Como é o Wet'n Wild, o parque aquático a 40 minutos de São Paulo

Heloísa Dall'Antonia
por Heloísa Dall'Antonia

Wetn Wild parque aquático São Paulo

No fim da década de 90, investidores acreditaram que o Brasil era um local promissor para construir filiais do Wet’n Wild. O parque aquático, criado por George Millay em 1977, em Orlando, na Flórida, ganhava assim três unidades no país, no Rio de Janeiro, em Salvador e Itupeva.

Passados quase 20 anos, o único remanescente dessa empreitada é o parque paulista, construído bem às margens do quilômetro 72 da Rodovia dos Bandeirantes, a 40 minutos da saída de São Paulo e 20 minutos da saída de Campinas. Por estar do lado do Hopi Hari e em frente a um outlet, o pedaço acabou ganhando ares de 'Orlando brasileira'.

Wetn Wild parque aquático São Paulo

A área total do complexo chega a 160 mil m², incluindo mata nativa e um lago natural. Aproveitando a localização, conhecida por seus dias ensolarados durante boa parte do ano, o parque oferece 7 milhões de litros de água tratada e reciclada. É o suficiente para fazer motoristas entediados com o calor na estrada darem um sonoro suspiro ao observar bóias coloridas subindo escadas e deslizando por escorregadores.

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

  • Wet'n Wild: atrações

Wet'n Wild para crianças

Wetn Wild parque aquático São Paulo

Com apenas 0,45m de profundidade, a piscina do Kid’s Lagoon tem mini-tobogãs e muitos canos e estruturas que jogam água nos pequenos. Já o Bubble Up comporta crianças maiores numa espécie de pula-pula inflável que chega a 5 metros de altura. Os baixinhos podem escalar e escorregar para cair numa piscina de 1 metro de profundidade.

Mas é na Ilha Misteriosa do Cascão que muitos pais podem acabar decidindo permanecer com as crianças. Dentro da estrutura fechada da Hot Land (uma área de 2000 m² com teto retrátil), o astro é o personagem sujinho de Maurício de Sousa, que tenta a todo custo não se molhar entre piscinas, escorregadores, balanços, muitos esguichos, cones basculantes e um balde gigante que joga centenas de litros de água nos visitantes cada vez que vira. O cenário desse pesadelo para o menino que não toma banho foi inspirado na animação 'Cascão no País das Torneirinhas', de 1986, e é possível encontrar o personagem lá no alto do brinquedo (e também logo na entrada do parque). A parceria com o cartunista começou em 2012, quando o parque passou a ter atrações de inverno, época em que o local costumava fechar.

Também faz parte da área a Suntan Lagoon, uma piscina de 0,45 m de profundidade com área com espreguiçadeiras.

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

Wet'n Wild para relaxar

Wetn Wild parque aquático São Paulo

Ainda dentro da área da Ilha Misteriosa do Cascão, aproveitando a climatização ambiente, estão as pequenas piscinas de hidromassagem.

Mas se ideia for relaxar com mais movimento, a Wave Lagoon é uma piscina com cara de mar de 2400 m² que cria cinco tipo de ondas (uma delas pode chegar a até 1,20m de altura). A profundidade da piscina vai de 0,70m a 2,45m. Ao redor dela passa o Lazy River, um riozinho de correnteza com 320 metros de extensão em que se pode ir com ou sem boia (a profundidade da piscina é de 1,05m).

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

Wet'n Wild em dupla, trio ou grupos de 4

Wetn Wild parque aquático São Paulo

No Twister, uma bóia dupla desce os 15 metros de altura do brinquedo em tobogãs que fazem curvas em formato de serpentina, chegando a 20 km/h. A ideia é semelhante no tobogã Bubba Tub, que leva duas ou três pessoas em um percurso que também oferece quedas. Já o Surge pode levar até 4 participantes em um tipo de rafting, também da mesma altura.

Crazy Drop do Wet'n Wild, em Itupeva

Com formato de rampa de half-pipe de skate, o Crazy Drop tem 13 metros de altura e leva duas pessoas em bóias que deslizam pela estrutura.

Rally do Wet'n Wild, em Itupeva

Ver quem chega primeiro na piscina é a atração no R4lly, um tobogã de quatro pistas de 100 metros de extensão em que os participantes descem deitados de cabeça para frente, deslizando num tapetinho.

Do lado está o Kamizake que, com seus dois tobogãs com quase 70º de inclinação, dá a impressão de queda livre para os visitantes, que chegam a experimentar uma velocidade de 45 km/h.

Com entrada meio escondida, o Water Bomb tem três tobogãs fechados de 7 metros de altura jogam o visitante para uma piscina.

Vortex, no Wet'n Wild de Itupeva

Até seis pessoas podem dividir a mesma bóia no Vortex, com 24 metros de descida. Depois de um percurso de curvas, chega-se a uma enorme estrutura de funil, por onde a bóia despenca numa piscina. A velocidade pode bater os 70 km/h.

Space Bowl do Wet'n Wild

No Space Bowl, a ideia é quase a mesma, mas sem bóia: o visitante passa por um redemoinho, e cai em um funil que o joga em uma piscina. Há uma versão aberta e uma fechada da atração, que tem 10 metros de altura.

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

Atrações pagas à parte

Pedalinhos e caiaques estão à disposição no Fun Lake, próximo ao Sun Deck. A área também oferece o Wet Adventure, com percurso de arvorismo de 120 metros, com 14 estações de travessias e tirolesa aquática.

Quem prefere ter mais privacidade e conforto pode optar por uma das cabanas Village, que também ficam próximas ao lago. Cada uma comporta até 6 pessoas, com uma infra que inclui armário com chave, mini-refrigerador, duas espreguiçadeiras, espaço interno com ventilador de teto, mesa com 4 cadeiras e guarda-sol, 4 toalhas e 6 bebidas. Custa R$ 280 (janeiro de 2018).

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

  • Wet'n Wild: informações práticas

O Wet'n Wild fecha em alguma época do ano?

O Wet’n Wild funciona o ano todo. Os dias da semana em que está aberto, porém, variam de mês a mês. Consulte o calendário de funcionamento (aqui).

O Wet'n Wild funciona em dias de chuva?

Sim. Apenas quando há risco de segurança (tempestade de raios, ou enxurrada) o funcionamento é suspenso.

Precisa usar roupa de banho?

Não. É permitido o uso de bermudas, shorts e camisetas em todas as atrações (desde que não tenham materiais metálicos e não sejam de jeans).

As bóias são gratuitas?

Em todas as atrações em que são indispensáveis, as bóias são gratuitas. Também há coletes salva-vidas gratuitos junto à piscina de ondas.

No Lazy River e em outras atrações onde o uso de bóia é opcional, as bóias podem ser alugadas. Uma bóia simples sai por R$ 15 e uma dupla por R$ 25 (uma pequena parcela deste valor volta para o usuário no momento da devolução da bóia).

Tem algum transporte para as bóias?

Não. Só um brinquedo tem sistema mecânico de elevação de bóias. Em todos os outros, é o cliente quem carrega sua própria bóia.

Tem armários? E toalhas?

Tem, mas para alugar. Os armários pequenos custam R$ 45, e os grandes, R$ 55. Toalhas podem ser alugadas por R$ 35.

O estacionamento é pago?

O estacionamento principal custa R$ 50 por carro. Há um estacionamento vip a R$ 70.

O que tem para comer no Wet'n Wild?

O snack bar fica próximo ao Vortex. Há também quiosques que vendem pizza, sorvete, churros, espetinhos, bolos e salgados, cachorro-quente e massas. No entanto, nem todas as opções estão abertas todos os meses.

Esqueci de levar algo. Dá para comprar lá?

A loja do Wet'n Wild vende roupas de banho, produtos de cuidado com o corpo e itens de conveniência.

Tem estrutura para bebês?

O Wet'n wild tem fraldário e área para esquentar papinha de bebês.

Dá pra comprar ingresso com antecedência?

Sim, e é mais barato do que na bilheteria. Em janeiro de 2018, um ingresso adulto na bilheteria custava R$ 150. Pela internet, R$ 95 em dias úteis e R$ 105 no fim de semana. A loja online também vende pacotes familiares. Os ingressos com desconto para crianças até 1 metro (R$ 20) e maiores de 60 anos (R$ 75) só são vendidos na bilheteria.

O ingresso comprado pela internet precisa ser trocado na entrada do parque. O dono do cartão usado no cadastro e na compra precisa estar no grupo e apresentar documentos no momento da retirada dos bilhetes no dia da visita.

Também dá para comprar online a pulseira Wet Fast. Custa R$ 35 e dá direito a 'furar a fila' uma vez em cada uma dessas sete atrações: Twister, Bubba Tub, Surge, Space Bowl, Crazy Drop, R4lly e Vortex. No entanto, não está disponível em todos os dias.

Aproveite também para adquirir o seguro Wet Sem Chuva. Custa R$ 10 e dá direito a retorno gratuito em outra data, caso chova entre as 10h e as 16h do dia da visita.

Preciso carregar dinheiro nas piscinas?

Para não precisar andar com dinheiro ou cartões, dá para adquirir a pulseira Wet Money, que funciona como um cartão pré-pago. Também funcionam dentro do parque os cartões de débito e crédito Visa, MasterCard, Elo e Diners.

Tem hotel perto do Wet'n Wild?

O Quality Resort & Convention Itupeva fica em frente ao Wet'n Wild (do outro lado da estrada) e ao lado do Outlet Premium Itupeva. É um resort completo, inclusive com recreação infantil. Nos fins de semana e feriadões, oferece trâsnfer para o Wet'n Wild, o Hopi Hari e o outlet.

Wet'n Wild | Crianças | Relax | Em turma | Extras | Na prática

Wet’n Wild

  • Rodovia dos Bandeirantes, km 72; Itupeva | Tel. (11) 4496-8000 | Ingressos: na bilheteria, R$ 150 adultos, R$ 75 maiores de 60 anos, R$ 20 crianças até 1 metro. Pela internet, ingresso adulto a partir de R$ 95 | Estacionamento R$ 50

O Viaje na Viagem se hospedou a convite do Quality Resort & Convention Itupeva.

Leia mais:

23 comentários

Juliane
JulianePermalinkResponder

Me surpreendi com a limpeza e organizaçao. Eu estava de passagem em Itupeva e ia para outro parque aquatico em Fortaleza que foi decepcinante o cheiro de urina na agua.
Ja o went wild foi organizado, limpo e com brinquedos para todas as idades e super tranquilo na quarta feira.

Rita
RitaPermalinkResponder

Acho que o parque aquático a que se refere em Fortaleza é o Beach Park né? Tb senti cheiro de urina no parque inteiro, e não vi essa reclamação em nenhum lugar que eu pesquisei na internet, estava atrás de encontrar algo a respeito do Wet'n Wild, mas você esclareceu sobre o ponto que mais me incomodou lá em Aquiraz. Obrigada

Graziela
GrazielaPermalinkResponder

Já conheço o Termas dos Laranjais e considero o preço muito bom tanto da entrada quanto da alimentação, é um lugar maravilhoso e ñ cobra estacionamento. Tenho muita vontade de conhecer o Wen't Wild mas acho o estacionamento um absurdo assim como o valor da entrada, e também fiquei sabendo q a Alimentação é cara. Vcs poderiam fazer um preço mais acessível ou pelo menos ñ cobrar estaciomento

Helio Galdino de Souza

Moro em Jundiaí e prefiro rodar 300 km a e ir a Olímpia onde a agua e quente e os preços são justos no wetn paga_se estacionamento,armario e ate a bóia e cobrada isso sem mencionar a comida que e horrorosa.

Radiji Maria Dghaidi

Esse parque nunca fui agora olimpia amei nadade ruim pra falar sou moradora de Osasco ainda quero ir nesse parque

Eufrásio D'arquinio

Muito bom o parque aquático

Suely isidia da cruz silva

Magic city indicação, pagamos tudo :estacionamento,armário comida boa

Douglas
DouglasPermalinkResponder

O parque é maravilhoso porém comida e estacionamento são um absurdo eles poderiam praticar menores preços ,visto que o ingresso ou passaporte já não é nada barato

Alex
AlexPermalinkResponder

Lixo. Só tem preço. Uma porcaria de parque. A começar pelo estacionamento pago. Fala de água quente. Na verdade tudo fria. Pura propaganda enganosa. Nem o thermas de São Pedro nem o de Olimpia cobram estacionamento. Até mesmo crianças pagam menos lá. Ja Esse lixo cobra R$120.00 para uma criança de 9 anos. Lixooooooooo

Marinilde Oliveira Lima

Acho caro.

Gislaine Principe

Eu também sairia de Sorocaba e iria pra Olímpia, pois lá sim a propaganda dá água quente não é enganosa. A água quente do Wetn Wild não chega nem perto do Thermas e coisas pra comer também do Thermas é maravilhosa. Não dá nem pra comparar Wetn Wild e Thermas. Com certeza o Thermas dos Laranjais ganha de 10 a 0.

Alexandra
AlexandraPermalinkResponder

Estive no parque neste domingo dia 14/01/18 mais achei tudo muito caro, a alimentação, estacionamento e até as boias e cobrada um absurdo .. estive no termas de laranjais uma.parque aquático de águas quentes , maravilhoso pretendo voltar logo é um.parque completo...fica a dica para os administradores do.parque....
At.Alexandra

Dayane
DayanePermalinkResponder

Tenho vontade de conhecer, mais já ouvi várias pessoas reclamando de valores. E a entrada tbm acho mto caro.

Ramon augusto
Ramon augustoPermalinkResponder

O clube e muito Bom.
O preço do estacionamento e absurdo
O preço do armário e absurdo
Alimentação o preço e muito alto .

Cleber
CleberPermalinkResponder

O parque é bom mais tudo muito caro, desde o estacionamento, comida, entrada. Um absurdo.

Henrique Moreira Azevedo

Nunca fui e pelas fotos e comentários do pessoal nem pretendo ir. Já Thermas do Laranjais já fui 6 vezes e recomendo a todos. Melhor até do que o Hot Park em Rio Quente e muito melhor que todos os parques de Caldas Novas. Indo no Thermas dos Laranjais não deixem de experimentar a barraca das baianas, onde servem acarajé, vatapá, lanches, água de coco e cerveja bem gelada. Em frente a barraca tem uns coqueiros com espreguiçadeiras e areia fina e branquinha.

Jéssica Cascaldi

Não existem muitas atrações e vira e mexe alguma está fechada. Compensa ir fora de temporada para não pegar filas, e caso você ganhe um ingresso pela promoção da rádio. De resto, não vale a pena pagar essa fortuna. Em dia sem filas, em 1 hora você consegue ir em todos os brinquedos. Os lanches são bem caros. E subir a bóia no Vórtex mata qualquer um!

Priscila Franceschi

Eu fui em janeiro e gostei muito. Apesar de morar a lado, Campinas, nunca tinha ido. Tudo organizado e limpo. Só acho que as gramas artificiais queimam o pé e isso é ruim pois a área é grande. Fora isso, foi um dia bem gostoso. Estacionamento caro faz parte de um local limpo, seguro e organizado. Nos EUA a gente paga e ninguém reclama de nada. Eu voltaria.

Angelo Pavan
Angelo PavanPermalinkResponder

Fui a este parque anos atrás, e não pretendia voltar, o que foi reforçado pelos comentários feitos aqui e porque conheci o Thermas de Laranjais em Olímpia neste mês!
Além de ser com água fria, ter entrada cara, cobrarem um absurdo de estacionamento (não é luxo, não há como deixar o carro em outro lugar!), comida vendida ser cara e de baixa qualidade (lembro-me de 17 reais por um pão com salsicha, que chamavam de "hotdog"!), contrapondo com seu concorrente em Olímpia, eu acrescentaria que no WnW você tem carregar sua bóia nos brinquedos (no Thermas é tudo automatizado e monitorado por funcionários) e o horário de funcionamento é, no melhor dos dias, das 11 as 18h30, o que soa ridículo para um dia de verão! (no Thermas, é das 08 as 20hs!!).
Só não perde de lavada, porque está mais próximo da capital, o que permite "bate e volta" para quem mora lá.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Bóia, que tal uma visita e uma postagem sobre as Termas de Olímpia? Tanta gente falou bem de lá, mas como sou do Paraná não conheço mais informações sobre o lugar. Fica a dica para um próximo dia ensolarado! smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Ola, Fabíola! Está na pauta smile

Deninho Marcelo

Não precisa estar calor para estar em Olímpia, água quente para tudo quanto é lado.

Simplesmente maravilhoso !!!

Vítor lopes da cruz

Gostei de promoção

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar