Santiago: onde comer

Astrid y Gastón, Santiago

Sair para comer é um dos pontos altos de qualquer visita a Santiago. A matéria-prima é excelente — sobretudo os frutos do mar e os legumes. Além da cozinha local, encontra-se facilmente na cidade ótimos representantes da culinária que está mais acontecendo: a peruana. Santiago também é um ótimo lugar para se aventurar na mesa mais contemporânea, por preços menos salgados que no Brasil.


Visualizar Santiago: onde sair em um mapa maior

Centro: Lastarria (marcadores azuis-escuros)

O Centro da cidade tem dois focos de vida noturna e gastronomia. O mais charmoso é o barrio Lastarria, assim conhecido por ter como eixo principal a rua José Victorino Lastarria. Outros nomes pelos quais o bairro conhecido: florestal (por causa do parque ao longo do rio Mapocho) e Bellas Artes (por causa do museu, que também fica por ali).

A três quadras da Lastarria, perto do metrô Bellas Artes, fica o bar mais original de Santiago: o The Clinic (Monjitas 578, tel. 2/2639-9548). É um bar ligado a um semanário satírico-político de grande sucesso, uma mistura de Pasquim com Casseta à chilena. O nome do bar (e do jornal) é inspirado na clínica em o general Pinochet ficou preso em Londres.

A calle Lastarria vai da Merced até a avenida Libertador Bernardo O’Higgins (onde fica a estação mais próxima, Universidad Católica). Suas três quadras são pontilhadas de restaurantes simpáticos, ótimos para escolher na hora. De dia, de quinta a domingo é realizada uma feira de livros na quadra de cima (praça Mulato Gil de Castro), em frente ao Museu de Artes Visuais. Dos restaurantes da rua, experimentei o bom peruano Tambo (Lastarria 65, tel. 2/2633-0842) e o aconchegante bar Victorino, que serve comida sul-americana (Lastarria 138, tel. 2/2639-5263).

Centro: Bellavista (marcadores azuis-claros)

Galindo, Santiago

A pouco mais de dez minutos de caminhada, do outro lado do Mapocho, fica o foco mais animado da boemia do Centro: o barrio Bellavista. O grosso da muvuca se divide em duas ruas. Uma, a Pio Nono, concentra a bagaceira: um sujinho do lado do outro, com mesas de plástico na calçada, onde a garotada toma cerveja de litrão. A paralela parece outro universo: na calle Constitución os bares e restaurantes são no mínimo mais bem-apessoados; alguns chegam a fazer o gênero mauricinho. Entre as duas ruas, na quadra de baixo, fica o Patio Bellavista, uma espécie de shopping só de bares e restaurantes. É um lugar bastante simpático.

Tanto o Patio quanto a calle Constitución são perfeitos para o esporte da escolha do restaurante na hora. O Galindo (Constitución esquina Dardignac, tel. 2/2777-0116), botequim que serve especialidades chilenas — é um ótimo lugar para pedir um bife a lo pobre, o bife a um só tempo acebolado e a cavalo que é típico do país. Para peixes e frutos do mar o Azul Profundo é super-recomendado (Constitución 111, tel. 2/2738-0288). O peruano mais concorrido da região é o Banandiaran, no Patio Bellavista (tel. 2/2737-0725), que tem bons preços. Já o Como Agua para Chocolate (Constitución 88, tel. 2/2777-8740) virou atração turística e tem opiniões bem divididas.

O bairro tem muitos outros restaurantes em ruas menos movimentadas, como Purísima, Dardignac, Antonia López de Bello, Bombero Núñez (que é o epicentro de uma discreta cena GLS) e Loreto.

Providencia (marcadores verdes)

Liguria, SantiagoLiguria, SantiagoLiguria, Santiago

Um lugar incontornável é o tradicionalérrimo bar-restaurante Liguria, que tem três filiais, todas por Providencia. O maiorzito fica perto da estação Manuel Montt (Providencia 1373, tel. 2/2235-7914). É um ótimo lugar para provar os sanduíches (”sánguches”) chilenos, como o Barros Jarpa (misto quente) e o Barros Lupo (com rosbife no lugar do presunto), acmopanhado de um chope (”schopp”) ou vinho em taça.

Ainda no bairro, duas quadras separam as duas maiores grifes gastronômicas da cidade: o Astrid y Gastón, que foi a primeira filial no exterior do império de Gastón Acurio, embaixador da nova culinária peruana (Antonio Bellet 201,  tel. 2/2650-9125), e o Aquí Está Coco, do chef nativo Jorge “Coco” Pacheco, estrela maior da cozinha chilena (La Concepción 236, tel. 2/2410-6200).


El Golf (marcadores amarelos)

Avenida mais chique de Santiago, a Isidora Goyenechea tem muitos restaurantes em toda a sua extensão. O trecho mais metido começa à altura do hotel W (Isidora Goyenechea 3000, tel. 2/2770-0000), onde há três restaurantes (o nipo-peruano Osaka (tel. 2/2770-0081), o francês NoSo (tel. 2/2770-0000) e o chileno Terraza, (tel. 2/2770-0000), além do bar Red2One, na cobertura, e o nightclub Whiskey Blue. No térreo — e sem ligação com o hotel — há uma deli muito simpática, que serve pratos leves, sanduíches e saladas, a Coquinaria (tel. 2/2245-1958).

Mais adiante você encontra (na outra calçada) um dos endereços favoritos da burguesia santiaguina, o Tiramisú (Isidora Goyenechea 3141, tel. 2/2519-4900), que serve pizzas e massas tadicionais. Ainda na mesma avenida, o Nolita prepara pratos italianos com um approach nova-iorquino (Isidora Goyenechea 3456, tel. 2/2232-6114).

Vitacura (marcadores roxos)

Puerto Fuy, Santiago

A avenida Nueva Costanera é o mais novo pólo gastrô da cidade. Há mais restaurantes chiques na rua do que você terá tempo de experimentar durante a sua estada. Todos estão a cinco minutinhos de táxi da região de El Golf (ou quinze minutos de Providencia, se o trânsito estiver pesado). Entre eles estão o Boragó, expoente maior da cozinha de vanguarda (Nueva Costanera 3467, tel. 2/2953-8893), o Puerto Fuy, onde comi o côngrio com espuma e bolinho de caranguejo da foto (Nueva Costanera 3969, tel. 2/208-8908) e a Cebichería La Mar, endereço prêt-à-porter da cozinha de Gastón Acurio (Nueva Costanera 4076, tel. 2/2206-7839).

Na avenida paralela, junto a um parque, fica um restaurante bastante recomendado nos comentários: o Mestizo, que tem vista para o bosque de dia e tem DJ à noite (Bicentenario 4050, tel. 9-7477-6093).

Praças de restaurantes (marcadores vermelhos)

Bem pra lá de Vitacura, à beira-rio, existe um complexo de restaurantes apropriadamente chamado BordeRío, onde dá para escolher onde comer na hora.

Finalmente, o shopping Parque Arauco tem uma praça de restaurantes ao ar livre, o Boulevard del Parque. É um dos lugares mais movimentados da cidade nas tardes de domingo.

E o Mercado Central?

Não considero programa gastronômico; considero lerê — e falo dele neste post. Minha dica: escape dos garçons pegajosos do onipresente Donde Augusto e entre na primeira portinha onde não haja ninguém agarrando clientes a unha. Peça qualquer coisa de mariscos (de preferência na forma de “paila” ou “chupe”, os ensopados à chilena).

Leia também:

Comer, beber e visitar vinícolas em Santiago, pelos Destemperados

Todas de Santiago no Viaje na Viagem


308 comentários para “Santiago: onde comer”

  1. Quero parabenizar o site, sempre montamos nossas viagens com suas dicas e nunca nos arrependemos. voltamos agora do Chile e queria dar minha contribuição gastronomica ao site. Fomos uma pizaria maravilhosa Tiramisu simplesmente imperdível, ótima pizza, chopp local maravilhoso e ambiente super transado.Azul Profundo melhor ceviche da viagem. Como água para chocolate, ótimo ambiente comida bastante honesta único ponto negativo é que eles têm música ao vivo que estava muito alta.Aqui esta Coco comemos uma centolla gratinada que estava uma delícia. O ceviche também estava maravilhoso.Visitamos a vinicula Casa del Bosque e vale muito a pena o programa. Almoçamos no restauranre da vinícula Tanino programa maravilhoso.

    1. Maria Fernanda se puder complementar o post com os endereços, como é melhor chegar e faixa de preço será de grande valia. Valeu a dica.

  2. Bom dia. Voce sabe me informar se os restaurantes abrem no dia 31 de dezembro à noite?
    Obrigado.
    Luiz

    1. Olá, Luiz! Os que abrirem cobrarão uma fortuna. Divirta-se na rua, é o melhor a fazer.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/reveillon-2013

  3. Postei hoje algumas dicas de restaurantes em Santiago no meu blog: http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/onde-comer-em-santiago.html. Alguns restaurantes já estão no post acima e outros não.

    1. Ficou bem completo o seu post Fernanda. Tive a chance apenas de conhecer o Donde Augusto e o Linguria. Indiquei o seu post no nosso relato:
      http://muitaviagem.com.br/onde-comer-beber-bem-barato-santiago/

      Aliás, que suculenta aquela lagosta do Mercado Central, hein?

  4. Olá , será que fazer a reserva no Como Água para Chocolate, ou outro restaurante, através do site é seguro? Vou para Santiago em outubro.

  5. Continuando o post, anterior.
    queria sair daqui com as reservas feitas. Ao menos em dois ou trës restaurantes mais concorridos. Vi que nos sites respectivos, isso é possível. Meu medo é chegar lá e nao ter reserva nenhuma..rsss

    1. Você pode fazer a reserva pelo site e esperar uns dias pela resposta. Dificilmente um email respondido, não estará reservado. Se a resposta não chegar, vc pode pedir para alguém da recepção ou concierge do hotel fazer/confirmar essa reserva logo que vc fizer o check-in.

  6. Obrigada Fernanda

  7. Boa noite pessoal! Estamos programando passar o reveillon em Santiago e fiquei um pouco assustada lendo alguns blogs que falam da demora no serviço dos restaurantes. É verdade que se espera muito longa para ser atendido e para que a comida seja servida? Vamos em um pequeno grupo (7 pessoas) e gostaria de evitar aborrecimentos. Agradeço os comentários. Obrigada!

    1. Olá, Audrey! Temos relatos de leitores que passaram o Réveillon em Santiago aqui: http://www.viajenaviagem.com/reveillon-2014/

  8. Por favor, quais os restaurantes de frutos de mar abertos domingo a noite em Santiago, na Providencia ?
    A outra pergunta e: Alguem conhece o Resaurante Oda al Mar (Providencia)?
    Fica Av. Francisco Bilbao 460.
    Providencia, Región Metropolitana (XIII).

    Obrigada pela ajuda

    Helina

    1. Olá, Helina! Tente programar sua refeição principal para domingo no almoço; no jantar, muitos restaurantes fecham.

      Em Providencia, tanto o Astrid y Gastón quanto o Aquí está Coco fecham no domingo o dia inteiro.

      O site do Oda al Mar não informa horários; você pode perguntar por email: http://www.odaalmarrestaurant.cl/index.html

      Aparentemente não abre no domingo: http://www.800.cl/?id=1097&id_Ficha=8413

      Veja o que dizem do Oda al Mar no Foursquare: https://foursquare.com/v/oda-al-mar/4fda2747e4b0b95600d88638

      A área de restaurantes do shopping Parque Arauco é uma boa alternativa para o domingo.

      O seu hotel saberá indicar restaurantes abertos domingo à noite na sua área.

  9. Pessoal, estou fazendo um planejamento para o Chile em Dezembro com minha esposa. Poderiam me dizer se o custo para alimentação é alto?
    Obrigado!

    1. Olá, Leandro! Um pouco de nada mais barato do que no Brasil.

  10. Pessoal, alguém poderia me dar uma dica onde posso passar a ceia de Natal 24 para 25 e o dia de Natal em Santiago. Vou eu, minha mulher e nossa filha de 14 anos. Um lugar onde eu possa comer e ver alguma coisa mais, tipo fogos de artifícios, etc.

    1. Olá, Feshik! Veja o que esperar da festa de Natal fora de casa neste post: http://www.viajenaviagem.com/2013/10/dicas-noite-natal-durante-viagem/

  11. Uma sugestão de comida muito boa, barata e bem preparada é no Le Cité, restaurante que fica na Calle Barros Borgoño 25, Metro Manuel Montt, Providencia, ao lado da estação de metrô Manuel Montt. Peça a costillera de cerdo (costela de porco, em português), que você irá se deliciar. Nos dias de semana eles oferecerem esse e outros pratos no Menu Executivo, onde você paga 4500 pesos e tem direito ainda à entrada, bebida e sobremesa. Site dele: http://www.lecite.cl/
    Já em Viña del Mar, para quem for, outra dica é almoçar no restaurante Enjoy del Mar, que fica na beira-mar da cidade, ao lado do Cassino Municipal, e pedir um Arroz com Mariscos, uma espécie de paella, que sai por volta de 6500 pesos, e depois um Suspiro de Limão como sobremesa, por cerca de 2500 pesos. Sem contar que o ambiente, especialmente na parte do lounge, é bem agradável.

  12. Prezada Boia,

    Teremos uma conexão de 8 horas em Santiago, agora em março, e queremos jantar em algum restaurante antes de voltar ao aeroporto. Tens alguma indicação (não precisa ser nada tão requintado/caro tal qual aqueles que o Ricardo gosta! rs)? Vi que o Centro/Providencia dista 26 Km do aeroporto: o traslado de táxi ou van é tranquilo, ou o tempo ficará meio apertado?

    1. Olá, Paulo! Pense em uma hora de traslado. Os barrios Bellavista (calle Constitución) e Lastarria (calle José Victorino Lastarria) têm vários restaurantes para você escolher. O táxi ao centro custa o equivalente a 30 dólares.

      1. Obrigado!

  13. Poderia, por gentileza, me informar entre que datas servem Centolla
    no Chile/Argentina?
    Grato

    1. Olá, Célio! A pesca é permitida de julho a novembro; a centolla consumida neste período tende a ser fresca. Em outros meses, terá sido congelada.

  14. Boa noite eu minha esposa planejando ir a Santiago 23 a 26/4/2014 para depois ir para Porto Varas, avião ou trem , existe essa segunda opção ? para depois alugar um carro até Pucon isso tudo até 05/05 será que vou conseguir fazer isso com folga ? Vc pode me ajudar a montar esse roteiro ?

    1. Olá, Walter! O trem vai apenas até Temuco. Você pode voar a Puerto Montt ou ir de ônibus a Puerto Varas.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

  15. Completando é dificil conseguir um bom remis em Santiago para visitar as viniculas como fizemos em Mendoza ? Assim podemos beber e fazer as visitas com mais tranquilidade. E qual seria o custo diario dele ? alguem tem ideia ?

    1. Olá, Walter! Há tours de van em agências como Turistour e Turistik, ou agências especializadas como a Enotour. Você pode contratar um tour particular com elas.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

  16. Vou para o Chile agora no carnaval. Gostaria de saber sobre o clima e também tenho duvidas sobre quais as melhores vinícolas para se visitar.
    Obrigada

    1. Olá, Perola! Para onde você vai no Chile? Com a proximidade da sua viagem, já dá para procurar pela previsão do tempo, para ter uma idéia mais precisa. Dá uma googlada :)

      Veja dicas para a sua viagem, incluindo vinícolas, aqui:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

  17. Olá, existem restaurantes mais indicados para criançada?

    1. Olá, Bruno! Shopping centers, pizzarias e cantinas italianas são as opções mais óbvias. Pergunte no seu hotel o que há por perto.

  18. Estou indo para Santiago agora de 22a 28 de maio, gostaria de saber como está o clima e que roupas levar. Vou ficar em Las Condes no Hotel Les Bisque San Sebastian.

    1. Olá, Luiza! Prepare-se para pegar frio à noite e de manhã cedo, com temperaturas sempre abaixo de 15ºC, e eventualmente abaixo de 10ºC. De dia, sob o sol, esquenta.

  19. olá, estou de viagem marcada para Santiago agora dia 03/06,gostaria de saber se pego neve no vale nevada.

    1. Olá, Ana Beatriz! Já nevou um pouco este ano. Provavelmente pegará, mas não é garantido.

  20. Gostaria de ajuda para montar minha viagem, vou para santiago dia 03 e volto dia 14/08, gostaria de conhecer santiago, esquiar dois dias e passar no sul do chile, sera que da tempo? Todos os dias ouço a band news e gosto mt das ideias de Ricardo Freire.
    Aguardo a resposta.
    Grata desde já.

  21. Vamos a Santiago em 08/06 . Temos 73 anos e estamos em dúvida se valeria a pena planejarmos uma visita
    Ao vale Nevada so para apreciarmos o cenario.

    1. Olá, Ronaldo! O tour às montanhas é bacanérrimo, mas a subida até lá é longa e cheia de curvas. Nós recomendamos o passeio após iniciada a temporada, por volta do fim de junho.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/category/valle-nevado/

  22. Olá, pretendo ir a Santiago no mês de Agosto. Quero me hospedar num apart. Alguém saberia me dizer se é seguro fazer as reservas pelos sites de busca de hospedagem? Fico receoso de chegar em Santiago e dar com o nariz na porta do edifício… rsrsrsrs

    Obrigado!

ATENÇÃO:
Desculpe, mas esta caixa está inativa e seu comentário não aparecerá. Estamos aprontando um novo Viaje na Viagem. No novo site a caixa de comentários voltará a funcionar. Obrigado pela compreensão!