Praga

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Praga: como chegar

Para saber como se movimentar por transporte público em Praga, veja a página O que fazer.

Voltar | Menu

Vindo do Brasil

Não existem vôos diretos do Brasil a Praga. Ainda assim, qualquer cia. que voe do Brasil à Europa leva você a Praga, com uma conexão na ida e outra na volta. Alitalia, Air France, British, KLM, Latam, Lufthansa, Swiss e TAP vendem passagens a Praga com conexões convenientes e garantidas (se um vôo atrasar, a cia. põe você num vôo próximo, sem custo, e dá a assistência necessária).

Se Praga vai fazer parte de um itinerário maior pela Europa, compre uma passagem a múltiplos destinos, que proporciona o melhor aproveitamento para o seu tempo e seu dinheiro. Usando essa modalidade, oferecida por todas as cias. aéreas em seus sites (e também por algumas agências online), você consegue marcar ida a uma cidade e volta de outra, na mesma passagem. Na maioria das vezes também é vantagem incluir os trechos 'internos' da Europa no bilhete. Veja o passo a passo neste post ou use os serviços de um agente de viagem.

Voltar | Menu

Vindo dos países vizinhos

Alemanha

De Berlim a Praga

São 4h25 de viagem de trem. Na direção Berlim-Praga, compre na ferrovia alemã Deutsche Bahn; na direção Praga-Berlim, na ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês) ou na Deutsche Bahn. Para conseguir tarifas promocionais, compre com 60 dias de antecedência.

Use as grafias 'Berlin' e 'Praha'.

Tanto num sentido quanto no outro, é possível aproveitar o percurso para fazer um pit-stop para visitar Dresden. Use o guarda-volumes e programe uma pausa entre 6 e 8 horas. Leia mais aqui.

De Munique a Praga

Há duas maneiras de viajar de transporte coletivo entre Munique a Praga.

A ferrovia estatal Deutsche Bahn faz a viagem em 4h50, em duas etapas: trem até Nuremberg (Nürnberg) e ônibus de lá a Praga.

A ferrovia privada Alex faz o trajeto direto, em 5h30, usando trens mais antigos. Para comprar passagens com desconto, use o site da ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês). A Deutsche Bahn costuma vender apenas a tarifa cheia nesta rota.

Use as grafias 'München' e 'Praha'.

De Frankfurt a Praga

Se você está pensando em comprar passagem aérea só até Frankfurt para seguir de trem a Praga, saiba que não é bom negócio: a viagem leva de 6 a 7 horas, com uma ou duas baldeações. O trajeto mais rápido leva você de trem a Nuremberg (Nürnberg), de onde você segue viagem de ônibus. Para fazer o trajeto inteiro de trem, serão necessárias duas baldeações, em Leipzig e Dresden. Compre na direção Frankfurt-Praga pela ferrovia alemã Deutsche Bahn; na direção Praga-Frankfurt, na ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês) ou na Deutsche Bahn. Para conseguir tarifas promocionais, compre com 60 dias de antecedência.

Use as grafias 'Frankfurt(Main)' e 'Praha'.

Dá para ir de carro alugado?

  • Nem todas as locadoras permitirão que você atravesse a fronteira da República Tcheca vindo de um país da antiga Europa Ocidental (Áustria, Alemanha, Suíça). Sempre pergunte sobre essa possibilidade, já que rodar por territórios não-autorizados pode implicar em multas ou anulação do seguro.

  • Dito isso, drigir pela República Tcheca é muito fácil. As principais estradas que ligam Praga às capitais e grandes cidades ao redor do país são ótimas e quase inteiramente duplicadas, e mesmo os trechos de pistas simples são muito bem cuidados.
  • Apenas tome cuidado com os limites de velocidade e não esqueça do seu selo-pedágio ('vignette' ou dálniční známka), necessário em todas estas grandes estradas. Veja se a sua locadora fornece para você ou, caso ela não forneça, pare no primeiro posto de gasolina após entrar na República Tcheca e compre um. Ele tem instruções em inglês indicando como e onde deve ser fixado, além de outras orientações.
  • Ao chegar em Praga, entregue o carro numa filial da sua locadora ou guarde na garagem do hotel, porque não vale a pena circular pela capital com ele. O trânsito praguense nem é tão ruim (se você for paulistano, vai achar molezinha), mas é muito mais prático andar de transporte público.

Áustria

De Viena a Praga

A viagem de trem entre Viena e Praga leva 4 horas. Em Viena a estação usada é a Hauptbahnhof (estação Central). Alguns horários têm baldeação em Břeclav. Na direção Viena-Praga, compre na ferrovia austríaca ÖBB; na direção Praga-Viena, na ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês) ou na ÖBB. Para conseguir tarifas promocionais, compre com 60 dias de antecedência.

Use as grafias 'Wien' e 'Praha'.

Hungria

De Budapeste a Praga

De trem, Budapeste está a 6h45 de Praga. Na direção Budapeste-Praga, compre no site da ferrovia húngara MAV (os bilhetes serão coletados na estação). Na direção Praga-Budapeste, compre na ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês). Para conseguir tarifas promocionais, compre com 60 dias de antecedência.

Use as grafias 'Budapest' e 'Praha'.

Eslováquia

De Bratislava a Praga

A viagem de trem entre Bratislava e Praga leva 4h. Nas duas direções, você pode comprar no site da ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês) ou direto com a ferrovia eslovaca ZSSK. Para conseguir tarifas promocionais, compre com 60 dias de antecedência.

Use as grafias 'Bratislava' e 'Praha'.

Trem ou ônibus?

  • No antigo Leste Europeu, devido à precariedade das linhas ferroviárias, o transporte rodoviário sempre foi uma boa alternativa. Mesmo com a modernização de alguns trilhos, viajar de ônibus continua uma alternativa interessante -- mais econômica e com tempos de percurso equivalentes aos dos trens.

  • O Viaje na Viagem tem uma preferência quase ~ideológica~ pelo trem, por ser o mais europeu dos meios de transporte e proporcionar uma experiência inigualável de viagem. Mas se você não conseguir confirmar passagens de trem com a antecedência necessária para conseguir tarifas descontadas, o ônibus faz sentido. Viena está a 4 horas de viagem de ônibus; Bratislava, a 4h15; Berlim, a 4h50; Cracóvia, a 6h10; Munique, a 5h10; Frankfurt, a 7h; Budapeste, a 7h15. Pesquise preços e horários na RegioJet e na FlixBus.
  • A chegada em Praga pode ser tanto na estação rodoviária Florenc, quanto na estação central de trens (sim, a estação central de trens também é ponto de chegada de muitos ônibus). Ambas são conectadas ao metrô de Praga e é fácil ir delas para qualquer lugar da cidade.

Polônia

A Polônia não tem boas conexões ferroviárias com a República Tcheca, nem é possível comprar passagens internacionais online pela ferrovia polonesa. (A RailEurope vende, mas cobra alto sobrepreço.) Caso você resolva ir de trem, saindo da Polônia, passe na estação com alguns dias de antecedência para comprar a passagem. Já no sentido Praga-Polônia, é possível comprar no site da ferrovia tcheca CD (selecione 'en' para versão em inglês).

De Cracóvia a Praga, a viagem mais rápida é de ônibus (6h10 com a RegioJet via Ostrava, 7h30 sem baldeação pela PolskiBus). De trem, a única opção direta é o noturno (veja aqui por que não recomendamos trens noturnos). Para viagens diurnas é preciso ir de ônibus ou trem a Katowice, e lá seguir viagem de trem, às vezes com uma segunda baldeação, em Ostrava. O percurso total varia entre 7 e 9 horas.

O trem direto entre Varsóvia e Praga leva 7h45. Há um horário diurno e outro noturno (veja aqui por que não comendamos trens noturnos). De ônibus, são 10h de estrada (com a RegioJet). Entre Varsóvia e Praga, considere voar.

Calendário de preço de passagem aérea: Praga (fonte: Viajanet)

Voltar | Menu

Leste Europeu/Europa Central: o roteiro mais redondo

  • Compre passagem aérea múltiplos destinos (veja aqui) com ida Brasil-Budapeste e volta Berlim-Brasil
  • Fique 3 ou 4 noites em Budapeste; vá de trem a Viena (2h40)
  • Fique 3 ou 4 noites em Viena; continue de trem a Praga (4h) ou vá de van a Cesky Krumlov (3h30), fique uma noite e prossiga no dia seguinte a Praga de ônibus (3h)
  • Fique 3 ou 4 noites em Praga; siga de trem a Berlim (4h25); faça um pit-stop em Dresden
  • Fique 4 a 6 noites em Berlim; volte ao Brasil

Voltar | Menu

Vindo de outros pontos da Europa

Se você vai combinar Praga com Amsterdã, Paris, Londres, Roma, Barcelona, Lisboa, Suíça, Croácia, o melhor é voar.

Veja aqui como comprar passagens no modo múltiplos destinos e incluir os trechos 'internos' europeus no mesmo bilhete.

Voltar | Menu

Transporte de/para o aeroporto

Como chegar em Praga

A ligação entre o centro de Praga e o seu aeroporto pode ser feita de ônibus + metrô, de táxi ou de trânsfer (que pode ser compartilhado ou particular).

Do aeroporto à cidade de ônibus + metrô

A combinação ônibus + metrô pode ser feita com o Airport Express (AE) e com vários linhas regulares, mas a mais rápida delas é a de número 119.

Como chegar em Praga

O AE leva você até a estação central de trens (Hlavní nádraží), conectada à estação de metrô de mesmo nome. O 119 leva até a estação de metrô Nádraží Veleslavín (linha verde), que é a mais próxima do aeroporto. Destas estações de metrô, você segue para o seu hotel de transporte público.

Os preços para os ônibus são:

  • AE: 60 coroas por pessoa; malas não são cobradas
  • ônibus 119: 32 coroas por pessoa + 16 coroas por mala grande

Os tickets podem ser comprados nos guichês da empresa de transporte público de Praga no aeroporto, nas máquinas automáticas (para o 119) ou direto com o motorista (pagando 40 coroas tchecas por pessoa, no caso do 119). O ticket do AE não é válido para metrô, bondes e outros ônibus; já o ticket do 119 tem 90 minutos de validade em todos os transportes.

Do aeroporto à cidade de táxi

Os táxis da empresa Taxi Praha - a 'oficial' do aeroporto - custam ao redor de 550 coroas tchecas, mas o preço pode variar dependendo do trânsito e do seu endereço na cidade. Você solicita o carro nos guichês da Taxi Praha nos terminais 1 e 2.

Do aeroporto à cidade de trânsfer particular

Como chegar em Praga

O trânsfer particular da Prague Airport Transfers cobra 590 coroas tchecas por um sedã que recebe você com plaquinha e deixa na porta do hotel. O preço é fixo para até 4 pessoas.

Do aeroporto à cidade de trânsfer compartilhado

Para o trânsfer compartilhado, são duas opções: com serviço apenas até o Centro ou até o seu hotel.

Para ir apenas até o centro, use o trânsfer da Prague Airport Transfers. O trânsfer da Prague Airport Transfers pode ser reservado pelo site e custa 140 coroas por pessoa.

O serviço até a porta do seu hotel é oferecido pela Prague Airport Transfers por 290 coroas para uma pessoa ou 450 para duas. Os preços por pessoa caem se você contratar para mais viajantes.

Transporte de/para as estações ferroviária e rodoviária

A estação principal de trens é a Hlavní nádraží; a principal rodoviária, ÚAN Florenc.

Como chegar em Praga

As duas estações são conectadas ao metrô, então é tudo muito fácil. A estação de trens é ligada à linha vermelha, já a estação de ônibus é ligada à linha vermelha e também à linha amarela.

Atenção: sob nenhuma hipótese pegue táxis nas estações ferroviária e rodoviária. É roubada quase certa. Se precisar de um, baixe os aplicativos das companhias AAA e Tick Tack Taxi e peça por ali.

Mas o melhor mesmo é usar a Prague Airport Transfers, que também você nestes lugares; dá para reservar no site igualzinho como você faria com o transporte do aeroporto.

Voltar | Menu

Câmbio em Praga

A República Tcheca não usa o euro. A moeda local é a coroa tcheca, então você vai precisar trocar dinheiro em algum momento.

Não é recomendado fazer isso no aeroporto nem nas estações de trem e ônibus, porque as cotações são ruins e porque existem meios de chegar no hotel sem precisar de moeda local (comprando bilhetes nas máquinas que aceitam cartões e nos guichês da empresa de transportes de Praga ou pagando táxis com cartão). Sem falar que você pode sacar direto nos caixas eletrônicos e ainda pagar o transfer com cartão, euro ou dólar.

Muitos hotéis aceitam que você pague a conta com euros (alguns até com cotações melhores que nas casas de câmbio), mas é sempre bom perguntar antes e saiba que isso vale apenas para o pagamento da sua hospedagem, não para troca comum. Já em lojas e restaurantes não é normal. Alguns aceitam em último caso (se o seu cartão não passar, por exemplo), mas a cotação costuma ser péssima. O melhor é sempre ter coroas tchecas para o dia a dia.

Existem casas de câmbio por toda parte e é muito difícil que alguma delas tente passar uma nota falsa ou qualquer coisa do gênero. Mas na hora de vender seus euros, sempre pergunte quanto você vai receber pela quantia que quer trocar. Muitas empresas espertinhas anunciam uma cotação ótima mas não avisam que ela é válida apenas a partir de um valor mínimo de troca. Ou seja: para valores menores, é cobrada uma taxa enorme que não é anunciada.

Lembre-se que a cotação nas casas de câmbio varia conforme o dia, o horário e a localização -- quando você troca fora do horário bancário, ou em fins de semana, ou muito perto de atrações turísticas, a cotação será pior do que em dia de semana, durante o horário bancário, em zonas mais comerciais (e menos turísticas) da cidade.

Trocar dinheiro na rua? Nem pensar. Não faça isso nunca. É certo que você vai ser enganado.

Ah, sim: e não compre coroas tchecas no Brasil. Mesmo que você ache, e por mais baratinho que pareça, a cotação não será justa. Se for levar dinheiro vivo, leve euros, dólares ou libras, e fique atento às cotações oferecidas.

E se você não quer passar a viagem fazendo conta ou procurando casa de câmbio que ofereça uma cotação justa, considere usar cartão pré-pago ou mesmo cartão de crédito. Os cartões oferecem uma conversão de coroa para dólar mais vantajosa do que as casas de câmbio. E não variam a cotação com o horário, o dia da semana ou a distância do centro bancário. Lembre-se que os 6,38% de IOF dos cartões podem ser mais interessantes do que perder 10 a 15% numa conversão ruim em casa de câmbio. Entenda melhor aqui.

Voltar | Menu

Conexão à internet

É facílimo se conectar em Praga. As operadoras Vodafone, O2 e T-Mobile são as maiores e mais confiáveis da República Tcheca, com ótima cobertura e lojas em vários endereços na zona turística. Você só precisa escolher o seu plano, ir até uma lojas e comprar o chip, sem burocracia. No período de pesquisa deste guia, a operadora com o melhor preço era a O2, cobrando 200 coroas tchecas para 500 MB de conexão por 30 dias, mas os valores mudam e o recomendado é você pesquisar direto nelas quando for. No quesito praticidade, a Vodafone é a melhor se você chegar na cidade pelo aeroporto, porque tem uma loja no Terminal 2.

Para quem prefere ficar só no wi-fi gratuito, uma boa notícia: muitos lugares em Praga oferecem conexão aberta, não precisa nem colocar senha.