Roubo de bagagem em carros alugados: como (tentar) evitar 1

Roubo de bagagem em carros alugados: como (tentar) evitar

Viela em St.-Tropez

Muitas viagens de sonho começam de uma mesma maneira: “Então a gente aluga um carrinho e…”. Provence, Toscana, Costa Amalfitana, Andaluzia, Califórnia, Orlando, Miami e até mesmo algumas ilhas do Caribe são destinos muito mais bem aproveitáveis a bordo de um carro alugado. Os cenários bucólicos ou pretensamente seguros nos deixam menos alertas, e assim acabamos sendo alvo fácil de ladrões de bagagem.

Eles estão em qualquer lugar. Leitores relataram ter tido computadores, bolsas e até malas inteiras roubados por malandros em estacionamentos de postos de gasolina, vinícolas e parques da Disney. A ação costuma ser rápida e às vezes não deixa sequer vidros quebrados ou outros sinais de arrombamento. Dos depoimentos que recebemos, nenhum leitor menciona ter conseguido qualquer tipo de ressarcimento ou compensação pelo prejuízo sofrido. (Normalmente os seguros não ressarcem furtos — apenas roubo.)

Para se evitar situações como estas, é recomendável planejar o mínimo de paradas pelo trajeto com o porta-malas cheio. Quando for inevitável, prefira parar em locais com estacionamento fechado. Para usar o banheiro ou comprar água no caminho, procure revezar os turnos entre os passageiros, para que sempre haja alguém junto ao veículo.

Não esqueça no carro os celulares e eletrônicos em geral, dinheiro, cartões, passaporte e outros documentos. Evite deixar aparelhos GPS, cabos, folhetos de turismo, casacos ou sacolas sobre o painel ou sobre os bancos.

Veja como acontecem os roubos, nos relatos dos leitores:

Flavia
O problema de furtos nos estacionamentos de shoppings em Orlando já é até antigo. Em 2010 tivemos nossas compras roubadas de dentro do carro no Premium Outlets. Para evitar esse tipo de transtorno, os brasileiros estão levando malas com rodinhas para os outlets para colocarem suas compras dentro, e dessa forma não deixar dentro dos carros. É um trambolho, mas é uma forma de não arriscar ser roubado e não ter que ficar voltando toda hora no hotel para deixar o que já comprou. Relato completo aqui.

Marcelo
Fui buscar um computador que tinha encomendado na Sony do Mall At Millenia e segui direto para o Magic Kingdom para ver a parada noturna e os fogos. Fomos ao parque e voltamos ao hotel. Quando abro o porta-malas, vejo que tinham roubado um iPhone e o notebook. Eu estava hospedado em um hotel da Disney e simplesmente não acreditei naquilo na hora. O gerente geral do hotel foi muito atencioso, mas o pessoal do Magic Kingdom não queria nem chamar a polícia. Voltei ao parque, chamei os policiais por conta própria, registrei a ocorrência e abri uma queixa no parque. Falaram que não pagariam nada que não é segurado, que a seguradora do meu carro teria que responsabilizar. No dia seguinte, fui com a polícia até o estacionamento do parque e à central do Magic Kingdom. O responsável não queria disponibilizar imagens; falou que não tinha câmeras no estacionamento. A polícia, apesar de empenhada, não teve apoio nenhum da Disney para tentar localizar os suspeitos. Depois de alguns meses, recebi um cartão da Disney pedindo desculpas e nada mais. Relato completo aqui.

Karine
Aluguei um carro em Bariloche e percebi que sua fechadura estava estranha, mas não me importei. No primeiro dia, parei o carro no centro e deixei alguns pertences, como máquinas fotográficas e filmadoras, além de algumas roupas de esqui no porta-malas. O carro foi arrombado e tudo roubado. Fiquei muito triste, pois o prejuízo girava em torno de 7 mil reais. Enfim, fiquem atentos, pois suspeito da própria polícia. Relato completo aqui.

Mauricio
Aluguei um carro em Santiago do Chile. Fui ao centro da cidade e estacionei na rua de La Moneda num estacionamento particular. Quando voltei ao carro, após 1 hora de passeio, meu GPS que estava no painel havia sido roubado. Abriram a janela do meu carro (não sei como conseguiram) e levaram-no. Após isso, segui para Viña del Mar, com toda a bagagem (5 malas). Estacionei na frente de um restaurante (Mar de Viña) e um guardador de carros perguntou se poderia olhar o carro. Aceitei. Após almoçar, ao retornar ao carro, vi que havia sido arrombado. Levaram toda minha bagagem (quase 15 mil reais de prejuízo). O guardador disse que nada viu. Fui dar queixa aos carabineros no aeroporto e até o momento nem o número da denúncia me enviaram. E pior, a locadora do carro ainda quer me cobrar uma franquia de mil dólares pelos danos ao veículo. Relato completo aqui.

Malu
Em Bonnieux, miolo da Provence, uma cidadezinha bucólica, deixamos o carro estacionado às dez da manhã, junto com outros tantos, e quando voltamos todas as malas tinham sido roubadas. Éramos quatro passageiros e nada ficava visível, mas disseram que eles identificam os carros de aluguel. Vários turistas foram roubados neste dia, a sorte é que estávamos com documentos e dinheiro “grudados” no corpo! Relato completo aqui.

Heloisa
Fomos roubados na Provence, perto de Avignon, na França. Estacionamos o carro dentro de uma vinícola cercada e com portão (porém aberto). Tudo aconteceu em menos de 10 minutos. Foi o tempo de entrarmos para degustar um vinho, e quando retornamos ao carro, ele estava totalmente vazio. Levaram toda a nossa bagagem, maquina fotográfica, casacos, enfim, TUDO! Só não perdemos os passaportes e cartões de crédito, porque estavam na minha bolsa. Fomos à policia, fizemos o B.O., mas de nada adiantou! Ficamos muito decepcionados, pois tivemos a preocupação em todas as paradas da viagem, por conta de já ter conhecimento deste tipo de roubo, e mesmo assim aconteceu. A vinícola não assumiu a responsabilidade, nem tampouco nos ajudou. O que suspeitamos é que devíamos estar sendo seguidos ou que o nosso carro estava marcado. Fizemos um leasing com a Peugeot, e a placa vermelha só serviu para alertar aos ladrões que éramos turistas. Para conhecimento de quem vai a esta região, a vinícola se chama Cave le Pavillon des Vins – Châteauneuf du Pape. Relato completo aqui.

Leia mais:

58 comentários

Fiz isso também quando peguei trem na Europa. Estavam roubando muitas malas em trens. Levei essas correntes de trancar bicicleta e amarrava as malas nos canos de aço dos maleiros.

Reitero os comentários, viajamos e precisamos saber o que tem acontecido.
Portugal por exemplo atualmente é um país com muitos problemas de roubos ( carros e carteiras). Em abril deste anos sofremos roubos em Lisboa e Porto. Nossas malas foram levadas em Porto e em Lisboa minha carteira foi roubada (passaporte, dinheiro cartões) tudo levado. Quem viaja pelo país de Portugal tem que se cuidar bem.

Em Portugal em abril de 2019 fui roubada em duas cidades:
Em Lisboa levaram minha carteira com passaporte, cartões e dinheiro dentro de um restaurante. A policia recuperou meu passaporte e pude seguir viagem para outros países da Europa, mas foi bem tenso.
Também em Lisboa assim que pegamos nossas malas na esteira percebemos que estas estavam todas violadas e remexidas, as malas foram danificadas mas não sentimos falta de nada, tínhamos seguro viagem e não prestamos reclamações também porque a fila para isto na companhia portuguesa ” TAP Air “estava enorme, ou seja, isto tinha acontecido com muito passeiros na mesma companhia “portuguesa”.
Em Porto o vidro do carro ,que tínhamos alugado foi quebrado, (muito cuidado com isto porque é comum já que os carros são identificados como alugados) e levaram nossas malas e um MacBook, além de várias coisas que tínhamos comprados durante a viagem, pois estávamos percorrendo várias localidades da Europa neste viagem. Os português costumam acusar os estrangeiros por estes roubos, acusaram os brasileiros e romenos, mas isto é puro preconceito porque a própria policia nos disse que há muitos portugueses envolvidos neste crimes. Ficamos indignados com este tipo de acusação porque nós “brasileiros viajantes” que somos as vitimas de roubo e também de preconceito. Os brasileiros fazem muito turismo na Europa e contribuem com economia desses país. Apesar de tudo nossa viagem foi bonita e achamos as cidades portuguesas lindas. Eu pretendo voltar, mas agora, bem mais insegura, tomando muito cuidado porque agora já sabemos que Portugal não é um país de primeiro mundo, quando muito um “segundo mundo arrumadinho”, com muitos problemas de segurança.

Fui roubada na Itália em Roma, quase ao lado do coliseu, atrás do batalhão do exército e há uma quadra da estação de polícia!
Iríamos de Roma pra Veneza, paramos no Coliseu questão de 1 hora e meia, voltamos ao carro que alugamos e não encontramos nada!!
Nao houve sinal de arrombamento ou danos no carro!
Mas me roubaram 2 MacBooks, jóias, roupas, sapatos! Prejuízo acima de 25 mil reais! 😕
Ficamos apenas com a roupa do corpo, registramos a ocorrência e os policiais foram muito atenciosos, mas não temos esperanças de recuperar nossos pertences.

Caraca….
Estou pensando em alugar um carro para viajar pela Croácia, mas pelo visto tenho que tomar mais cuidado com o carro do que aqui no Brasil….rsrsrs
Pelo que entendi, não dá para confiar nem em estacionamento pago…..

    Pedro, não sei se já foi, mas algumas amigas acabaram de voltar de lá e fizeram o país de ônibus tranquilamente.

Meu caso é bem comum então locamos um carro no aeroporto de Cancun e ao pararmos para jantar no frinday em estacionamento fechado e pago tivemos a bagagem roubada infelizmente nos sentimos impotentes e após analisar com meu lado Invesrigatico não fica dúvida estes veículos de locado dispõem de mecânicos clandestinos de rastreadores cuidado NÃO PAREM jamais ao saírem do aeroporto

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.