João Pessoa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

João Pessoa: onde comer

O principal bairro gastronômico de João Pessoa é Manaíra. Mas não espere encontrar nenhum corredor de restaurantes: os locais são espalhados pelo bairro.

Para encontrar restaurantes caminhando, o centrinho de Tambaú e a orla de Cabo Branco são mais indicados.

  • Peixes e frutos do mar

João Pessoa: onde comer - Nau

Nau

O restaurante do momento é o Nau, do grupo Mangai, com receitas interessantes servidas em porções generosas que servem duas a três pessoas. Leitores informam que agora o restaurante já oferece meia-porção dos pratos, para quem vai sozinho ou tem gosto diferente da sua companhia à mesa (oba) (av. Lupércio Branco, 130, Manaíra, tel. 83/3021-8003).

Para comer frutos do mar junto ao mar, vá até o fim da orla de Cabo Branco: ali fica o badalado Gulliver Mar (av. Cabo Branco, 5260, tel. 83/3578-6108).

E querendo pagar pouco por boas preparações de peixes e frutos do mar, vá direto ao Quiosque Olho de Lula (av. Cabo Branco, à altura do 2.500, tel. 83/3247-3249)

  • Sertanejos

João Pessoa: onde comer - Mangai

Mangai

O Mangai é o decano dos restaurantes com buffets nordestinos. Foi muito copiado, mas ninguém reproduz a sua qualidade. Recomendo uma visita no início da noite, para experimentar a ceia nordestina: carnes, cuscuz, inhame, batata doce acompanhados de café com leite (av. Edson Ramalho, 696, Manaíra, tel. 83/3226-1615).

O Tábua de Carne é o lugar para experimentar a autêntica carne de sol à moda do Picuí, com excelentes acompanhamentos (se você for sozinho, há porções individuais) (av. Rui Carneiro, 648, Manaíra, tel. 83/3247-5520).

  • Contemporâneos

João Pessoa: onde comer - Roccia

Roccia

Nos quatro anos em que esteve no hotel Cabo Branco Atlântico, o Roccia elevou a gastronomia paraibana a um novo patamar. Agora o restaurante está em Tambaú, onde ganhou ares mais informais. O cardápio rejuvenesce receitas tradicionais e valoriza ingredientes locais, e inclui também panelinhas (tem sempre o 'rubacão' -- mexidão -- do dia), PFs ao meio-dia e comida de boteco no bar. (av. Antônio Lira, 536, Tambaú, tel. 83/988-277-480).

O Quintal Restô, escondidinho numa rua difícil de achar em Manaíra, é sui-generis em João Pessoa: só atende mediante reserva, e só trabalha com menu-surpresa, que muda todos os dias -- respeitando as suas restrições alimentares, claro (r. Eutiquiano Barreto, 836, Manaíra, tel. 83/991-793-900).

  • Italianos

João Pessoa: onde comer - Adega do Alfredo

Adega do Alfredo

O Adega do Alfredo é um dos restaurantes mais tradicionais de João Pessoa, hospedado no hotel Nobile Royal (r. Coração de Jesus, centrinho de Tambaú, tel. 83/3226-4346).

João Pessoa: onde comer - Appetito

Appetito

Para gastar menos (e comer bem), encontre a Appetito Trattoria, numa das ruelinhas do miolo de Tambaú (r. Osório Paes Carvalho Rocha, 35, centrinho de Tambaú, tel. 83/3226-6634).

  • Variados

Se para você ambiente é tão importante quanto a comida, vai adorar o charmoso Empório Gourmet (av. Edson Ramalho, 504, Manaíra, tel. 83/3226-4720).

João Pessoa - onde comer: Degustar

Degustar

Combo de restaurante e delicatessen, o Degustar também tem ambiente superagradável (av. Sapé, 501, Manaíra, tel. 83/3246-5565).

Já o Gulliver é o preferido da elite política local -- o Piantella pessoense (av. Olinda, 590, Tambaú, tel. 83/3247-1495).

  • Francês

João Pessoa: onde comer - L&/#039;Entrecôte de Paris

L'Entrecôte de Paris

João Pessoa tem sua filial da rede L'Entrecôte de Paris, com cardápio e preços iguais aos das outras casas. O entrecôte vem em três tamanhos -- o da foto é o 'clássico' (av. Olinda, 402, Tambaú, tel. 83/3247-4112).

  • Japa

No departamento japas, o Ippon tem sushi moderninho e também pratos contemporâneos de influência asiática (av. Profª Maria Sales, 314, Tambaú, tel. 83/3214-8000).

  • Barzinho-balada

Bem no centrinho de Tambaú, o Empório Café serve sandubas e saladas para um público eclético e alternativo; algumas noites têm show ou karaokê e emendam em balada (r. Coração de Jesus, 145, Tambaú, tel. 83/3247-0110).

  • Costa do Conde

João Pessoa: onde comer - Canyon de Coqueirinho

Canyon de Coqueirinho

Se você tiver ido passar o dia entre as praias do litoral sul, o lugar mais bonito para almoçar é o Canyon de Coqueirinho, entre a falésia e o trecho bravo da praia (Praia de Coqueirinho, tel. 83/993-011-990).

João Pessoa: onde comer - Mangaba, Jacumã

Mangaba

Já se você estiver hospedado na região e quiser jantar fora do hotel, vá até Jacumã e escolha uma das massas do Bistrô Mangaba, agora em novo endereço -- saia da estrada na rua do hotel Viking, e deopois de passar pelo hotel vire na segunda à esquerda: o Mangaba vai estar numa casa verde do lado direito (tel. 83/981-099-215; abre das 18h às 22h).

24 comentários

Marcos Gomes
Marcos GomesPermalinkResponder

Amo João Pessoa , morei nesse paraíso durante cinco anos , depois voltei para o Rio . Como adoro o site , gostaria de contribuir com uma informação , a Adega do Alfredo é o (Português) mais tradicional da cidade e não o Italiano .

Aline suzuki
Aline suzukiPermalinkResponder

Boa noite! Agora o nosso Mangaba bistrô mudou de endereço, estamos próximo ao hotel Viking. Subir a rua do hotel, após passar o hotel virar a segunda rua à esquerda. Uma casa com varanda de vidro.

Bruna Pla
Bruna PlaPermalinkResponder

Ontem dia 13 de março de 2017 fomos ao Gulliver Mar com base nas dicas, ambiente bem elegante e agradável, contudo a comida e a localização deixou a desejar. Local com pouca iluminação na área externa e pratos decepcionantes. Pedimos lagosta na manteiga com espaguete ao molho de tomates e manjericão frescos, porém sem tempero e apresentação horrível, para uma carne nobre como a lagosta, devido ao excesso de macarrão. Outro prato foi camarão crocante com risoto de limão siciliano, camarão no ponto e temperos certos, porém o risoto estava mais para um arroz cremoso com molho branco do que um verdadeiro risoto. Pelo preço, ambiente interno e atendimento, esperávamos um nível melhor da comida.

Ana
AnaPermalinkResponder

Para quem aprecia uma boa gastronomia sugiro o helena resto. Comida deliciosa, preço justo. Fica no bairro de Tambau!! Imperdível Ricardo Freire. Sugiro que conheça na próxima visita à cidade!

Herton Romeu Korn

Sou apaixonado por João Pessoa, já tem 4 anos que vou lá no final do ano. Além de ser uma cidade encantadora, tem uma gastronomia maravilhosa. Tive a oportunidade de jantar no NAU, em minha passagem por Jampa, maravilhoso. Comemos um Mix de Camarões, lagostas e legumes grelhados, simplesmente divino, boa carta de vinhos e ambiente muito agradável !!

Maikel Maia
Maikel MaiaPermalinkResponder

Quem for a João Pessoa, precisa ir no NAU e experimentar o Camarão NAU, um dos pratos mais saborosos que já comi! Fica a dica...

Renato
RenatoPermalinkResponder

Minha última ida a JP foi há cerca de 2 anos e tive a mesma impressão que a sua: pelos preços cobrados o Guliver Mar deixa muito a desejar, os pratos nada tem de memoráveis ou de destaque, parecem comida insonsa feita de forma extremamente burocrática, como de restaurantes comuns

Jacqueline sergio

Cidade bela e maravilhosa lá é tudo de bom

renato
renatoPermalinkResponder

muito bom

Ronaldo
RonaldoPermalinkResponder

Uma cidade maravilhosa. Restaurantes ótimos. Mas, quero ver você não gostar do RUBACÃO. Um prato típico da Paraíba, mesmo que seja no boteco da esquina, é muito bom! Morei 1 ano em Intermares, paraíso! Um dos poucos lugares no Brasil, que podemos ficar na orla até altas horas e com toda a segurança.

Kátia
KátiaPermalinkResponder

Uma das melhores opções em João Pessoa hoje é o Helena Restô, localizando na praia de
Tambaú trata-se de um restaurante de alta gastronomia em um ambiente acolhedor e requintado. Pratos assinados pela chefe Helena Nepomuceno, trazem uma experiência única na gastronomia. Vale muito a pena conhecer!
Instagram: @helena_resto

Fabio Correia
Fabio CorreiaPermalinkResponder

O Helena Restô é um restaurante de cozinha contemporânea e alta gastronomia localizado na Av. Infante Dom Henrique em Tambaú. Um lugar intimista e aconchegante para apreciar um bom vinho e uma gastronomia diferenciada, com preço acessível para todos os clientes. Vale muito a pena conhecer o @helena_resto em João Pessoa. Recomendo todos conhecerem.

Priscila Ribeiro Fontes

Olá, Ricardo! Acompanho seu blog há algum tempo e acho maravilhoso, obrigada pelas dicas sempre! Vim conhecer o Tasca da Esquina, seguindo sua dica, e para minha surpresa, descobri que era o último dia do restaurante aqui em João Pessoa, por isso vim deixar minha contribuição para atualização das informações do seu blog. Hoje, 02/04/17, é o último dia de funcionamento do Tasca da Esquina. Grande abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigada, Priscila! Que pena sad

Celso Luiz
Celso LuizPermalinkResponder

Recomendo o Bar do Sumé em Cabedelo. Ele é uma pessoa fantástica e a comida é mais do que ótima com preços bem razoáveis.

Patrícia Felisberto

Olá pessoal. Acabei de retornar de Jampa. Recomendo o Tábua de Carne em Manaíra. Comida deliciosa, bem servida, preço e atendimento ótimos. Como estávamos hospedados em Cabo Branco fomos de Uber e gastamos menos de R$10.
Estivemos também no Bar do Cuscuz que ficava praticamente ao lado do nosso Flat na Av Cabo Branco: comida gostosa, vista para o mar e música boa! Vale a pena conferir!

Liana Carvalho

Apenas correções e atualizações de uma pessoense:
A adega do Alfredo é um restaurante português (o Alfredo é um patrício!).
L'entrecôte de Paris agora é Bistrô d'Europe, com cardápio internacional variado.

Mauricio Penha

Pela segunda vez que estive em JP fomos no bar Vila Cariri, que fica em Manaíra (coincidência) na rua R. Francisco Claudino Pereira, 500 - Manaíra, lá tem comidas típicas nordestinas num cardápio em formato de cordel. Vale muito.

Greydilmer Nobrega

Estivemos na NAU Frutos do mar.
A casa é grande, com uma arquitetura e decoração maravilhosas. O atendimento não foi excepcional e nem “decepcional”. A questão é que ela é perfeita pra reunir amigos e/ou familiares, pois os pratos são fartos (servem 3 pessoas mas come-se 4 tranquilamente) e, justamente por comportar grupos muito bem, há muito “barulho” e conversas.
Se isso é o que procura e não te incomoda, coloque o NAU como prioridade em sua lista de viagens. Mas se quer um jantar a dois, seu “romantismo” corre riscos. Não me arrependi de conhecer, mas não preciso voltar. Quem sabe pra almoçar, já que fomos a noite! Ainda assim, não posso dar menos que 5 estrelas.
Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Greydilmer Nobrega

Conhecemos o restaurante Marítimos Praia.
Uma casa linda, bem decorada e confortável. Não sei se pelo fato de estar vazia, mas o atendimento foi primoroso.
Estranhamente, ele não é citado em nenhum cite que pesquisei sobre Jampa.
Fomos a noite e optamos apenas por bebidas e petiscos, mas o cardápio é maravilhoso. Quero voltar. Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Greydilmer Nobrega

Fomos pra almoçar no Cozinha Roccia e apaixonamos pela cozinha autoral do chef Onildo Rocha. O ambiente é lindo (arquitetura e decoração), o atendimento foi impecável, os pratos que escolhemos foram maravilhosos (queria comer de joelhos) e os preços foram justos.
Gostamos tanto que voltamos a noite, desta vez pra conhecer o Bar Roccia, no térreo (o restaurante fica no 2º andar). O sanduíche vegano nos deixou salivando.
Definitivamente, está na minha lista permanente de lugares pra frequentar.
Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Greydilmer Nobrega

As pizzas da Sapore D'Itália estão na média. Mesmo pedindo massa fina, faltou “crocância” na minha opinião. A casa também trabalha com todas as outras massas italianas. Fica em frente a orla e por isso é muito gostoso sentar na área externa e sentir o vento noturno. O chope não estava gelado. Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Greydilmer Nobrega

Em visita à Praia do Coqueirinho, fomos almoçar no restaurante Canyon do Coqueirinho.
Não sei como conseguiram construir uma estrutura daquelas num lugar de difícil acesso, mas a casa já tem 18 anos. É grande, com vários ambientes, bem estruturada e com cardápio generoso (muitos pratos servem até 3 pessoas). Por orientação de nossa guia, fomos lá e “agendamos” nossos pratos pra quando voltássemos da Praia do Coqueirinho onde passamos o dia, tivéssemos mesa e menor tempo de espera dos pratos. Infelizmente isso não ocorreu: mesa havia, mas esperamos uns 70 min. Até a chegada dos pratos. Antes disso, nenhum garçom nos ofereceu cardápio de bebidas. Depois de uns 25 min., eu mesmo chamei-o e pedi o cardápio (ele alegou que nosso almoço estava agendado, onde eu expliquei que as bebidas não estavam). Enfim: toda a comida estava fantástica (a moqueca mista foi a melhor que comemos em nossa vida inteira) e independente do que aconteceu, é um lugar que todos precisam conhecer.
Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Greydilmer Nobrega

Em Cabedelo / Praia Formosa, conhecemos a Tenda Formosa, um restaurante “de praia” muito oportuno. A casa tem ótima aparência, cardápio variado, atendimento objetivo e comida saborosa. Mas como tudo é relativo, o que pode ser bom ou ruim pra mim, pode não ser pra outro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar