Noruega: entre Oslo e Bergen, uma viagem pelos fiordes 1

Noruega: entre Oslo e Bergen, uma viagem pelos fiordes

No caminho entre Oslo e Flåm

| No caminho entre Oslo e Flåm |

Enviado especial | Hugo Medeiros

Minha passagem por Oslo pode ser comparada a um raio. Nem bem cheguei e já fui embora.

O nosso avião chegou pouco depois do meio dia. No free shop é possível observar várias pessoas comprando cigarros e bebidas alcoólicas. Se você fuma ou bebe, é a oportunidade para economizar. Em geral, um maço de cigarros ou uma cerveja custam em torno de 70/80 coroas norueguesas (NOK) e uma dose de vodka aproximadamente 90/100 NOK.

Na saída existe um guichê de câmbio onde é possível trocar euros, dólares e até mesmo reais (é cômodo, mas a cotação é ruim) por coroas. Como cartões de crédito são aceitos em todos os lugares, não é preciso se preocupar tanto em ter grandes quantias de dinheiro em espécie.

Tentei fazer um saque num caixa do banco DNB Norway mas não consegui. Mesmo com o meu cartão do Santander desbloqueado, a operação não foi finalizada. Me disseram que existem agências e caixas do Santander na Noruega, mas não vi nenhum.

O aeroporto fica bem distante do centro da cidade (aproximadamente 50 km), e um táxi cobra em torno de 1000 NOK até o centro. O ideal é pegar o trem, cuja passagem custa aproximadamente 90 NOK. Chegando na estação central, é possível ir de táxi ou shuttle para o seu hotel.

Oslo Opera House

Opera House, Oslo

[Opera House]

Logo em seguida saímos para um rápido city tour em Oslo. Quem nos acompanhou foi o Matias Balbo, um argentino que fala português fluente e conhece muito bem a cidade. Primeiro passamos pela Opera House e vimos a interessante escultura em vidro que fica na água.

O Grito, na Galeria Nacional de Oslo

[O Grito, na Galeria Nacional de Oslo]

Fomos então para a Galeria Nacional. Ela é compacta, com belíssimos quadros e pode ser vista com calma em 1 hora ou menos, dependendo do interesse de cada um. O local de maior movimento é em frente ao quadro “O Grito” de Edvard Munch.

Vigeland Sculpture Park, Oslo

Vigeland Sculpture Park, Oslo

[Vigeland Sculpture Park]

Em seguida visitamos o Vigeland Sculpture Park. Estava frio, chovendo e ventando e mesmo assim adorei o lugar. Além de amplo, possui maravilhosos jardins e esculturas incríveis. Num dia de sol talvez passasse um dia inteiro por lá, fazendo um lanche em frente às belas esculturas do local.

Castelo de Akershus, Oslo

[Castelo de Akershus]

Faltou muita coisa para ver. Com a ajuda do Yngve Sjoberg, que mencionei no primeiro post, fiz uma lista de outras atrações que valem a pena serem visitadas: (I) o Viking Ship Museum, (II) a fortaleza de Akershus, (III) o Munch Museum e (IV) a prefeitura. Normalmente, com 2 noites na cidade já é possível ver as principais atrações.

Como as condições climáticas são imprevisíveis, o ideal é deixar o roteiro aberto, para decidir na hora se o melhor é um passeio a céu aberto, ou em um local fechado.

Uma boa opção para conhecer a cidade é comprando o Oslo Pass, que custa a partir de 290 NOK para o período de 24 horas. Nele estão incluídas as entradas para diversas atrações, o uso do transporte público, alguns tours a pé, além de descontos em city tours, aluguel de bicicletas, etc.

oslo-hotel-holmenkollen-park2Hotel Holmenkollen

[Rica Holmenkollen Park Hotel]

Fiquei hospedado no Rica Holmenkollen Park Hotel, ao lado de uma impressionante pista de ski artificial. O local é bonito, com quartos amplos e confortáveis. As diárias são a partir de 1.000 NOK. No restaurante do hotel você encontra menu degustação com 6 pratos por 895 NOK e pratos principais por 300 NOK. A comida é boa, mas não excelente. Um táxi do hotel até o centro fica em 400 NOK, mas tem uma estação de metrô que fica a 10 minutos de caminhada, sendo que de lá até o centro são 20 minutos.

Se o seu objetivo for passear pela cidade, acho mais interessante cogitar um hotel no centro. Mas se o deslocamento não te incomoda, o Holmenkollen sem dúvida é uma opção interessantíssima.

Saímos de Oslo no dia seguinte pela manhã. Na Oslo Central Station pegamos o trem para Flåm.

Estação de trem em Myrdal

[Estação em Myrdal]

A passagem custa a partir de 500 NOK, e oferece um moderno trem no primeiro trecho até Myrdal (mais ou menos 5 horas de viagem), e um trem histórico na segunda parte até Flåm (em torno de 1 hora e meia).

Trajeto entre Oslo e Flåm

Trajeto entre Oslo e Flåm

Pensei que seria muito cansativo, mas a viagem foi extremamente agradável. No próprio trem é possível almoçar e as paisagens são exuberantes.

Flåm é uma cidade charmosa, pequena e encantadora. Quem quiser se hospedar lá tem os hotéis Flåmsbrygga e Fretheim como boas opções. Ambos oferecem diárias a partir de 1500 NOK. Dentro do hotel Flåmsbrygga está o restaurante Flåmstova que serve comida local e cobra cerca de 180/250 NOK por prato principal, ou então buffet em torno de 300 NOK. Já o hotel Fretheim possui menu a la carte com pratos principais por volta de 200-300 NOK.

A Fabiola Salmoran, que trabalha no VisitFlam, enumerou as principais atrações para quem quiser se aventurar na região: (I) Flåmsbana, o trem histórico que faz o trajeto até Myrdal, o (II) passeio pelo Nærøyfjord, (III) trilha até Stegastein, uma plataforma com mais de 600m de altura, que proporciona uma vista deslumbrante da região e a (IV) Igreja Borgund Stave, no estilo viking, construída em 1180.

Caso você não queira pernoitar em Flåm, é interessante emendar a chegada com um passeio pelos fiordes, e se hospedar um pouco mais à frente.

Nærøyfjord

[Nærøyfjord]

Para quem (como eu) não sabia, “fiordes são uma grande entrada de mar entre altas montanhas rochosas” (Wikipédia). Mas, acreditem, palavras, fotos ou comentários não conseguem retratar com exatidão a grandiosidade e beleza do local. O Nærøyfjord em Flåm pode ser conhecido através de um passeio normal, em um grande barco, ou por meio do Fjord safari, que é uma lancha menor e mais exclusiva.

Nærøyfjord

Nærøyfjord

Enquanto o passeio tradicional custa 350 NOK, o Fjord safari tem preços a partir de 510 NOK por pessoa. No caso do safari, por questões de segurança, é necessário vestir uma pesada roupa de borracha, usar luvas, gorros e óculos, além de colete. Isso é feito porque se alguém cair na água, pode ficar até 1 hora boiando sem risco de hipotermia. No final, apesar do sufoco para colocar tudo, isso apenas tornou o passeio ainda mais peculiar.

Entretanto, podendo escolher hoje, eu optaria pelo heritage taste oferecido pelo Fjord safari (a partir de 720 NOK por pessoa), que além do passeio inclui uma parada numa pequena vila, com apenas 85 habitantes, e que segundo disseram produzem um dos melhores queijos de cabra do mundo. E só é vendido lá.

Durante o trajeto finalmente nos deparamos com os maravilhosos fiordes, cercado por enormes montanhas, coroadas com uma camada de gelo que nunca derrete. Naquele momento você sente como somos insignificantes diante da natureza.

Nærøyfjord

Em momentos como esse, confesso que faltam palavras para descrever o que vi. Lembro então de um tio muito querido, a quem, alguns anos antes, eu tinha questionado sobre como era um restaurante na cidade de Natal/RN. Ao que ele me respondeu simplesmente: “Vá e me conte o que achou”.

Por isso, se alguém quer realmente saber como são os fiordes, só posso falar: veja as fotos, vá até lá, e então me fale o que achou. Talvez você consiga fazer o que eu não posso, colocar em palavras algo que Deus, certamente, criou à imagem e semelhança do próprio paraíso.

O passeio pelos fiordes começa em Flåm e faz uma parada em Gudvangen. No ponto final sempre tem ônibus para a cidade de Voss ou para Flåm, de onde você pode ir para outros locais. Mas no verão é normal que o tour retorne para o ponto de origem. Confirme essa questão antes de embarcar.

Passeio de helicóptero pelos fiordes

[Helicóptero da Air Lift]

Após o passeio fomos surpreendidos com um passeio de helicóptero por cima dos fiordes. A empresa Air Lift oferece diversas opções para os turistas a partir de 3.000 NOK o passeio de 12 minutos para 5 pessoas, chegando a 18.000 NOK pelo trajeto que leva até Bergen.

Passeio de helicóptero pelos fiordes

Passeio de helicóptero pelos fiordes

Passeio de helicóptero pelos fiordes

[De helicóptero pelos fiordes]

Apesar do preço alto, para um grupo de 5 pessoas pode ser algo interessante, já que a experiência é sensacional. Para se ter uma idéia, nos valores de hoje o passeio mais barato fica em 1.300 reais para um grupo de até 5 pessoas, o que corresponde a 260 reais por pessoa.

O helicóptero nos deixou diretamente no Ullensvang, que é um hotel histórico e muito tradicional na região, que fica logo em frente a um lindo fiorde.

Hotel Ullensvang

Hotel Ullensvang

[Hotel Ullensvang]

A diária lá custa a partir de 1.900 NOK e inclui o bufê de café da manhã. O lugar é enorme, com uma linda piscina aquecida, onde é possível nadar ao ar livre mesmo no inverno. O jantar foi no estilo buffet, ao custo de 525 NOK por pessoa, e a comida, apesar de farta e variada, não era memorável. No almoço oferecem um menu de 2 pratos por 235 NOK por pessoa.

Hotel UllensvangHotel Ullensvang

[Hotel Ullensvang]

Por se tratar de um hotel histórico, algumas partes já estão precisando de cuidados. Mesmo assim gostei bastante e considero uma ótima opção de hospedagem na região.

A partir do Ullensvang é possível realizar diversos passeios para cachoeiras, fazendas, fiordes, trilhas, etc. O “cardápio” é variado, e oferece opções para todos os gostos.

Quem está em Flåm chega ao hotel pegando o trem para Myrdal e depois para Voss. A partir de lá tem um ônibus direto para o hotel. Quem fez o passeio pelo Nærøyfjord deve pegar o ônibus (sempre que chega um barco tem ônibus aguardando) para Voss e então o ônibus para o hotel.

Saindo do Ullensvang, a melhor maneira de ir para Bergen é pegando o barco próximo ao hotel que vai até Norheimsund, depois seguindo com um carro alugado para ir até Bergen, ou de ônibus para Voss e em seguida com outro ônibus para Bergen.

No nosso caso fomos de ônibus, guiado pelo excepcional guia/motorista Bjarte Hamre que trabalhar na Tide Reiser. Sempre com um sorriso no rosto, e com a experiência de 30 anos dirigindo ônibus e acompanhando turistas, não poderíamos estar em melhores mãos.

Assim, no dia seguinte bem cedo arrumei a mala, tomei café e fui em direção a uma das cidades mais encantadoras de toda a Noruega: Bergen.

Hugo Medeiros viajou a convite de Visit Norway e Visit Denmark.

Leia mais:

78 comentários

Olá!
Adorei teu post.
Irei para a Oslo em dezembro,mas vou ficar apenas 2 dias completos em Oslo. Será que vale a pena um dia só para conhecer os fiordes? A ideia era um bate e volta partindo de Oslo. Será que é possível ou é muita correria e o melhor é desbravar bem Oslo neste período? Muito obrigado

    Olá, Rodrigo! Dezembro tem pouquíssimas horas de luz natural. O bate-volta a partir de Oslo já seria maluquice em condições normais. No inverno, é jogar dinheiro e tempo no lixo.

Tive o prazer de fazer este passeio aos Fjords Noruegueses e, realmente, não existem palavras que expressem tamanha beleza e encantamento. Parabéns pelas coloca: muito claras e esclarecedoras. Vou voltar lá em setembro e suas informações foram muito úteis e interessantes. Obrigada e boas viagens

Vou para Noruega em maio- Pouca grana para rodar por tudo…quero fazer um belo passeio pelos fiordes – Melhor sair de que cidade? Muito obrigada

Que ótimo resumo do maravilho roteiro! Concordo com você, nunca meus olhos viram tamanha beleza, e não existe uma palavra que possa definir os fiordes!! Bergen então, comi o melhor bacalhau de minha vida e fiquei encantada com cada detalhe da cidade, as ruelas, o Kode, as praças, até as crianças de lá pareciam mais felizes! O passeio, em que observamos a cidade do alto, que vista de tirar o fôlego, tem magia aquele lugar! Oslo e linda, moderna, exuberante, parque vigiland é sensacional, pareciam pessoas mumificadas, o sentindo ultrapassava as imagens! Mas, voltando ao início do meu comentário, nada superou os fiordes, foi sem dúvida alguma uma conexão com uma força maior, uma beleza sem tamanho, meu único desejo, vê-los novamente! Foi um verdadeiro sonho! Nunca deixem de fazer esse passeio, ele é maravilhoso!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.