Fortaleza

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Fortaleza: o que fazer

A pergunta que está na cabeça de quem visita Fortaleza é: 'Qual é a praia aonde eu vou amanhã?' Montar uma agenda com uma nova praia por dia é o objetivo da maioria das turistas. Cuidado: nesse afã de não repetir praia, porém, você pode acabar caindo em passeios em que você passa mais tempo sentado no ônibus do que curtindo sol e mar.

Se você está pensando em ir até Canoa Quebrada, invista num pernoite. E se for a Jericoacoara, duas noites por lá é o mínimo do mínimo para aproveitar a viagem.

Se preferir, clique para ir direto ao tópico:

  • Quantos dias em Fortaleza?

Não existem limites mínimos nem máximos para curtir destinos de praia. Sol, livros interessantes e uma barraca para chamar de sua na Praia do Futuro rendem quantos dias de relax você possa cacifar, sem sair de Fortaleza nem para passear.

Caso você faça parte da turma que precisa 'conhecer' um lugar novo todos os dias durante qualquer viagem, aqui vão sugestões de roteiros sem roubadas:

5 dias em Fortaleza

5 dias em Fortaleza, com crianças

6 dias: Fortaleza + Canoa Quebrada

7 dias: Fortaleza + Jericoacoara

8 dias: Fortaleza + Canoa Quebrada + Jeri

Para ver como combinar Fortaleza com outros destinos de praia do Ceará, dê uma olhadinha no tópico página Como chegar.

Voltar | Menu

  • Vale a pena alugar carro?

Alugar um carro é indicado para quem quer fazer passeios para praias fora da cidade e não curte muito o esquema de passeios em grupo. Com um carro na mão você faz seus horários e consegue escapar dos guias piadistas e das barracas conveniadas com as agências. Note, porém, que pode haver blitze de lei seca na estrada. Para sair à noite em Fortaleza, é melhor deixar o carro no hotel e usar táxi de aplicativo ou Uber.

Voltar | Menu

  • Fortaleza: as atrações do Centro

O Centro de Fortaleza há muito tempo deixou de ser o centro de negócios da capital; funciona como o centro das compras e serviços mais populares. Mas suas atrações valem a visita -- sobretudo num dia nublado.

Theatro José de Alencar e Museu do Ceará

Fortaleza: o que fazer - Theatro José de Alencar

Theatro José de Alencar

A maior jóia, o Theatro José de Alencar, está justamente na região mais bagunçada, cercado por camelódromos. Mesmo que você esteja de carro, vá de táxi: estacionar é encrenca. O charme do José de Alencar é que sua estrutura metálica em estilo art-nouveau -- que faz dele um dos teatros mais originais do Brasil -- fica escondida da praça por uma fachada neoclássica convencional. Pegadinha histórica...

Depois da visita guiada, guarde a câmera, o celular, o relógio e a correntinha. Atravesse a praça e vire à direita na rua de pedestres Guilherme Rocha. Depois de três quadras você chega à Praça do Ferreira, um dos pontos focais do Centro. Na quadra de baixo está a Praça dos Leões, a mais bonita do pedaço. Se quiser você pode conferir o Museu do Ceará e tem no acervo móveis, objetos históricos, artefatos indígenas e uma curiosa coleção de literatura de cordel.

Theatro José de Alencar

  • R. Liberato Barroso, 525 (Praça José de Alencar) | Tel.: 85/3101-2596 | Abre de 3ª a 6ª das 9h às 18h; sábado, domingo e feriado das 14h às 18h. Fecha 2ª | Visitas guiadas de hora em hora até as 17h -- não há visita às 13h. Aos domingos, o foco da visita são os jardins | Ingresso: R$ 6 inteira, R$ 3 meia)

Museu do Ceará

  • R. São Paulo, 51 | Tel. 85/3101-2610 | Abre de 3ª a sábado das 9h às 17h; fecha domingo e 2ª | Grátis

Passeio Público

Fortaleza: o que fazer - Passeio público

Passeio Público

Prossiga pela rua Floriano Peixoto em direção ao mar, e em mais três quadras você vai dar na quina do gostosíssimo Passeio Público, a praça mais antiga da cidade e um oásis na região central. No centro do jardim, o Café Passeio ajuda a pausa a ser mais refrescante; aos sábados serve uma feijoada concorridíssima (tel. 85/3063-8782).

Mercado Central & Emcetur

Fortaleza: o que fazer - Mercado Central

Mercado Central

Ali você estará perto de dois points de compras de artesanato: duas quadras para a direita (de quem olha para o mar; leste) está o Mercado Central; caminhando uma quadra para a esquerda (oeste) você chega à Emcetur.

A vantagem do Mercado, instalado num galpão niemeyeriano, é ser mais misturado: como funciona também para o público fortalezense, o preço do artesanato, rendas e lembrancinhas costuma ser o mais em conta da cidade.

Já a Emcetur é um turistódromo clássico: funciona numa antiga cadeia cujas celas hoje são lojinhas de artesanato.

Mercado Central

  • Av. Alberto Nepomuceno, 199 | Tel.: 85/988-667-418 | Abre diariamente a partir das 9h; de 2ª a 6ª até as 18h, sábado até as 17h e domingo até as 13h

Emcetur

  • R. Senador Pompeu, 350 | Tel.: 85/985-099-238 | Abre de 2ª a 6ª das 8h às 18h; sábado das 8h às 16h; domingo e feriado das 8h às 13h

Dragão do Mar

Fortaleza: o que fazer - Dragão do Mar

Entorno do Dragão

A próxima atração da lista, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura está bastante próxima do trio Emcetur-Passeio Público-Mercado Central. Mas transitar a pé nessa área é meio embaçado, com ruas ermas e a autopista que leva à saída oeste no meio do caminho. Acho mais negócio chamar um táxi de aplicativo (e fazer cara de sonso se o taxista achar ruim a corrida curta) ou deixar a região do Dragão para outro dia.

Um dos cartões-postais da cidade, o Dragão é melhor visitado depois que o sol baixa, no meio da tarde; é quando os barzinhos da praça abrem e o povo começa a aparecer. Antes disso, vale a parte cultural. Compõem o centro o Museu da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, a Multigaleria, o Planetário e o Cinema Fundação Joaquim Nabuco, com programação de filmes de arte e alternativos. Tem também uma loja da Ceart, com uma seleção não tão top quanto a da av. Santos Dumont, mas sempre mais original do que se encontra na Emcetur. Batendo vontade de uma tapioca ou um bolo, a Cafeteria Santa Clara é uma ótima parada (abre de 3ª a domingo das 15h às 22h; fecha 2ª).

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

  • R. Dragão do Mar, 81 | Tel. 85/3488-8600

Museu da Cultura Cearense | Museu de Arte Contemporânea | Multigaleria

  • Abrem de 3ª a 6ª das 9h às 19h; sábado, domingo e feriado das 14h às 21h | Fecham 2ª | Entrada gratuita

Planetário

  • Tel. 85/3488-8639 | Temporariamente fechado para manutenção (março/2018), reabertura prevista para maio de 2018 | Quando aberto, tem sessões 5ª e 6ª às 18h, 19h e 20h; sábado, domingo e feriado às 17h, 18h, 19h e 20h | Ingressos: R$ 8 inteira, R$ 4 meia

Ceart Dragão do Mar

  • Tel. 85/3101-2740 | Abre de 3ª a 6ª das 9h às 19h; sábado, domingo e feriado das 15h às 21h | Fecha 2ª

Ponte dos Ingleses

Fortaleza: o que fazer - Ponte dos Ingleses

Ponte dos Ingleses

À luz do dia, dá para ir caminhando (guarde câmera, celular, relógio e correntinha) do Dragão até a Praia de Iracema, onde é bacana apreciar o pôr do sol da Ponte dos Ingleses, também conhecida por Ponte Metálica, e que não é uma ponte -- é um píer.

Esta região, que tinha se tornado antro de prostituição (hoje as meninas estão apenas nas quadras mais próximas da av. Almirante Barroso), passa por uma revitalização, na expectativa da abertura do polêmico (pois faraônico) Acquario Ceará, cuja construção está paralisada desde 2016. Nas noites de sexta e sábado, uma garotada alternativa invade a rua dos Tabajaras, que fica com um quê de Lapa carioca ou Baixo Augusta paulistano. Um bar descolado funciona de 4ª a sábado: o Mambembe (r. dos Tabajaras, 368, tel. 85/3048-6060). A região também tem uma atração mais careta: a Lupus Bier (r. dos Tabajaras, 340, tel. 85/3219-2829. Fecha 4ª), casa de shows de humor comandada por Rossicléa; a entrada de R$ 45,90 inclui um buffet (os shows de humor são melhor avaliados do que a comida e o serviço).

Mercado dos Pinhões

Mercado dos Pinhões, Fortaleza

Outro programa noturno imperdível na região central é uma ida sexta ou domingo ao Mercado dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, tel. 85/3251-1299). O elegante mercado de estrutura metálica francesa passou recentemente por uma nova reforma -- e fica mais bacana nas noites de sexta (das 20h às 23h), quando há apresentações de seresta, e domingo (das 19h às 21h), quando rola um forró. Às vezes são realizados mercados alternativos aos sábados; consulte a página do Mercado no Facebook.

A praça tem botequins rústicos e um ótimo restaurante francês, o Le Marché (praça Visconde de Pelotas, 41, tel. 85/3181-6059. Abre de 3ª a sábado das 18h ao último cliente).

Leia mais:

Voltar | Menu

  • Praias

Praia do Futuro

Megabarraca na Praia do Futuro Fortaleza

A praia urbana de Fortaleza é a Praia do Futuro, a 10 minutos de carro da Beira-Mar. Por lá, você escolhe entre duas dúzias de megabarracas -- algumas delas mais parecem clubes.

A mais mega das barracas da Praia do Futuro é a Crocobeach (nº 3.125). Outras barracas com boa estrutura para crianças são a Itapariká (nº 6.801), a Chico do Caranguejo (nº 4.945) e Atlantidz (nº 5.581).

Fortaleza: o que fazer - Praia do Futuro

Guarderia Brasil

Para um clima menos família, com música de DJ, tendas e sofazões, escolha entre a Órbita Blue (nº 3.879), Guarderia Brasil (nº 4.451) e Sunrise Brasil (nº 4.959). A Santa Praia (nº 3.345) tem quadras de tênis de praia. O point LGBT é a Cabumba (nº 3.911).

Procurando sossego, a barraca do hotel Vila Galé (ponha no Waze o hotel Vila Galé Fortaleza) tem bom restaurante e está num ponto em que se formam piscininhas na areia na maré baixa.

Leia mais:

Atenção: perigo de assalto no calçadão

  • O modo de usar seguro da Praia do Futuro é: chegar de táxi ou estacionar nas redondezas da barraca escolhida, entrar na barraca e curtir o mar em frente. Não é aconselhável andar pelo calçadão ou pela beira da praia. Há muitos registros de assaltos nas zonas ermas entre barracas. Mas se você for direto à barraca, pode aproveitar sem receios (todas oferecem armários ou cofres para pertences de valor).

Porto das Dunas (Beach Park) e Prainha

Porto das Dunas

Praia do Beach Park

Essas duas praias estão suficientemente próximas de Fortaleza e podem ser consideradas 'locais' -- apesar de, tecnicamente, já estarem no município vizinho de Aquiraz.

A 25 km da Beira-Mar fica o Porto das Dunas, a praia onde está o Beach Park. A praia serve basicamente aos hóspedes dos hotéis. A exceção é a própria barraca do Beach Park, colada ao parque aquático. Fica num belo coqueiral e tem uma área vip, um 'bubble lounge' patrocinado pela Chandon.

10 km adiante, a Prainha é a melhor opção de 'praia rústica' pertinho de Fortaleza. Como a faixa de areia é estreita, as barracas ficam mais próximas da água. Aproveite para dar uma passada no Centro das Rendeiras da Prainha. Evite ir no fim de semana, quando lota demais.

Águas Belas

Fortaleza: o que fazer - Águas Belas

Águas Belas

Saindo pela CE-040, a estrada que leva ao litoral leste, existem outras duas praias que cabem em bate-voltas desde Fortaleza. A 62 km da Beira-Mar (saia da CE-040 em Pindoretama), Águas Belas tem barracas próximas a ponto excelente para banho, no encontro de um rio de águas azuis com o mar. Nas agências da Beira-Mar você compra o passeio de van a Águas Belas por R$ 40 (março/2018).

Morro Branco

Morro Branco

Morro Branco

A 85 km da Beira-Mar, Morro Branco tem uma das atrações mais fotogênicas do Ceará: o Monumento Nacional das Falésias, um caminho que se faz a pé por dentro de um labirinto de falésias de diferentes tons. Para almoçar e pegar praia depois do passeio, eu fugiria da área bagunçada das barracas de Morro Branco e farofada junto às bicas da vizinha Praia das Fontes e iria direto ao restaurante do hotel Bougainville, que fica no alto de uma falésia na Praia das Fontes. Na Beira-Mar você compra o passeio de van a Morro Branco por R$ 45 (março/2018).

Cumbuco

Fortaleza: o que fazer - Cumbuco

Cumbuco

Na direção oeste, a praia mais próxima é o Cumbuco, a 30 km da Beira-Mar. Para os turistas da capital, o Cumbuco funciona como uma central de passeios de bugue e quadriciclo, num circuito que vai logo depois da vila até a lagoa do Banana. O bugue fretado na praia sai R$ 280 para até 4 pessoas.

De agosto a dezembro, na temporada dos ventos, a praia ganha outros freqüentadores: kitesurfistas do mundo inteiro, que fazem do Cumbuco a kitesurf town mais próxima de Fortaleza. O bar de praia mais transado da zona urbana é o do hotel Duro Beach (r. Beatriz Correa, 64, tel. 85/3318-7213). Nos fins de semana do verão funciona o badalado Café de la Musique, num futuro resort na ponta oeste da cidade (r. das Rosas, tel. 85/996-925-599).

Vale avisar, contudo, que a beleza do Cumbuco está no colorido das velas de kite: a água do mar nunca está azul como nas praias de Fortaleza. Na Beira-Mar você compra o passeio de van ao Cumbuco por R$ 35 (março/2018). É possível também sair de bugue já de Fortaleza, a R$ 370 para até 4 pessoas.

Lagoinha

Fortaleza: o que fazer - Lagoinha

Lagoinha

A 110 km da Beira-Mar, a praia da Lagoinha é a mais fotogênica do litoral cearense, e por isso virou destino de bate-voltas. Mas se você não quer disputar espaço na areia com quadriciclos, aprecie a vista do mirante e siga para pegar praia 35 km adiante, em Flecheiras. Na Beira-Mar você compra o passeio de van à Lagoinha (sem Flecheiras) por R$ 50 (março/2018)

Leia mais:

Voltar | Menu

  • Fortaleza: passeios fora da praia

As praias da Beira-Mar (Meireles e Mucuripe) são bonitas, porém impróprias para banho. Sua maior utilidade é para caminhadas e jogging no calçadão.

Feirinha da Beira-Mar

Fortaleza: o que fazer - Feirinha

Feirinha

O footing noturno de Fortaleza gravita em torno da Feirinha da Beira-Mar, um shopping de barraquinhas de artesanato que abre ao entardecer e vai até as 23h. A feira fica entre a r. Osvaldo Cruz e a av. Desembargador Moreira -- ou, se você preferir, em frente aos hotéis Oásis e Praiano. Logo à direita (de quem olha para o mar) da feira você encontra a agência Beach Point, que vende ingressos e traslados para o Beach Park.

Mercado dos Peixes

O que fazer em Fortaleza: Mercado dos Peixes

Feirinha

No finalzinho da Beira-Mar, em Mucuripe, o Mercado dos Peixes tem boxes com peixes e frutos do mar recém-pescados; para o visitante, que não pode levar os pescados para casa, a vantagem é poder comprar e pedir para preparar num dos restaurantes do anexo. Abre diariamente até 22h.

Ceart

Fortaleza: o que fazer - Ceart

Ceart Santos Dumont

Se você quer comprar peças de artesanato mais originais, de artesãos que produzem séries limitadas, o canal é ir à loja principal da Ceart, que não fica no centro histórico, mas no bairro da Aldeota. Ali você vai encontrar um acervo muito mais interessante do que as lembrancinhas feitas em série vendidas na Emcetur ou no Mercado Central.

Ceart

  • Av. Santos Dumont, 1589, Aldeota | Tel.: 85/3101-1644 | Abre de 2ª a sábado das 9h às 21h; domingo das 14h30 às 20h30

Voltar | Menu

  • Fortaleza com crianças: Beach Park e outros parques

Beach Park

Fortaleza: o que fazer - Beach Park

Beach Park

Maior atração turística de Fortaleza, o Beach Park fica a 25 km da Beira-Mar (60 km do Vila Galé Cumbuco e 26 km do Dom Pedro Laguna).

Apesar de basear seu marketing nos toboáguas mais radicais -- como o Insano, de 41 metros de altura e alguns segundos de queda livre sem contato com a superfície --, o Beach Park tem também brinquedos calminhos, para crianças pequenas, além de um rio com correnteza (para percorrer de bóia) e uma grande piscina de ondas. Todo mundo na família vai arranjar muito o que fazer. E quem preferir descansar, pode pegar uma mesa na praia do parque, que é sombreada por coqueiros, ou alugar uma tenda vip com vista para a piscina de ondas. Confira todas as atrações aqui.

Antes de programar sua ida, é essencial consultar o calendário de funcionamento, já que na maioria dos meses o parque fecha um ou dois dias por semana (mais detalhes, abaixo). Vale a pena também comprar o ingresso com antecedência (online ou numa agência de turismo receptivo) para não perder tempo na bilheteria (nem correr o risco de os ingressos já estarem esgotados para o dia).

Quem se hospeda num nos resorts do complexo -- Beach Park Suites, Beach Park Acqua, Beach Park Wellness e Beach Park Oceani -- tem direito a entrar no parque às 10h, uma hora antes dos não-hóspedes.

Para consumir dentro do parque é preciso fazer um cartão de consumo (R$ 5) que você carrega com dinheiro vivo, cartão de débito ou crédito. O cartão é válido também na praia. A praia fica fora do parque, mas quem tem ingresso válido pode entrar e sair quantas vezes quiser.

Há armários que podem ser alugados para o dia. Custam R$ 25 (pequeno) e R$ 47 (grande), mais R$ 30 (R$ 25 de caução da chave e R$ 5 do cartão de consumo).

Como chegar ao Beach Park

Saindo da Beira-Mar, o caminho para o Beach Park é pela av. Washington Soares. Um táxi que usasse o taxímetro custaria R$ 60 na bandeira 1 e R$ 80 na bandeira 2, mas a grande maioria só fará a corrida por preço fechado (dá para negociar entre R$ 100 e R$ 120 a ida, ou R$ 160 a R$ 180 ida e volta). Uma corrida de Uber pode custar desde R$ 40 no UberX e R$ 49 no UberSelect (mas não é garantido que você consiga um Uber para voltar). Agências de turismo receptivo vendem o traslado, passando em qualquer hotel da zona hoteleira, por R$ 35 por passsageiro.

Beach Park

  • Porto das Dunas, Aquiraz | Tel.: 85/ 4012-3000 | Consulte o calendário de funcionamento aqui | Nos dias em que funciona, abre das 11h às 17h (hóspedes podem entrar às 10h) | Ingressos: R$ 210 para crianças até 12 anos; R$ 220 a partir de 13 anos (março/2018) | Crianças até 1 metro de altura não pagam

Parque Engenhoca

Também em Aquiraz -- mas junto ao centro da cidade -- fica um segundo parque bacana de ir com criança (e que pesa bem menos no bolso): o Parque Engenhoca, que se autodefine como 'ecoeducativo'. A parte educativa se explica pelo Museu Colonial e pelas ruínas jesuítas do século 18 que se encontram na propriedade. Mas o forte são as atividades de mata e lago, como várias tirolesas, arvorismo, bola d'água e caiaque. Para crianças menores há parquinho infantil, espaço de atividades, tirolesa infantil, fazendinha e pedalinho. Há dois tipos de ingressos: o 'Aventura', que 'Aventura', que engloba todas as atrações (menos a trilha de bicicleta, o arco e flecha e o Sapão, uma jardineira que percorre o parque), e o 'Conhecer', que dá direito ao museu e a todas as atrações para crianças pequenas.

Como chegar ao Parque Engenhoca

Saindo da Beira-Mar, pegue a av. Washington Soares, que dá na CE-040; siga as placas para Aquiraz. O parque oferece trânsfer gratuito às quartas-feiras, saindo de hotéis da Beira Mar, Praia do Futuro e Porto das Dunas. Ligue para reservar (tel. 85 3182-8306). De Uber X, a corrida da Avenida Beira Mar até o Parque Engenhoca dá 51 reais (março/2018).

Leia mais:

Parque Engenhoca

  • R. Raimundo Coelho, 200, Aquiraz | Tel.: 85/3361-1010 | Abre de 4ª a domingo das 10h30 às 17h | Em janeiro e julho, de 3ª a domingo das 10h30 às 17h | Ingresso Aventura: R$ 98 (a partir de 13 anos); R$ 49 (até 12 anos) | Atrações avulsas: veja preços aqui

I-Park

O terceiro parque da região de Fortaleza fica em Maracanaú, a 48 km da Beira-Mar: é o I-Park. Foi implantado onde já havia uma atração turística, o Museu da Cachaça, do grupo Ypióca. As atrações são um pouquinho mais radicais do que as do Engenhoca -- ótimo para adolescentes --, mas também tem brinquedos, pedalinho e fazendinha para as crianças pequenas. Também há dois tipos de ingresso: a entrada simples, que dá direito a um passeio de jardineiro e um copo de caldo de cana (adultos podem trocar por uma dose de cachaça), e pacote Aventura, que dá direito a todas as atividades (menos paintball e passeio de pônei, cobrados à parte).

Como chegar ao I-Park

O caminho a Maranguape é pela CE-065, que é a continuação da av. General Osório de Paiva e pode ser acessada também pelo Anel Viário de Fortaleza. Agências de turismo receptivo costumam fazer traslado a R$ 35 por pessoa.

I-Park

  • Estrada da Ypióca, s/n, Maracanaú | Tel.: 85/3341–0407 | Abre sábados e domingos das 10h às 17h | Entrada simples: R$ 32 (a partir de 13 anos) e R$ 16 (até 12 anos) | Atrações avulsas: entre R$ 5 e R$ 20 | Pulseira passe livre: R$ 62

Voltar | Menu

  • Bate-voltas que eu NÃO recomendo

Alguns bate-voltas oferecidos em Fortaleza são cansativos demais e -- o que é mais grave -- não permitem que você aproveite o destino como deveria.

Canoa Quebrada: fique pelo menos uma noite

Canoa Quebrada

A 170 km da Beira-Mar -- ou 2 horas e meia de viagem, se não pegar muito trânsito na saída da cidade --, Canoa Quebrada merece pelo menos um pernoite. Indo e voltando no mesmo dia, você conseguirá a sua foto da falésia com o logotipo da lua e da estrela, mas não vai captar a vibe alternativa da vila, que só se manifesta depois que os turistas do dia vão embora. Minha dica: agências como a vendem o passeio a Canoa por R$ 55 -- mas permitem que você fique na vila e volte, por mais R$ 55, dali a um ou dois dias.

3 Praias: praia demais, proveito de menos

É o grande hit dos passeios de Fortaleza, por oferecer as vizinhas Morro Branco e Praia das Fontes e também Canoa Quebrada na mesma viagem. A parte de Morro Branco é OK: você vai ao Labirinto de Falésias e depois segue de bugue para a Praia das Fontes, para poder tirar sua casquinha no fiapo de água doce que sai das bicas encanadas na falésia. O problema é continuar o passeio até Canoa Quebrada, onde você chega já meio tarde, para o almoço, com boa parte da praia na sombra e, dependendo da maré, com o mar já tendo comido a maior parte da areia. Minha dica: você pode comprar esse passeio para visitar Morro Branco sem precisar alugar carro, mas aproveitando para ficar em Canoa Quebrada, voltando um ou dois dias depois. Na ida você paga o preço do passeio 3 praias (R$ 65) e na volta, paga só o preço do passeio a Canoa (R$ 55).

Jericoacoara em um dia: turismo-retirante

Esse é para turistas com alma de retirante, que curtam passar 10 a 12 horas na estrada para dizerem que foram a algum lugar. No caso de Jericoacoara, a experiência principal -- o pôr do sol do alto da duna -- sequer está incluída: a volta se dá antes do pôr do sol. Mas cada um faz o que bem entender com seu tempo, seu dinheiro e sua coluna lombar, certo?

  • Como combinar Fortaleza com outras praias

Para ver como combinar sua viagem com Jericoacoara e Icaraizinho de Amontada, veja a página Como chegar.

Voltar | Menu

41 comentários

Roberta Cruz Braga

Segui o conselho do Riq e fiquei uma noite em Canoa, na agradável Pousada Tranquilândia. A van da Planetatur me pegou no Aqua Resort, em Aquiraz, o que já diminuiu um pouco o trajeto. O passeio pelas 3 praias é realmente uma mega roubada. As falésias de Morro Branco são lindas, mas perdem bastante a graça com uma multidão na fila por fotos. Praia das fontes, mais multidão e farofada, nenhum atrativo, muita correria. Pra mim o melhor foi o trajeto de buggy naquela imensidão de areia. Chegamos em Canoa umas 13 horas, dispensei o almoço na barraca indicada pela agência (super lotada) e fui pra pousada, onde almocei maravilhosamente. A maré já tava bem alta, por isso fui à praia somente no outro dia, com maré baixa e paisagem belíssima, fechando a tarde com um passeio de parapente sobre as falésias. Por volta das 16 horas, fui pra Fortaleza pela mesma agência (o que combinei previamente), foi perfeito, graças às dicas do site. A pernoite em Canoa foi fundamental, dica maravilhosa.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberta! Obrigadíssima pelo feedback!

Walter
WalterPermalinkResponder

Recomendo o Tempero do Mangue como um bom programa para ir no final da tarde, com belo visual e para quem quer apreciar o pôr do sol. Também recomendo o Ponopoint para praticar stand up, curtir a natureza, tomar banho de rio e apreciar o belo visual. O local é escondido no meio do mangue, mas dá para chegar guiado pelo Waze. Tem fotos e mais informações destes locais no Google e Tripadvisor. Não tem transporte público para estes locais. Para quem não quer alugar carro ou andar de táxi, dá para andar de ônibus, com a ajuda do aplicativo Moovit. Porém, recomendo que evite andar nos horários de pico porque os ônibus ficam muito lotados. Moro em Fortaleza e às vezes deixo meu carro em casa e me desloco de ônibus com a ajuda deste aplicativo.

Tatiana Tc
Tatiana TcPermalinkResponder

Estarei me hospedando em Aquiraz e decidi alugar um carro para poder passear em Fortaleza, principalmente porque peguei uma promoção onde uma semana de carro sai o preço da viagem Aquiraz/Fortaleza de taxi!
Minha grande dúvida é: existe algum lugar seguro para estacionar próximo à Beira Mar? Preciso de indicações para deixar o carro durante grande parte do dia, pois vou fazer passeios com uma agência! Eles me diaseram que posso deixar o carro na rua, mas tenho receio.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Você pode deixar seu carro na rua. A única dificuldade é encontrar vaga. Fora isso, deixar na rua é o que todo mundo faz.

Note, porém, que a sua idéia não é logisticamente muito eficaz, não. Os passeios de agência saem de Fortaleza muito cedo, 8h no máximo. Você leva uns 45 minutos de Aquiraz até a Beira-Mar (se não encontrar engarrafamento perto do Iguatemi). A velocidade máxima é 60 km/h e há radares em todo o trajeto. Você vai ter que engolir o café da manhã e sair correndo.

Se você já está de carro, faça os passeios por conta própria. Não há a menor dificuldade em chegar aos lugares aonde os passeios vão. Você terá liberdade de escolher onde ficar e voltar (ou seguir adiante) quando bem entender.

Larissa
LarissaPermalinkResponder

Boas dicas de Fortaleza, também não recomendo muito esses passeios de "3 praias em um dia", é melhor reservar um tempo e curtir bem pelo menos uma!

Márcia Scarlatti

Prezado Roberto Freire!

Cumbuco pede socorro!
Está tomada por lixo e moscas, um nojo!!
Por favor ajude!

Estivemos em Cumbuco há 10 anos e ficamos encantados com a beleza das praias e das dunas da região.
Decidimos voltar - para mais uma semana de férias aqui - de 17 a 24 de janeiro 2016

Que decepção - praias imundas, tomadas pelo lixo que cobre a fina areia, ao longo de toda a orla marítima

Moscas por toda parte - nos restaurantes, hotéis ... Impossível comer algo sem ter que lutar contra as moscas
Total falta de higiene!

Como atrair e manter turistas assim?

Rafael Lima
Rafael LimaPermalinkResponder

Olá Marcia,

Estava pensando e passar o dia lá em Cumbuco, então não compensa? Vou passar o dia então em Flecheiros creio que seja mais interessante.

Karine Souza
Karine SouzaPermalinkResponder

Olá, passei 6 dias e 7 noites em Fortaleza e tenho alguns apontamentos para fazer. Primeiro de tudo, alugue um carro se for ficar em iracema ou meireles. Carro compensa muito, pois taxi é muito caro, caro mesmo. Onibus demora uma eternidade e é perigoso, e passeios te tiram a privacidade, além de te cobrar um valor que você poderia gastar na gasolina e ficar a vontade.
Beach Park - é um pouco caro, então se você não gosta de tobogãs com emoção, não compensa pagar quase R$200 só para ficar nas piscinas. Mas caso goste, vale muito a pena. o armário pequeno custo R$50. Se prepare para levar agua, algumas frutas ou coisas que você pode beliscar, porque lá as coisas são caras. Leve um protetor de celular, de plástico, vende na beira da praia ou qualquer loja de bugigangas, pq lá no Beach Park é R$ 80 uma dessa.. Não exagerei, é R$ 80 mesmo.
Os brinquedos são ótimos e diversão pura, vá em dia de semana, finais de semana é muito lotado. e vá de carro, pagar um frete pra ir pra lá não compensa, a van, ou mesmo turismo.
Praia do futuro = uma delícia de praia, croco beach é um barzinho beira-mar muito caro. Escolha os do lado,kuka legal, são mais baratos e mais "tranquilos" quanto a bagunça. PROBLEMA= ambulantes, ambulantes, ambulantes, ambulantes, ambulantes, vendendo de tudo, de chinelo, até imagem de virgem maria em madeira. Tudo mesmo. Se você gosta de comprar coisas na praia, leve dinheiro e trocado, assim pode bargannhar com os ambulantes e a tal coisa sair até pela metade do preço. Não compre no impulso, peça pra olhar, diga que ta caro que eles vão fazendo mais barato, barato, até no preço que você justo para comprar.
PRaia gostosa, limpinha, mas não é calma.. também não é impossível de se banhar, só um pouco agitado o mar. As algas dão impressão de esgoto pela coloração marrom, mas depende muito do dia. Tem dia que tem, tem dia que não tem.
Pergunte ao guarda-vidas onde o local da praia é perigoso.. subindo no sentido oeste da praia do futuro existem muitos drogados e ladrõezinhos, então evite esse lado. (mais perto da parte portuária).
Segunda praia= morro branco. praia gostosa, mas bom mesmo é fazer passeio de buggy com os bugueiros credenciados. Mesma coisa, sempre levar agua para não ficar na dependencia do bar. Aqui o mar é mais revolto, mas não é impossível de se banhar. Muitas pedrinhas no chão machucam o pé, mas nada também fora do comum.
Falésias são lindas, mas as lagoinhas de agua doce desse local não são tão interessantes.
Nós pagamos um guia para tirar fotos nossas nas falésias, mas não é obrigatório caso não queira. O guia é bem legal, conversador e muito gente fina, não lembro o nome, mas acho que é José. Bem legal ele.valorizamos seu trabalho e demos uma boa quantia para ele.
Outro lugar é a cidade Cumbuco, onde tem uma lagoa Cauipe, uma delícia. Dá pra ir de carro tranquilo e é super gostosa, agua doce, rasa, só não tem local pra beber nem comer, por isso, se pretende passar o dia lá, leve agua, cerveja, comida.
Lá se faz aquele sky board, que é um paraquedas com prancha, para andar na lagoa. Parece ser dificil, mas super divertido. Não sei o preço.
Tem outras lagoas, do banana que tem banana boach (sei lá como se escreve), mas não é muito legal não.
Outra coisa, nessa cidade, muitos guias vão abordá-lo no carro, para que você leve eles pra acompanhá-los, e depois pagá-los. Não aconselho por ser perigoso, e por lá, usando Waze ou GPs se chega a todos os lugares. NÃO PRECISA DE GUIA NO CARRO AQUI. o carro chega de boa, não pega dunas, ou seja, não vai infringir as normas da locação.
a praia de cumbuco mesmo é bem ruim, cheia de coco de cavalo, sujeira, e muitos ambulantes. Bem mais que no futuro.
Jericoacoara = NÃO VÁ PRA TAL DE JERI. péssimo lugar, lotada a praia, não tem nada de caribe brasileiro, horrível. Fomos no último dia da viagem, pagamos passeio. São 4 horas de van até Jijoca, e em Jijoca tem que pegar pau de arara. Nao sabe o que é. Vê no Google e você vai ficar horrorizado.
As dunas de jericoacoara você não chega sem guia, muito confuso, longe, péssimo. são mais 2 horas de pau de arara até uma lagoinha, gostosa até, tem santdup paddle, jangada, agua doce, super tranquila, tem umas redes dentro da agua para ficar, gostosa, mas não compensa, sério.
As barracas dessa lagoinha são UM ABSURDO DE CARAS. Caras mesmo. um almoço com petiscos de peixe chega a custa R$ 98. (Oh Meu Deus).
dessa lagoa partimos para arvore da preguiça. uma arvore deitada com a ação do vento. NADA DE MAIS.
Depois vamos para pedra furada. Lugar lindo, MAS TAMBÉM NÃO COMPENSA MUITO O ESFORÇO. Nem o pessoal que mora lá visita esses lugares.
é uma formação rochosa com um furo no meio. Mas pra chegar lá são quase 1,5km, sim 1,5km, a pé, na areia no sol de 14hs, com várias formações rochosas que voce precisa "escalar". Sabe quando estamos andando na cachoeira, e você precisa subir e descer pedras.. Assim.
Lá na pedr furada voce fica uma hora apenas, só pra tirar fotos mesmo, pq é 30min pra descer, mais 30 min pra subir tudo de volta. (Quer dizer, se seu condiconamento for bom, pq pode demorar até mais, é muito penoso o caminho).
Crianças de colo e pequenos não devem descer jamais na pedra furada, pois é uma furada para os pais se elas cansarem de andar, já que vai precisar ser carregada no colo, e é impossível carregar crianças no colo. Por que?, perigoso escorrer, cansa muito, muito mesmo, até para quem tem preparo físico, e não vale a pena pra ela, pois ela não vai entender nada.
a Areia perto da pedra furada é linda e coberta por conchas. Coberta mesmo. muitas conchas, muitas mesmo. você de fato não vê areia, só conchas. e é precisa andar de chinelos, pois as conchas machucam o pé.
a praia daqui não é possível nadar pois há muitas formações rochosas, mas é bonita. só compensa pra quem gosta. Eu até gostei, mas fiz porque havia pago, não faria de novo.
Depois paramos em Jeri de fato, mais 2 hs nas dunas. MUITO LONGE. chegando lá, nos deparamos com muitos cavalos na praia, fazendo cocô e aquele cheiro insuportável.
A agua não tinha nada de caribenha, lotadíssima a praia, com show de axé, tipo praia popular. Fomos ver o por do sol na duna, e.... o sol se escondeu atrás das nuvens, acabando com a alegria de todo mundo.
os restaurantes caríssimos, um absurdo mesmo. os hotéis mais caros ainda.
Pegamos uma infecção alimentar, não sei se pela agua do mar, já que a cidade tem todo seu esgoto direto das casas para a praia, ou se pela comida mal lavada. Depois fiquei sabendo que todos que vão pra jericoacoara também pegaram infecções do tipo. Fui parar no hospital.
A noite o show de humor no Lupus Bier é muito bom, vale a pena, é R$ 50, tem janta (básica, nada extraordinário), a bebida é a parte, mas cerveja sempre gelada e o show que sempre tem artistas engraçados.
a Feirinha do meireles é boa e tem todo dia, mas o mercadão municipal tem preços melhores para comprar.
A praia do Meireles a noite é ótima pra quem gosta de calcadão. é lotada de gente fazendo exercício, comprando, vendendo, andando, passeando.
Tem várias barracas e restaurantes e é uma delícia a noite.
órbita bar e dragão do mar tem boa música a noite.
Arrégua é um forró que só tem na sexta-feira, e é muito gostoso. Começa as 21hs.
Quem vai paquerar lá, aviso: só tem gente mais velha, mais madura. Nós eramos o casal mais jovem que tinha lá. a média de idade é de 50 pra cima, mas a dança é uma delícia, forró de tudo quanto é jeito.. MUITO BOM. e não é caro. R$ 30 no dinheiro, e as bebidas são de acordo com preço de balada.. Vá arrumadinho pq lá é uma baladinha.
Acho que é só.
Eu fiquei no algarve hotel, em iracema. um hotel simples, mas gostosinho até, tranquilo. o Café da manhã não era colonial, tinha dias que tava caído, tinha dias que tava gostoso. Mas esses não era o foco da viagem.
as Praias em fortal mesmo, no sentido oeste são bem perigosas, não nos arriscamos.
Na Praia do futuro tem o tal do siri caranguejo, chico caranguejo, alguma coisa assim.
no fim da praia do futuro conseguimos assistir de fora um casamento de umma apresentadora.
a Lua cheia nesse dia estava incrível, e foi muito lindo e romântico até pra nós, já que nos emocionamos com a música, a lua, o lugar.
É isso, espero que tenha ajudado você a fazer e pensar num roteiro bem legal.

valdir
valdirPermalinkResponder

Muito bom o feed back Karine

Ridlav
RidlavPermalinkResponder

Ajudou, e muito minha cara Karine ... Parabéns pelo espírito de generosidade ... estarei em Fortaleza e suas dicas vão me ajudar bastante ... Abs.

Marly
MarlyPermalinkResponder

Até que enfim um comentário realista da tal JERI. Já fui a Fortaleza muitas vezes, mas ainda não a conhecia porque não queria fazer bate-e-volta, até que em fevereiro/2018 planejei a viagem indo direto do aeroporto para Jeri, ficando por lá 3 dias e só depois voltar para Fortaleza. Na verdade detestei a viagem, 6 horas de ônibus a partir do aeroporto até Jijoca e depois mais não sei quanto tempo (deletei completamente da minha mente, juro) de pau-de-arara até Jericoacoara numa viagem que não recomendo pra quem tem problemas de coluna. Sério, deveriam avisar isso antes. Viagem não recomendada para idosos e pessoas com problemas lombar, cervical...enfim. O tempo todo o carro vai "trotando", estrada de chão e caminhos sinistros. Morri de medo de sermos assaltados no meio daquele mato. Éramos somente nós na estrada.O vilarejo em si não tem nada demais. As pessoas capricham nos ângulos das fotos e floreiam muito quanto ao clima caribenho, hahaha...Na verdade me senti enganada nos passeio que comprei. Passeio nenhum leva a tal pedra furada, descobri isso no meio do caminho, nem a conheci porque não quis fazer caminhar debaixo de um sol escaldante. A tal árvore da preguiça, putz...nada a ver, enfim, retornei antes do tempo planejado. Claro que tem gente que ama aquele tipo de lugar, não é o meu caso. Mas confesso que fui influenciada sim pelos comentários que lia a respeito do lugar. Obviamente que não vou dizer NÃO VÁ A JERI, NÃO VALE A PENA, até porque pessoalmente gosto de tirar minhas próprias conclusões. E esse comentário que fiz é somente pra alertar que nem sempre o que se lê e se vê em fotos condiz com a realidade.

Thiago de Castro

Oi Karine, TD bem?
Olha, seu comentário foi excelente, entretanto, não esclareceu o que gostaria de encontrar MAIS em Fortaleza. Rasgar a informação mesmo! Sabe por que? Vou explicar:
Sou de Santos-SP, moro aqui há 4 anos, portuário e também sinto que tudo pode ser melhor é penso em ser um "agente", colaborando com tal melhoria.
Diga-nos, você é os demais leitores do genial Ricardo Freire, o que eu poderia fazer para futuramente agradar as pessoas de fora a terem outra concepção dessa cidade que me acolheu tão bem.
Email amigos: decastro.novak@gmail.com
Facebook: Thiago de Castro
Zap: 85 988191408
Abracão!!
wink

Chrystianne
ChrystiannePermalinkResponder

Olá Thiago! Acho que o que a Karine quis com toda essa informação foi passar a realidade da cidade e de todos os passeios. Existem pessoas que floreiam muito e que falam que os lugares (tanto no Brasil quanto no exterior) são maravilhosos... e quando chegamos lá nos decepcionamos. Já fui 2 vezes para Fortaleza e conheço bem a realidade da cidade: é igual a qualquer cidade do Brasil. Tem seu lado bom, lado ruim, lado lindo e outro nem tanto.
Em relação aos "problemas" da cidade, não há o que pessoas comuns fazerem, apenas o governo poderia cuidar de certas questões, como, por exemplo, o número de pedintes. Também sou de Santos e aqui nas praias também tem um ou outro pedinte... mas em Fortaleza e outros lugares do Brasil é em excesso... e a culpa não é da cidade, e sim do desemprego.
Uma dica que eu dou: poderiam haver mais passeios de veleiro/escuna em Fortaleza. É um passeio pouco divulgado e parece bem bonito... (estou indo semana que vem e pretendo fazer o passeio).
Enfim, de resto, me senti bem todas as vezes que fui a Fortaleza... os perigos da cidade são como em qualquer capital.
Espero ter ajudado.
Boa semana

Kely
KelyPermalinkResponder

Olá!

Só para avisar o link da Planetatur não está correto, creio que seja esse
http://www.planetaturviagens.com/

Ivone Paiva
Ivone PaivaPermalinkResponder

Vou para o Ceará no domingo 25/09. Chego em Fortaleza as 12:42h e vou direto para Jericoacoara, ficando até dia 30, qdo retorno a Fortaleza e pernoito lá. No dia 01/10 vou para Canoa, onde fico até dia 05, qdo retorno novamente a Fortaleza, ficando até dia 08/10.
Qual a melhor opção para fazer Morro Branco e Praia das Fontes? Na ida de Fortaleza para Canoa ? Ou é melhor fazer um passeio de Canoa até Morro Branco, passando pela Praia das Fontes?
E quais os passeios imperdíveis nessas localidades?
Agradeço muito suas dicas.
Ivone

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivone! Se você for de carro, pode passar por Morro Branco na ida (tenha apenas o cuidado de esconder todas as malas no porta-malas). O passeio a ser feito por lá é o do Monumento das Falésias, que é belíssimo por sinal. A praia das Fontes não tem nada a acrescentar: são três bicas de água doce encanadas na falésia que jorram um fiozinho d'água e atraem uma multidão de bugues. Em Canoa há passeios de bugue à Ponta Grossa na maré baixa, tem passeio a lagoas e dunas, parapente, jangada.

Mônica Pilon
Mônica PilonPermalinkResponder

Q show de humor vc recomenda em Fortaleza?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mônica! Se você prefere o estilo mais moderno de humor -- stand-up comedy, sem personagem nem maquiagem -- vá ao clube Piadaria, que fica bem na Beira-Mar, ao lado do McDonald's.

https://www.facebook.com/piadariacomedyclub/

Para um show de humor tradicional, com personagens, figurinos, maquiagem, bordões, vá à Lupus Bier, na Praia de Iracema...

https://www.facebook.com/Lupus-Bier-143536185708606/

...ou fique pela Beira-Mesmo, no Beira-Mar Grill:

http://www.beiramargrill.com.br/show.html

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Olá!! Na Meirelles a noite, andar por la na beira mar é perigoso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Até 10 horas da noite a Beira-Mar é bastante movimentada.

simone
simonePermalinkResponder

Comprei meus passeios na agência Beach Point no prédio do Mc Donald's. Na rua osvaldo cruz. Pude parcelar em 3x, menos Jericoacoara. Também fui para O beach park comprei 3 ingressos na Beach Point e ganhei o armário, de deixar pra comprar na bilheteria tem que alugar. Foi muito top. As atendentes me explicaram tudo que precisava saber e deu tudo certo.

Mauricio
MauricioPermalinkResponder

Quer dizer que é possível parcelar o ingresso do beach park? Não sabia dessa!!!! que legal, porque acho meio caro mesmo

Monica
MonicaPermalinkResponder

Voltei de Fortaleza e descobri um lugar barbaro pra comprar artesanato regional do Ceará. Centro luiza Tavora. Coisas bonitas, de qualidade e bom preço. Ninguém indica. Por favor coloque no seu blog

Marileid
MarileidPermalinkResponder

Otimo Post, ajudou muito! Vou viajar agora, e peguei muitas dicas aqui.

MARIA JOSE SUNDFELD HANDFEST

03/04/2017
Assistimos ao espetáculo "Ceará Show" e recomendo muito. O Teatro fica na Av Abolição, junto de um Hotel.
É um show que conta a história do Ceará com muita música (6 músicos tocando), danças, com excelentes bailarinos e o elenco que é todo ótimo. Super recomendo.

Rúbia
RúbiaPermalinkResponder

Olá Equipe VNV,
Vocês recomendam o Bar do Pirata?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rúbia! É um evento turístico. Se você quer conhecer outros turistas, vá smile

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Estive em novembro de 2017 no mercado de peixes de Fortaleza ......
Fomos muito mal atendidos, 2:30h pra fazer um peixe frito ..... ainda acharam ruim quando reclamamos ...... péssimo atendimento ...

Edinaldo
EdinaldoPermalinkResponder

Se você gosta de forró, sim. As sextas-feiras é bem divertido e tranquilo. Inicia as 20h, R$20,00. O público é mais de casais não tão jovens. Tem uns petiscos muito bons na cozinha deles.

Christianne
ChristiannePermalinkResponder

Queria deixar registrado minha visita a praia de Iguape a 35km de Fortaleza. Como não encontrei referência a ela no site gostaria que incluísse essa pequena vila de pescadores e com um Centro de comércio com mulheres renderias. Ficamos na Barraca dos Amigos rústica mas com atendimento perfeito! Fomos num sábado e mesmo assim a praia estava quase deserta. Mar azul e com ondas fracas. Foi meu melhor banho de mar no Ceará, que já estávamos voltando de Jericoacoara e Canoa Quebrada.

Rubia
RubiaPermalinkResponder

Olá Equipe VNV! Estou planejando minha 4a viagem ao Ceará. Achei interessante os trechos Campinas-Fortaleza e Jeri-Campinas, evitando a viagem de Jeri a Fortaleza para pegar o voo de volta para SP. Ótima dica! wink Obrigada!
Pretendo alugar um carro, gostaria de retirá-lo no aeroporto de Fortaleza, visitar o litoral leste, seguir para o oeste e devolver o carro em Jijoca ou no aeroporto de Jeri. Porém, pesquisei no site das principais locadoras do país e não encontrei uma que permita devolver o carro em Jeri ou próximo. Também não encontrei uma locadora nesta região. Podem me dar uma sugestão? Sabem se tem locadora no aeroporto de Jeri?
A vantagem que vejo em ir de carro até Jijoca é que está no meu roteiro visitar Flecheiras, então eu poderia passar uma noite lá e no dia seguinte seguir para Jijoca, evitando voltar de Flecheiras para Fortaleza para pegar o bus para Jeri no dia seguinte.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rubia! Dá para devolver em Parnaíba. Há um vôo da Azul a Campinas aos sábados.

Rubia
RubiaPermalinkResponder

Obrigada pelo retorno, Boia!
Avaliei sua sugestão. Como a distância entre Jijoca e Parnaíba é de 210km, acho que levar o carro e voltar até Jijoca tomará muito tempo, ainda tendo que contratar um transfer na volta. Vou continuar pesquisando, quem sabe uma locadora se instala em Jijoca ou no aeroporto de Cruz a tempo.
Mas, se não der certo, pretendo voltar para SP no voo de Jeri. Devo deixar Flecheiras para outra oportunidade, no Oeste visitar apenas Cumbuco e Lagoinha no mesmo dia, voltar para Fortaleza, devolver o carro e ir para Jijoca de Bus no dia seguinte.
Novamente agradeço! =)

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rubia! A chance de uma locadora nacional se instalar em Jijoca ou Cruz é praticamente nula. Os seguros não cobrem carros que transitem pela areia, e um carro alugado em Jijoca ou Cruz certamente seria levado para a areia. A sugestão de devolver em Parnaíba é para o fim da temporada. Durante a sua estada em Jeri o carro ficaria estacionado em Jijoca.

Além do quê, o trecho piauiense -- com Barra Grande do Piauí e Parnaíba -- é mais interessante do que qualquer praia do litoral oeste do Ceará com exceção de Jeri.

Rubia
RubiaPermalinkResponder

Olá, Bóia! Muito obrigada pelos esclarecimentos! Agora entendi porque não há locadoras nesta região, mesmo com o aeroporto em operação. :/
De qualquer forma, não precisar voltar de Jeri a Fortaleza para pegar o voo para SP já ajuda bastante. wink
Um abraço e bom domingo!

brunojessenb@gmail.com

Parabéns pelo grau de detalhe e atualização. Vim ver como o site referia à minha Fortaleza, para saber se posso confiar ao checar cidades que não conheço. Excelente. Perfeito. Parabéns.

Lúcia Regina Soares Oliveira

Super concordo com tudo, dos estados do nordeste que conheci foi o que me decepcionei, os vendedores são bem inconvenientes, a gente não tem paz em lugar nenhum , chegaram a seguir nosso carro de biz e mesmo tendo ido sozinhos ao Centro das Rendeiras na Prainha o cara ia cobrar comissão da rendeira, um absurdo! Cheguei a ficar irritada muitas vezes com as insistências e quantas as praias realmente não gostei e ainda bem que não comprei Jericoacoara pq teria me arrependido TB pelo que li, a melhorzinha que achei foi Lagoinha . Adorei seus comentários, bem verdadeiros. Obrigada

Nai
NaiPermalinkResponder

Boa tarde Ricardo, tenho uma pergunta. Estou querendo passar num Shopping em Fortaleza antes de voltar pra Sampa, mas quero deixar minhas malas no carro dentro do estacionamento do shopping, você acha isso perigoso? Qual o melhor shopping pra visitar?

Obrigada por sua atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nai! Quem responde é A Bóia. Em Orlando eu não faria isso, e no Brasil não deixaria o carro na rua com bagagem dentro. Mas num shopping... não acho que seja perigoso, não. Apenas não deixe nada à vista. O shopping mais tradicional da cidade é o Iguatemi. O mais novo é o Riomar. Pergunte aos fortalezenses que você encontrar qual dos dois eles acham atualmente mais interessante.

Cintia Coelho
Cintia CoelhoPermalinkResponder

Ricardo, adoro seu blog e já o visitei várias vezes para pegar dicas de viagens pois confio muito nas suas avaliações. É mais uma vez vc não me decepcionou: moro em Fortaleza e o seu relato sobre a cidade está perfeito! Parece até que vc mora aqui, pois há riqueza de detalhes e dicas importantes para quem não conhece a cidade. A cidade é linda e com muitos lugares bacana para conhecer mas como toda metrópole, tem problemas como sujeira e insegurança e vc conseguiu passar essas informações direitinho no seu post. Fico morrendo de pena dos turistas desavisados que chegam aqui e perambulam sem noção por lugares que nem mesmo nós, moradores, temos coragem de frequentar. Suas dicas vão ajudar muitas pessoas. Como sugestão, incluiria aí nos passeios, o Centro da Tapioqueiras e o Parque Ecológico do Cocó. No mais, vc está de parabéns.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar