Jericoacoara coronavirus

Jericoacoara agora cobra taxa de turismo (R$ 5 por dia)

Jericoacoara: taxa de turismo

A prefeitura de Jijoca de Jericoacoara instituiu a cobrança de uma taxa de permanência (denominada ‘taxa de turismo sustentável’) de todos os visitantes entre 13 e 59 anos (excetuando os deficientes físicos).

A taxa é cobrada desde 21 de setembro de 2017.

Como funciona a cobrança da taxa de Jericoacoara

Jericoacoara: taxa de turismo

  • Imprima o boleto e voucher. Pague o boleto no banco. Leve boleto pago e voucher com você.
  • Apresente boleto pago e voucher na pousada ao fazer check-in.
  • Caso exceda a permanência prevista, você precisará gerar um novo boleto.
  • No check-out, a pousada lhe dará o canhoto do voucher para você devolver no posto de serviço da entrada da vila.

Voucher Jericoacoara

E se não pagar com antecedência?

Não recomendo. Se não pagar com antecedência, você vai precisar pagar nos únicos dois postos de pagamento disponíveis lá em Jeri:

  • Um posto de pagamento no Centro de Jijoca
  • Um posto de pagamento no Estacionamento de Jeri, na entrada da vila

Se você pagar antes de viajar, só vai precisar entregar o boleto e o voucher na pousada, sem perder seu tempo em Jeri com burocracia.

Existem outros lugares com taxa de permanência?

Sim.

Fernando de Noronha sempre cobrou essa taxa, que atualmente começa em R$ 68 por dia (e vai baixando um pouquinho a partir do 5º dia de permanência). Ao desembarcar no aeroporto, há duas filas — uma para quem já pagou a taxa, outra para quem vai pagar na hora (e precisa preencher o voucher ali mesmo). É preciso apresentar o voucher na pousada, e se vier a exceder o tempo previsto de permanência, será necessário pagar por mais dias.

Morro de São Paulo chegouo a implantar uma taxa de visita. Era uma taxa única, de R$ 15, para qualquer permanência, e era cobrada no píer de desembarque das lanchas. A cobrança foi suspensa pela Justiça em novembro de 2016.

Barra Grande (Península de Maraú) cobra uma taxa de preservação de R$ 10, também para qualquer permanência. A pegadinha é que a taxa só é cobrada de quem chega de lancha, pelo píer de Barra Grande. Quem vem pela estrada não paga. Não há nenhuma espécie de controle com as pousadas.

Leia mais:


Praia em julho: Jericoacoara

26 comentários

Jamais vou me deslocar para uma cidade turística onde cobram taxas pois a gente nesse país já paga tantos impostos e ainda pagar taxas para essas prefeituras que não fazem nada!!!!! O turista não é otario eu tinha até planos a conhecer Jericoacoara mas depois que inventaram essa taxa ( roubo) tô fora o turista vai gastar na cidade e tem que pagar taxa para prefeitura.tem muita gente trouxa façam igual eu não vá a esses locais tem tanto lugar lindo por aí sem cobrança.quero ver esses locais sem turista o que vão fazer!!!

    Muitas cidades ao redor do mundo cobram taxas. Isto não é exclusividade do Jeri.

Acabei de voltar de Jeri, e fui já com o boleto pago, o qual recomendo a todos (atenção, o pagamento é somente possível no BB e Caixa). O motorista que nos levou de Jijoca a Jeri disse que teria que parar no posto de fiscalização da única entrada da cidade para apresentarmos o comprovante de pagamento da taxa de turismo. E no dia de retorno também (os fiscais checam se você pagou por todos os dias de estadia em Jeri). Eles (os motoristas dos transportes) estão sendo orientados a parar obrigatoriamente para esta fiscalização. A única exceção ocorre quando saímos da vila para os passeios (e ao retornar dos mesmos).

Boa tarde
Essa taxa é só pra ficar dentro do parque e se for num passeio por exemplo na lagoa do paraíso , tem que pagar tbm?

Essa taxa é cobrada somente para hospedagem em Jeri? ou é cobrado de todos os visitantes de maneira geral? Caso eu estiver de passagem por lá terei que pagar?

É realmente necessária a impressão? Digo, não posso pegar o código de barras e pagar online no meu banco e apresentar o voucher pela tela do celular?

    Olá, Fabiano! Dê uma ligadinha para a sua pousada, eles já devem saber mais detalhes sobre o funcionamento da medida na prática.

O problema da sujeira nas praias e nas ruas de jeri não é dos moradores e sim dos visitantes com pouca ou nenhuma educação ambiental, quem suja deveria limpar. Querem visitar e deixar o rastro de sua educação. A taxa será mais uma vez usada por estas pessoas para dizerem, paguei para limpar minha sujeira. Como será de R$ 5,00 , com certeza não vão achar caro para suja tudo e depois reclamar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.