Lençóis Maranhenses

Ciclo das águas
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Guia dos Lençóis Maranhenses

Veja neste guia prático de viagem aos Lençóis Maranhenses:

É lindo. É único. É o ecossistema mais original do Brasil. Mas de "deserto", os Lençóis Maranhenses só têm mesmo a areia. Chove bastante no primeiro semestre: é o que faz as lagoas encherem, ano após ano.

Lá por junho, as chuvas cessam e o sol passa a brilhar todos os dias. E então as lagoas começam, lentamente, a secar. Em meados de outubro, a maior parte estará vazia.

Lençóis Maranhenses: as bases

Santo Amaro - Barreirinhas - Atins

A grande novidade dos Lençóis Maranhenses é a pavimentação da estrada a Santo Amaro do Maranhão, o vilarejo que fica praticamente dentro do parque nacional. Santo Amaro oferece um acesso mais rápido a mais lagoas, e suas lagoas também são as que ficam cheias por mais tempo.

Por isso, a partir da versão 2019 deste guia, Santo Amaro passa a encabeçar as dicas dos Lençóis Maranhenses em todas as seções.

Voltar | Topo

Lençóis Maranhenses: quando ir?

Lençóis Maranhenses: quando ir

Vá de meados de junho ao início de setembro

O ciclo das águas é implacável. No primeiro semestre, as chuvas constantes abastecem o lençol freático (captou?), que transborda e forma as lagoas. No segundo semestre, o sol perene vai secando as lagoas que a chuva encheu.

Para visitar os Lençóis Maranhenses em todo o seu esplendor, você precisa ir no no início da época seca, antes que as lagoas evaporem. É preciso esperar parar a chuva porque com tempo nublado as lagoas, mesmo cheias, perdem o encanto: é a luz do sol que ilumina os azuis e verdes das lagoas mais bonitas.

Se você quer ter uma experiência à altura da sua expectativa, vá entre junho e setembro.

Lençóis Maranhenses quando ir

Lagoas na sombra: é preciso sol para que elas brilhem

Lençóis Maranhenses: quando as lagoas estão cheias?

Lagoas supercheias, sol | Junho (2ª quinzena) | Julho

Lagoas ainda cheias, sol | Agosto | Setembro (1ª quinzena)

Lagoas ainda cheias em Santo Amaro, sol | Setembro (2ª quinzena) | Outubro (1ª quinzena)

Lagoas secas, sol | Outubro (2ª quinzena) | Novembro | Dezembro

Lagoas enchendo, chuvas | Janeiro | Fevereiro | Março | Abril

Lagoas cheias, tempo instável | Maio | Junho (1ª quinzena)

Veja a situação mês a mês:

Lençóis Maranhenses entre janeiro e maio

É a época das chuvas. As lagoas começam o ano secas de tudo e só vão ter volume novamente lá por abril ou maio. Mas mesmo quando já houver volume, o tempo estará instável e você pode desperdiçar os passeios encontrando as lagoas sob tempo nublado, sem brilho.

Lençóis Maranhenses entre junho e setembro

As lagoas estão cheias, e o tempo está firme, com sol brilhando todos os dias. Assim estão criadas as condições para uma viagem 100% satisfatória. Quanto mais cedo nesse intervalo você vai, mais lagoas cheias vai encontrar.

Note que, a partir de agosto, algumas lagoas começam já a apresentar volume baixo, sobretudo em Atins. Em Barreirinhas, para pegar o circuito da Lagoa Bonita no auge da beleza, vá até o fim de julho, comecinho de agosto.

Lençóis Maranhenses entre outubro e dezembro

Depois de setembro, as lagoas secam. Em Santo Amaro ainda é possível encontrar lagoas com água até o início de outubro, se a temporada de chuvas tiver sido boa. Mas de maneira geral, a partir de outubro o caçador de lagoas terá o seu objetivo bastante prejudicado.

Mas não tem nenhuma lagoa perene?

A única lagoa perene o ano inteiro, a Lagoa da Esperança, não é como as outras.

Apenas uma de suas margens tem um paredão de duna. Pelo menos metade do seu entorno é composto por mangue. As águas são escuras. Não é a paisagem dos Lençóis Maranhenses que você tem na cabeça.

Lençóis Maranhenses + São Luís

Para combinar a melhor época dos Lençóis com a melhor época de São Luís, venha na época de São João (2ª quinzena de junho), quando a capital está tomada pelo bumba-meu-boi. Comece pela festa e depois vá curtir os Lençóis.

Voltar | Topo

408 comentários

Tuane
TuanePermalinkResponder

Olá, primeiramente muito obrigada pelas dicas, são sempre muito boas, antes de viajar sempre dou uma passadinha por aqui.
Dessa vez nosso destino é o trekking dos lençóis, separamos 6 dias para isso e ainda teremos mais 3 dias sobrando. Minha dúvida é, fora o trekking preciso fazer mais algum passeio que contemple alguma outra lagoa? Ou só o trekking por si só já o suficiente? Temos medo de não fazer mais nenhum outro passeio e nos arrependermos depois.
Desde já obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tuane! A experiência do trekking é complementar ao turismo convencional. Vale para ter a sensação plena do que são os Lençóis e de passar por lagoas inacessíveis à grande maioria dos visitantes. Mas os guias priorizam as caminhadas em horários sem sol alto. Uma parte da travessia é feita de madrugada para que seja menos extenuante. Com isso, você passará por muitas lagoas em horários em que as fotos não ficam tão impressionantes; no meio do dia, as cores da água ficam mais vivas e a transparência se acentua.

Por isso, mesmo que você faça o trekking, vale a pena ter alguns dias extras para passeios convencionais.

Eu sugiro o seguinte:

- faça o circuito da Lagoa Bonita (esse, não a Lagoa Azul) em Barreirinas
- vá a Atins
- faça o trekking
- durma pelo menos duas noites em Santo Amaro (a noite da chegada e a noite seguinte, para ter um dia inteiro de preguiça curtindo lagoas próximas à vila, sem oásis nem caminhadas)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar