Lagos Andinos: roteiro completo de 4 dias

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Vulcão Osorno, visto do Lago Todos Los Santos

Vulcão Osorno, visto do Lago Todos Los Santos

A região dos Lagos Andinos, ao norte da Patagônia, é habitualmente vendida em pacotes que combinam Chile e Argentina em uma só viagem. Não é uma má idéia, mas quem busca uma viagem mais curta, barata e proveitosa pode dispensar o Cruce de Lagos e curtir apenas a porção chilena da região, em um roteiro que não fica devendo em beleza ou em atrações.

Quando ir

Puerto Varas

Puerto Varas

A melhor época para visitar os lagos chilenos é durante o verão. Neste período o clima é ameno, existe mais oferta de passeios ao ar livre, anoitece tarde e a agenda cultural da região está mais animada. O verão é também a estação em que chove menos e em que há maiores chances de se ver o Osorno sem névoa.

Onde ficar

A melhor base nesta região é Puerto Varas – uma cidade mais charmosa do que Puerto Montt, e com mais oferta de hotéis, restaurantes e comércio do que Frutillar.

Hotel Cumbres

Hotel Cumbres

Puerto Varas oferece opções de hospedagem muito boas. A 10 minutos a pé do centrinho, o elegante Hotel Cumbres tem ares de romance e quartos com vista privilegiada para o lago e para os vulcões. À mesma distância do centro, mas para o lado oposto, o hotel Cabañas del Lago tem ótima estrutura para famílias com crianças e áreas comuns muito aconchegantes.

Quem preferir ficar ainda mais próximo de restaurantes e lojas encontra boas alternativas no Radisson Hotel Puerto Varas (antigo Gran Hotel Colonos del Sur), no Hotel Dreams Los Volcanes (com cassino) e no Weisserhaus Hotel (mais econômico, sem vista para o lago). Os três estão bem no centrinho.

Como chegar

vôos diários entre Santiago e Puerto Montt (aeroporto El Tepual) pela Lan e pela Sky Airline. A viagem é curtinha: menos de 2 horas.
De Puerto Montt a Puerto Varas também é um pulo. Apenas 21 quilômetros separam as duas cidades. Você pode chegar a Puerto Varas de táxi, de microônibus (é preciso ir até o terminal) ou com um carro alugado.

Um roteiro de 4 dias

4 dias inteiros são o tempo mínimo necessário para conhecer as principais atrações de Puerto Varas e localidades vizinhas.

DIA 1: Puerto Montt e Frutillar

Píer telhado e a Catedral de Puerto Montt

Píer telhado e a Catedral de Puerto Montt

Puerto Montt é uma cidade feiosa, coitada. Aproveite a sua primeira manhã livre para passear por lá, senão a concorrência com as lindinhas Puerto Varas e Frutillar será extremamente desleal.

Restaurante nos Palafitos Angelmó

Restaurante nos Palafitos Angelmó

Dê uma passada rápida na Plaza de Armas, tire fotos no muelle techado (píer telhado) e visite os Palafitos Angelmó, um mercado de peixe com restaurantezinhos simples e simpaticíssimos.

Restaurante Azzurro, Puerto Montt

Restaurante Azzurro

Mais afastado do centro, o restaurante Azzurro tem jeito de casa de velhos amigos e deliciosos pratos à italiana.

Frutillar

Frutillar

Frutillar é uma gracinha de cidade. Durante seu passeio na orla, repare nas referências musicais no mobiliário urbano e nas fachadas dos estabelecimentos.

Frutillar

Frutillar

O belíssimo Teatro del Lago fica às margens do Lago Llanquihue e recebe no verão um grande festival de música clássica. Aberto o ano todo, o Museu Colonial Alemão vale uma visita.

Kuchen em Frutillar

Kuchen, uma torta tradicional alemã

Para encerrar a tarde, não deixe de experimentar um tradicional kuchen na doceria que parecer mais bonitinha. A disputa é acirrada!

Os trajetos de Puerto Varas a Puerto Montt, de Puerto Montt a Frutillar, e de Frutillar a Puerto Varas podem ser feitos de microônibus ou carro.

DIA 2: Saltos del Petrohué e Lago Todos Los Santos

Lago Todos Los Santos

Lago Todos Los Santos

A visita às cascatas do Rio Petrohué e a navegação no Lago Todos Los Santos são o que há de mais bonito no circuito dos Lagos Andinos. Por isso, fique de olho na previsão do tempo e não pense duas vezes antes de trocar esse passeio de lugar no roteiro caso a meteorologia aponte outro dia como o mais ensolarado da viagem.

De catamarã no Lago Todos Los Santos

A bordo do catamarã pelo Lago Todos Los Santos, com o Osorno ao fundo

A maneira mais confortável de fazer essa dobradinha é no bate-volta da TurisTour a Peulla – mas é também a mais longa e cansativa. Outras operadoras oferecem opções mais aventureiras, que incluem rafting no Rio Petrohué, passeios de caiaque no Lago Todos Los Santos e caminhadas pelo Parque Nacional Vicente Pérez Rosales.

Saltos del Petrohué

As cascatas do Rio Petrohué

De carro alugado, e na temporada, dá para visitar as cascatas e o lago de maneira independente e prática, negociando o preço de um passeio em um barco de menor porte direto no píer do Todos Los Santos. Me parece a melhor alternativa.

(Se você vai embarcar no Cruce de Lagos e está só espiando passeios para fazer na região, pule este tour. Você vai visitar os Saltos del Petrohué e passear de barco no Lago Todos Los Santos no Cruce.)

DIA 3: Vulcão Osorno e Puerto Varas

O Osorno

Vulcão Osorno

Já pensou em chegar pertinho de um vulcão? No Osorno funciona uma estação de esqui que mantém seus teleféricos em atividade durante o ano inteiro. Quem dispensa mordomias pode, em vez de chegar de carro na base da estação, subir montanha acima em passeios organizados de trekking.

Igreja do Sagrado Coração de Jesus

Ao centro, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus

Use a sua tarde livre em Puerto Varas para explorar o circuito turístico da cidade. Caminhe pelas margens do Lago Llanquihue, conheça a Igreja do Sagrado Coração de Jesus (aquela dos cartões-postais) e o casario de arquitetura alemã, herança dos colonos que chegaram por ali no século XIX.

Lojinha e bar em Puerto Varas

Chocolateria Vicki Johnson e o Mercado 605

Faça boas compras de objetos de decoração, bijuterias e guloseimas nas lojas do centrinho. Para o happy hour, vá ao Mercado 605, um misto de deli e bar de vinhos que é um charme só.

DIA 4: Bate-volta às pingüineiras de Chiloé
Puñihuil, Chiloé

Puñihuil, Chiloé

Que fique claro: o bate-volta a Chiloé não é a melhor forma de visitar o arquipélago. Na verdade, a excursão saindo de Puerto Varas ou de Puerto Montt toma um dia inteiro e só dá a oportunidade de conhecer Ancud e as pingüineiras de Puñihuil. Mas, sem poder esticar a viagem, e estando a apenas algumas horas de ilhotas cheias de filhotes de pingüim, quem é que dispensaria este passeio?

Pingüins em Chiloé

Os pingüins podem ser vistos em Chiloé entre os meses de setembro e março. O auge do verão é quando os filhotinhos nascem.

E você? Que roteiro fez pelos Lagos Andinos? Conta pra gente!

Mariana viajou a convite da SERNATUR Los Lagos e do Turismo do Chile.

Leia mais:

111 comentários

Concy Guimarães

Gostei muito das dicas da Mariana, porém gostaria de um roteiro que incluísse os Lagos andinos, Bariloche finalizando em Buenos Aires.

Concy Guimarães

Obrigada pelas dicas.
Valeu!

Marcia Rocha
Marcia RochaPermalinkResponder

Adorei sua sugestão de roteiro mas fiquei na dúvida: Para fazer o roteiro sugerido é conveniente alugar um carro ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Um carro ajuda, mas dá para contratar os passeios em grupo em Puerto Varas.

Maria Helena
Maria HelenaPermalinkResponder

Teria como fazer toda essa travessia de carro alugado? Ou seja , ter transporte fluvial levando o carro ???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Helena! Carros usam a estrada. Os passeios incluídos na travessia podem ser feitos estando em Puerto Varas (lago Todos Los Santos e Peulla) e Bariloche (Nahuel Huapi e Lago Blest).

jose ribeiro
jose ribeiroPermalinkResponder

Boa tarde boia. Alguma sugestão de roteiro incluindo lagos andinos + uruguai (montevideo e colônia del sacramento) na mesma viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José! Não há nenhuma sinergia logística entre os dois destinos. Você vai ter que pegar um vôo de Santiago a Montevidéu ou Buenos Aires, ou de Bariloche a Buenos Aires.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Gostaria de saber se vale a pena conhecer a região dos Lagos no final de julho, comecinho de setembro. Pois quero aproveitar a ida ao Chile para fazer pelo menos um dia nas montanhas. Gostaria de unir Santiago, montanhas e lagos. Numa viagem de 7 dias, é possível?

Fatima
FatimaPermalinkResponder

Gostaria de saber se dá pra fazer passeio nos lagos a partir de Bariloche e terminando em Santiago (sem o cruce) De carro, talvez?. Qual seria a logística de voo Rio - Bariloche - Santiago?
obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fátima! Você compra Rio-Bariloche / Puerto Varas-Santiago / Santiago-Rio numa passagem multidestinos/várias cidades. Faz os passeios de lago em Bariloche, atravessa de ônibus para Puerto Varas, faz os passeios de lago no lado chileno, voa para Santiago.

Fatima
FatimaPermalinkResponder

obrigada!

Marcia Picorallo

Passei apenas o final de semana em Puerto Varas, chegando pelo Cruce Andino (maravilhoso!) na sexta-feira à noite e partindo no domigo pela manhã de volta a Bariloche. Na ida o dia estava divino e guardo momentos e clicks lindos, mas na volta choveu o tempo todo e não se vê nada da paisagem. Por isso indico que espere a previsão do tempo para decidir se vale o investimento alto no Cruce. Em Puerto Varas caminhei despretenciosamente pelas ruas, observando as casas de madeira e as pessoas que faziam suas compras semanais - e namorando o Osorno o tempo todo!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar