St Maarten

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

De uma forma geral, a cena gastronômica do lado holandês tem um jeitão mais americano -- restaurantes maiores, descontraídos, com cardápio menos pretensioso. Já do lado francês fica mais fácil achar os restaurantes menorzinhos, tipo bistrô.

Vale a pena reservar. No lado holandês janta-se mais cedo, a partir das 19h. No lado francês, um pouco mais tarde -- 20h é um bom horário. Na ilha inteira as cozinhas fecham cedo; você dificilmente conseguirá ser servido se chegar depois das 21h30.

Almoço

O almoço na ilha é leve e o ideal é que seja praiano ou com vista para o mar.

Todos os clubes de praia de Orient Beach têm restaurantes competentes. Se estiver no centrinho de Philipsburg, escolha um dos restaurantes ao longo do calçadão (alguns têm mesas na sobreloja, com vista para o mar).

Se for pegar o carro para almoçar, o melhor destino é o vilarejo de Grand-Case, onde você pode escolher entre os restaurantes com vista e o pólo de lollos onde servem comida autenticamente antilhana a preços módicos.

Quando for pegar praia na ilhota Pinel, almoce no Karibuni -- tel. (590) 590-690-396700.

Jantar

Grand-Case desponta como o pólo gastronômico da ilha por excelência. O restaurante mais cultuado é o L'Estaminet; tel. (590) 590-290025. O Spiga tem cozinha italiana renovada; tel. (590) 590-524783. Para peixes e frutos do mar, o Effet Mer é uma escolha segura; tel. (590) 690-670303. Querendo experimentar cozinha antilhana sem encarar um lollo, considere o rústico 'Ti Coin Créole; tel. (590) 590-879209. Grand-Case também tem um lugar bacanérrimo pra ir à noite, o animado Calmos Café, que tem mesas pé na areia; tel. (590) 690-849990.

Se você está em Maho, basta atravessar a rua que vai encontrar restaurantes e pizzarias despretensiosos. Caso goste de comida tailandesa, vá até o Thai Smile, de frente para o mar no Caravanserei Resort (ao lado do Sunset Beach Bar); tel. (1-721) 586-5863. Na praia seguinte, Cupecoy, o Fig é bem charmosinho; tel. (1-721) 545-1041.

Em Marigot, a capital do lado francês, evite os restaurantes da beira-mar, que são bem turísticos. Eu gostei muito do marroquino Le Marrakech; 169 rue de Hollande, tel (590) 690-884040. Se você curte comida indiana, reserve o Pride of India; 28 rue de la République, tel. (590) 690-533762.

É fácil identificar os bons restaurantes de Simpson Bay: pelo número de carros estacionados na porta. Eu gosto do estilão do Greenhouse, na travessa do Atrium Resort; perto do Atrium Resort, (1-721) 544-417.

Phlipsburg meio que morre à noite, quando não há navios de cruzeiros aportados. Mas por ali há uma instituição da ilha, o bistrô francês L'Escargot; tel. (1-721) 542-2483. Se bem que a matriz do Greenhouse, na Bobby's Marina, tem mais a cara do lugar; tel. (1-721) 542-2941.

E se você estiver no Westin, em Dawn Beach vale a pena jantar uma noite no clássico Daniel's by the sea; tel. (1-721) 543-6088.

Como telefonar

Note que telefonar de um lado da ilha para o outro tem suas pegadinhas. Cada lado tem um código de país diferente. No lado holandês é 1-721 (mudou recentemente, antes era 599). No lado francês é 590. Chamadas entre os dois lados da ilha são internacionais, e requerem o prefixo 00 seguido do código internacional (1-721 para St. Maarten ou 590 para St.-Martin). Para ligações locais no lado holandês, dispense o 1-721 e tecle apenas os 7 números do telefone. Para ligações locais no lado francês, dispense o primeiro 590 e acrescente um 0 à frente do número (no total, serão 10 dígitos).

Exemplinhos práticos:

Para ligar para o restaurante L'Estaminet (lado francês), estando no lado holandês, tecle 00-590-590-290025. (Sim, são dois 590, não é erro de digitação. O primeiro 590 é o DDI, o segundo 590 é só o prefixo do telefone.) Estando no lado francês, tecle 0590-290025.

Para ligar para o restaurante Daniel's (lado holandês), estando no lado francês, tecle 00-1-721-543-6088. Estando no lado holandês, tecle 543-6088.