias no Altiplánico e estou simplesmente ENCANTADA. Tudo de um bom gosto incrível, tudo rústico como o deserto, mas ao mesmo tempo bem transado. Eu adorei o hotel. Fica a cerca de 1 km da Caracoles, uns 15 minutos caminhando. à noite, leve lanterna pois o caminho é escuro, mas super seguro.
Adriana

Neto
NetoPermalinkResponder

Vou para o Atacama em junho, de 15 a 25/06, chegando lá eu encontro vaga em hotel na hora ou tenho que reservar aqui no brasil? É seguro informar ao hotel, aqui no brasil o numero do meu cartao? Grato!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Neto! Indicamos sempre reservar antes.

Neto
NetoPermalinkResponder

Obrigado

Maria Paula
Maria PaulaPermalinkResponder

Olá Bóia,tudo bem?

Estou querendo fazer em Novembro de 2014 Atacama + Santiago.

O que você sugere? Começar por Santiago e depois ir para o Atacama ou o contrário? Prentendo ficar 4 dias em Santiago e 5 dias em San Pedro.

Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Paula! Comece por Santiago e reserve um último dia em SAntiago na volta.

Maria Paula
Maria PaulaPermalinkResponder

Perfeito Bóia. Era isso mesmo que eu estava pensando,mas não tinha certeza,pois o voo de volta de Calama é dificil de conciliar com o voo de volta para o Brasil. 3 dias Santiago + 5 dias Atacama + 1 dia Santiago.Ótimo.

Muito obrigada.

Maria Paula
Maria PaulaPermalinkResponder

Bóia, tudo bem?

Quais são os passeios imperdíveis no Atacama? Há algum post sobre isso? Gostaria também de ter uma idéia de valores($$)dos passeios. Aonde posso encontrar essa informação? É tranquilo deixar para reservar os passeios "in loco"? Irei pra lá no periodo de 01/12 até 06/12.

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Paula! Temos um roteiro completo com dicas dos leitores aqui: https://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas/

Maria Paula
Maria PaulaPermalinkResponder

Obrigada Bóia.

Maria Paula
Maria PaulaPermalinkResponder

Boa tarde.

Bóia eu estava olhando os comentários e percebi que alguns viajantes reservam os passeios antes e outros deixam pra reservar no dia que chegam em San Pedro. O que você sugere? Eu irei chegar no dia 01/12/14. É melhor fechar tudo antes ou dá para fechar lá na hora?

Grato.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Paula! Dá para fechar na hora. Se você quiser fazer com alguma agência específica, vale a pena reservar antes.

Diana
DianaPermalinkResponder

olá!
alguém já ouviu falar do hotel Pascual Andino? o que acharam?

obrigada
abs
Diana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diana! Não temos comentários de leitores sobre este hotel, mas você pode ler as resenhas dos ex-hóspedes do hotel Pascual Andino, no Booking.

Diana
DianaPermalinkResponder

blz! muito obrigada!!!!
abs

Monica
MonicaPermalinkResponder

Estive em janeiro e fiquei no Hotel Altiplanico.
É muito bonito, mas tem algumas falhas: wi-fi
Q funciona mto mal. No quarto, nem pensar
E não tem ventilador ou ar condicionado no quarto.

Bianca Ribeiro

Diana, fui em maio de 2014 e fiquei no Pascual Andino. Adorei!
O hotel é novo, os proprietários são super atenciosos e bem localizado. Excelente!
Os passeios fiz com a Grado 10. Maravilhoso!

Michelle
MichellePermalinkResponder

Eu fiquei no Tierra Atacama e amei. Além do lugar ser lindo demais, a comida e os drinks incluidos eram otimos. O paisagismo do hotel, as flores, lavandas, figueiras deixavam um cheiro maravilhoso no caminho até o quarto. Recomendo demais!
Fotos e mais detalhes da minha estadia aqui:
http://receitinhas-e-viagens.blogspot.com.br/2013/07/hotel-tierra-atacama.html

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar