Berlim

Novo Velho mundo
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Que fim da história que nada. No caso de Berlim, a queda do Muro apenas fez com que a história recomeçasse. 25 anos depois da reunificação, Berlim está 25 anos mais jovem.

A Berlim que emergiu da poeira do Muro não é a metrópole high-tech que os burocratas imaginaram, nem a celebração desavergonhada do triunfo do capitalismo sobre o comunismo.

A cidade se mudou para o lado oriental – mas não apenas no sentido geográfico: a nova Berlim é igualitária e nada ostentatória.

O visitante tem o privilégio de ver uma das capitais do mundo se reinventando à sua frente. E o que é melhor: paga pouco por isso. Berlim é um dos lugares mais em conta da Europa – com preços que não assustariam no Brasil.

Quando ir

Berlim está numa latitude praticamente nórdica: prepare-se para passar frio. Mesmo no verão você vai precisar de um casaquinho de vez em quando.

Não se detenha por isso: a cidade tem museus, palácio, bares e restaurantes suficientes para entreter você nos dias gélidos. O frio mais gostoso é o de dezembro, quando é compensado pelas feiras de Natal típicas da Alemanha (a mais bonita é montada na praça Gendamenmarkt).

Mas se puder vir em julho ou agosto, venha. No verão Berlim vai toda a para a rua. Brotam cervejarias (Biergärten) ao ar livre e até praias em trechos do rio Spree. Nos dias de calor, Berlim vive seus dias de Barcelona, e fica ainda mais alegre e desencanada.

alemanha02

Como chegar

De avião

Todas as companhias aéreas européias levam do Brasil a Berlim com apenas uma conexão.

Veja como chegar pelos aeroportos Tegel e Schönefeld.

Trânsfers privados com nosso parceiro Viator 

De trem

Hamburgo está a 1h40, Dresden a 2h, Frankfurt a 4h10, Praga a 4h45.

Um pouco mais cansativos são os trajetos de/para Varsóvia (5h30), Munique (5h50) e Amsterdã (6h20).

Não valem a pena de trem: Viena, a 9h30, Cracóvia, a 8h10, e Budapeste, a 12h.

De outros lugares, inclua o vôo a Berlim na passagem transatlântica, ou voe low-cost.

De carro

Berlim não se encaixa muito bem em roteiros de carro, pela escassez de lugares pitorescos na antiga Alemanha Oriental. Baviera, Reno & Mosel, Floresta Negra e Rota Romântica são mais interessantes.

Onde ficar

A maioria dos monumentos e museus que você quer visitar está no antigo lado oriental de Berlim. O lugar mais conveniente para se hospedar é o bairro central de Mitte (procure nos arredores das estações Rosenthaler Strasse e Rosa Luxembourg Platz).

De Mitte você pode ir a pé à Museuminseln (Ilha dos Museus) e aproveitar a noite à sua porta. A estação Alexanderplatz é o maior entrocamento de linhas de metrô (U-Bahn) e trem urbano (S-Bahn) da cidade – você chega rapidinho aos outros pontos dos dois lados da cidade.

Atualmente o point mais descolado da cidade é Kreuzkölln, na intersecção dos bairros de Kreuzberg e Neukölln. Fique ligado, que estou neste momento (agosto de 2014) em Berlim e logo atualizarei este guia.

Daqui pra onde

Antes de programar a continuação da viagem, certifique-se de que vai ficar tempo suficiente na cidade. Em menos de três dias inteiros você não consegue entender Berlim. Com cinco dias dá para ir visitar o palácio e os jardins de Potsdam em um bate-volta (26 min. de S-Bahn). Veja como fazer por conta própria um bate-volta a Dresden saindo de Berlim.

Considero Berlim um ótimo fecho para um tour pela Europa Central. Comece em Budapeste, continue de barco (6h) ou trem (3h) a Viena, prossiga de trem a Praga (4h30) e termine em Berlim (4h45 de trem). Dá para fazer no sentido oposto, mas acho que esta é a melhor seqüência.

Uma continuação original é a Copenhagen: a viagem de trem dura 6h44, via Hamburgo, e tem um trecho em que o vagão embarca num ferry-boat.

Passeios de 1 dia e tour privados com nosso parceiro Viator

Berlim no Viaje na Viagem

328 comentários

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Ricardo acompanho e sigo seus roteiros. Para viajar com amigo melhor Praga ou Berlim? Em Janeiro
Estamos em duvida pq sera pacote fechado de 08 dias. Qual destino melhor para exercitar o idioma, se divertir, passeios culturais

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! Quem responde é A Bóia. Se você quer exercitar seu alemão, escolha Berlim. Se quiser exercitar seu tcheco, escolha Praga.

Para se divertir e fazer passeios culturais, ambas cidades são excelentes. Praga tem mais arquitetura preservada, Berlim tem uma cultura alternativa mais presente. Dê uma estudada nos dois destinos e escolha o que seu coração mandar. A que não for escolhida fica para uma próxima.

carina
carinaPermalinkResponder

Olá!! Estou na dúvida quanto a deslocamento de Berlim a Paris de trem. Quais os melhores. Opções noturnas são interessantes como experiência...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carina! Não recomendamos trem noturno. Este é um trecho para fazer de avião.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2015/05/roteiro-europa-como-evitar-perrengues/

valter liberato

Olá Boa Noite
Estamos pensando em fazer um passeio até a Europa, no periodo de janeiro 2020 - ficando de 10 a 15 dias (a definir). Qual seria a melhor das opções, falando de Custo x Benefícios.
Ops. Estamos em 2 casais (63 60 53 42) nossas idades
Casados .
Note: seria a primeira viagem nossa para fora do país. o que poderiam nos sugerir.

Abraço...e desde já obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valter! Não compre nenhuma viagem que não possa ser adiada ou cancelada sem custo. Não há nenhuma garantia de que as fronteiras estarão abertas para brasileiros em janeiro na Europa, nem que a circulação entre os países seja livre, por causa da pandemia.

Veja roteiros aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2015/03/europa-roteiro-15-dias/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar