Conheça as novas regras para visitar Machu Picchu em 2019

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Machu Picchu novas regras 2019

Na virada do ano, Machu Picchu ganhou novas regras de visitação.

Machu Picchu: novas regras 2019

Clique para ver os detalhes de cada novidade:

Os ingressos agora têm hora marcada

Desde 1º de janeiro de 2019, os ingressos para Machu Picchu são vendidos com hora específica de entrada. São 9 horários diários.

Machu Picchu: 9 horários para entrar

Machu Picchu novas regras 2019

  • Entradas a partir das 6h, 7h, 8h, 9h, 10h, 11h, 12, 13h e 14h

Não adianta chegar antes da hora -- o acesso só é permitido a partir do horário marcado no ingresso.

Se você quer visitar o parque na primeira hora, compre com a maior antecedência possível. Atualmente dá para comprar ingressos com 6 meses de antecedência.

Os ônibus agora também têm horário marcado?

Embarque a Machu PIcchu

Eu pensava que teriam -- seria o mais lógico. Mas não. As passagens de ônibus (que custam 24 dólares, incluindo a volta) continuam sem especificar o horário da viagem.

Mas com a distribuição dos visitantes em vários horários, espera-se que as filas para o ônibus diminuam. Agora só vai de madrugada para a fila quem tiver comprado ingresso para as 6 da manhã (o primeiro ônibus sai às 5h30, e o percurso entre Aguas Calientes e Machu Picchu leva 25 minutos).

Se você comprou ingresso para outro horário, vá para a fila do ônibus 60 minutos antes da hora marcada, e você com certeza entrará no parque dentro do seu intervalo.

Limite de 4 horas para a visita

Machu Picchu novas regras 2019

A partir de agora, o visitante tem 4 horas para completar seu circuito. Ao entrar no parque, um adesivo colorido será colado no ingresso -- a cor indica o horário em que deve sair do parque.

O circuito mais longo (o circuito 1) tem duração estimada de 3 horas, então não há problema com essa limitação.

(O circuito 2, um pouco menos completo, leva 2 horas e meia. O circuito 3, indicado para quem tem dificuldade de locomoção, leva 2 horas.)

Para quem vai combinar a cidadela com uma trilha de montanha, o tempo-limite é maior -- veja no próximo tópico.

Novos horários para as trilhas às montanhas

É possível combinar a visita à cidadela de Machu Picchu com duas trilhas a montanhas dentro do território do sítio arqueológico (apenas uma a cada visita).

São três horários para iniciar a trilha da Montanha Huayna Picchu, e dois horários para iniciar a trilha da Montanha Machu Picchu.

A cada horário de trilha corresponde um horário de entrada na cidadela. O ingresso é combinado.

Machu Picchu com Montanha Huayna Picchu

Machu PIcchu novas regras 2019

  • Entrada no parque a partir das 6h; início da trilha entre 7h e 8h
  • Entrada no parque a partir das 7h; início da trilha entre 7h e 8h
    • Permanência máxima: 7 horas (4 horas na trilha, 3 horas na cidadela)
  • Entrada no parque a partir das 8h; início da trilha entre 10h30 e 11h30
    • Permanência máxima: 6 horas (3 horas na trilha, 3 horas na cidadela)
Machu Picchu com Montanha Machu Picchu

Machu Picchu novas regras 2019

  • Entrada no parque entre 6h e 7h; início da trilha entre 7h e 8h
  • Entrada no parque entre 7h e 8h; início da trilha entre 7h e 8h
  • Entrada no parque entre 8h e 9h; início da trilha entre 9h e 10h
    • Permanência máxima: 8 horas (5 horas na trilha, 3 horas na cidadela)

Proibição do reingresso ao fim do circuito

Entrada a Machu Picchu
Antigamente era possível retornar duas vezes no mesmo dia (dava para usar essa facilidade para ir ao banheiro e até almoçar). Em julho de 2017, novas regras passaram a proibir o reingresso. Na prática, porém, os controladores da entrada continuaram permitindo um reingresso por pessoa (dava para fazer o circuito inteiro com o guia, depois voltar para a parte mais alta por conta própria, para contemplar na paz).

Acabou: agora, quando você termina o circuito, tem que sair do parque. Para voltar, terá que ter um outro ingresso, válido para entrada naquele horário.

Obrigatoriedade de guia

Desde julho de 2017, as regras estabelecem que não é permitido entrar no parque sem um guia. Na prática, porém (de novo), quem queria entrar de maneira avulsa estava conseguindo.

As novas regras de 2019 voltam a proibir a entrada sem guia -- pelo menos na primeira visita. Se você comprar um segundo ingresso para uma nova visita na mesma viagem, e mostrar esse ingresso, pode fazer a segunda visita sem guia.

É fácil contratar guia. Os guias ficam posicionados junto à porta de entrada e cobram entre 120 e 150 soles para guiar grupos de até 4 pessoas. Você não terá dificuldade em se encaixar num grupo.

Leia mais:

80 comentários

Ana
AnaPermalinkResponder

O lugar é maravilhoso, porém as regras e os preços estão cada vez mais abusivos. Estivemos lá em jul 2018, saí para ir ao banheiro e não me deixaram entrar novamente. A entrada é cara e não oferece ao menos um banheiro aos visitantes? Acho injusto. Paga -se pra ir ao banheiro, paga-se a visita guiada, paga-se o trajeto pra chegar na entrada do parque. Lamentável.

murilo
muriloPermalinkResponder

nada a ve seu comentario...

Natália
NatáliaPermalinkResponder

Só me tirem uma dúvida: a gente tem que ficar o passeio inteiro sem ir ao banheiro? Outra coisa, pode levar água, lanches? Me falaram que mudaram as regras quanto a isso também, mas não consegui achar nada a respeito.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natália! Não pode entrar com comida. Água só em cantil ou similares. Tem que completar o circuito sem ir ao banheiro.

Diego Paschoa
Diego PaschoaPermalinkResponder

Fui ao final de Agosto e comprei apenas o ingresso para a cidadela. Subi de Águas Calientes a Machu Picchu pela trilha e não paguei o preço abaixo do ônibus. Lá na cidadela entrei sem guia e fiz o meu próprio roteiro. Foi bastante econômico, já que o preço do ingresso já é bem salgado. Agora, com essas regras, infelizmente as pessoas não poderão fazer essas manobras para economizar. Também soube, conversando com os locais, que o dinheiro arrecadado nos parques e demais serviços não é repassado para a cidade e as pessoas lá não tem direito a salário mínimo. Isso quer dizer que com essas regras, os preços vão continuar subindo e Machu Picchu vai acabar sendo um destino para pessoas abastadas.

Pablo
PabloPermalinkResponder

Com o trem mais caro do mundo (US$ 130 a ida e volta no pior horário, o mais barato!), além do ônibus que custa uma fortuna e a entrada que não tem nada de barata, Machu Picchu já é um destino para pessoas abastadas.
É um belo lugar, mas pessoalmente, não gosto de ser explorado.
Eu tinha uma viagem programada para lá, familia de quatro pessoas, e quando descobri que só para visitar MP teria que desembolsar uns mil dólares, simplesmente troquei de destino.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Estive ontem em Machu Picchu e o horário e o tempo de visitação não está sendo controlado somente, some te não pode o reingresso no final do percurso

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigado pela informação, Guilherme! Vamos aguardar a alta temporada, é provável que controlem sim.

Patrick
PatrickPermalinkResponder

Como funciona a questão da hospedagem, tem alguma indicação de hotel?

DELIANE LEITE TEIXEIRA

TB estive em Julho de 2018. Apesar de alguns contratempos o passeio é sem palavras de magnífico l!!! Não havia especificação clara depois que vc visita a cidadela q deve ir direto para o passeio de uma das montanhas, logo fizemos o passeio a uma espécie de Mirante na lateral da Hayuana e perdemos o horário, foi frustante na hora. Sobre o banheiro fomos no matinho próximo fazer xixi ( o q sabemos não ser legal). Outra coisa é o preparo físico quem não tiver com preparo físico legal é meio tenso visitar a cidadela os dois mirantes (vamos chamar assim) e uma das montanhas. Lá dentro tudo é muito frenético e vc quer parar e sentir a energia do lugar ou fazer a coisa mais devagar pelo menos em algum momento. Ah não vá muito encasacado lá dentro vc vai suar muito e o excesso de casacos vai atrapalhar no deslocamento. Preciso falar do valor do ônibus tb, achamos muito caro! Fomos de ônibus na ida e voltamos a pé, apesar de cansados (porém felizes). Pra descer todo santo ajuda, logo economizamos alguns dólares para fazer uma janta deliciosa e saborear a deliciosa cerveja cuzquenha.

Anne
AnnePermalinkResponder

Oi, Guilherme. Estou querendo ir a Cusco ainda em janeiro. Gostaria de saber se está chovendo muito aí e se em caso de chuva dá para fazer esse passeio, o da Laguna Humantay e o da Rainbow Mountain numa boa. Vc sabe me dizer algo sobre isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anne! Se você não comprou passagem, deixe para ir a Machu Picchu na época recomendada, entre maio e setembro. Não ter chovido nesta semana não significa que não vai chover bastante no fim do mês. Marcar uma viagem na época errada acidentalmente acontece, é azar. Marcar uma viagem na época errada deliberadamente é auto-sabotagem.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

só tenho como ir na semana pós pascoa, 21/4 a 1/5... sendo fim de abril, vc acha que já é recomendado?
obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Sim, já saiu do período crítico.

Katia Cardoso
Katia CardosoPermalinkResponder

Particularmente não goste de passeios engessados com hora pra entrar, hora pra sair, obrigatória contratação de guia, etc. Obrigações já tenho no trabalho, nas férias gosto de mais liberdade.
Adoraria conhecer Machu Picchu mas conforme o tempo passa percebo que fica mais distante a minha viagem ao lugar. Quase todas as férias eu cogito ir mas acabo escolhendo outro destino.

Denise
DenisePermalinkResponder

Lamentável mesmo Kátia! Desde 2015 me programo para ir e este anos gostaria de ir, mas pelos valores e regras mudarei o meu destino assim como você.

Luxcoelho
LuxcoelhoPermalinkResponder

Estive em Outubro, e foi incrível! Claro q não é barato e fui rigoroso no planejamento, acordei as 4h pra pegar os primeiros ônibus e felizmente fez uma manhã linda. Estava só e dividi o guia com mais 4 espanhóis e foi tranquilo. Logo cedo deu pra ver tudo com calma, em cerca de 1h30 e depois tomei meu lanche com calma, e fiquei relaxando e contemplando aquele lugar fantástico por mais ~2h/3h. Recomendo à todos. Dicas q segui e valeram muito: vá nas épocas recomendadas pelo Riq, compre com antecedência, roupas leves pra não suar/carregar trambolho em MP, Águas Calientes não tem nada pra fazer, pegue o trem mais cedo que der para voltar - principalmente se pegar os primeiros horários de visita smile
Não deixe de visitar Ollantaytambo e Cusco!
E que saudade da comida peruana...

Lindebergues tavares da Silva

Gracias por comentar, estava pensando em ir a MP, agora não sei mais?

Luiz mota
Luiz motaPermalinkResponder

Já estive lá por 3 vezes, de fato os preços são caríssimos. Cusco, vale sagrado é sensacional!!!

suzi magali camargo

Estive em Machu Picchu ha tres anos. Até hj não encontrei lugar de energia e mistério, como esse. Os Incas nos deixaram esse legado como um presente incomparável. Não havia essas novas regras de visita , mas o cansaço para se chegar lá continua o mesmo: pra chegar no local e para a subida nos degraus altos (os incas tinham estatura alta, por isso , degraus altos) Mas não há dinheiro que pague ,ao chegar no Vale Sagrado ! Indescritível , inigualável ! Fiquei uma noite em Cuzco pra adaptação de altitude e amei esta cidade ! É uma volta ao passado. O Mercado São Pedro é folclórico: cores, cheiros, variedades...Agora, Águas Calientes tem vários restaurantes , um centro de artesanato onde tudo que é do Peru está ali. Outra coisa : um rio de correnteza forte, agúas límpidas, corta a cidade e deixa um barulho constante...sentar alí, e ouvir "El Condor" que é o hino delesl, tocado por grupos musicais locais, aí gente foi onde eu quase fiquei em êxtase ! valeu cada moeda , valeu cada instante !

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Olá,

Comprei ingresso para Machu Picchu para abril de 2019, com as novas regras, portanto. Escolhi o horário de entrada a partir das 7h. Quero saber se posso ingressar em qualquer hora a partir das 7h e se as 4h de permanência no sítio são contadas a partir da hora de entrada, ou necessariamente terei que sair às 11h.
Grata,
Eliana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliana! O sistema está começando agora. Teoricamente você pode entrar em qualquer horário depois das 7h e teoricamente o seu tempo de permanência começa a contar a partir do momento em que você entra. Mas se eu fosse você tentaria entrar no intervalo entre 7h e 8h para evitar problemas.

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Grata!

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Oi Eliana, será que vamos nos encontrar la? Tbm comprei para dia 10 de Abril as 8:00!
Tenho uma dúvida, a passagem de ida do trem vou comprar antecipado, mas a volta é necessário comprar antecipadamente ou pode comprar na hora? Corre o risco de faltar vaga?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Tem que comprar a ida e a volta.

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Estive no Peru em outubro passado e embora já tivesse conhecido Machu Picchu em 2016, seria impossível não voltar por duas razões: a cidade perdida dos incas é única em arquitetura, engenharia e energia criada por Pachacutec ou Pachacuti. O que a grande maioria desconhece e que me foi dito pelo nosso guia e historiador é que o imperador, ao pensar na cidade, a teria como um repositor energético, portanto tudo o que os guias locais explicam, não procede quanto à construção da cidade.
Outra coisa bem interessante que fiz ao elaborar o roteiro foi ter incluído Cocalmayo / Águas Termales de Santa Tereza antes de chegarmos à Águas Calientes. Super recomendo! Entretanto, vá conhecer as piscinas termais depois de visitar Machu Picchu, fomos antes e tivemos que subir uma ladeira moderada, quase imperceptível na ida. Naturalmente para descer é mais confortável e suave.
Conheçam Rainbow Mountain! E se faltar oxigênio, como foi o nosso caso, todos os guias levam cilindros de oxigênio. O ponto mais alto das Montanhas Coloridas fica a 5.300 de altitude, é surreal, mas a visão é deslumbrante, nunca vi nada igual na vida.
Há um vilarejo a pouco mais de 1 hora de Cusco chamado Andahuaylillas onde vc pode conhecer a Iglesia de São Pedro ou como é mais conhecida, a Capela Sistina das Américas. É interessante, mas as igrejas de Cusco são maiores e mais bonitas. Porém quem curte temas voltados para os extraterrestres há um pequeno centro artesanal colado ao muro da igreja: Museu Ritos Andinos. Também recomendo. Se vc tiver uma grana "sobrando" vá conhecer o lago Titicaca em Puno, é esplendoroso e mágico.
Enfim, gastei em torno de 1.500,00 dólares com tudo: passagem aérea, hospedagem, alimentação, city tour, transfer, comprinhas básicas e garanto que valeu cada centavo.
Boa viagem!

Rodrigo Alves Lacerda

Irei em Julho então estou de olho nos comentários de pessoas que já foram neste ano.

Nick
NickPermalinkResponder

Estive em setembro em Cusco e Lima e adorei esse incrível país. A cidade de Cusco é linda e fiz vários passeios a partir de lá...E contrariando todos que já viajaram para o Peru, NÃO fui para Machu Picchu justamente pelos preços abusivos, achei que a relação custo x benefício não valia a pena e não me arrependi em momento algum.

Edgar
EdgarPermalinkResponder

Aaaaaaaaaaaaaah,
É meu sonho ir a MP e cada vez que leio os comentários me dá mais vontade de ir... Claro que eu nao entendo muito das regras mas pelo q vejo será mais difícil ir sozinho e conseguir economizar... Mas eu adoraria ter a oportunidade de chegar nesse lugar mágico... Coloquem informações mais e mais... Tô acompanhando direto.

Roberto viana
Roberto vianaPermalinkResponder

Fiz esta viagem há alguns anos atrás. Seguimos depois para Cuzco e de lá fizemos de ônibus turístico a trilha inca, até Puno. As ruínas de uma cidade inca e uma igreja construida pelos espanhóis são indescritíveis. Seguimos então pelo lago Titicaca até uma vila antiga. Viagem inesquecível.

Henrique Rodrigues

Ola, estou indo para cusco essa semana, nao sabia nessas novas regras, pretendia ir para machu picchu de van e depois caminhando ( uma maneira que alguns amigos fizeram). Poderiam me dar algumas dicas, sera que é possivel?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Henrique! Desaconselhamos veementemente (você deve estar se referindo ao esquema da hidrelétrica, que a gente nem põe aqui porque é turismo masoquista), mas continua possível. A única regra importante de acesso que mudou é o ingresso com hora marcada para quem comprou a partir de 1º de janeiro.

Marcilene
MarcilenePermalinkResponder

Olá, gostaria de fazer o passeio guiado do Circuito 1 que leva 3 horas e no final eu quero fazer a trilha até a Porta do Sol (Intipunku). Alguém que já foi lá sabe me dizer: quando acaba o circuito estamos fora da cidadela? Ou quando acabar o circuito eu vou conseguir acesso à trilha sem ter que sair?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcilene! Você pode ir até a Porta do Sol como parte do circuito 1.

Marcilene
MarcilenePermalinkResponder

O circuito 1 vai até a Casa do Guardião. De lá até a Porta do Sol tem uma trilha de uns 45 minutos...
O circuito acaba fora da cidade? Eu consigo acabar o circuito e dar umas voltas por lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcilene! Pelo que eu entendi você pode fazer esse desvio incorporado ao circuito 1.

Marcilene
MarcilenePermalinkResponder

Nossa, tô confusa... mandei um email pra tipo a "secretaria de cultura" de cusco pedindo umas informações e eles responderam que, quando acaba o circuito vc tem que sair de MP. Então se eu faço só o circuito 1 e saio, fiquei menos de 4 horas, e se eu quero ficar as 4 horas que tenho direito??
Se assim que começa o circuito 1, que sobe até a casa do Guardião eu desviar e ir até Porta do Sol, eu saio do meu grupo guiado (que agora é obrigatório) e é proibido sair de um grupo e entrar em outro.
Tô sem saber o q fazer e ninguém de lá me passa informação coerente.
O que salvaria seria alguém que foi lá recentemente falar como fez para ir até Porta do Sol

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcilene! Me parece que nesse caso você vai precisar contratar um guia exclusivo ou tentar entrar sem guia ou abandonar o seu grupo no ponto de saída para a Porta do Sol. Pode haver também a formação de grupos que vão até a Porta do Sol.

Em Aguas Calientes você poderá tirar o pulso da situação atual -- se há mesmo rigor na exigência ser acompanhado o tempo todo por guia.

Rick Morais
Rick MoraisPermalinkResponder

Tenho um conhecido que mora no Acre e já foi várias vezes a Cusco de carro. a uns 5 anos atras ele tinha comentado que estava lotado de gente e uma bagunça sem fim. Ele até pediu pra ir logo conhecer pq do jeito que estava, o governo teria que fechar o acesso ou controlar com mão de ferro. Sinais de desgaste e depredação já começam a aparecer.... acho que está acontecendo isso...

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Por favor, alguém poderia me ajudar com informações sobre a viagem a MP saindo de Cuzco?

Como faço para ir a MP saindo de Cuzco?

É que não encontrei nenhuma postagem recente sobre o assunto.

Deverei ir no fim de abril/19 e ainda não comprei as entradas para MP...

Muito obrigado!

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Ola,
Ricardo ou alguém que ja foi em 2019 poderia informar como funciona a questao das 4h? Vi o comentario da Marcilene e estou com a mesma duvida..se eu fizer um dos 3 caminhos eu posso voltar de alguma forma pra algum ponto e ver com mais calma? (Dentro do tempo de 4h)
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Há controvérsias sobre a aplicação desta norma. Pelo que se depreende você pode fazer desvios ou ralentar o seu percurso seguindo o mesmo circuito, mas não pode voltar ao início do circuito depois de feito. Mas veja: em condições normais você chegará ao fim do circuito esbodegado.

Marcilene
MarcilenePermalinkResponder

Oi Gustavo, pelo visto, como a mudança é recente, nem mesmo eles estão sabendo explicar direito.
Escrevi para o Departamento de Cultura de Cusco para me informar e eles me disseram que o circuito tem um começo e um fim e que ao final eu deveria sair de MP.
Informam também que depois que vc entra em um grupo guiado, que vc não pode sair dele e entrar em outro, nem abandoná-lo. E que se vc escolhe o circuito 1, por exemplo, vc deve acompanhar o guia que não desviará o caminho, seguindo a rota pré-estabelecida até a saída.
Aí eu disse que queria fazer a trilha para a Porta do Sol e pedi orientação de como fazer. Daí me responderam pra eu fazer primeiro a trilha e depois o circuito.
Mas ainda ficou confuso, porque para a trilha não precisa de guia... e se é obrigado a entrar com guia... como seria? Acho que só quem tiver a experiência de ter ido esse ano poderá dizer como está sendo...
Assim como vc disse, se a gente faz o circuito mais longo de 3 horas, e a permanência é no máximo de 4 horas, vamos perder essa 1 hora que está sobrando?
Você vai quando, Gustavo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcilene! Friso: não esquente sua cabeça antes da hora, não vire a internet pelo avesso. Quando você chegar a Aguas Calientes terá um polaroid de como as novas regras, implantadas em 1º de janeiro, estão sendo observadas. Vários pontos de outras regulamentações não "pegaram", que nem legislação no Brasil. E finalmente: não fique obcecada por essa trilha. O circuito convencional de Machu Picchu já é suficientemente mágico.

Se você quer consultar uma base maior de pessoas que já foram a Machu Picchu este ano, procure nos fóruns do TripAdvisor em inglês e espanhol.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Boa noite.
Viajo em julho e gostaria de compras as entradas de MP e o trem via site.
É possível comprar ingresso de estudante (filho de 9 anos) via site ou sou obrigada a comprar só quando chegar lá?
Vou para Lima ainda em fevereiro. Lá eu consigo comprar estas entradas? Idem as passagens de trem para crianças? Idosos tem descontos?

grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Ingressos do parque para estudante só são vendidos pessoalmente, em Cusco ou Aguas Calientes. Para viagens em julho é melhor comprar com antecedência, pagando inteira mesmo.

Crianças de 3 a 11 anos têm 50% de desconto no trem. As passagens podem ser compradas online tanto no site da PeruRail quanto da IncaRail. Não há descontos para idosos.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2016/04/viagem-ao-peru-roteiro-9-noites/

Marcilene
MarcilenePermalinkResponder

Oi Cristina, estava com o mesmo problema que você. Eu vou em agosto. Comprei o meu e do meu marido no site oficial https://www.machupicchu.gob.pe e paguei 158 soles cada. O problema de deixar pra comprar o de estudante lá na hora, é não ter vaga mais pro dia que nós iremos. Eu entrei em contato com o responsável do hotel que vou me hospedar, pedi sua ajuda e ele se prontificou a comprar pra mim. Mandei os documentos do meu filho escaneados e uma cópia do meu ingresso pra ele comprar no mesmo dia e horário certinho. É uma solução válida! Boa sorte

Armando Nunes Coelho Junior

Estivemos em maio de 2018 e eles já apertaram um pouco a entrada, mesmo assim entramos duas vezes, uma com guia e outra sem - não houve problema neste segundo ingresso. A primeira subida foi na parte da tarde, a segunda na manhã do dia seguinte. Optamos por não subir no primeiro horário do segundo dia, fomos às 09hs, e foi muito bom. Estava menos cheio, nem pegamos fila para embarcar no ônibus. Há vigias por todo o parque, o que te obriga a caminhar sempre numa direção, eles não te deixam voltar. Vale a pena verificar bem os melhores pontos e gastar todo o tempo necessário dentro de uma única visita. Mesmo com nove horários disponíveis, ainda acho que eles deixam subir todos os dias muita gente. Apesar de ser uma maravilha do mundo moderno, a estrutura é limitada, fica até feio aquele monte de gente de uma vez só. Abraços a todos.

Wellington Sales

Estou com um grupo de 15 pessoas que sairá de Boa Vista/RR em setembro de 2019, de carro até Águas Calientes-Peru. Passaremos por Manaus/AM, Porto Velho/R.O, Rio Branco/AC, Puerto Maldonado, Cusco e daí por diante. Um trajeto de mais de 3.315 km de ida. Alguma sugestão para nós? Nosso destino é Machu Picchu e procuramos economia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wellington! Não se chega de carro em Aguas Calientes. Vocês vão precisar parar em Cusco ou Ollantaytambo e seguir de trem.

Sérgio Junior

Boa tarde!

Gostaria de saber se nós Brasileiros podemos entrar em Machu Picchu somente com RG ou é obrigatório ter o Passaporte?
Visto que para entrada no País é necessário somente a identidade válida, fica um pouco contraditório a obrigatoriedade do passaporte para entrar no Sitio Arqueológico.
Alguém consegue me esclarecer esta dúvida?
Grato!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Pode entrar só com a identidade. Escreva o número da identidade no campo 'passaporte' do ingresso. No site anterior havia campo para 'dni' (documento nacional de identificação), neste novo eles ainda não puseram, mas devem consertar.

Mas veja: sempre é melhor viajar com passaporte. Se você não tem passaporte e tem tempo para tirar um, tire:
https://www.youtube.com/watch?v=FrqZfy4FGpk

Alex Palhares
Alex PalharesPermalinkResponder

Boa noite!
Estou com a mesma dúvida. Estou querendo comprar o ingresso para minha namorada, mas ela não tem passaporte ainda, mas terá antes da viagem.
Porém o site expressamente informa que é necessário passaporte para adultos estrangeiro e pede o número passaporte para comprar o ingresso.
Acha seguro informar o número do RG e levar o passaporte junto no dia? Tenho receio de algum problema e as vagas do dia que pretendo ir, em maio, estão acabando.
Desde já, agradeço a atenção e o excelente trabalho do blog!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alex! O site é novo, foi reformulado em janeiro. Esqueceram de pôr o campo "dni", documento nacional de identificação, que havia no site antigo. Basta colocar o número do RG no campo passaporte. É um bug do site novo, vão corrigir.

Agora: recomendo muito que a sua namorada faça um passaporte. É muito melhor fazer todas as viagens com passaporte, veja por quê:
https://www.youtube.com/watch?v=FrqZfy4FGpk

elisabete mantovani

Vou para o Peru em 11/5 com chegada em Cusco
Pretendo ficar 12, 13 na cidade. Dia 14/5 gostaria de fazer um passeio com destino final Ollayntambo...
Dia 15 Aguas Calientes
Dia 16 Machu Picchu
dia 17 cedo volta a Cusco

Preciso de ajuda para montar o roteiro com seguranca!!!!

Isolda Kamita
Isolda KamitaPermalinkResponder

Olá Ricardo,
Acabei de chegar da minha viagem de 15 dias ao Peru e quero agradecer imensamente por todas as preciosas dicas do blog. Segui tudo! Quanto a Machu Picchu acho que posso esclarecer algumas dúvidas. Comprei o ingresso para 08:00h. A saída dos ônibus em Águas Calientes é bem organizada com filas para cada horário de entrada. Chegando lá não peguei guia não. Dei uma disfarçada de um lado pro outro, entrei na fila do meu horário marcado e na hora de passar na roleta não me perguntaram nada. Achei ótimo, pois percebi que os guias iam rápido demais. A insistência na contratação de guia é para a circulação mais rápida, mas não é obrigatória.Em alguns momentos deixava os grupos passarem e ficava sozinha nos locais apreciando a vista calmamente. Fiquei lá por mais de quatro horas. Não há como regular o tempo de permanência, porém não se pode voltar no circuito, ou seja, veja tudo o que quer com calma para não deixar nada para trás. Não tem banheiro dentro do parque, portanto vá assim que descer do ônibus antes de entrar no parque. A ponte Inca fica numa trilha no inicio do percurso, mas é bem longo e só subida, depois é só voltar pelo mesmo caminho e continuar o circuito.
Bom, espero ter ajudado
Bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isolda! MUITÍSSIMO OBRIGADA, em maiúsculas e tudo!!!!

Diorgenes Mendes Machado

Meu passaporte vence em 19 de outubro desse ano e devo viajar chegando no dia 16 de abril, ou seja, 183 dias antes de vencer o documento. E devo ir embora no dia 28 de abril. Recebi um aviso da PF a respeito do vencimento do passaporte e que alguns países não aceitam essa condição.
Será que terei problemas no Peru por estar lá em um período com validade menor que 6 meses??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Ola, Diorgenes! A data que vale para os países que exigem 6 meses de validade é a data da chegada. (No Espaço Schengen é que eles pedem 3 meses a partir da data de saída.)

A PF avisa para renovar quando faltam 8 meses e essa também é a nossa recomendação. Adquira o hábito de renovar ao faltarem 8 meses e você não precisará mais ficar fazendo conta se vai chegar com 170 ou 183 dias para o passaporte vencer.

De todo modo, você estaria totalmente coberto, porque de estar dentro dos 6 meses você ainda poderia entrar com sua carteira de identidade (RG) original. Mas recomendamos ir com passaporte.

Assista:
https://www.youtube.com/watch?v=FrqZfy4FGpk

Adriano
AdrianoPermalinkResponder

Apesar de recomendações de muitos de não fazer, eu quero muito fazer Huayna Picchu. Eu sou muito fã de trekking e como não poderei fazer a trilha Inca por tempo de viagem, para mim Huayna Picchu é fundamental . Minhas dúvidas
- Pelo que vi e il aqui eu farei primeiro a montanha e depois um dos 3 circuitos, certo ? Aí eu tenho liberdade de escolher qualquer um dos 3 circuitos ou é imputado algum deles pelo fato de ir à montanha primeiro ?
- O tempo disponível a Montanha Macchu Picchu é maior que a Huayna Picchu ? Eu imaginava que fosse o contrário ....
- Se eu entrar no parque às 6h , aí faço a visita de 7 horas pelo ingresso com Huaya . Um horário seguro de trem de retorno em Aguas Calientes a Olantaytambo seria por volta das 17 h ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriano! Você faz o circuito 1 e, ao chegar à entrada da sua montanha, pára e sobe na sua hora. O circuito da Montanha Machu Picchu é mais longo do que o de Huayna Picchu e por isso permite uma permanência maior. 17h é um horário bastante seguro de volta para quem visita o parque de manhã.

Yaline
YalinePermalinkResponder

Machu Picchu abre aos fins de semana? É mais caro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Yaline! Abre 365 dias por ano. Há planos de preços diferenciados por temporada, mas por enquanto todos os dias custam a mesma coisa.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Marcilene! Muito obrigada!
Vou tentar falar com alguém do Hotel então. Quem sabe ne?

Isadora
IsadoraPermalinkResponder

Olá!
Vou a Machu Pichu em Julho e tenho dúvidas quanto ao ônibus que sai de Aguas Calientes até a cidadela: onde compro a passagem? precisa ser antecipado ou posso comprar quando chegar em Aguas Calientes (vou dormir lá na noite anterior a visita)?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isadora! A compra é lá mesmo.

Veja o nosso post sobre Aguas Calientes e Machu Picchu. Todas as dúvidas que você pode ter estão certamente respondidas nele:

https://www.viajenaviagem.com/2016/04/machu-picchu-e-cusco/

Mônica
MônicaPermalinkResponder

Olá!
Olha só, estamos indo, em julho, de Curitiba para Cusco by car. Vamos atravessar o norte da Argentina e o deserto de Atacama. Subir até Puno antes de nosso destino final que é Machu Picchu.
Li aqui nas dicas, que em Águas Calientes não se chega de carro, só de trem.
Para nós, que estaremos motorizados, há alguma forma de nos utilizarmos de nossos veículos no trajeto entre Cusco e Machu Picchu, a fim de otimizar tempo e custos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica! Você pode ir até Ollantaytambo, mas não sei como funcionam os estacionamentos.

Ana Elisa Marangoni Costa

Boa tarde! Estou indo ao Peru dia 1/5 e gostaria de sugestão de agências para fazer os passeios. Sair do Brasil com todos os passeios programados. Apenas os passeios e não os hotéis. Vcs me sugerem alguma?

Filipe Aguiar
Filipe AguiarPermalinkResponder

Boa noite, acabei de entrar no site para comprar meus ingressos para 11/01, porém na parte do documento eles só deixam entrar com o número do passaporte... é isso mesmo ? só pode entrar em Machu picchu se tiver o passaporte ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Filipe! É um erro do formulário novo. Preencha com o número do seu RG, se você não vai com passaporte.

Cristine
CristinePermalinkResponder

Olá,

estarei em Machu Picchu com meu marido no dia 14 de maio e com estas novas regras estou na dúvida sobre qual horário comprar a entrada. Sabemos que iremos pela manhã mas não sei se compro o horário das 6, 7, 8hs. Meu medo é a neblina. Não sei como é maio por lá. Você tem alguma sugestão?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristine! Se tem medo da neblina, compre para o meio da manhã.

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Boa tarde! Quero comprar os ingressos para Machu Picchu alguém que já tenha ido poderia me indicar o site? Posso comprar as passagens de trem ou ônibus lá ou é preciso comprar com antecedência?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wanessa!

Comece seu planejamento por este post:
https://www.viajenaviagem.com/2016/04/viagem-ao-peru-roteiro-9-noites/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar