Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 1) 1

Como alugar apartamentos de temporada no exterior (Parte 1)

(Publicado no caderno Viagem & Aventura do Estadão em 17/3/09)
roma2

Ano passado fiz uma longa viagem para revisitar nove cidades essenciais: Lisboa, Madri,Barcelona, Roma, Paris, Amsterdã, Berlim, Londres e Nova York. Na maioria delas passei uma semana inteira. Em nenhuma dormi em hotel. Em cada uma das cidades aluguei um apartamento charmoso, pelo preço que me custaria um hotel sem-graça. No lugar dos corredores intermináveis de um hotelão tipo Ibis ou do quarto acanhado de um pequeno duas-estrelas, eu tinha sala de estar, cozinha completa – e um molho de chaves.

Fugir do hotel para o apartamento de temporada não é para todo mundo, nem para todo tipo de viagem. Mas se você pretende permanecer pelo menos cinco dias numa cidade e quer rechear sua rotina de turista com algumas experiências que só os moradores vivem, então o aluguel de apartamento pode mudar o seu jeito de viajar.

paris1c

Alugar apartamento é a nossa vingança contra o downgrade de hospedagem a que temos sido forçados pela desvalorização do real e pela escalada de preços das diárias dos hotéis. Nos últimos dez anos, enquanto o preço das passagens aéreas internacionais permaneceu estável em dólar, os hotéis dobraram ou triplicaram de preço, tornando-se o item mais caro de uma viagem internacional. Entretanto, a mesma bolha imobiliária que fez explodir as diárias dos hotéis também acabou fazendo surgir um enorme mercado de apartamentos para curtíssima locação. Graças à evolução da internet, apartamentos para alugar no mundo inteiro estão a alguns cliques das suas próximas férias.


airbnb

novayork1

Como funciona?

Procurar apartamento de temporada no exterior não é muito diferente de procurar um apartamento na sua cidade. É preciso paciência para vasculhar diversas imobiliárias; a diferença é que elas estão na internet, e apresentam suas ofertas em inglês. Os recursos de busca variam de site para site – mas todos mostram fotos e informam localização e preço. Escolhido o apartamento, você preenche um formulário para confirmar a disponibilidade nas datas que deseja.

Para fechar negócio, é exigido um depósito – entre 30 e 40% do total. A maioria das agências aceita cartão de crédito. Algumas poucas, porém, só operam com PayPal, um sistema de transferência de fundos por cartão de crédito muito usado em sites com o eBay; se este for o caso, você vai precisar abrir uma conta no site PayPal.com.
O depósito normalmente corresponde à taxa da imobiliária. Assim que o pagamento é feito, a agência notifica o proprietário, que então entra em contato, por email, para combinar os detalhes da sua chegada. O saldo deve ser pago em dinheiro vivo, na entrega das chaves. Dependendo do contrato, deixa-se também uma caução, que é devolvida na sua saída.

londres1

Em que sites procurar?

O melhor ponto de partida é mesmo o Google. Digite, entre aspas, as palavras mágicas “vacation rentals” e, fora das aspas, o nome da cidade desejada, em inglês. Na primeira página vão aparecer os sites mais quentes. Faça uma segunda pesquisa, com o nome da cidade seguido de “apartments”. Pronto. Você já tem com o que brincar por uma semana.

Prepare-se para ver de tudo: de lixo total ao deslumbre absoluto, com preços de acordo. A maioria dos sites oferece uma coleção desparelhada, misturando apartamentos de decoração minimalista (sinal de que são mantidos apenas para alugar) com apartamentos lotados de tralhas (sinal de que o dono mora lá e só sai quando o apê é alugado). Alguns (poucos) sites ostentam apartamentos muito parecidos entre si – indício de que todos pertencem à agência.

Mundo inteiro: VRBO, Perfect Places, VacationHomeRentals
Portugal e Espanha: Friendly Rentals, Rent4Days, Traveling to Lisbon
Paris: RentParis, MonParis, ParisAttitude, NYHabitat/Paris
Nova York, Londres e Paris: NYHabitat, AlugueldetemporadaemNovaIorque.com
Berlim: All Berlin Apartments
Amsterdã: StayAmsterdam
Buenos Aires: BytArgentina, ApartmentsBA, HomesBA

amsterda1

É seguro?

Não dá para garantir 100% de segurança, porque é impossível pôr a mão no fogo por tantos proprietários avulsos. De todo modo, conduzir o processo por uma imobiliária sempre é menos arriscado do que tratar direto com o dono. Trocar vários e-mails antes de chegar – perguntando detalhes, pedindo dicas – ajuda a assegurar que o seu apartamento existe e estará disponível na data combinada.

Leia mais:


madri31

630 comentários

Claro que não criaste problema, Marcie! Pra isto serve o forum, pra gente diminuir a chance de entrar em roubadas em viagem! Vou olhar no homelidays também! Brigadão!!!

Pois é, Marcie! Difícil decidir! mas obrigada pelo depoimento. Vi que o próprio Riq já alugou no RentParis. Vou dar uma olhada lá.
Valeu!
Abçs
Luciane

Olá Riq! (e mais alguém que possa ajudar). estou em contato com o pessoal do site MonParis que são brasileiros, negociando um apê em Paris. Tens referência do site, porque só o que me preocupa é que só há 2 maneiras de enviar o depósito de 30%: ou mandando o número do meu cartão de crédito por e-mail, com código de segurança (awful!!) ou com ordem de pagamento ao exterior, que é super caro! Mas se alguém me disser que eles são confiáveis, OK! Os apartamentos são bem legais, bem localizados e é ótimo fazer as negociações em Português!
Abçs
Luciane

    Se você ler todos os posts vai ver que eles estão nas minhas indicações de Paris.

    Sem querer criar muita polêmica – mas já criando – eu tive uma experiência muito ruim com o MonParis. Piorada pelo fato do dono ser amigo de amigos meus.

    Olha Luciane, já tive que fazer isso de mandar o cartão e o codigo por email, e não tive nenhum problema, mas tomei duas precauções :
    1- avisei o gerente da operação
    2- enviei os numeros por extenso ( um dois tres ..) e em dois emails diferentes

Sylvia, obrigadão pela resposta. Valeu!!
O apê a que você se refere é em NY? Se for, poderia me dizer qual o número de referência dele no Homeaway ou me fornecer o e-mail de contato com o proprietário, para eu fazer uma pesquisa? Afinal, se a gente já tiver uma indicação positiva de um proprietário, dá mais segurança na hora de alugar.
De qualquer forma, já te agradeço pela atenção.
Um abraço.

Débora

Já aluguei três apartamentos em Buenos Aires, 01 no Chile e dois na Itália, sendo um em Roma e outro em Florença. Sempre foi bastante tranquilo. Em Buenos Aires, aluguei, em novembro passado, um estúdio lindo na Recoleta, em frente ao El Sanjuanino. Uma perdição! Só tivemos um probleminha no Ano-Novo, pois o pessoal da agência era um saco! Prefiro alugar diretamente do proprietário. Pela Homelidays é assim.
Em Florença, o apto também era bem localizado. O casal que nos alugou o apartamento era tão tranquilo que não pediu caução e, na hora de ir embora, fui avisá-los, para realizar a vistoria, quando a esposa me disse simplesmente: “Deixa as chaves em cima da mesa e bate a porta”. Fiquei impressionada com a confiança!

Até hoje não dá para dizer que tive grandes problemas. Em outubro, estamos voltando a Itália, agora com minha filhota, meu pai e minha madrasta, e o esquema de aluguel de apartamentos continuará. Já estou fechando o de Roma e estou procurando uma vila na Toscana para ficar, mas já recebemos inúmeras respostas aos nossos e-mails, inclusive de uma indicação da Adriana Pessoa, aqui do blog.

No mais, gostaria que o Ric me confirmasse se não é mais possível comprar passagens de trem na trenitalia para estrangeiros. Não estou conseguindo comprá-las, e o site só diz que tem que ser compradas lá!

Bjs a todos,
Cinthia.

    Não sei se funciona assim, mas esta pergunta é para a Cinthia Rangel… também estou indo para Roma em outubro, passar um mês com meu marido. Gostaria de saber qual foi o site que você acessou.
    Gratzie!
    olimpia

    Olímpia, existem casos em que o comentarista fica acessando o post que acessou para ver se tem alguma pergunta para ele, mas é raro…

Trips, preciso de uma ajudinha: alguém já alugou – ou conhece – apartamento em Londres? Os sites que vi até agora não me convenceram. E é para um “chefe”.
Obrigada.

    Bah Marcie, tb já chafurdei nos sites e não achei nada.. tenta o vrbo.com ( mas dá um trabalho danado)

Pessoal, nessas dicas de aluguéis de apês no exterior, não vi nenhuma referência à empresa Home Away (parece que são grandes). Tenho visto alguns apês deles, em NY, que me interessaram. Alguém já alugou com eles? Foi boa a experiência? Agradeço se puderem me dar uma dica. Bjs a todos.

Débora

    Aluguei com a homeaway , que assim como a vrbo.com é um site com imóveis de proprietários , creio que não tem nenhum agente envolvido.Não tive nenhum problema, pelo contrário, foi mais simples do que via agencia , mas .. certamente vai depender do dono do imóvel ( olhe as referencias, mande mais de um email e veja se te inspira confiança ).
    * acabei ficando “amiga por email” do dono do ape , e até ganhei um desconto 😉

Ola, Ricardo:
Temos diversos luxuosos apartamentos de temporada, com 1, 2 ou 3 dormitorios in Los Angeles, California, na praia de Marina del Rey, que esta localizada ao lado de Venice & Santa Monica, Beverly Hills, Hollywood, etc. Pertissimo tambem do Aeroporto Internacional LAX. Gostaria de listar com agencias brasileiras. Ja olhei no blog e nao achei agencias no Brasil que fazem esse servico. Voce teria recomendacoes? Aqui esta o nosso site: http://www.marinavacationrentals.com
Obrigada
Sonia

Olá, boa tarde! Vou a Buenos Aires com minha família (marido, filhote e mãe) neste mês, vou ficar 10 dias por lá e estou inclinada a alugar um apartamento pela ba4uapartments.com.ar e gostaria de saber se alguém já teve alguma experiência (boa ou ruim) com esta agência. Também gostaria de saber a(s) sua(s) impressões sobre o endereço Quintana 591 (em frente ao La Biela). Obrigada!

Alguém já alugou aptos em Londres ou Paris através do Home from Home ( http://www.homefromhome.co.uk )? Aluguei um apto próximo de Covent Garden, em Londres, para julho e agora estou vendo um apto no Marais,em Paris, parece ser bem interessante e os preços são bons mas na página deles não encontrei muitos comentários sobre os aptos de Paris…

    É bastante difícil você conseguir referências sobre uma agência específica num fórum como este.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.