Ayuttaya

13 roteiros de viagem pelo Sudeste Asiático comentados pelos leitores

Pesquisa e foto | Mariana Amaral

Roteiros pelo Sudeste Asiático não são fáceis de montar: são viagens longas que envolvem escolhas quase cruéis. Laos ou Mianmar? Camboja com ou sem Phnom Penh? Como encaixar Hoi An? Qual ilha visitar na Tailândia? Nas caixas de comentário do Viaje na Viagem, leitores costumam pedir pitacos sobre seus roteiros, que são então publicados no Perguntódromo, gerando uma nova leva de dicas.

Como essas discussões acontecem em posts diferentes, ou em páginas diferentes da caixa de comentários de um mesmo post, achei melhor reunir todas essas discussões num post só, para que não seja preciso partir do zero de novo a cada roteiro.

5 dicas essenciais

Se você está planejando viajar para o Sudeste Asiático, dê uma olhada com carinho no que já foi discutido nos vários roteiros propostos. A essas alturas, é difícil haver uma dúvida de sintonia fina que já não tenha sido comentada anteriormente.

De quebra, aí vão 5 dicas minhas para montar o seu roteiro pelo Sudeste Asiático:

  • Vá com calma. Nos primeiros dias você vai precisar se recuperar da paulada da diferença de fuso horário. Evite pernoites únicos: se você dispõe de apenas 24 horas para um escala, vai acabar desperdiçando a maior parte do tempo no deslocamento e nos procedimentos de chegada e saída dos hotéis. Divida o número de dias de viagem pelo número de paradas. Se o resultado for inferior a 3, sua viagem está muito corrida.
  • Evite a época das monções. A melhor época para viajar é entre novembro e março. O Sudeste Asiático é uma excelente alternativa de viagem para Natal, Réveillon, janeiro e Carnaval.
  • Viaje leve. Lavar roupa no Sudeste Asiático (e na Índia também) é bico. Qualquer hotelzinho oferecerá um serviço 5 estrelas a preços camaradíssimas. Basta se hospedar duas noites num mesmo lugar para ter toda a sua roupa lavada e passada no capricho.
  • Conheça as rotas aéreas. As duas cias. aéreas que melhor quebram o galho entre os destinos mais procurados são a Bangkok Airways e a Vietnam Airlines. A Bangkok Airways voa entre Bangkok e Siem Reap, Luang Prabang, Yangon, Chiang Mai, Phuket, Krabi, Ko Samui — e agora, desde o final de novembro, também opera duas rotas que vão ajudar muito em alguns roteiros: Yangon-Chiang Mai e Chiang Mai-Phuket. Já a Vietnam Airlines resolve bem as ligações entre Vietnã, Camboja, Laos e Mianmar, com as rotas Hanói-Siem Reap, Hanói-Luang Prabang, Hanói-Yangon, Saigon(Ho Chi Minh)-Siem Reap e Saigon(Ho Chi Minh)-Yangon.
  • Praia é um ótimo desfecho, mas não deve ser o foco principal. Vejo em muitos roteiros uma ênfase exagerada em percorrer o máximo de ilhas e praias na Tailândia. Pessoal: deixa o pula-pula entre ilhas pra Grécia ou pro Caribe. As praias da Tailândia entram nessa viagem como aquele descanso final depois de um périplo exaustivo por alguns dos lugares mais fascinantes do planeta. As praias são lindas, mas culturalmente falando são genéricas. Escolha uma base de praia para ser feliz.

Roteiros até 15 dias

A viagem da Tina

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Koh Phi Phi, Bangkok)

Duração: 10 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem do Maia

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Chiang Mai), Camboja (Siem Reap), Tailândia (Bangkok)

Duração: 15 dias.

Veja discussões a partir daqui.

Roteiros entre 16 e 20 dias

A viagem do Erick

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Koh Samui, Ao Nang, Phi Phi Don, Maya Bay, Bangkok)

Duração: 18 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Georgia

Itinerário: Tailândia (Bangkok), Laos (Luang Prabang), Camboja (Siem Reap), Tailândia (Krabi, Koh Phi Phi, Bangkok)

Duração: 20 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem do Philipp

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Sukhotai, Chiang Mai, Krabi, Koh Phi Phi), Camboja (Siem Reap)

Duração: 20 dias.

Veja discussões a partir daqui.

Roteiros de 21 a 30 dias

A viagem da Carolina

Itinerário: Tailândia (Bangkok), Camboja (Siem Reap), Tailândia (Bangkok, Koh Phangan, Krabi, Phuket), Malásia (Kuala Lumpur), Cingapura, Emirados Árabes (Abu Dhabi)

Duração: 22 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Vanessa

Itinerário: Tailândia (Bangkok), Camboja (Siem Reap), Vietnã (Hanói, Baía de Halong), Tailândia (Chiang Mai, Bangkok, Railay Beach, Koh Phi Phi, Koh Samui, Bangkok)

Duração: 23 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Renata

Itinerário: Cingapura, Tailândia (Koh Phi Phi, Koh Lipe, Bangkok), Camboja (Siem Reap), Hong Kong

Duração: 26 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Beatriz

Itinerário: Tailândia (Bangkok), Camboja (Siem Reap), Vietnã (Hoi An, Hanói, Halong Bay, Hanói), Laos (Luang Prabang), Tailândia (Bangkok, Krabi, Koh Phi Phi, Bangkok)

Duração: 28 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem do Baiano

Itinerário: Hong Kong, Macau, Tailândia (Bangkok), Camboja (Siem Reap, Phnom Penh), Tailândia (Chiang Mai), Mianmar (Yangon), Tailândia (Phuket, Krabi, Koh Phi Phi, Koh Phangan), Malásia (Kuala Lumpur, Melaka), Cingapura

Duração: 30 dias.

Veja discussões a partir daqui.

Roteiros de 31 a 40 dias

A viagem da Tatiana

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Chiang Mai, Chiang Rai, Ayutthaya, Sukhothai, Koh Phi Phi), Camboja (Siem Reap, Phnom Penh, Sihanoukville, Koh Rong), Laos (Luang Prabang, Vientiane), Vietnã (Ho Chi Minh, Hoi An, Delta do Mekong, Phu Quoc)

Duração: 31 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Ilma

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Chiang Rai, Chiang Mai), Mianmar (Mandalay, Bagan, Yangon), Tailândia (Phuket, Koh Phi Phi, Railay Beach, Ao Nang, Krabi), Camboja (Siem Reap), Tailândia (Bangkok), Emirados Árabes (Dubai)

Duração: 35 dias.

Veja discussões a partir daqui.

A viagem da Camila

Itinerário: Tailândia (Bangkok, Railay Beach ou Ao Nang, Koh Phi Phi), Camboja (Siem Reap, Phnom Pehn), Vietnã (Ho Chi Minh), Cingapura, Malásia (Kuala Lumpur), Vietnã (Hanói), Tailândia (Chiang Mai), Emirados Árabes (Dubai)

Duração: 40 dias.

Veja discussões a partir daqui.

Leia mais:

Passagens mais baratas para Tailândia no Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Mondial Assistance

Alugue de carro na Tailândia na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Tailândia com a Viator

 

116 comentários

Como sempre, ótimo post!
Eu queria ir para o sudeste asiático em julho, e como é temporada de chuvas em vários paises, pensei em me concentrar na Indonésia, mas não há nenhum relato aqui. Alguém tem dicas?

Oi!
Alguém indica agência de viagens com pacote para Filipinas?
Pode ser brasileira ou estrangeira. De preferência que tenha sido testada. 😉
Obrigada!

    Olá, Bia! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

    Oi Bia td bem?

    Não há uma agência especializada em Filipinas no Brasil, assim como existem para outros destinos pois o país embora lindo ainda não tem uma infra estrutura para o Turismo que atraia uma quantidade de turistas que justifique investimento.
    Sou agente de viagem e posso te ajudar, se quiser já trabalhei com roteiros para esse país e tenho algumas opções para as Filipinas.

    Se quiser me contatar, pode me enviar um e-mail: [email protected]

    Abraço

    Fernando

Me ajudem com uma dúvida, please….

é melhor procurar passagem com ida e volta da mesma cidade (tipo Sp – Bangkok) ou vale a pena comprar multiplus destino, chegando por uma cidade e voltando por outra?

    Talita,

    Algumas vezes o preço permite você emitir o voo de volta por outro aeroporto que não de origem, o que ajuda muito a montar itinerários de viagem.

    As melhores opções de voos para Bangkok geralmente são pela Catar e Emirates, que operam em vários aeroportos do Sudeste Asiatico.

    Abraço

    Fernando

Oi Rodrigo, eu passei 3 meses na Asia em 2018 e posso te dizer que é ótimo. A única coisa que me ocorre é a questão do tempo, se vc tem 60 dias, vai queter passar todos lá, e eu acho que vale a pena. Um lugar mais lindo que outro. Na Tailândia há muitas ilhas lindas, mas há também o norte do país. Na indonésia, há Ubud, ms tbém praias e ilhas. Então, meu conselho seria focar mais tempo.

Olá, pessoal!

Depois de 15 anos trabalhando duro na mesma empresa, resolvi dar uma pausa de dois meses para pensar na vida e repensar a carreira… Pra isso, optei por uma viagem ao Sudeste Asiático, já que nunca estive na Ásia e, acredito, é um lugar bem próprio para os objetivos que citei acima… A ideia é passar 30 dias por lá, partindo no começo de abril e retornando no início de maio. Após ler vários artigos e pesquisar bastante, imaginei fazer o seguinte roteiro: Turquia (aproveitar o stopover e ficar quatro dias em Istambul), Tailândia (uns dez dias), Vietnã (oito dias), Camboja (três dias) e Indonésia (cinco dias).

Perguntas: 1) Acham o roteiro viável? 2) Quais cidades/lugares visitariam nestes países? 3) Trocariam algum país?

Ajudem esse viajante amigo, vai! 🙂

Abraços e obrigado!

    Rodrigo, faça uma boa pesquisa com relação à época das monções em cada um dos destinos, você vai passar raspando em alguns deles.

    o Sudeste Asiático dá pra ficar uns 3 meses tranquilamente. A divisão de dias está razoável. Na Tailândia, sugiro ficar só nas praias e em Bangkok, sem ir ao norte, já que você irá pra Camboja (que tem uma certa semelhança com o norte da Tailândia). Na Indonésia, sugiro ir pras ilhas Gili, grudadas em Bali.

Olá Marcelle, voltei do sudeste asiático mês passado, e tbem tive por duas vezes escala em Kuala Lumpur. Na minha opinião não vale a pena voce conhecer a cidade, pois fica a uns 50 km de distância do aeroporto, o que demanda tempo e dinheiro para se chegar aos locais de interesse na cidade. Nós fomos até o centro, e posso lhe dizer que nos arrependemos.Se precisar tenho um ótimo motorista para lhe indicar em Bali, o que eu acho que vale muito a pena você contratar tanto para buscá-la no aeroporto , qto para fazer um dia inteiro ou mais de passeio.

Camila,

Tenho um bom motorista (Robben) indicado lá no Cumbicão.
Ter um motorista próprio é algo que salva tempo e poupa dores de cabeça em Bali. Os seus dias em Bali parecem bem divididos.
Particularmente achei que KL ficou meio corrido, mas se for para conhecer apenas o essencial (Batu e Petronas), ok.
Boa viagem!

Oi, Camila,
Obrigada! Nusa Lembongan é imperdível? É que se eu encaixar a Malásia no roteiro, não vai dar tempo de ir pra Nusa Lembongan. Os dias que vou ficar em Seminyak na verdade são mais para montar base lá para ir a Uluwatu e Padang Padang. Daí à noite eu curto Seminyak.
Bjs

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.