Trilhos a jato: mais velocidade entre Amsterdã-Bruxelas-Paris e na Itália

Alta Velocità italiana

O fim de semana de 12 e 13 de dezembro marcou a estréia de duas esperadíssimas linhas de trem de alta velocidade na Europa.

A mais comentada pela imprensa é a que estava mais difícil de desencantar: a extensão de Bruxelas a Amsterdã dos trilhos rápidos do trem Thalys, que já operavam entre Paris e Bruxelas. Na verdade os trilhos já estavam prontos há um tempão; o treinamento dos funcionários, e outros entraves burocráticos do gênero, é que estavam embaçando a mudança de velocidade.

A partir de agora, esses são os tempos de viagem entre as quatro cidades principais servidas pelo Thalys:

Amsterdã-Bruxelas: 1h53min

Amsterdã-Paris: 3h18min

Bruxelas-Colônia: 1h47min

Paris-Colônia: 3h14min

Paris-Bruxelas: 1h20min (ou seja, não mudou)

(E, antes que você pergunte: os trilhos Bruxelas-Bruges continuam lentos. Dá mais 1h de viagem.)

O Thalys holandês demorou tanto, que até a Itália conseguiu fazer seu upgrade um pouco antes — 24 horas, para ser mais exato. No sábado foi inaugurado o trecho de alta velocidade entre Bolonha e Florença, que é praticamente todo feito em túneis sob os Apeninos. Com isso, a Itália passa a ter um tronco de altíssima velocidade de norte a sul: a rota Turim-Milão-Bolonha-Florença-Roma-Nápoles-Salerno.

Em alguns horários (os que não fazem paradas intermediárias, e são descritos como ES AV Fast) dá para fazer Milão-Roma em 3 horas — o que é bem menos que qualquer executivo (ou turista) gastaria de avião. Nos horários com paradas em Bolonha e Florença, o tempo de viagem do ES AV entre Milão e Roma é de 3h30.

Ficam assim os tempos de viagem:

Turim-Milão: 45 min.

Milão-Bolonha: 1h05min

Milão-Florença: 1h45min

Milão-Roma: 2h59min

Bolonha-Florença: 37 min.

Florença-Roma: 1h35

Roma-Nápoles: 1h10

Nápoles-Salerno: 36 min.

E olha que interessante: o André Lot lembra que também a rota entre Roma e Veneza ficou uma hora mais rápida, porque também se aproveita do novo atalho entre Florença e Bolonha. Vou botar na lista, então:

Roma-Veneza: 3h50min

Mas o consumidor italiano está reclamando: além de aumentar a velocidade, os trens devem aumentar os preços, também. Se você não tem tanta pressa assim, compare no site da Trenitalia as tarifas dos trens de alta velocidade (ES AV) com os InterCity, que são os antigões, lentos e continuam baratos. Para conseguir descontos (de 15, 30 ou 60%) nos trens velozes, compre com 60 dias de antecedência (e reze para aceitarem o seu cartão de crédito no site).

Leia também:

Europa: avião, trem ou carro?

14 dias na Itália: um roteiro

Bate-volta: Roma a Nápoles e Pompéia

Vai por mim: Costa Amalfitana

De Paris a Amsterdã, com pit stop em Bruxelas

Trem na Europa: qual é a antecedência necessária para conseguir descontos?

92 comentários

saindo da cidade deparis para florença-it. não conseguir através de trem (thalys?? este não procurei). então ricardo, olhando os post, a melhor opção seria qual empresa low coast??? .a minha bagagem não vai ser volumosa. obrig. fatima.

    Olá, Fatima! Quem responde é A Bóia. A easyJet voa de Paris (Orly) a Pisa.

Olá Bóia!!!

Obrigadão mais uma vez pelas informações…

Achei super interessante poder comprar as passagens antecipadas pelo Trenitalia, assim pude analisar bem os horários, sem ter que “usar meu excelente ingles/italiano” questionando dúvidas na bilheteria do Trenitália, sem contar os descontos…Comprei passagens de primeira classe, com o valor de segunda classe.Isto porque obtive as informações através de voces… Parabéns,excelente trabalho.
Grata

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.