Jericoacoara

O vento levou
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Era uma vez um vilarejo de pescadores, no oeste do Ceará, isolado por dunas. Seu destino começou a mudar em março de 1987, quando o Washington Post resolveu fazer uma matéria para sua revista de domingo sobre praias exóticas e desconhecidas. Um dos correspondentes do jornal tinha estado recentemente em Jericoacoara, e emplacou a praia na reportagem -- que continha mais duas: Sanibel Island, na Flórida, e Mombasa, no Quênia. Àquela altura, pouquíssimos brasileiros já tinham ouvir falar de Jeri. Numa época em que não havia internet, a notícia que chegou à imprensa brasileira foi a seguinte: "o Washington Post elegeu Jericoacoara como uma das 10 mais bonitas praias do mundo". Lendo a matéria original, porém, você não vai encontrar nenhuma menção a ranking (na capa, porém, havia a chamada 'As melhores praias do mundo estão chamando'). Mas a história das "10 mais bonitas" pegou, e não há quem tire o título do curriculum vitae de Jericoacoara. (O Guardian britânico explica todo o mal-entendido aqui.)

Quando ir | Como chegar | Onde ficar | Onde comer | O que fazer

Muita coisa pode ter mudado nesses trinta anos, mas a marca registrada da vila continua onde sempre esteve: a majestosa Duna do Pôr-do-Sol, um pequeno Monte Fuji de areia no canto esquerdo da enseada que parece estar em permanente posição de desafio ao mar. (Não que o oceano seja ameaçador em Jericoacoara: a praia da vila tem águas rasas e calmas.) O vento também é o mesmo de sempre, e de agosto a dezembro atrai legiões de windsurfistas e kitesurfistas do mundo inteiro.

Os surfistas a vela, por sinal, deram um belo upgrade ao vilarejo, que ganhou pousadas charmosas e restaurantes cosmopolitas, muitos deles tocados por expatriados. Com conforto e charme, Jeri passou a receber mais e mais visitantes. O da vila, como não poderia deixar de ser, mudou.

Hoje, além dos mochileiros de antigamente e dos velejadores que vieram depois, Jericoacoara atrai uma garotada festeira e um pessoal que vem dar bom uso a seus poderosos jipões ou curtir a piscina privativa da varanda do seu quarto de hotel. Jericoacoara se tornou a Morro de São Paulo do Ceará; a Trancoso do Ceará; a Búzios do Ceará. Se você veio há mais de dez anos, talvez sinta falta de quando Jeri era apenas a Jericoacoara do Ceará.

No momento em que Jeri avança mais uma casa no jogo da civilização, com a inauguração do aeroporto e o início dos vôos diretos, é bom perceber que a vila aparentemente aprendeu a administrar o seu crescimento. Depois de muitos anos, finalmente o trânsito de carros e motos está proibido na beira da praia central. E o fluxo de carros de fora está sendo desviado com sucesso para os estacionamentos externos (no centro de Jijoca e na entrada da vila de Jeri). Já se pode novamente caminhar por Jericoacoara na alta temporada sem temer por atropelamento nem ziguezaguear em engarrafamentos na travessa Ismael.

Desde 21 de setembro de 2017 Jericoacoara passou a cobrar uma 'taxa de turismo sustentável' de R$ 5 por dia, por visitante. Veja detalhes neste post.

A administração, contudo, capitulou no quesito barulho. O pancadão da praia central, que vai até as 2 da madrugada, está institucionalizado. Evite hospedar-se nas pousadas à beira-mar perto da rua Principal.

Jericoacoara: quando dá praia?

183 comentários

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá.
Irei para Fortaleza em 14/09 e ficarei até 21/09. Gostaria de saber se realmente vale a pena fazer o passeio de um dia para Jericoacoara...
Tenho vontade de conhecer, mas tenho dúvidas se em um dia consigo conhecer e se a viagem não será cansativa...
Qual o melhor meio de fazê-la? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Fique pelo menos duas noites, idealmente três ou quatro.

Aurindo Jorge
Aurindo JorgePermalinkResponder

Oi Daniela,
Jericoacoara ficá há umas 5 horas de viagem de Fortaleza, sendo 10 horas de viagem para ir e voltar no mesmo dia. O ideal é passar uns 4 dias em Jericoacoara para aproveitar a praia e as lagoas de águas cristalinas.

Paulo Grangeiro

Loucura total ! Vou a Jeri uma ou duas vezes por ano,e o legal de jeri é a noite
Convém curtir a sexta ou o sábado (noite)!
Voltarás com um gostinho de quero mais!
Passeio bate volta é roubada

Paulo Grangeiro

Estamos indo dia 7 de agosto

Eryka
ErykaPermalinkResponder

Bom dia, Bóia.
Irei para Fernando de Noronha em agosto de 2016 e gostaria de ir para Jericoacoara tb vi no site que é uma época sem chuva. Por ser inverno gostaria de saber se é muito frio ou dar pra aproveitar legal?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eryka! É verão no Ceará de julho a dezembro. E mesmo se fosse inverno, no Nordeste só faz frio se você ligar o ar condicionado smile

leandro rodrigues

vc vai agora em junho de 2016 é uma epoca boa pois as passagem tem promocões si cadastra no site da gol

Eryka
ErykaPermalinkResponder

Obrigada.

Ana Carolina Corso

Acabo de voltar de Jericoacoara me decepcionei um pouco, pois esperava encontrar uma belíssima praia, uma das "dez mais bonitas do mundo"... O que realmente é lindo são as Lagoas em Jijoca, principalmente a Paraíso. Então minha dica é, ao invés de se hospedar em Jeri e fazer o passeio até Jijoca, se hospedar em Jijoca e fazer um passeio (passar o dia e ver o pôr-do-sol) a Jeri. Ou então passar pelo menos 2 dias em Jijoca e aproveitar com calma a beleza das Lagoas e depois passar mais uns 2 dias em Jeri. Isso, claro, se o que você procura é curtir a praia. O problema de se hospedar em Jeri e fazer passeio até as Lagoas é que você perde muito tempo no deslocamento e passa pouco tempo nas Lagoas, mal e mal dá pra ficar um tempinho e já tem que ir embora. Então minha dica é essa, passe pelo menos 2 dias inteiros em Jijoca, aproveite com calma as Lagoas. O único cuidado é que as pousadas são, digamos, bem mais simples em Jijoca, pesquise bem antes de reservar. Se vc é um pouco exigente, acredito que exista apenas uma pousada lá mais sofisticada (e apesar disso o preço dela é justo, menor do que a maioria em Jeri). Apesar do nome da pousada ser em francês ela é de um dono português, o Luiz, super gente fina, o acesso de carro "normal" é tranquilo e fica na beira da Lagoa.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Fui a Jeri em 2012 e quero muito voltar. Adorei a vilinha, passear de buggy numa paisagem deslumbrante. Não gostei tanto das lagoas, preferi ficar na espreguiçadeira só apreciando o visual, a praia é maravilhosa, rasa e bem calma. Fui com crianças de 3 e 5 anos e eles se divertiram demais (os adultos também). Não sou muito fã de Fortaleza, sempre que vou pro Ceará fico em praias afastadas da capital, e planejo algum dia ir ficar uma semana em Jeri (da outra vez só fiquei 3 dias, foi muito pouco).

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Vocês tem alguma dica sobre Camocim? Como chegar, onde ficar, se vale a pena...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Camocim é ligada a Fortaleza pela viação Fretcar e a Parnaíba pela Guanabara. Há transporte de jardineira para Jericoacoara, pela praia. É uma cidadezinha do interior na esquina do mar com a foz do rio Coreaú. A pousada mais charmosa é a Casa de São José. Conheça outras opções de hospedagem aqui.

Marcelle Ribeiro

Pessoal,
Jericoacoara é seguro para uma mulher ir sozinha? Estou pensando em ir sozinha em agosto, mas já li matérias falando sobre ondas de estupros, homicídios contra mulheres e aumento das drogas lá. Fiquei meio receosa e ainda não comprei passagem. O que acham?
Abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelle! Os casos de violência têm se registrado nas dunas à noite, quando não se deve andar por lá. Mas no geral, conforme alertamos no post Salvem Jericoacoara, o lugar não é mais tranqüilo como antigamente. Ainda não vimos nenhuma notícia sobre acontecimentos dentro da cidade; de todo modo, procure não se hospedar muito longe do centrinho (tome as pousadas que citamos na seção Onde ficar como parâmetro; qualquer outra pousada nessas imediações estará numa zona relativamente segura).

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Olá Boia,

estou em dúvida de como chegar ao hotel depois de pegar a jardineira (utilizando a fretcar) para Jeri.

A Jardineira te deixa na porta do hotel? Ou te deixa em algum lugar específico? No segundo caso, como chego ao hotel?

Outra dúvida, os onibus da Fretcar passam no aeroporto?

Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! A jardineira deixa na rua Principal. De lá você vai a pé a sua pousada.

Erica
EricaPermalinkResponder

Olá, utilizar a jardineira para Jeri no período da noite é seguro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erica! Sim, essa linha existe há anos.

caiorsd
caiorsdPermalinkResponder

Dividir o transporte!!!!
Somos um casal chegando dia 26/09 em FOR e queremos dividir um transporte 4x4 para Jeri (tem de 4,5 e 6 lugares). Vimos que é o meio mais confortável e barato se for dividido. Quem tiver interesse e topar dividir: caiorsd@hotmail.com ou FB: /caiorsd
--- Tem vaga tb para o retorno dia 01/10.

A Nunes
A NunesPermalinkResponder

***Queremos dividir transporte***
Chegaremos no aeroporto em Fortaleza às 10:10h dia 03/10, estamos interessados em dividir transporte 4x4 para Jeri (de 4,5 ou 6 lugares). Quem se interessar, entrar em contato: anunesfilho08@hotmail.com

Bruna
BrunaPermalinkResponder

Bom dia! Gostaria de dividir o transporte de 4x4 para Jeri. Ida na sexta 14/10, volta na segunda 17/10. ContAto brunalcan_@hotmail.com 81 99983 4987 obrigada

Santos
SantosPermalinkResponder

Boa Tarde!
Estarei chegando em Fortaleza com minha esposa no dia 10/11, a fim de dividir um transfer privativo (4X4) para Jeri é só entrar em contato rodolfogoncalves8@hotmail.com

Márcia Malatestas

amo Jeri

claudio panzardi

Oi Ricardo, costumo ír a Jerí nos últimos 15 anos, havia pulado 3, por morar fora a algum tempo e fiquei realmente chocado. Existem atualmente construções absurdas, muito barulho...muito estrangeiro comprando tudo,muito ambulante, os próprios moradores estão decepcionados. Por outro lado, em termos de beleza natural ainda é um espetáculo. Tive o prazer de voltar ao restaurante Na casa dela e me sentir como em todos os outros anos, pois o ambiente continua o mesmo, super lindo, gente bonita e comida deliciosa . O acesso também está cada vez mais fácil, pois tem muitas opções de 4x4 e por causa da concorrência os preços diminuíram bastante. Sinto muito pela enorme mudança, mas mesmo assim ficou um gostinho de querer voltar em breve. Um abraço e obrigado pelas suas valiosas dicas sempre.

Adriana Rodrigues

Ricardo como utilizo suas dicas há muitos anos, me achei na obrigação de dar um feedback. Estive em Jericoacoara agora em dezembro pela segunda vez e como sempre segui suas dicas e sugestões. Fomos almoçar no Bar do Alexandre e a comida muito boa com preço justo. Passamos um tempo no Club Ventos atendimento excelente e comida e bebidas muito boas. Jantamos na creperia Naturalmente uma delícia, os sorvetes do Gelato & Grano maravilhosos. No passeio para Lagoa Paraíso fomos almoçar na Pousada do Paulo foi muito bom, só vale lembrar que a lagoa não está com a quantidade de água normal devido a falta de chuvas, assim muitos podem se decepcionar acreditando que é propaganda enganosa, mas não é eu já havia ido em 2013 e a Lagoa Paraíso era muito linda e secou muito, a Lagoa Azul está praticamente seca. Conforme sua indicação fui para happy hour no hotel Chilli Beach foi show. Em resumo, não me arrependi que seguir nenhuma das suas indicações muito pelo contrário, você é muito bom no que faz.

Um abraço e muito obrigada!!!!!

Marta Dalla Torres

Muito bom

Camila
CamilaPermalinkResponder

Olá! Sou leitora assídua do blog e as minhas viagens planejo sempre de acordo com suas dicas e são sempre maravilhosas! Preciso de ajuda para planejar minha ida à Jeri... vale a pena fazer a ida até lá passando por todo o litoral (para conhecer as praias no caminho) ao invés de passar pelo asfalto? Me ofertaram este passeio por R$ 1.600,00 em veículo 4x4. Gostaria de sua opinião. Aguardo ansiosamente seus comentários. Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Somos totalmente contrários a veículos na areia. É uma agressão ao ambiente e aos banhistas. É proibido por lei, mas os hábitos arraigados do cearense são difíceis de erradicar. Não colabore com esse tipo de turismo destruidor.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá! Iremos agora em julho (eu, esposo e filho de 6 anos) para Jeri. Estava super empolgada, mas algumas coisas que li me desanimou. Queria saber que tal onda é essa de infestação de cães e gatos, violência, lagoas secas... Jeri é mesmo o que parece ou deixa a desejar? Ir em julho é uma boa? E quanto à ir com criança, alguma dica especial?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Em julho as lagoas estarão cheias, depois da temporada de chuvas no primeiro semestre. Este ano tem chovido. Quanto a ir com crianças, depende da criança e de como são as suas outras viagens. Resort e toboágua não tem em Jeri.

Aparecida Midori

Gostaria de saber se é perigoso viajar de noite de 4x4 de Jericoacoara para fortaleza.
Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aparecida! Nunca é bom pegar estrada à noite no Brasil, por causa da irresponsabilidade de motoristas e caminhoneiros. Mas o trajeto de Jijoca a Fortaleza é feito pela CE 085, uma estrada que liga Fortaleza aos vilarejos de praia do litoral oeste. O trânsito de caminhões é reduzido.

ana carolina silva paiva

marquei férias para lá no fim do ano, em dezembro....as lagoas permanecem cheias até lá?! Como está o quadro de chuvas por ai? Pois já estamos em pleno período de chuvas no nordeste né.....pretendo fazer o passeio pro leste e depois pro oeste...vi que alguns restaurantes fecharam na lagoa do paraíso....ainda tem locais para ficar lá(receptivo, com cadeiras e guarda sois)?!
Obrigada desde já

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! Este ano as chuvas estão a contento. Mas no verão é grande a possibilidade de as lagoas não estarem exuberantes.

Luciana Leite
Luciana LeitePermalinkResponder

Olá Viajantes!
Acabo de voltar de Jeri e passarei minhas impressões de lá ...
Deixamos o carro em Jijoca , no estacionamento que fica no posto de gasolina ( diária 20,00) , é coberto por toldos e calçado. De lá pegamos no próprio posto ,uma pick up Hylux ( 20,00 por pessoa) , que tem bancos na carroceria e cabine dupla ( aconselho tentar vaga dentro , pois o vento é forte e a areia no rosto durante a viagem pode incomodar).São aproximadamente 20km de Jijoca a Jeri mas a estrada é ondulada e a viagem é lenta, creio que uns 30'. Adoramos Jeri, fomos eu , esposo e dois filhos com 13anos. Muitas crianças lá , no hotel , na praia... grandes chances de seu filho gostar Juliana! Leve óculos de sol p seu filho tb. pp para os passeios pois a areia incomoda... A polícia militar passava constantemente ( no max. a cada 10min ) pela praia , fiscalizando, em uma sw4, e na praia de Jeri eu não vi carro na areia. A praia de Jeri é mansa e a faixa de areia larga , variando com a maré, bom para aquele banho com criança. Ir de carro é viável , vi muitos indo de Jijoca para lá , mas lembrando que o estacionamento é logo na entrada deJeri, descoberto, desprotegido da areia que voa muito por lá. Existe horário restrito para circular de carro pela vila e é tudo tão pertinho que n precisa. Para os passeios distantes , do "leste"ou "oeste", o carro tb terá acesso , vimos inclusive um Fusca indo para a lagoa do paraíso rsrs , nesses passeios não existe controle da polícia ( infelizmente) e os carros voam pela areia, buggies, muitas pick ups ,motos , carros 1.0, enfim, todo tipo de veículo e aí sim precisaria haver um controle eficaz da polícia. As chuvas encheram as lagoas ( apesar de parcialmente) , a lagoa azul reapareceu , está linda! No verão - do ano passado creio- ela havia secado novamente.
Bom , concluindo, Jeri é super astral, uma vila cheia de restaurantes legais , lojinhas , gente bonita , por do sol fantástico, esportes de praia, e muito mais. Merece sim conhecer e ficar um tempinho lá. Abraços ! Espero ter ajudado! Qqer dúvida podem falar .

Ilca
IlcaPermalinkResponder

Queria saber se para viajar para Jericoacora devo analisar a tábua da marés (como para Maragogi, Maceio, etc...) ou é indiferente. Estou estudando o hotel Hurricane Jeri Garden, mas deve ser novo, pois nem site especifico do hotel eu achei... mas os comentários no booking são bons.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ilca! Em Jeri a maré apenas indica o horário em que podem ser feitas caminhadas à Pedra Furada ou travessia de riacho no passeio das praias do leste. Mas não há piscinas naturais, nem necessidade de priorizar lua cheia ou nova.

Liliane
LilianePermalinkResponder

Compensa se hospedar em Jijoca e fazer passeios em Jeri? Voltando no fim do dia para Jijoca. Até que horas tem transporte seguro para Jijoca? Ainda dá para pegar o pôr do sol?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Liliane! O transporte entre Jeri e Jijoca é feito pelas vans da CooperJeri. Elas saem de Jeri e de Jijoca sempre que lotem, com 12 passageiros. Isso pode acontecer a qualquer mmomento, 24 horas, mas vai demorar mais em alguns horários. Os passeios de bugue também saem de Jijoca, pelo mesmo preço de Jeri.

JACKELINE OLIVEIRA

Gente me socorre!!! Comprei as passagens do novo vôo entre Recife/Jericoacoara e agora tô escandalizada com o valor que o pessoal quer cobrar no transfer!!!
A passagem ida/volta de Recife foi 450,00 (sem taxas).
Aí fui entrar em contato com os caras dos transfers, o pessoal querendo cobrar 200,00 por pessoa do novo aeroporto até Jeri!!! Qdo o transfer de Fortaleza até Jeri custa R300,00.
E não extiste informação acerca de transporte público entre o aeroporto de Cruz até Jijoca, pra de lá poder pegar uma jardineira. Nem consigo encontrar nem o número do telefone do aeroporto, pra poder tentar pegar alguma informação.
Chefe, "comandante", já que você voltou dessa região há pouco, pode me socorrer???
Abraço grande e muito obrigada desde já!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jackeline! O trânsfer de Fortaleza a Jericoacoara é R$ 600 por carro, não R$ 300.

Estamos dando um tempo para ver como o transporte vai se estruturar e ter depoimentos de quem já foi; é tudo muito novo e não havia nada organizado quando o Ricardo Freire visitou o aeroporto, os vôos regulares ainda não tinham começado.

Esta semana vamos entrar em contato com a central de táxis de Cruz e com a central de jardineiras em Jijoca.

A maneira menos cara deverá ser ir de táxi ao aeroporto até Jijoca, seguindo de jardineira a Jeri. A jardineira de Jijoca a Jeri custa R$ 20 por pessoa, parece que o táxi do aeroporto a Jijoca custa R$ 60 por carro.

O trânsfer de 4x4 entre o aeroporto e Jericoacoara, sem transbordo, deve ser caro mesmo, a partir de R$ 200 por carro. Vamos descobrir se há algum tipo de transporte compartilhado.

JACKELINE OLIVEIRA

Oi Boinha, obrigada por responder!!!
Os R$300,00 de Fortaleza até Jeri aos quais me referi era o preço por pessoa, de carro.
E o pessoal tá cobrando R$200,00 por pessoa, de 4x4, de Cruz até Jeri, o que, na minha opinião, é surreal!!!
Acho que vou optar pelo táxi/jardineira, como você falou acima. Mas se vcs puderem disponibilizar as informações atualizadas que pegarem com a central de taxistas de Cruz e o pessoal das jardineiras, vai ser muiiiiito válido, porque não existe essa informação em lugar nenhum!!!!

Rafaela Guimarães Meira

Bom dia, pessoal do Viaje na Viagem!
Sempre pego dicas aqui, então estou fazendo esse comentário em retribuição, para relatar minha viagem pra Jeri e contribuir para o site. smile
- Sobre o voo
Eu comprei o voo Recife-Jeri assim que começou a vender, por incríveis 260 ida e volta com taxas pela Azul (só bagagem de mão, mas foi suficiente). Fomos em um grupo de 6 pessoas no período de 04.08 a 06.08. O voo com saída na sexta estava programado para as 13h11, com chegada em Jeri às 14h40. O voo da volta no domingo estava programado para as 15h10, com chegada em Recife às 16h46. Quanto ao voo, foi tudo bem, aeronave confortável, lanchinhos da Azul, percurso rápido. O embarque na volta foi um pouco desorganizado, mas, com o tempo, acho que vão se organizando.
- Sobre o transfer Aeroporto-Pousada
Antes de ir pra Jeri, cotei com várias empresas que constavam no Portal de Jericoacoara o transfer do novo Aeroporto de Jeri (que fica em Cruz) à nossa pousada em Jeri (ida e volta). Os valores para 6 pessoas variaram de 450 a 780 (ida e volta). A Jeri Vip Tur se destacou pela atenção dada via Whatsapp e por ser a única a oferecer, no transfer da ida, duas propostas: uma pela Praia do Preá (45min) e outra pelo Parque Nacional, com parada para fotos nas Dunas do Amâncio (1h20). Optamos pela segunda proposta e valeu muito a pena! As Dunas do Amâncio são lindas! Na volta, fomos pela Praia do Preá. Os nossos motoristas, tanto da ida (Glayson), quanto da volta (Tiago), foram pontuais, simpáticos e atenciosos. Os carros são muito confortáveis (Hilux SW4), novos, com ar condicionado. Além disso, preço justo. Indico muito a Jeri Vip Tur! O excelente atendimento faz a diferença!
Na saída do Aeroporto, vi alguns carros de Cooperativa. Não perguntei quanto estavam cobrando lá na hora, mas ouvi os motoristas explicando aos turistas que havia a opção de transfer compartilhado (para quem vai sozinho, é uma opção).
- Sobre hospedagem
Comprei o voo faltando poucas semanas pra viagem, então muitas pousadas já não tinham vagas para 6 pessoas. Conseguimos nos hospedar na Pousada Alquimia, fica na Rua Principal, a uma pequena caminhada do centrinho. A Pousada é simples, mas o café da manhã é gostoso e o atendimento é extremamente gentil! Minha mãe estava fazendo aniversário e fizeram um bolo surpresa pra ela! <3 Fomos muito bem acolhidos!
- Sobre a Vila de Jeri:
Charmosa, não tem calçamento (tudo é areia, ande de chinelo), nem postes nas ruas (a iluminação vem das casas, restaurantes, da lua e das estrelas). Vi muitas opções bacanas de restaurantes, mas não muitas de artesanato.
- Nosso roteiro:
04/08 Chegamos ao Aeroporto, pegamos o transfer e estávamos em Jeri aproximadamente às 16h. Fizemos o check-in na pousada e caminhamos pela Vila até a Duna do Por do Sol para ver o por do sol. Lindo demais! Depois, tomamos umas caipifrutas nas barraquinhas na entrada da praia e fomos jantar o prato típico (camarão no abacaxi) no Restaurante Dona Amélia. Maravilhoso! Foi recomendação do pessoal do Transfer e da Pousada e vale a pena demais! Comida bem servida, deliciosa, atendimento simpático, preço ótimo.
05/08 Após o café da manhã, caminhamos até a Rua São Francisco para pegar uma caminhonete que levasse à Lagoa do Paraíso (famosa pelas redes na água). Eu achava, pelas minhas pesquisas prévias, que seriam 25 reais por pessoa (ida e volta), mas, após negociarmos, fizeram 200 para nós 6 (ida e volta) na caminhonete compartilhada, um pouco mais caro do que pensei. Ficamos no The Alchymist Beach Club, que é o restaurante mais famoso das lagoas. Como chegamos cedo, tinham muitas redes disponíveis, então aproveitamos logo. smile Almoçamos por lá. Estrutura boa, mas comida e atendimento medianos. Retornamos às 14 horas (horário combinado previamente com o motorista). Depois, fizemos a caminhada pelo Morro do Serrote para a Pedra Furada, pois, em julho e no início de agosto, o Sol se põe no meio da Pedra. A caminhada em si já é muito bonita. O por do sol é um pouco conturbado, embora existam alguns funcionários para organizar. Acontece que só existe um ponto em que é possível ver o Sol no meio da pedra e as pessoas se revezam ali para tirar foto. Acaba sendo a maior confusão. Então, após fazer a foto, antes do Sol se por, pegamos o caminho de volta (vi o Sol se pondo no mar, enquanto subia o Morro, foi legal). Mais tarde, jantamos no Tamarindo, que é considerado o melhor restaurante de Jeri! Realmente, vale a pena para uma ocasião especial! Ambiente agradável, atendimento cordial, comida maravilhosa.
06/08 Após o café da manhã, fomos aproveitar a Praia de Jeri. É muito tranquila, parece uma piscina! Depois do banho de mar, almoçamos novamente no Dona Amélia e, mais uma vez, foi muito bom! Peixe grelhado e acompanhamentos deliciosos, atendimento simpático, preço justo. Depois disso, pegamos o transfer para o Aeroporto e o voo de volta pra casa. smile
Enfim, é isso! Espero que tenha ajudado! Como meu tempo em Jeri foi curto, eu optei por não fazer os clássicos Passeio Leste e Passeio Oeste. Vão ficar para a próxima!

Renata
RenataPermalinkResponder

Alguem sabe me dizer qual o horário que as jardineiras começam a funcionar indo de Jericoacoara para Jijoca?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! As jardineiras saem continuamente, assim que consigam lotação.

Iris
IrisPermalinkResponder

Oi! Meu nome é Iris, sou espanhola. Em novembro-dezembro vou fazer a Rota das Emoções com uma amiga do Rio. Chegamos em Fortaleza dia 28/11 às 23:55hrs, mas o ônibus da Fretcar só sai 6:45 da manhã! Alguém sabe me dizer se tem outras opções? van compartilhada? carro compartilhado? Obrigada e parabéns pelo blog!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Iris! Esta é a página de introdução. Tudo o que sabemos sobre como chegar a Jericoacoara está na página Como chegar a Jericoacoara.

Colocamos três links da página no texto, mas eu linko de novo para você:

https://www.viajenaviagem.com/destino/jericoacoara/como-chegar-jericoacoara

Franieri
FranieriPermalinkResponder

Estou com viagem marcada para fim de novembro pra Jeri e só tenho conhecimento do lado legal, mágico e lindo. Recentemente tenho lido alguns relatos de violência por lá. Isso procede? Existem algumas recomendações para se manter em segurança?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Franieri! São casos pontuais. Não se afaste da vila depois de escurecer.

Franieri
FranieriPermalinkResponder

Obrigado Bóia!! Deu tudo certo e Jeri é realmente mágica!! Obrigado pelas dicas, e apesar de eu concordar que o Essenza destoa um pouco da vibe de Jeri, o atendimento deles é tão descontraído e cortês, que tudo se encaixa direitinho! Vale a pena!!

Ilca
IlcaPermalinkResponder

Cheguei sábado passado de Jeri. Viajei com a Azul até Cruz. Super tranquilo. Na chegada o pessoal do cooperativa te aborda e pegamos um transfer compartilhado por R$ 45,00/pessoa até Jeri (quase 1h). Ficamos no Hurricane Garden, que por não estar totalmente terminado podemos usar a piscina do Hurricane Jeri Praia (o que foi ótimo).
Adorei o hotel (novinho), a localização, as piscinas, o visual, os jantares, o bar (preços muito bons para hotel).
Jeri tem restaurantes pra todos os bolsos e muito bons. E os espetinhos de lagosta e queijo coalho da rua das caipinhas é maravilhoso
A Cantina Jeri, quase em frente ao hotel foi um achado, apesar do calor lá dentro e dos garçons um pouco atrapalhados. Preços bons e porções grandes.
A Pedra furada fomos pela praia e voltamos pelo morro, com direito a charrete no final. Achei o trajeto pela praia bem puxado, pois as pedras não são tão fáceis assim e é bem longe.
O vento é diário e muito forte, aumentando ao meio dia. A tardinha, pra subir na duna do por do sol, a areia chega machucar as pernas. Se não fosse ele, o clima seria escaldante, porque todo dia é mais que 33 graus.
Na volta o transfer custou 60,00 por pessoa.
Sugestão pra quem puder: cacife um hotel pé na areia, ou um com uma boa piscina.

Márcia Balassiano

Prezada Bóia, conseguimos comprar por milhas, a um valor muito convidativo, o vôo Rio/Jericoacoara/Rio , e estamos chegando em Jeri dia 15. Desceremos no Aeroporto de Cruz. Está tudo muito confuso ainda. O que consegui descobrir é que não existem mais as jardineiras. Agora somente as camionetes 4 x 4 no lugar das jardineiras. Me falaram também que existe os ônibus da Fretcar saindo diretamente do Aeroporto de Cruz. Alguém tem alguma informação mais precisa e atualizada para ir do Aeroporto de Cruz para a Vila de Jeri, de forma mais econômica possível ? Agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! 60 reais por pessoa nas caminhonetes, não precisa reservar. Você também pode compartilhar um táxi (60 reais, 4 pessoas) até Jijoca e seguir de jardineira (20 reais). Mas é muito perrengue para economizar 25 reais.

A Fretcar tem ônibus desde o aeroporto... de Fortaleza, não de Cruz.

Várias pessoas já relataram a chegada sem problemas, não se preocupe.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/destino/jericoacoara/como-chegar-jericoacoara

Rosane
RosanePermalinkResponder

Oi Márcia! Como vc conseguiu Rio/Jeri? Só estou achando vôos p Jeri saindo de Recife, BH, Fortaleza, até Campinas! Mas do Rio ñ acho em nenhuma companhia!! Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosane! Não há vôos diretos do Rio nem de Fortaleza a Jeri. Os vôos são de São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Campinas.

Rosane
RosanePermalinkResponder

Oi! Até férias de médico são corridas! Alguns dias em fim de janeiro e quero finalmente conhecer Jeri, q planejo visitar há anos. Estou muito atrasada nos preparativos, então agradeço muito a todos q puderem responder. É melhor me hospedar em Jijoca e ir passear em Jeri? Eu quero praia e descanso, mar e livros, pôr do sol e boa comida! Mas vou com um pós adolescente de 20 anos (meu filho) então fiquei na dúvida pq um lugar mais animado à noite tb vai cair bem! Bem...minhas experiências anteriores no nordeste no verão são de tanta muvuca, lugares super cheios e talvez Jeri já esteja assim tb... Mas fiquei com medo de Jijoca ser um pouco tranquilo demais à noite, para alguém de 20 anos...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosane! Não há nada em Jijoca à noite. Eventualmente pode haver uma festa no clube Alchymist. O transporte entre Jijoca e Jericoacoara à noite é limitado. É muito mais fácil ficar em Jeri e aproveitar Jijoca de dia do que ficar em Jijoca e aproveitar Jeri à noite.

Marília
MaríliaPermalinkResponder

Estivemos (meu marido e eu) em Jeri de 15 a 22 dez/17 e, seguindo as dicas daqui do site, dividimos nossa estadia entre Jeri e a Lagoa do Paraíso... pagamos 75 reais por pessoa pelo trecho do aero porto até nossa pousada em Jeri... De Jeri para a Lagoa do Paraíso pagamos 20 por pessoa... Ficamos 05 dias em Jeri, e achei suficiente para curtir Jeri com calma, tanto durante o dia quanto pela noite... No primeiro dia fizemos a caminhada até a pedra furada...Como a maré já estava enchendo, tivemos que fazer o trecho final pelo Morro do Serrote, que tb vale a pena pela vista lá de cima... A pedra furada em si não achei lá essas coisas, mas é o cartão postal de Jeri, então vale a pena conhecer... O mar próximo à pedra é bravo, não indicado para banho... A dica é seguir bem alimentado, levando pouco peso (basicamente água e protetor solar)... Voltamos de charrete, o que foi um alívio! Dica: se chegar lá por volta de 12h, precisará esperar até 13h30 - 14h para pegar uma charrete de volta, pois os charreteteiros costumam a voltar para Jeri para almoçar e pegar novos passageiros, e normalmente só vão chegar à pedra novamente umas 14h... Então vale se programar para ir mais cedo... a caminhada desde o canto esquerdo da Praia principal até a pedra durou uns 50 minutos...
No segundo dia fizemos o passeio para o Oeste, de quadriciclo... Não sou nada aventureira e estava um pouco receosa, mas adorei a experiência! Meu marido então, amou! Pagamos 300 reais, e o preço é praticamente tabelado... Então se puderem escolham um quadriciclo automático! Conseguimos um automático e com encosto para o passageiro, o que me deu mais segurança!
Nos terceiro e quarto dias, ficamos relaxando na praia principal, curtindo as piscinas que se formam no canto direito nas pedras na maré baixa e depois o banho de mar na maré mais cheia...
Atualmente, estão cobrando 25 reais para passar o dia em 02 espreguiçadeiras com guarda sol...
O ritual para a subida da duna para assistir ao pôr do sol é singular e vale a pena ir pelo menos 1 vez... Nossa hospedagem foi na pousada Araxá... Achamos a localização excelente, bem próximo à Praia principal e também à duna do pôr do sol... Escolhemos o quarto com hidromassagem, que era uma delícia no fim da tarde... Sobre os restaurantes, o Naturalmente tem uma vibe otima e boas opções, leves e deliciosas, para o almoço à beira mar! Os crepes e massas que provamos vieram bem apresentados e gostosos! Além do preço ser justo!
Para a noite, gostamos muito do Pimenta Verde e do Tamarindo! O Maramor tem um cardápio bastante variado e ambiente gostoso tb, embora mais simples!
Também experimentamos o hambúrguer no EAT, delicioso!! Só não gostamos do Leonardo da Vinci, péssimo atendimento, pratos caros e muito simples! Ele só é bonito de fora... Não recomendo! Em resumo, minha impressão de Jeri já foi relatada por outras pessoas aqui, é um lugar que tem a beleza natural, mas onde o banho de mar não é o principal atrativo... O pôr do sol é lindo e a noite tem muito charme!
Não fizemos o passeio para o Leste porque já estaríamos hospedados na Lagoa depois..
Ficamos os últimos dois dias na Lagoa do Paraíso, onde nos hospedamos no Chez Loran... O lugar tem seu charme, mas é simples... Quarto pequeno mas de tamanho suficiente... O trecho da Lagoa em frente não está muito bom para banho, muito raso... Na verdade, a Lagoa em geral está bem seca... O restaurante de lá é terceirizado... Os preços estão bem acima da média do local e com poucas opções, estilo turistão mesmo, já que tb funcionam como receptivo... Minha dica é caminhar um pouco à esquerda e escolher outro restaurante para passar o dia... Ficamos no Restaurante Cururu (do Sapão), que tem um cardápio mais variado e preços mais justos... Não chegamos a conhecer o Alchimist, mas disseram que ficava a 1km do Chez Loran...
À noite, são poucas opções de alimentação, o Chez Loran e a Pousada do Paulo estavam funcionando servindo pizzas e massas (essas só no Paulo)...
Não fomos ao centro, mas disseram que é fraco para alimentação...
Achei legal dividir a estadia para curtir mais a Lagoa, nos 2 dias percebemos nos outros visitantes a correria que é quando se vai apenas passar o dia...

Márcia Balassiano

Retornamos esta semana de Jeri e vamos repassar algumas informações para tentar contribuir um pouco. Fizemos o trecho Rio de Janeiro/Jericoacoara/Rio de Janeiro com milhas, pegando uma super promoção pela Azul e saiu muito em conta. Chegando no aeroporto em Cruz, não há mais abordagem de pessoas oferecendo transfer. A prefeitura proibiu. Nos dirigimos ao ponto de Taxi e falamos que queríamos compartilhar com mais 2 pessoas o trajeto (estávamos em 2). Logo chegaram 2 moças e fomos os 4 , cada um pagando R$ 50,00 por todo o trecho do Aeroporto de Cruz até a porta da pousada, fazendo a troca do carro pelo 4 x 4 no trecho em que o carro não passa mais. Ficamos em Jeri por 8 dias inteiros. Achei um bom período para quem realmente quer descansar. Repetimos algumas vezes os passeios e curtimos bastante a praia. Realmente a praia não tem muito atrativo, para quem mora em local praiano, como nós. As dunas são bonitas, a água tem uma temperatura agradável e só. A água não é muito clara, devido a cor escura da areia, e a areia é socada, boa para caminhar. Fizemos o passeio para o Leste e também para o Oeste, os 2 com caminhonete 4 x 4 compartilhada com outras pessoas. Fomos sozinhos à Lagoa do Paraíso mais 2 vezes, além do passeio para o lado Leste, que também levalá. Fomos na barraca Alchymist Beach Club, que realmente é muito linda, quando ainda não cobravam para entrar. 2 dias depois começaram a cobrar R$ 20,00 por pessoa. Fomos também à Barraca Nova Esperança , em Lagoa do Paraíso. Esses 2 pontos da Lagoa estão ótimos para o banho, com a lagoa ainda bem cheia. Me parece que conforme vai se afastando destes pontos a lagoa está mais seca. Para chegar na Lagoa do Paraíso sozinho, pega-se os transportes 4 x 4, na Rua principal, e paga-se R$ 20,00 por pessoa cada trecho. Na volta sempre tem transporte esperando nas barracas. Quanto à vida noturna na vila, tinha muitos barzinhos com música ao vivo e me parece que sábado e domingo tem festa na praia em frente à Rua Principal. Quanto à Restaurantes fomos ao Tamarindo, Leonardo da Vinci, Bistrogonoff, Rústico e Acústico, Freddyssimo. Todos na mesma faixa de peço e com pratos bem servidos. Estão na faixa de preço de restaurantes similares no Rio.No mais, Jericoacoara para quem está na faixa de 50 anos, como nós, é mais para relaxar e descansar, sem trânsito, barulho em excesso e gente demais. Fomos de 15 à 24 de Dezembro ( período ainda de baixa temporada) e ficamos na Pousada Papaya (excelente custo-benefício). A vila está muito limpa, organizada, super bem policiada. Não passa carro mais na praia, e também na maioria das ruas. Sossego total ! Divirtam-se !

Luciane
LucianePermalinkResponder

Olá! Vou p Jeri em fevereiro e soube q tem ônibus saindo de Fortaleza p lá por 85,00. Sabe se procede e se é seguro? Obg!

Aline Machado
Aline MachadoPermalinkResponder

Boa tarde,
Estou indo psra Jeri e vou chegar no aeroporto de Cruz .
Qual a melhor maneira e mais barata psra seguir o trajeto aeroporto / Jericoaquara ??
Agradeço

Aline

hedy
hedyPermalinkResponder

Boa noite
Não existe um tranfer mais barato do aeroporto de cruz para Jericoacoara?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Hedy! O mais barato é dividir o táxi em 4 até Jijoca e seguir de jardineira.

Luciane
LucianePermalinkResponder

Boa noite.
Irei para Jericoacoara em junho 14 a 16/06, me diga onde ir quais os passeios, onde comer?

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Olá boia? Vou para Jeri em julho com meu marido e filho de 3 anos. Vi no Booking um hotel novo chamado star hotel. Muito bem conceituado, porém com poucas avaliações. Vi também o espaço nova era pousada. Também gostei. Queria saber para uma criança de 3 anos qual se localiza em uma área mais silenciosa para dormir, perto da praia e dos restaurantes e com bom espaço para ele brincar. Não conheço Jeri, então, estou sem saber a melhor localização para a logística de praia e alimentação, além de tranquilidade para descansar. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! Este Star Hotel fica uma paralela adiante da zona coberta pelas indicações do Ricardo Freire. Não é totalmente central, mas também não é longe. A região é tranqüila, resta saber se os vizinhos de corredor serão smile

Não tem muita cara de Jericoacoara, mas se você busca uma pousada com cara de hotel de cidade, achou.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Muito obrigada! Me ajudou muito!

Sergio Procopio

Ricardo, irei com meu filhote de 1 ano para Jeri em Agosto. Voce acha recomendavel levar carrinho de beb para transitar à noite pelo comercio? As ruas sao propicias a isso? Aceito outras dicas para Jeri com crianças.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Quem responde é A Bóia. Há um arremedo de calçada em algumas quadras, mas no geral você vai se deslocar na areia mesmo.

Cristina Wolski

Olá! Vou para Jericoacoara em novembro deste ano, com meu noivo. Como nosso voo está programado para chegar em Fortaleza às 18:55 de um sábado, ficamos na dúvida se vale mais à pena já contratar um transfer para Jeri direto do aeroporto, ou é melhor (e mais seguro) passar uma noite em Fortaleza, e partir no outro dia para Jeri. O que você sugere? E quais empresas de transfer você indica?

Larielen
LarielenPermalinkResponder

Olá, vou ir para fortaleza em outubro e quero conhecer Jeri, porém estou na dúvida em onde hospedar se é melhor ficar nas lagoas ou em jeri msm... e EX em ambas eu consigo passear a noite, sair de um lugar e ir para outro? e que tipo de transporte?

Tiago Jacobs
Tiago JacobsPermalinkResponder

Boa noite, estou juntando o máximo de informações pois estou indo dia 05-11-18 e ficarei ate 07, vou sozinho!! O transporte da fretecar costuma ter atrasos? pegarei o voo no mesmo dia que voltarei a Fortaleza!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tiago! Costuma cumprir o horário, mas por precaução sempre deixe um intervalo de algumas horas de segurança quando você fizer conexões entre meios de transporte não-vinculados numa mesma passagem.

Maria da Conceição Reis

Boa tarde!
Irei para Jijoca de Jericoacoara em Janeiro de 2019 , passar 10 dias. Alguém sabe se tem Uber por lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria da Conceição! Tem não. Jericoacoara só tem acesso por areia.

Blauner
BlaunerPermalinkResponder

pretendo ficar 12 dias em fortaleza na segunda semana de fevereiro e gostaria de dicas de como distribuir esses dias em passeios, incluindo a "rota das emoções", vc pode me ajudar???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Blauner! Lençóis Maranhenses estão secos em janeiro.

Veja um roteiro de 7 dias entre Jericoacoara e Delta do Parnaíba e adapte ao seu roteiro:

https://www.viajenaviagem.com/2017/09/voo-parnaiba-barra-grande-jeri-roteiro/

Denise
DenisePermalinkResponder

Jericoacoara 5 a 12/9/18

Voo Gol BH conexão GRU a JERI, ótimo horário apesar de descer para subir e é mais em conta que o voo direto Azul.

Pousada Mini Jeri, indico desde que a dupla ou casal não prefira usar o dinheiro para comer bem lá e não querer valorizar a hospedagem.
Quarto bem pequeno, improviso para pendurar roupas molhadas, parede do quarto que dá para a rua e por isso tem muito barulho mas preferimos
gastar com outras coisas e poupar na hospedagem, por isso não nos afetou a ponto de estragar a viagem. Wi-fi bala nos quartos.

Passeios:
Ia fazer comente o lado leste mas decidi comprar o passeio lado oeste e, além de não me decepcionar, pois não estava botando muita fé,
fiquei extremamente surpresa e encantada.

Lado Leste - árvore da preguiça, Praia do Preá, Lagoa Azul, Lagoa do Paraíso (sem ir no Alchymist pois lá a só tem long neck a 14,00) e Pedra
Furada. Indico a Barraca Brisa Paradise com preços justos, Brahma a 10,00 de 600 ml. Fomos de Hilux. Pagamento somente em dinheiro.
Passeio de Hilux completo, 60,00 por pessoa.

Lado Oeste - contratamos o passeio de quadriciclo da Jeri Quadritour (88 99752-0086 Júlio) e quem nos guiou se não me engano foi o Isaías. Um menino super simpático
e agradável e que confiou na gente á bessa. Não me lembro se era esse o nome do motoqueiro que nos guiou. Passamos pelas dunas, tinham dunas de
até 41 metros e descemos várias. Paramos no escorregador em que cada pessoa para 15,00 para descer 3x e valeu muito a pena apesar do radicalismo da descida.
Lá tinha tirolesa também mas não fomos. De lá paramos na última Lagoa lá de Tatajuba e foi sensacional. Stand up padle a 20,00 para duas pessoas fazerem
cada uma. Nesta barraca aceitam cartão. O passeio de quadriciclo não exije CNH B apesar de termos e, apesar de caro, vale a pena demais!!!
Passeio de quadi, 350,00. Pilotei a volta toda e meu marido a ida toda.

Lagoa do Paraíso - voltamos no penúltimo dia para fazer o passeio não completo, mas somente o Lagoa do Paraíso e foi muito bom, até melhor.
Umas pessoas desceram na Alchymist mas o Carlos nos levou de novo na Brisa Paradise a nosso pedido.
Carlos é dono de uma Hilux. Ele fica onde as jardineiras ficam paradas até encherem para sair na Rua São Francisco até vender o passeio dele e encher a Hilux.
Indico ele por ser super pontual e responder rapidamente o whatsapp (88 99857-6506). Os preços são meio que iguais então não adianta pechinchar.
Passeio à Lagoa do Paraíso, 40,00 por pessoa.

Jeriarte - loja bem bacana mas com preços mais caros. Normalmente se paga pela estrutura, normal. A vila tem centenas de lojinhas bacaninhas a preços iguais.

Vila - tem 3 ruas principais: Rua das Dunas, São Francisco e a do Forró. Tem centenas de becos com os mais variados restaurantes, botecos e lojas.
Imaginei uma Jeri muitíssimo menor e me surpreendi pelo tamanho e variedade. Tem vários restaurantes bem bacaninhas mesmo!

Praia Principal - a maré custa a encher e se quiser sentar você paga - em setembro de 2018 - 30,00 para ficar o tempo que quiser. São duas cadeiras tipo
espreguiçadeiras e uma sombrinhona. Lá você pode consumir o que quiser, pode levar cooler com cerveja, comprar petisco no supermercado, etc.
Lá quem te atende para vender as cadeiras, centraliza o atendimento e você pode pedir drinks, cerveja, petisco, almoço ou espetinho e o carinha traz tudo
dos mais diversificados lugares. Pagamento só em dinheiro. Cuidado, muito cuidado com as âncoras dos barquinhos que ficam atracados lá. A maré custa a subir e você vê as pontas, mas quando sobe é realmente um perigo eminente.

Duna do Por do Sol – Deve-se chegar por volta de 17h pois o por do sol é bem rápido e ocorre tipo 17:20. Vá de chinelo pois a areia é extremamente fofa e lá em cima venta muito. Espere comer areia e ficar com os cílios cheios de areia também, portanto, pra quem gosta de se empetecar este não é o momento. Depois de o sol se por descer pela duna mesmo é muito gostoso apesar de eu não achar que isso seja o mais indicado em termos de preservação ambiental..

Taxa Ambiental – São R$5 por dia e por pessoa. Você pode pagar em Jijoca, dentro do posto de gasolina ou na entrada de Jeri. A primeira opção é a melhor sem sombra de dúvidas pois quase não há filas e o ambiente tem ar condicionado, tudo ao contrário da segunda opção.

Rua da Caipirinha – é na verdade o final da rua Principal, quase chegando na praia. Ficam vários carrinhos de drinks e lá os mais famosos são o Pauroska (vodca, banana, etc) e a Xoxota (vodca, morando abacaxi e leite condensado). Muito bom este último.

Restaurantes que fui:

Sorvete – Gelato e Grano (excepcional) e uma outra que esqueci o nome ao lado do supermercado tem de tudo.

Cantina Tropicana – na rua da Pousada Huricane (que por sinal rola uma balada solta no terraço com música alta e eletrônica) Restaurante com vinhos a preço módico e comida boa e barata. Massa muito boa de gorgonzola e de frutos do mar também. Camarão no abacaxi.

Sapão – fica na Rua São Francisco assim como a Espeteria abaixo. Cardápio diversificado, bom filé.

Espeteria – espetos que servem duas pessoas, bom pra tomar uma cerveja

Dinheiro, cartão, saque – cartões nem sempre são aceitos mas você pode sacar nos correios, desde que tenha Banco do Brasil e também no mercado. Restaurantes na vila, em geral, e lojinhas, aceitam. O sinal pode ser ruim e você pode ter que esperar um pouco, mas rola.
Central de bebidas – fica na Rua Principal. Podíamos levar para a pousada e levamos também para a praia e Lagoas em um termo. Compramos o pack de Brahma com 12 a 27.00. Isso foi barato lá.

Supermercado Tem de Tudo – nem tem de tudo, mas quebra um galhão. Recorri a ele umas 3 vezes até pra comprar chips e besteiras pra incrementar nos passeios e praia principal.

Loja de conveniência - fica na Rua Principal. Só aceitam dinheiro. Rola de comprar castanhas lá. Aliás, lá e no aeroporto, na volta. Fui um dia para a praia principal e não quis alugar cadeiras. Sentei debaixo de uma árvore e fiquei comprando castanha e long neck nesta lojinha.

Cachorros – pra quem ama os bichos e principalmente cães lá eles são muito bem tratados. Sempre rola uma vasilhinha de água e um ou outro lojista os alimenta. São vários, de rua e de grande porte.

Igrejinha – rola de ser visitada, na rua da Igreja e perto da sorveteria Gelato e Grano

Praia da Malhada – perto da igrejinha tem um beco que dá acesso ou então pela orla da Praia Principal mesmo. De lá rola de ver o por do sol do alto também. Praia com mais movimento de kite surf e surfistas.

Farol e Pedra Furada – você pode ir de charrete, via orla ou a pé. Fui e voltei a pé via Morro do Serrote. A subida não parece, mas é bem alta e dá pra cansar. Não morri, mas não é pra qualquer um. Ida e/ou volta cansam bastante. Visual bem bacana. Muito mesmo.
Poço da sereia – seguindo da praia Principal atéééé mais a frente, antes da Malhada, como começam umas formações rochosas você vai encontrar o poço. É bem bacaninha mas concorrido. Só bati fotos mas não me cabia dentro..
Becos – são inúmeros e com várias lojinhas, restaurantes e afins. Vale rodar muito por todos e descobrir coisas além rua Principal, do Forró e São Francisco. Aliás, é da Rua São Francisco que partem as jardineiras para fazer passeios ou ir somente até Jijoca. Sai por ordem de preenchimento na jardineira ou se contrata de noite para de manhã como fiz com o passeio somente da Lagoa do Paraíso, não o passeio completo como eu já havia feito.

Enfim, Jeri é bem rústica e deslumbrantemente bonita cercada de dunas maravilhosas. Sacode para chegar, lá se anda de chinelo ou descalço o tempo inteiro, então pra quem não tem frescura dá para aproveitar muito! Amei.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar