Mercado 28

Onde comer em Cancún

Cancún: onde comer

É possível que, depois de um dia de intensos passeios (como costumam ser os dias em Cancún), você não tenha muito ânimo para sair e acabe jantando de novo no(s) restaurante(s) do seu hotel. Nas noites em que quiser sair, no entanto, boas opções não faltarão.

O mais fácil é aproveitar a comodidade dos shoppings (como o Kukulkán Plaza, no km 13, La Isla, no km 12,5, ou Forum by the Sea, no km 9). Ou se jogar na pré-balada com os petiscos mexicanos adaptados ao gosto americano do Carlos n’Charlie’s (km 9) e do Señor Frog’s (km 9).

Fora dos hotéis e shoppings, você encontrará muitos restaurantes ao longo do Boulevard Kukulcán, do lado oposto aos dos hotéis, à beira da laguna.

Finalmente, o Centro de Cancún viveu nos últimos anos um renascimento gourmet; alguns dos melhores restaurantes da cidade estão ali, sobretudo em torno do renovado Parque de las Palapas e também na avenida Bonampak.

Cozinha mexicana

Para experimentar a cozinha mexicana de verdade (não a do Señor Frog’s…), até há pouco tempo era preciso ir ao Centro de Cancún. Mas o restaurante mexicano mais tradicional da cidade, o La Habichuela, agora tem uma filial na zona hoteleira: é o La Habichuela Sunset (A), no km 12,6 (tel. 998/840-6280; tem show maia na 4ª e na 6ª às 20h).

A mesma família abriu uma terceira casa, especializada na cozinha regional do Yucatáné o Labná (B), que fica numa das esquinas do Parque das Palapas (calle Margaritas 29, tel. 998/892-3056). Para uma experiência completa, peça uma sopa de lima de entrada (sopa de limão com tortillas e peru) e encare uma conchinita pibil (carne de porco desfiada, marinada e assada envolta em folha de bananeira).

Um jeito mais informal de entrar em contato com a comida da terra é aproveitando a sua ida ao Mercado 28  (C) — o mercado de artesanato, no Centro de Cancún — e escolher um dos restaurantes típicos. (O Mercado fecha domingo.)

Ainda no Centro, o Du Mexique (D) oferece um meio-termo para os ressabiados: ali a cozinha mexicana é reinterpretada segundo a culinária francesa. Fica na Av. Bnampak 109 (esquina Pargo; tel. 998/884-5919).

Restaurantes de chef

A maior grife culinária de Cancún vem da Espanha: o restaurante Tempo (E), no hotel Paradisus Cancún, tem menu e supervisão do basco Martín Berasategui, detentor de 7 estrelas Michelin (três delas no seu restaurante principal, em Lasarte-Oria). Fica no km 16,5 e fecha domingo (tel. 998/881-1100).

Se fizer questão que o grande chef seja residente, reserve o Cocina de Autor/Chef Christian Morales (F), no Centro de Cancún. O chef é argentino usa ingredientes locais (se no cardápio houver huitlacoche — o fungo do milho que é tido como a trufa mexicana — não deixe de experimentar). Fica no Centro de Cancún: Av. Xpuhil lote 20 (tel. 998/251-9145; fecha domingo).

Carnes, massas, pescados

O quesito churrascarias tem uma disputa Brasil x Argentina. Os argentinos comparecem com o Puerto Madero (G), na zona hoteleira (km 14, tel. 998/885-2829), enquanto os brazucas contra-atacam com o Bovino’s (H), no Centro de Cancún (Av. Yaxchilán, SM 17 Manzana 2, tel. 998/89-898-0857).

Há muitos italianos na zona hoteleira; um dos mais simpáticos é o Limoncello (I), no km 10,5 (tel. 998/883-1433).

Para peixes e frutos do mar, considere a Fred’s House & Market (J), no km 14,5 (tel. 998/840-6466).

Passagens mais baratas para Cancún no Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue de carro em Cancún na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Cancún com a Viator

Trânsfers e passeios em Cancún com a Easy Travel Shop

5 comentários

Ricardo e galera, estou em Cancun, hotel Westing, maraivoso, sem música alta, ideal para relaxar, em frente ao Shopping La Isla. Pagamos somente hospedem, pois você fica livre para comer no hotel, no shopping etc. Perfeito e está valendo a pena!

Boa tarde,
Você tem pelo menos uma ideia da media de preços dos restaurantes? Eu sei que varia demais dependendo do nivel, mas gostaria de saber pelo menos uma média.
Estamos avaliando se vale a pena pagar ou não o all inclusive do hard rock, que custa uns 200 dolares por dia.

    Olá, Marilia! O all-inclusive só valerá a pena se você planeja ficar bastante no hotel e beber muito. Se você pretende passear em vez de ficar na piscina do hotel, acaba não valendo a pena.