Onde ficar em Foz? No Centro ou na estrada?

Cataratas vistas do passeio de helicóptero

Na minha passagem por Foz do Iguaçu no fim do ano passado, dividi a estada entre o Hotel das Cataratas (adorei; relato aqui) e um albergue em Puerto Iguazú (bem mais ou menos, não vale a pena recomendar; veja sugestões do lado argentino aqui).

Na minha primeira estada, tinha ficado no centro (no hotel Internacional, um 4 estrelas business que depois virou Mercure, que depois voltou a ser Internacional) e no antigo Tropical das Cataratas.

Não simpatizo muito com o Centro de Foz. Acho grandão e pouco amigável a caminhadas. Mas também sei que por ali ficam hotéis com boa relação custo x benefício, como o Bella Itália (recomendado pelo Ernesto) e o Tarobá Express (que intuo ser uma boa opção budget, mas não tive tempo de visitar). No quesito localização, o Centro é… ahn… central para quem fazer todos os lerês do cardápio: Itaipu, Ciudad del Este, Argentina e parque brasileiro.

Os hotéis com melhor estrutura de lazer ficam ao longo da Rodovia das Cataratas, que em menos de 30 km liga o centro da cidade ao parque brasileiro, com ramificações para a estrada para a Argentina (logo na saída do centro) e para o aeroporto (pertinho da entrada do parque). Além de mais agradável, a localização é ideal para quem quer ficar só na dobradinha lado brasileiro + lado argentino. Estar de carro ajuda.

Por ali ficam os três resorts da região: o Mabu, que trabalha com sistema all-inclusive, o Bourbon e o Iguassu.

A melhor localização, porém, é a do San Martin, que fica praticamente colado à entrada do parque, e a uma distância caminhável tanto do Parque das Aves quanto do passeio de helicóptero (e tem uma piscina agradável). É a opção mais conveniente para quem quer ficar na estrada mas não pretende alugar carro. A Sylvia recomenda — com uma ressalva: é melhor pedir a ala nova.

E você? Já foi a foz? Ficou hospedado no Centro ou na estrada? Recomenda o hotel em que ficou? Conte pra gente!

Leia mais:

195 comentários

Em 2007 a gente ficou no Tarobá Express. Gostei de lá. Fica bem perto da rodoviária, de alguns restaurantes e de um pequeno zoológico.

Uma coisa que eu achei simpático lá é que todo dia, quando a gente chegava no quarto, a toalha estava dobrada de uma maneira diferente. Só uma frescurinha, mas simpática.

Fiquei no Hotel Casino Iguassu, mas achei indispensável o aluguel do carro. Gostei, mas quando voltar para lá quero me hospedar no Hotel das Cataratas, pelo seu post achei que deve se o melhor de lá. Um amigo que estava conosco ficou no Hotel Loi na última noite e gostou muito, mesmo tendo que pegar um trecho off road.

Sou de Foz mas vou dar meu pitaco, fora o centro e rodovia das Cataratas tem um hotel bem legal na BR 277, na entrada de Foz, eh o Rafain Palace, nao se denomina um resort mas tem toda a estrutura, uma enorme area de lazer, equipe de recreacao super qualificada, as festas de Reveillon e Natal de la sao das mais famosas da cidade. Para quem quer descansar e curtir o hotel fazendo poucos passeios eu super indico!

Fiquei hospedada no Nadai Confort Hotel – R$ 120,00** o casal. http://www.nadaiconforthotel.com.br
Muito bom hotel, categoria 3 estrelas, adorei o café da manhã, tem piscina, quartos novos. O Nadai está no centro. A localização central é melhor para quem quer fazer Itaipu e Cataratas (e de quebra o Paraguai) e está sem carro. Fica a duas quadras do terminal de ônibus, que leva para todos os cantos da cidade, inclusive a Ciudad del Este. (Na verdade, o ônibus que vai até Ciudad del Este a gente pega em frente ao terminal, não dentro.)

Também não visitei o Tarobá Express que é a opção econômica número 1 de muitas operadoras, mas conheci o Villa Canoas, perto do Nadai – portanto, central. E achei uma ótima opção econômica: R$ 90,00** o casal. Os quartos são pequenos, mas reformados, com banheiros limpíssimos. http://www.hotelvillacanoas.com.br

** Valores para maio/2010

Post veio na hora certa! Hoje mesmo falei com a Sylvia sobre hoteis em foz 😉
Tirou algumas duvidas…deixou outras tantas e ainda por cima deu dicas de hoteis.
Eu pretendo ir nos dois parques, Itaipu e a noite em Puerto Iguazu, entao ja sei que tenho que procurar por todos os hoteis hehehe
Agora a duvida que ficou e: vale a pena alugar carro em Foz?

    Eu alugaria. Caso não alugasse, ficaria no San Martín duas noites e uma ou duas noites no centrinho de Puerto Iguazú.

    “Tirou algumas duvidas…deixou outras tantas e ainda por cima deu dicas de hoteis” isso foi este post , não eu né ? 😉

Neste caso, creio que é importante definir o objetivo principal da viagem , antes de cacifar hospedagem .
Se são as belezas naturais , as compras ou ambos.
Como em mais da metade dos casos são ambos , veja quanto do tempo disponivel pretende dedicar a cada um , e a escolha fica mais fácil 😳
( se a resposta for não sei , qualquer um serve)

Já estive no burbon a trabalho,e no Bella Italia por conta. Recomendo o Blla Italia, é confortável, o cafe da manhã e exceletne, me dá saudades até hoje… O único porém é que é um hotel sem área de lazer, só tem uma piscina minuscula. O Acesso de onibus é bem fácil, e dá para ligar e dar uma chorada no preço.

O Burobon é bonito, tem um belo lazer, um mini zoo e as piscinas são maravilhosas, mas a meu ver só vale a pena pagar a diaria cobrada se a intençao for ficar dentro do hotel.

Fui a Foz e fiquei no Bella Italia, no centro.
Longe demais das Cataratas.
Estava com criança. Acho que deveria ter ficado mais perto, ou seja, na estrada mesmo.
Alem disso, fui em novembro, uma calor do Senegal!
Antes do embarque, o desespero em relaçao ao calor era tamanho que fui me refugiar naquele parque com piscinas na beira da estrada.

Fui a Foz em 2005,fiquei na rodovia das cataratas,no Bristol Carimã,antigão, mas bem conservado (na época !) e com boa comida.Já tinham minha falado da insegurança lá,não tive problemas .Fiz, por conta própria , todos os passeios,as cataratas dos dois lados,parque das aves,Puerto iguazú e cidade de leste(dispensável…).E, adorei a viagem,as cataratas são estonteantes!!!Achei muito bom ficar num hotel na estrada,pois o tesouro de Foz está bem pertinho dali.

http://www.hotelcarima.com.br/v4/conteudo/index.htm

Posso dar um pitaco ?

Hoje eu vejo essa questã de acomodação assim: a gente se informa de onde é melhor ficar ( o objetivo deste post), faz uma lista dos mais recomendados aqui , dá uma conferida no tripadvisor e aumenta a lista (aqui, + uma obs:olhe as tarifas do tripadvisor numa ordem de grandeza ( 500,300,200) mas não dê bola, e vá atrás do site do hotel e de ofertas com os consolidadores)

Então, com a lista em mãos vá buscar ofertas , pois sempre tem muitas. Se encontrou, compre no mesmo minuto, senão continue procurando dia após dia.

Pode acontecer de um hotel 10 estrelas e quem estava nos planos , pois a localização não era lá essa maravilha, estar com uma tarifa imbatível! Neste caso dá pra mudar os planos 😉

Resumindo a “viagem” aí de cima :
*Não seja muquirana ao buscar hotelaria , olhe tudo , pois pode dar gol 😎
No centro ou na estrada , a melhor escolha é a oferta que a gente conseguiu comprar.

    Concordo com a Sylvia (novidade..) que no final é isso que a gente faz mesmo. Buscar a melhor oferta. Mas quando estive em Foz, há muuuuito tempo, fiquei no centro e não gostei. Quando cheguei no parque brasileiro e dei de cara com o Hotel das Cataratas, fiquei babando. Tanto assim, que há não muito tempo atrás, mesmo antes da reforma, quando o hotel estava super caído, era o hotel que eu reservava para os gringos da empresa que aportavam por aqui. Antes da reforma era bem mais acessível e eu achava que ali era O lugar para ficar.

    Hoje, pós-orient express, ele ficou lindíssimo , mas deixou de ser acessível. Como acho as Cataratas, junto com os Lençóis Maranhenses, os destinos mais impressionantes do Brasil, recomendo fortemente a todos que conheçam, seja para ficar onde for possível.

    Acho também sempre que possível, ver pela questão do custo x benefício é mais bacana do que simplesmente pelo preço. Pra quem vai empacotado, o hotel quase tanto faz: todo dia vai passar um ônibus na frente do hotel (e de todos os outros) para levar a turma para algum lugar. Quem vai desempacotado deve levar em conta como vai ser a sua rotina: como a localização vai impactar no transporte escolhido (carro, táxi, transporte coletivo, passeios guiados).

    É isso, Riq: custo-benefício. Escrevi melhor oferta, mas estava pensando na combinação, claro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.