Jericoacoara

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Jericoacoara: o que fazer

Para quem viaja naquela batida 'um passeio diferente por dia', Jericoacoara pode ser traçada em três dias: tem um passeio de bugue para o leste (com uma paradinha na Pedra Furada), um passeio de bugue para o oeste, e mais um dia na lagoa. Em todos os dias, dá para estar de volta à vila a tempo de subir a duna do pôr do sol.

Quem vai para pegar sol e relaxar, porém, pode fazer revezamento entre a praia da vila e as de Jijoca por quanto tempo puder. Já para os praticantes de wind e kitesurf, qualquer temporada na vila é curta. Enquanto houver vento, haverá vontade de ficar em Jericoacoara.

Onde ficar | Como chegar | Quando ir | Onde comer

  • Praia

Praia da vila

O que fazer em Jericoacoara: praia

A praia em frente à vila tem uma faixa de areia que alarga e encurta de acordo com as marés. A água é rasinha, com ondas intermitentes mas inofensivas (dá para fazer SUP surf).

O que fazer em Jericoacoara: praia

Com o fim do trânsito de veículos na praia, aumentou a área ocupada por espreguiçadeiras. São todas de madeira, com colchonetes (traga sua canga ou peça toalha na pousada). Os barraqueiros que alugam as espreguiçadeiras também vendem bebidas e fazem drinks. Em julho de 2017, o conjunto de duas espreguiçadeiras + guarda-sol custava R$ 5 por hora.

Canto direito
O que fazer em Jericoacoara: praia

À direita da vila, este trecho é o endereço do melhor point para passar um dia ao sol: o Club Ventos, instalado sobre um barranco, com vista privilegiada dos windsurfistas (e também dos SUPeiros) em ação. O serviço é eficiente e o buffet do almoço, ótimo. Se entrar no mar, tome cuidado com as pranchas.

Lagoas de Jijoca

O que fazer em Jericoacoara: Lagoa do Paraíso, Jijoca

Se não sabia, fique sabendo: todas aquelas fotos de praias de areia branquíssima e água caribenha são tiradas nas lagoas de água doce de Jijoca. E já que estamos aqui, é necessária uma segunda revelação: 'as lagoas' são, na verdade, uma só. Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso são apenas os nomes de dois trechos da Lagoa de Jijoca. No auge da temporada seca, lá pelo fim do ano, elas costumam se dividir, tornando-se realmente duas.

A propósito: o volume de chuvas no primeiro semestre é decisivo para a situação das lagoas. Quanto menos chuva, mais cedo elas ficam com pouca água (em 2016, a Lagoa Azul chegou a fechar). Em 2017 choveu bastante no primeiro semestre, então é provável que as duas cheguem com água ao verão de 2018.

Lagoa Azul
O que fazer em Jericoacoara: Lagoa Azul

A Lagoa Azul voltou a ter água, e reabriu em 2017. Fica para os lados do Preá e é o point de passeios de bugue e de quem alugou quadriciclo.

Lagoa do Paraíso
O que fazer em Jericoacoara: Lagoa do Paraíso, Jijoca

A Lagoa do Paraíso é mais perene e fica perto do centro de Jijoca. Ao longo desta margem se encontram restaurantes com boa estrutura, alguns deles pertencentes a pousadas. Para um dia de sossego, minha dica é ir à Pousada do Paulo (tel. 88/3669-1181), que não recebe grandes grupos e tem excelente cozinha. Mas se a idéia for passar um dia ao som de música de DJ, tome o rumo do Alchymist Beach Club (tel. 85/998-158-656), que tem uma vibe Ibiza-in-Jijoca.

O que fazer em Jericoacoara: ponto das jardineiras para Jijoca

O transporte entre Jeri e a Lagoa do Paraíso é muito fácil: basta ir ao ponto de jardineiras da rua São Francisco (perto da agência da Fretcar) e subir na primeira da fila. Quando lotar, com 12 passageiros, a jardineira parte -- e deixa os passageiros onde quiserem, na Lagoa do Paraíso ou no centro de Jijoca. Para voltar, peça para o restaurante chamar; pode demorar um pouco, mas a jardineira passa. A passagem custa R$ 20 por passageiro, por trecho. (Atenção: as jardineiras não passam na Lagoa Azul.)

Praia do Preá

Praia do Preá

Na geografia dos ventos de Jericoacoara, a praia do Preá é reservada para os kitesurfistas. É uma praia de mar aberto, sem maiores atrativos além do balé das kites.

  • Pôr do sol na duna

Jericoacoara

O ritual se repete todas as tardes: perto das 5, os visitantes largam tudo o que estão fazendo e se dirigem à duna. De longe, parecem formiguinhas em fila galgando uma pedra. O sol começa a cair às 5 e meia; no começo a descida é lenta, mas perto das 6 acelera até o momento de desaparecer no mar, sob aplausos. Querendo injetar adrenalina no pôr do sol, dá para fazer esquibunda ou snowboard. Na saída, a tradição é descer a duna pela frente. (Não se preocupe, o vento imediatamente recompõe a forma original da montanha de areia.)

  • Pedra Furada

jeri-pedra-furada

Se a duna é o passeio mais popular, a Pedra Furada é o cartão postal oficial de Jericoacoara. Fica a meia hora de caminhada desde o canto direito da vila. O caminho pela beira-mar, porém, só pode ser feito na maré baixa; na maré baixa a rota é por cima do Morro do Serrote. O ideal é ir de manhã, para que o sol incida na pedra. Muita gente também vai para o pôr do sol; em julho, o sol se põe 'dentro' do furo da pedra.

Se não quiser ir andando, você pode contratar um passeio a cavalo até a Pedra Furada.

Os bugueiros não gostam de fazer o passeio específico à Pedra Furada; o mais comum é incluir a Pedra Furada como parada dos passeios de bugue na direção leste.

  • Passeios de bugue

Há dois passeios de bugue principais, de dia inteiro:

  • De bugue para o oeste: é o passeio mais diversificado. Você é levado até Mangue Seco, onde faz o passeio de canoa para ver cavalos-marinhos (pago à parte), depois atravessa de balsa a Guriú, sobe as dunas de Tatajuba, almoça no Lago de Tatajuba e volta para o pôr do sol na duna. Custa entre R$ 300 e R$ 350 por bugue para até 4 pessoas. O passeio do cavalo-marinho custa R$ 15 por pessoa.
  • De bugue para o leste: passa pela Pedra Furada e pela Árvore da Preguiça (uma planta de mangue que parece árvore e virou atração turística) e segue para as lagoas Azul e do Paraíso. Pode-se negociar para incluir a Barrinha, uma duna com lagoas estilo Lençóis Maranhenses. Custa entre R$ 270 e R$ 300 por bugue para até 4 pessoas. Preço de julho/2017.

Dá também para negociar passeios mais curtos, à Lagoa Azul, à Barrinha ou às dunas do parque nacional.

O melhor momento de negociar passeios é à noite. Há vários stands de cooperativas e agências no iniciozinho da rua Principal.

  • Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses

Jericoacoara é ponto de partida (ou de chegada) para a Rota das Emoções, um roteiro que combina Jeri com o Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses (e pode proporcionar uma parada na charmosa Barra Grande do Piauí).

Veja como fazer esta rota, com todas as dicas de deslocamento e sugestões de roteiros, na seção Como chegar.

27 comentários

Marcelle Ribeiro

Riq, esse passeio a Tatajuba vale a pena? Vendo algumas fotos, a água parece escura. E a praia de Jeri mesmo, vale?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelle! Quem responde é a Bóia. Jijoca é mais bonita.

Evellyn
EvellynPermalinkResponder

Oi,
Está valendo a pena fazer esse passeio para o lado Oeste. Porém não é mais visitado a lagoa da tatujuba, pois está esvaziando... agora eles estão levando para Lagoa Torta, que é boa demais... otimo lugar para relaxar.

Mas é claro, que se tiver poucos dias, dê preferencia para o Lado Leste, que vai para a Lagoa do Paraiso... se tiver mais dias disponíveis, faça o passeio sim do lado Oeste.

Alexandre Macedo

Estive agora em janeiro em Jeri, gostei muito. O título de praia "mais bonita do mundo" é muito exagero, mas a praia é bonita e gostosa.
Quando a maré está mais alta, fica melhor, porque pode se tomar banho sem ter que caminhar muito dentro do mar.
Os passeios de Buggy são legais, o lado da lagoa do paraíso e pedra furada é melhor, mas o do outro lado, a lagoa da Tatajuba, mangue seco(um mangue invadido por areias de dunas) também é interessante.
A vila é um caso a parte, com muitas lojinhas transadas e muito bons restaurantes, principalmente Tamarindo(o melhor!), Leonardo da Vinci e Na Casa Dela. Tem uma sorveteria legal e bonita na praça e um café(Ponto doce) na rua do forró que tem uns doces e expresso gostosos.
Voltando ao assunto praia, tem as barracas, que no geral são os fundos de algumas pousadas e as espreguiçadeiras e guarda sol ficam somente disponíveis para hóspedes. Mas existe uma associação de barraqueiros que colocam umas cadeiras e espreguiçadeiras com guarda sol na areis e cobram por hora, geralmente R$ 5,00.
A partir das 16:00, começam a montagem das barraquinhas de caipifrutas e uma de espeto(dona Jane) que faz um de lagosta (R$ 15,00) que é sensacional.
À noite, a rua principal e pracinha ficam super movimentadas, por volta das 23:30 sempre tem um forró na rua de mesmo nome. Alguns restaurantes, principalmente na rua principal, sempre tem música ao vivo.
O trajeto de Fortaleza- Jeri - Fortaleza foi feito com a Fretcar (pode comprar as passagens pelo site), paguei R$ 80,00 incluindo o trajeto da jardineira de Jijoca a Jeri. O ônibus é bem confortável com Ar e wi-fi, o trajeto de jardineira é divertido. O tempo de viagem fica em torno de 6 horas e meia.
"Jeri", recomento muito para quem, mesmo não praticando esportes aquáticos e de vela, curte passeios de Buggy, relaxar na praia e andar de chinelo o tempo todo, pois esqueça tênis, salto e afins, as ruas são de areia de praia. Outro aspecto, os passeios sempre passam por umas dunas lindas e se pode ter um pouco de emoção nas dunas, é só pedir ao bugueiro.
Recomendo ficar em Jeri e não em Jijoca e Prea, estes lugares me pareceram meio sem astral, e achei a praia de Jeri bem mais bacana e interessante.
Ressalto que estas informações e preços foram no período de alta temporada(janeiro/17).

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Fui a Jeri em Outubro/16. O passeio a Tatajuba é bem legal, principalmente se vc for de quadriciclo. Vai um guia de moto na frente e vc acompanhando atrás, vale muito a pena.
Outro passeio que é show de bola é o de ida para a Pedra Furada pela praia a pé, no caminho existem algumas cavernas e piscinas naturais na maré baixa, inclusive o famoso poço da princesa. E o melhor, de graça. Se for pra Pedra Furada o melhor jeito que encontrei foi esse, a volta pode ser feita pelo morro.

Sergio
SergioPermalinkResponder

Excelente o psot de Alexandre Macedo. Estarei indo a Jeri agora em Fevereiro/2017 e usarei suas referencias. Vlw, muito bom.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Na verdade, a lagoa azul é considerada mais tranquila que a do paraíso (e mais bonita também pela maioria, quando cheia), porém se encontra quase vazia após várias temporadas de chuva deficitárias, enquanto apenas o trecho norte da lagoa do paraíso (onde fica o maior "beach club", um tanto careiro), ainda tem um bom volume de água.

Maria Freitas
Maria FreitasPermalinkResponder

Já estive em Jeri duas vezes, vale a pena conhecer.....

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Muito bacana seu relato. Me ajudou bastante!

Nina
NinaPermalinkResponder

Olá, esses passeios de Buggy são indicados pra criança de um ano e meio?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nina! Evidentemente que não. Se não dá mais nem para andar de carro convencional sem cadeirinha, você acha OK carregar seu filho num carro aberto, sem cinto de segurança, pela areia e pelas dunas? Que pergunta...

Rosane
RosanePermalinkResponder

Vou passar alguns dias em Jeri na 2ª quinzena de janeiro, mas vou ficar tb 2 dias e 1 noite em Jijoca. Sendo assim ñ ia fazer esse passeio leste, já q iria às lagoas Azul e do Paraíso estando em Jijoca. E à Pedra Furada dá p/ ir caminhando pela praia deJeri. Ficaria faltando só Barrinha. Vale a pena mesmo? É como nos Lençóis mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosane! Informe-se localmente se a Barrinha ainda está com água quando você for. Em janeiro pode ser que nem esteja mais interessante de visitar. Provavelmente o melhor será curtir mais a Lagoa do Paraíso.

Conexão Paris

Um grande obrigado por ter citado o artigo do Conexão Paris "O que fazer em Paris dia 1 janeiro 2018".

Natália
NatáliaPermalinkResponder

Obrigada pelas dicas Alexandre, estou em Jericoacoara e adorei suas recomendações!

Angelica
AngelicaPermalinkResponder

De férias me programei para ir realizar um sonho, conhecer Jeri, pois pelos comentários da maioria, e fotos, praia lindíssima, bem reservei 7 dias, meu pesadelo começou na chegada, a cidade acha que vertemos dinheiro de tanta exploração, descendo no aeroporto de Jeri, cuidem- se com os taxistas de camisa branca , paguei 70 reais para levar até a vila, com parada em Jijoca, lá chegou a caminhonete e cobrou mais 30 reais, um abuso, bem chegando na vila procurei por passeios, reservei os passeios , dois dias cheios , no terceiro fui conhecer a praia principal, horrível, nunca vi uma praia tão feia, suja, cobram 30 reais pelas cadeiras, uma caipira 30 reais, a noite restaurantes caríssimos, tdo caro mesmo, naquele centro da vila que não tem nada demais, voltei pra pousada, resumindo consegui antecipar meu voo e voltei embora no 4 dia, senão teria que trabalhar em algum mercadinho lá pra comprar um cachorro quente pra almoçar... Nunca mais , lugarzinho rediculo, férias frustadas .

Max
MaxPermalinkResponder

Certamente Angelica, nem todos os lugares são adaptados como uma cidade ou até mesmo agradáveis para todos os tipos de pessoas, boa sorte nas viagens.

Marisa Andrade

Angelica... muito me surpreende ler Suas palavras sobre Jeri!!! Muito me admiro que você tenham tido uma experiência desagradável... talvez por falta de pesquisa!!! Sim... pesquisa! Pois quen viaja precisa de planejamento e ouvi -la dizer que os restaurantes são absurdamente caros... isso destoa da verdade!!!!!! Fui a Jeri 2 vezes em 2017, ano passado... a primeira em alta temporada ( Março é baixa) e mesmo em alta temporada... achei restaurantes ótimos com preços populares com comida deliciosa e caseira a partir de 16, 90 o prato!! Na rua principal e no Beco doce... há vários!!! É claro que há restaurantes de destaque que custam 150 o prato!!! Mas aí é escolha de cada um!!!!!! Se quiser passar a semana comendo bem e saudável... sem extrapolar nas tentações gastronômicas dá pra passar a semana gastando nada mais 350 reais, sem dúvida!!!!!! Uma refeição com carne ou peixe ou ave... mais os acompanhamentos... por menos de 20 reais... me desculpe... é muito barato!!!!!!
Opções de lanches e quitutes não faltam em Jeri!!!! Digo, sem sombra de dúvidas... Jeri É pra todos os gostos e bolsos!!!! Vale a pena cada dia vivido nesse Paraíso!!!!!! Na próxima viagem, Angelica... fica a dica, pesquise e se informe.. pra não se frustrar!!!! JERI é linda!!!! A praia é perfeita... água cristalina... as lagoas são de tirar o fôlego... o povo é querido e hospitaleiro!!!!!! Jeri, sem dúvida.... é o Paraíso!!!!!!!!! Daqui a menos de 20 dias estarei indo pela terceira vez... ficarei 9 dias muito bem vividos e aproveitados!!!!!

Magna Oliveira

Olá. Tem alguém que foi para Jeri mais recentemente. Estarei indo em junho . Poderiam dar dicas de passeios e preços? Obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Magna! Passeios e preços estão atualizados.

Gustavo Lopes
Gustavo LopesPermalinkResponder

As dicas aqui do site foram excelentes. Eu e minha esposa estivemos em Jeri agora em maio de 2018 e fomos em várias indicações. Destaque para o EAT, Na Casa Dela, Pimenta Verde e Naturalmente. De fato, maio é baixa temporada e pegamos algumas chuvas, mas nada que atrapalhasse os passeios. Só o pôr do sol foi comprometido alguns dias (ficamos 7). Mesmo na baixa temporada a Vila tem um movimento bacana. Além dos restaurantes indicados aqui no site, tem tb um happyhour na pousada Hurricane Gardens, na Rua do Forró. A pousada é muito boa e o bar/restaurante excelente com preços bem tranquilos. Vale a ida, mesmo para não hóspedes.

Vanessa Alves de Souza

Boa noite.
Estou indo para Jeri, poderiam me informar passeios legais com um bom preço, lugares bom para comer.
E se é possível ir de Jeri para Lençóis Maranhenses? E me indicar um guia bom.
Pois estou indo sozinha e vou passar 7 dias e gostaria de já ir com algumas coisas programadas pra não ficar tão perdida. Vou me hospedar próximo a PRAIA DO PRÉA.
Desde já agradeço.

Laysse
LayssePermalinkResponder

Olá.. estou querendo conhecer Jeri, mas irei solteira com mais 2 amigas!
Gostaria de saber como é a vida noturna, se tem balada, ou algum lugar mais agitado pra quem é solteiro e procura também um pouco de agito.
Ou seria um lugar mais para viagem em casal? Poderiam me ajudar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Laysse! É um lugar perfeito para solteiros. Tem DJ na areia no esquenta, daí você se informa onde vai ser a festa da noite.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Ola, estou indo realizar meu sonho de conhecer Jeri e estou indo sozinha. Estou indo passar uma semana , indo agora na primeira semana de Julho e pretendo me hospedar em Jeri mesmo por conta da localização. Porem minha grana esta curta, voce pode me da dicas de lanchonetes ou restaurantes mais em conta ? e se é perigoso sair bem cedinho pela manhã? estou anciosa, obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! É só andar pela rua principal, você vai encontrar lanchonetes e restaurantes baratinhos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar