Atacama

Índice de posts

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Atacama no Viaje na Viagem

Atacama: as 12 dicas essenciais para planejar sua viagem

Atacama: onde ficar

Atacama: um roteiro completo com 50 dicas dos leitores

19 hotéis no Atacama comentados pelos leitores (com mapa!)

Passeios no Atacama: as dicas da Janaina, que viajou sozinha

De Salta ao Atacama, de carro (a viagem do Silvio)

Fim de tarde no Salar de Atacama

Madrugando para ver os geysers de Tatio

Vale o passeio: Vale da Morte, Vale da Lua

Cactus gigantes na trilha inca de Guatin

Atacama com estilo: Tierra Atacama

Atacama: como é o Hotel Cumbres

Salar de Uyuni a partir do Atacama: as dicas dos leitores

#Linkódromo | Do Atacama ao Salar do Uyuni, no Rotas Capixabas

5 roteiros para combinar Argentina e Chile na mesma viagem

Primeira viagem: roteiro dia a dia em Santiago do Chile (inclui Atacama)

83 comentários

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Final de outubro é uma época boa para conhecer o Chile ( santiago e Atacama). ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! É, sim. Veja as dicas do Ricardo Freire: http://www.viajenaviagem.com/destino/santiago/quando-ir-santiago

Vaneide Sposito Pastore

Ouço algumas vezes seus comentarios e dicas na Bandnews, sempre muito interessantes. Pesquiso sobre passeio de 6 ou 7 dias a Atacama com parada em Santiago, que pode não estar inclusa na excursão. Pode me orientar se fazendo com operadoras chilenas o preço é menos que aqui em São Paulo? Ou isto não é possivel. Quantos dias a mais para ir até o Salar de Uyuni , na Bolivia. Vale a pena, visto que em Atacama tem ha passeio ao salar?Obrigado pela resposta .

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vaneide! Você pode reservar passagens e hotéis por conta própria e contratar passeios de operadoras do Atacama. Temos dicas de leitores sobre passeios e sobre a continuação ao Salar de Uyuni aqui:
http://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas
http://www.viajenaviagem.com/2011/08/solar-de-uyuni-a-partir-do-atacama-quem-ja-fez

Guilherme Augustus

Olá. Eu gostaria de saber se fevereiro é um mês legal para conhecer o Atacama. E se a altitude pode ser um problema nesta região ou basta evitar os passeios em lugares muito altos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Em qualquer mês do ano você pega frio e calor. A altitude pode incomodar em alguns passeios; é bom deixar os mais puxados para o final da estadia. Veja dicas aqui: http://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas/

ARTUR BUTIERREZ ARANHA

Olá!
Novembro é uma boa época para conhecer o atacama? Quantos dias fica para conhecer os principais passeios? vou para o Santiago em novembro, mais precisamente 15/11 e estou pensando em ir até o Atacama.
abraço a todos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Artur! Em qualquer época do ano no Atacama você pega calor e frio. Recomendamos pelo menos 6 noites por lá, para fazer os principais passeios.

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Qual a melhor época para ir pro Atacama? Em julho é uma época boa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natalia! Não tem época ruim para visitar o Atacama. Julho é inverno. Você vai pegar mais frio à noite.

Lanucy
LanucyPermalinkResponder

Olá, quero fazer uma viagem incluindo santiago, deserto de atacama e machu picchu.. Gostaria de saber o melhor meio de transporte entre esses locais. Muito obrigada por todas as dicas!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lanucy! São duas viagens em uma! Escolha entre Santiago e Atacama ou Machu Picchu, Cusco e Lima.

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Boa tarde.

Bóia para quem tem um condicionamento intermediário/bom é muito complicado tentar fazer valle de la luna e valle de la muerte de bicicleta? Abraços.

Joao Lucio Neto

Bom,dia! Gostaria, de saber se em Dezembro! do dia 01/12 ao 08/12/14, como é a temperatura do Deserto Atacama, durante o dia e a noite? na verdade irie para uma maratona de 42.195 km! que tipo de roupa devo levar, para a noite? Obrigado, pela ajuda!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João! À noite a temperatura sempre cai um pouco. Para saber as médias históricas de temperatura em dezembro no Deserto do Atacama, veja o World Weather Online: http://www.worldweatheronline.com/Atacama-weather-averages/Atacama/CL.aspx

Rafael Pimenta

Alguém poderia me ajudar, pois estou planejando ir ao Atacama e, tirando a passagem, a hospedagem e tours /entradas, gostaria de saber uma média de qt levar de dinheiro, para extras, para 6 dias de viagem, embora alguns passeios tenham almoço incluido. Outra coisa é que estarei indo em novembro e não sei se pela altitude vou pegar lugares muito frios, pensei em fazer um stop de 1 dia em Santiago p comprar luvas e gorros, o que acham? Agradeço quem poderia me dar essas dica. Abraço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! Dê uma lida neste post: http://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas/

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Olá, gostaria de combinar Salta, Atacama, salar de uyuni e Santiago na mesma viagem. Um roteiro de uns 15 dias. Será que consigo? Alguma dica de roteiro? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natalia! Recomendamos 5 dias inteiros para o Atacama. Os passeios a Uyuni levam 3 ou 4 dias inteiros. Para Santiago, recomendamos 4 a 5 dias inteiros. A viagem entre San Pedro e Salta atualmente é feita apenas pela empresa Gemini, e não todos os dias. A viagem leva 12 horas. A lógica levaria a voar a Buenos Aires, e não voltar a San Pedro e Calama.

luiz otávio
luiz otávioPermalinkResponder

Vou correr a maratona do atacama e tem traslado de Q horas e tem traslado de Q horas de calama pra são pedro intervalos de quantas horas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz Otávio! Você pode agendar o horário antecipadamente. Veja nas dicas do Matraqueando: http://www.matraqueando.com.br/como-chegar-a-san-pedro-de-atacama-no-chile

Diego
DiegoPermalinkResponder

Primeiramente, queria dizer que este site é muito bom! Parabéns!
Estou na procura de hospedagens pro final do ano e me parece um tanto lotado e caro! Pensei na possiblidade de camping. Acham que é tranquilo acampar em San Pedro de Atacama ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diego! Desculpe, não temos dicas de camping por lá. Procure fóruns de mochileiros, é um pessoal especializado nisso grin

Paulo Henrique

Acabei de Chegar de San Pedro do Atacama.
Muito do que li aqui no VV me ajudou por lá e me vejo na obrigação de compartilhar algumas informações úteis com todos.

Transfer =

Chegado pelo aeroporto de Calama há três empresas operando transporte direto para San Pedro: Licancabur (a mais citada por aqui), Trans Vip e Pampa. Todas três você encontrara logo que sair no desembarque do aeroporto. O preço de todas é igual.
Dica: feche o transfer ida e volta, dessa forma, você consegue barganhar um desconto.
Dica 2: os carros da Licancabur são velhos e mal conservados. Trans Vip e Pampa oferecem veículos novos e mais confortáveis. Todas aceitam cartão de crédito.

Cambio=

Chegando por Santiago, no aeroporto, o cambio é sempre desfavorável (como em todos os aeroportos). Faça lá o mínimo possível. Em São Pedro, na Calle Toconao, ficam as "casas de cambio" local. Visite todas e veja o quanto estão pagando. O valor em San Pedro não é muito diferente do que consegui no aeroporto.

Dica: opte por fazer a troca de valores mais altos possíveis. Dessa forma, você consegue melhor cotação na hora da troca. No meu caso, me juntei a dois amigos e trocamos um valor mais alto, de real para peso chileno. A cotação ficou bastante interessante (R$1,00 = Cl$220,00)

Alimentação=

Se come relativamente bem em San Pedro. Em geral, a comida é de boa qualidade. Não espere nada sofisticado.
Fui várias vezes durante a minha estada ao Las Delicias de Carmén. Comida boa, farta e fresca. Tem um agora na calle Caracoles (mais amplo e arejado que o original, que fica na calle Calama). Ambos tem o mesmo cardápio, opções do dia e preços. Esse restaurante ficou como o meu porto seguro, diante de alguma dúvida ou preguiça para procurar outra casa.

Os restaurantes não fecham tarde por lá. Nove, dez da noite já estão quase todos fechados. Não deixe para comer tarde por lá. Até porque, muitos passeios começam bem cedo, alguns pela madrugada, como o Geiser de Tatio (quatro da matins).

Dica: a maioria dos restaurantes não aceita cartões de crédito. Pergunte sempre antes de pedir, se essa for a sua opção de pagamento.

Passeios=

Não vou indicar passeios, pois isso é muito pessoal. Minha dica fica para a agencia por onde fiz todos os tour's, a Vive Atacama (Toconao, 435). Se você der a sorte de ser acompanhado pela guia Macarena, tá feito. Na mesma agencia, o guia Nico, é uma fera quando se trata do passeio para o Salar de Tara. O cara é geólogo e explica muito de como tudo se formou por lá.

Dica: opte por fechar todos os passeios na mesma agencia, dessa forma, é possível conseguir um desconto.

Hospedagem=

Fiquei no hotel Patta Hoiri. Ótima localização, donos atenciosos, roupa de cama de qualidade e quartos limpos diariamente.
Pelo que vi em San Pedro, é bom esse hotel e com preço honesto. Recomendo!

Clima=

Estive no Atacama agora em dezembro. E vos falo: é seco, seco, seco.... A pele estorrica, os lábios estão sempre ressecados e o nariz sofre. Não deixe de levar protetor labial (manteiga de cacau não basta), protetor solar, hidratante corporal e rosto, soro (para lavar o nariz) e beber muita, mas muita água. Não subestime o clima da região, pois é implacável.
Mesmo na primavera/verão sempre esfria a noite, leve um casaco.

Dica: alguns passeios são realizamos em locais que ficam a mais de 4.000 metros de altitude. E é sempre frio nesses locais, principalmente na parte da manhã. Dessa forma, sempre leve algumas peças coringas para enfrentar as temperaturas locais.

Bem, é isso. Qualquer dúvida ou comentário é só chamar. Grande abraço e boas viagens!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo Henrique! Obrigada pelas dicas grin

Paulo Henrique

Não por isso! Obrigado a vocês pelo blog, fonte constante de consultas para minhas aventuras por ai. Grande abraço!

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Quanto tempo é recomendado para ficar lá, aproximadamente?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Recomendamos 5 dias inteiros para o Atacama. wink

maria
mariaPermalinkResponder

Empresa de traslado (calama-san Pedro- calama) TRANSVIP É PÉSSIMA!!! o motorista atrasou uma hora e ainda estava bocejando (umas 10 vezes) e quase dormindo.

Reclamei e não quiseram nem me dar um desconto no valor pago.

Péssimo. Vou repassar essa reclamação a diversos sites e pessoas, conforme informado no guichê de Calama.

Rafael Kassapian

Olá, sempre que começo a planejar uma viagem recorro a vocês como ponto de partida, rodei a Europa seguindo muitos conselhos, não tem erro! Parabéns a todos!

Tenho cerca de 15 dias livres para viajar em abril e a ideia é focar no Chile. Quero fazer Santiago, com Vina del Mar e Valparaíso, e o Atacama. Vocês acham que dá para incluir algo mais? Talvez a região Patagônica? Mendoza? Ou é muito para uma viagem só?

Focando nos dois destinos, penso em deixar quatro dias para Santiago e pelo menos cinco inteiros para explorar o Atacama, fora os dias de deslocamento. Existe uma ordem que é melhor programar, primeiro Santiago, depois o deserto, ou tanto faz?

E será que vale incluir o trecho Santiago-Calama já na passagem internacional, ou é melhor pegar promoção na Lan Chilena e na Sky?

Bom, por enquanto é só, vou continuar lendo e aproveitando as ótimas dicas.

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! A ordem mais interessante é Santiago-Atacama, porque o Atacama é o destino mais impressionante. Se quiser incluir Mendoza, voe do Brasil a Mendoza via Buenos Aires, suba de ônibus a Santiago e depois vá de avião a Calama.

O único jeito de saber qual passagem sairá mais em conta será orçando todas as possibilidades.

Deixe o sul do Chile para outra viagem, que pode ser combinada com o sul da Argentina também.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Olá Ricardo,

acabamos de chegar do Atacama. Antes de irmos, consultamos seu site e seguimos suas dicas, todas excelentes. Obrigado. Queria deixar aqui alguns comentários que podem ser uteis aos próximos viajantes. Primeiro, fomos no verão e apesar disso o frio nos geysers pode ser insuportável se não estiver preparado. Temperatura abaixo de zero. Segundo, fomos ao Salar de Tara, passeio previsto para início as 8:00 e retorno as 16:00. O começo deu certo, mas o retorno foi um perrengue. A van quebrou e ficamos presos no deserto até as 23:00h. Como estávamos preparados para um frio leve, como tinha sido o passeio às lagunas altiplánicas, passamos muito frio. Nos passeios mais longos, sugiro levar agasalhos extras e água, muita água. Tudo pode ser deixado na van, então não haverá desconforto em ficar carregando peso "morto". Abçs e boas viagens!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Agradecemos o fidibeque!

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Para quem quer visitar a Laguna Cejar, o Mar Morto atacamenho, uma má noticia. Desde 1 de janeiro a tarifa de acesso, mantido por uma comunidade indígena, aumentou de 2 mil (9 Reais aprox) para 30 mil Pesos (136 Reais), o que fez que vários operadores turísticos deixassem de oferecer esse passeio.
Por um lado, a Laguna estava virando um verdadeiro piscinão de Ramos, com alguns turistas deixando lixo e não respeitando certas normas, como tomar banho com bloqueador solar. Mas um aumento de 1.500% é meio radical!! Fora o custo do translado.
Autoridades estão tentando intermediar uma solução intermediária. Saludos:
http://www.plataformaurbana.cl/archive/2015/01/09/tras-aumento-de-1-500-en-precio-de-la-entrada-operadores-turisticos-dejan-de-ir-a-laguna-cejar/

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Gostaria de saber se é possível fazer os passeios no Atacama com um guia local em nosso carro ao invés de passeios em grupos com as agencias. Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! Provavelmente sim. Você vai ter que alugar o carro em Calama. As próprias agências do Atacama podem providenciar o guia. Olhe, mas pelo custo do carro + guia por dia, vale a pena cacifar a diferença para se hospedar num dos hotéis bacanas que incluem os passeios, em grupos bem pequenos, na diária.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas

Angela
AngelaPermalinkResponder

Olá , tenho lido muito suas sugestões, gostaria de sugerir, que estas informações boas e importantes, que seus seguidores colocam em seus comentários, você transferisse como dica pra gente, (pois tem fatos que são verídicos e não mudam e muito importante) pois são todas muito importantes e de grande valia, engrandece sua pagina. (opiniões de hoteis, isso são particulares, podem ficar só nos comentários) assim nos poupa de ficar lendo um por um, aproveitando melhor seu blog.
No geral sempre tem muitas informações boas. Importantíssima.

claudio mafra
claudio mafraPermalinkResponder

Caríssimo Ricardo,
Suas informações para minha viagem aos USA foram perfeitas. Uma delas é tão necessária que eu ficaria furioso se tivesse errado e feito a costa leste no sentido Los Angeles S.Francisco. Somos colegas no Estadão. Estive na Coreia do Norte, Afeganistão, Paquistão, Iraque, Cuba, Síria, Haiti, Iran, e muitos outros lugares difíceis para o meu estilo de reportagem. Preciso de sua ajuda outra vez. Chego em Santiago no dia 10/maio/2015 e volto dia 30/maio, também de Santiago. Gostaria de ver o Atacama e os lagos chilenos, ou quaisquer lagos. Sem interesse em Santiago. Estava pensando em pegar um avião em Santiago para Calama , alugaria um carro para San Pedro, onde ficaria as 6 noites que vc. recomenda para os passeios no Atacama. O que acha ? Estou meio perdido quanto aos lagos. Pego outro avião que me deixaria em algum lugar chave para alugar um carro, ou ficaria sem ele ? Qual sua sugestão ? Deixaria o carro em qual cidade para pegar o avião até Santiago na volta para o Brasil? Esta é uma viagem de descanso para minha mulher e eu. Não gostaria de correrias, e seria ótimo, por exemplo, ficar num lugar lindo, nos lagos, por umas 5 noites, saindo de barco, caiaque, etc. Qual lugar vc. sugere ? Trilhas, suadeiras, ficam de fora. Um abraço forte, e não posso deixar de mostrar o meu agradecido espanto por vc., também na viagem aos USA, haver descoberto (com esforço, sem dúvida) uma estrada que me levou de São Francisco até o Yosemite, e de lá até Monterrey.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Quem responde é A Bóia, assistente do seu colega grin

Em primeiro lugar, obrigada pelo feedback! Em segundo lugar, o Ricardo Freire não fez a estrada do Yosemite, não; aquilo foi boa pesquisa.

Devolva o carro em Calama e pegue um vôo a Santiago. Escolha entre pegar um novo vôo no mesmo dia ou passar dois dias em SAntiago e então voar a Puerto Montt. Alugue o carro, vá até Chiloé, passe duas noites, então volte a Puerto Varas. Suba depois a Pucón. Devolva o carro em Temuco e voe de volta a Santiago.

Outra possibilidade é eliminar Chiloé e alugar em Puerto Montt um carro com permissão de cruzar à Argentina. De Puerto Varas você iria a Bariloche, Villa La Angostura e San Martín de los Andes, cruzando de volta em Pucón e devolvendo o carro em Temuco.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/destino/lagos-andinos
http://www.viajenaviagem.com/2011/12/roteiros-argentina-chile
http://www.viajenaviagem.com/destino/chiloe
http://www.viajenaviagem.com/destino/bariloche
http://www.viajenaviagem.com/destino/villa-la-angostura
http://www.viajenaviagem.com/destino/san-martin-de-los-andes

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Posso dar 1 pitaco?
Estive no Atacama em outubro. Se eu fosse voce, não alugaria carro lá.
Vá de transfer de Calama pra San Pedro (seu hotel pode providenciar isso) e em San Pedro faça os passeios nos tours organizados pelas inumeras agencias, com transporte incluido , ou , melhor ainda , se voce puder cacifar, contrate um dos dois guias que fazem os passeios privativos, de Land Rover. Vale a pena o custo maior, pela comodidade e conforto e por acrescentar alguns destinos que os tours em vans não chegam.
Ah, e fique no minimo 4 dias inteiros em San Pedro, pra dar tempo de fazer o basico, nesta sequencia: 1º dia- Salar de Atacama com laguna Cejar e Vales da Lua e Morte; 2º dia Lagunas Altiplanicas com Salar de Aguas Calientes; 3º dia Salar de Tara; 4º dia Geysers Del Tatio e Termas de Puritana

Denis
DenisPermalinkResponder

Olá! Pretendo sair da muvuca do carnaval no Brasil. Atacama é uma pedida no carnaval? Quais as dicas de roteiros para 4-4 1/2 dias? Algum bom hotel para se hospedar, com roteiros inclusos? Obrigado

Vitória
VitóriaPermalinkResponder

Como um monte de brasileiros - que descobriram e invadiram San Pedro ! - eu estive por lá no meio de janeiro e gostaria de acrescentar:
- a Tur Bus tem ônibus para San Pedro. O horário da partida não é muito confiável, pois o carro vem de longe, de Valparaíso(salvo engano). Em tese, sai às 18:10. Mas ônibus novos, bem confortáveis. Como é uma empresa grande, dá para comprar passagem de outras cidades chilenas.
- a Inca Coya Agência de Turismo é uma excelente pedida para quem não sabe direito o que escolher, já que são várias as opções de passeios, e todos ou são pela manhã bem cedo ou são à tarde e será preciso fazer escolhas. Fale com a Ariane, uma brasileira que está morando e trabalhando lá. Fica na Toconao, uma travessa da Caracoles. Ela vai ajudar a escolher o que tem mais o seu perfil.
- Não deixe de visitar o museu da cidade. Muito didático.
- a igreja está em restauro, não tem como visitar...
- se está pensando que vai encontrar um mar de flamingos, esqueça! Nessa época do ano eles estão nos Andes...
- Se pensa em ir ao Salar de Uyuni, reserve três dias só para isso. Caso contrário, você não o conhecerá de fato.
- Se está pensando em viajar para lá só com o cartão pré-pago da Amex (Global Travel), cuidado! Não encontrei como sacar dinheiro com ele por lá. Aliás, em nenhum local do Chile.
- Pense bem o que pode ser mais interessante, se o tempo for curto: levantar as 4:30 para ver os geisers por uns minutos, ou tomar banho de águas vulcânicas, quentes, por mais de duas horas...
Visitar San Pedro é uma grande curtição!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

levantar de madrugada pra ver os geisers, é claro ... wink

thereza
therezaPermalinkResponder

Gostaria de saber se existem voos de bimotor sobre o atacama e se sim quais companhias pois gostaria de fretar um vôo atacama santiago vcs saberiam me informar? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thereza! Se tem, não sabemos. Se o Google não te apontou nada, não deve mesmo não.

Juliana Rodrigues

Gostaria de saber se reservo os passeios antecipadamente ou deixo para comprar quando chegar em São Pedro do Atacama?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Lá em San Pedro fica mais fácil se encaixar em passeios que efetivamente vão sair.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/01/roteiro-atacama-50-dicas

Regina
ReginaPermalinkResponder

Estive em Atacama de 22 a 28 de janeiro. Fiquei no hostel Casa Campestre onde a dona é brasileira e muito simpática. Fiz os passeios com as agencias Layana e Incanorth e gostei mais da primeira pois tem pessoal melhor preparados, mas há uma infinidade de agências, tem que visita-las, comparar os preços e ver qual é melhor pra você. Uma dica importante pra quem quer fazer o tour astronômico: faça nos primeiros dias pois se deixar pro final da viagem pode acontecer de o tempo ficar nublado e não ser possível faze-lo. Frio mesmo só no passeio ao vulcão El Tatio. Se precisar de luvas e gorros lá tem à vontade. Reserve um dia para andar de bicicleta até as ruínas de Pukara de Quitor e à garganta del diablo, vale à pena pela sensação de liberdade e pelas belezas locais.

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Olá! Tudo bem?
Estou pensando em fazer boa parte dos passeios de bicicleta. Vi algumas agências que oferecem o pacote completo para 8 dias (sendo uns 6 pedalando pelo deserto), mas como já fechei hotel e traslado, estou achando que não compensa pegar só a parte de passeios.
Alguma agência oferece passeio desse tipo? Ou será mais indicado contratar um guia local?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Em qualquer lugar do mundo, é preciso estar muito bem preparado — incluindo mapas detalhados — para fazer esse tipo de passeio. Procure o que já foi discutido em foruns de bikers; você precisa de informação especializada.

Livia
LiviaPermalinkResponder

Acabei de voltar do Atacama e gostaria de deixar minha contribuição aqui já que me ajudaram tanto.
Fiquei no Hotel Pascual Andino, recomendo muito, principalmente pela atenção e simpatia dos funcionários. Sim, o deserto é tudo isso e mais um pouco do que falam, são paisagens deslumbrantes que nunca verei em outro lugar do mundo. Vale a pena.
O único sintoma de altitude que tivemos foi cansaço, dar aquela respirada funda de vez em quando, se andar um pouco mais rápido o coração acelera, muito interessante o corpo tentando se adaptar.
O dólar em San Pedro está melhor do que no aeroporto, já o real em San Pedro está péssimo (180 pesos). Se for levar real e não for sair do aeroporto troque lá.
Tudo de bom essa viagem!

Anderson Hander

Muito bom. Também gostaria de compartilha a minha experiência. Viajei o Chile de norte a sul durante 25 dias: Deserto de Atacama, sul do Chile, Santiago:

http://criteriorevisao.com.br/deserto-de-atacama/

http://criteriorevisao.com.br/laguna-colorada/

http://criteriorevisao.com.br/vale-de-la-luna-ojos-de-cejar-laguna-cejar-e-laguna-tebenquinte/

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá! Tenho um blog completo (dicas da viagem, hoteis, alimentação...) da viagem que fizemos de carro pelo Chile, saindo de Porto Alegre, passando por Mendoza, Santiago e Deserto do Atacama. Se puder ajudar os leitores: http://www.viajandocomjuliana.blogspot.com.br/

Caio Braz
Caio BrazPermalinkResponder

Fala Riq e galera! Queria compartilhar com vocês meu guia de 2 dias e meio no Atacama. Acertei muuuuitooo no hotel (muito bom e preço bacana) e nos passeios com a agência Ayllu. Espero que gostem!

http://caiobraz.com.br/deserto-do-atacama-como-chegar-onde-ficar-o-que-fazer/

Jessica
JessicaPermalinkResponder

Eu fui mês passado para o deserto do Atacama e ao contrário do dito acima, não tive boas experiência com a agência VIVE ATACAMA! No passeio para o salar se tara eles mandaram um motorista que não sabia andar no deserto e que se perdeu.. Ele atolou 2 vezes e não sabia desatolar.. Sorte que outro carro de outra agência estava passando e ajudou.. Mas tivemos que ficar 3 horas carregando pedras para ajudar a desatolar o carro que só saiu quando o motorista da outra agência dirigiu. O carro não era 4×4 como nas maioria das outras agências e os guias são despreparados.. Nem água tinham no final da viagem e tivemos que dar a nossa! Quando chegamos de volta a cidade a dona da agência foi grossa e disse mal dos brasileiros..
O deserto é lindo! Vale a pena! Mas não indico a agência que fui!

Fernando Seabra Guimaraes

Boa tarde, pessoal,
Alguém saberia me dizer se as agências de passeios aceitam pagamento em cartão de crédito? Sei que aceitam em dinheiro (peso ou dólar), mas não li nada sobre o cartão. Valeu.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Algumas agências aceitarão, outras não. É melhor levar dólares.

Denis
DenisPermalinkResponder

Ricardo, parabéns do seu blog.

Tenho dúvida sobre atacama que tem caixa eletronica tipo para sacar moeda esntrageira como exemplo eu tenho cartão de debito/crédito(internacional) itau e santader. tem como sacar lá ou melhor sacar antes de ir atacama ou pode levar dinheiro para levar até atacama assim trocar para peso.

Qual é sua sugestão?

Aguardo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denis! Leve dólares.

Karan
KaranPermalinkResponder

Eu gostaria de saber se posso fazer passeios ao Atacama com meu próprio veículo, sem precisar de agências ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karan! Não é recomendável.

Lauro Dehira
Lauro DehiraPermalinkResponder

Quero denunciar a Cosmo Andino de San Pedro de Atacama pelo NAO CUMPRIMENTO de um pacote vendido a nós em 27/12/2015 para o El Tatio, sem justificativa alguma, tendo inclusive sendo grosseiros e autoritários.

Renato
RenatoPermalinkResponder

Ricardo e Bóia, sempre utilizo as preciosas dicas deste site. Como voltei de San Pedro neste fim de semana, gostaria de compartilhar minha experiência com todos.
Estávamos em três. Chegamos por Calama e regressamos por Antofagasta. No aeroporto tomamos um táxi (7.000,00 pesos) até a avenida Balmaceda, em frente ao Western Union. Lá passam vários ônibus até San Pedro. Pegamos a viação Frontera (3.000,00 pesos por pessoa). São 102 Km até San Pedro. Se tivéssemos pego a van no aeroporto teríamos pago 12.000,00 pesos por pessoa ou 40.000,00 no táxi (02 de janeiro de 2016).
Ficamos no hostal Vilama que fica entre o terminal de ônibus e o centro da cidade. Equidistante 13 minutos e 11 minutos, respectivamente, a pé. Compramos os passeios na Vive Atacama (aceita cartão de crédito, com uma diferença de 4,7% a mais do que o preço em efectivo). Fica numa calle transversal à Caracoles, a principal. Há várias agências, as oficiais e as regulares. A diferença é que as primeiras têm um selo da prefeitura e têm seguro, caso ocorra algum acidente em um dos passeios. São mais caras, obviamente. A que comprei não tem o selo. Mas o atendimento foi muito bom. O câmbio deixei de fazer no aeroporto de Santiago a 160 (Real). Em San Pedro estava a 150, com exceção de duas agências, uma no terminal de ônibus e outra na cidade, a 140. O dólar estava em todos os lugares a 690. Então, no período estava mais vantajoso trocar dólar por peso do que real por peso. Em setembro chegou a estar a 200 pesos/real. Com a saída do ministro Levy, caiu a cotação. Também troquei franco suiço, mas a cotação não estava boa (580). Estava com poucos dólares. Os passeios foram ótimos, principalmente o tour astronômico, mas a Laguna Cejar deixou a desejar para mim. O Mar Morto é muito melhor por causa de sua infra-estrutura. Além do preço de entrada ser bem caro (15.000,00 pesos por pessoa). Os tours ficam apenas uma hora e há muitas pedras cortantes na entrada da água. Não deixem a água entrar nos olhos. Para os passeios nos lugares com altitude é bom tomar muita água ou comprar folhas de coca e colocar em garrafas de água de um dia para o outro para beber antes de chegar ao destino para compensar os efeitos da altitude. Um alemão jovem que estava em um dos passeios sentiu o efeito (que é muito individual). Tudo em San Pedro de Atacama é caro, os hostals são mais simples, muitos não têm televisão e o sinal de wi-fi as vezes falha. Mas é uma aventura que vale a pena. Prefiram quartos com banheiro interno, porque os de banheiros externos são desconfortáveis de se usar durante a noite, que é fria. Protetor solar, óculos de sol e boné são indispensáveis. Lá costuma faltar dinheiro nos caixas eletrônicos, bem como biscoitos e água mais procurados. A reposição chega, mas é bom prevenir. Ficar lá menos que quatro dias inteiros não vale a pena, porque não dá para fazer todos os principais passeios. Encontrei muitos brasileiros que vão de moto e carro, principalmente do sul do Brasil. Em termos de restaurantes, escolhi três e lá fazia rodízio entre eles. Nada a reclamar.
Definitivamente é um lugar fantástico para se visitar.

vinicius
viniciusPermalinkResponder

Olá,
Sobre o transfer Calama - San Pedro, o que vocês recomendam, fechar no aeroporto ou com antecedência, aqui no Brasil?
E existe outra possibilidade viável de transporte para San Pedro com exceção do aluguel de um carro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Reserve o trâsnfer Licancabur, que sai direto do aeroporto. A alternativa é ir de ônibus ou táxi até o centro de Calama e lá pegar um ônibus de linha da TurBus.

http://translicancabur.cl/

vinicius
viniciusPermalinkResponder

Muito Obrigado!

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Pessoal estou com uma dúvida sobre a emissão da reserva no site da Sky. O pagamento deu tudo certo com cartão brasileiro internacional, mas quando a reserva chegou no meu email os nomes ficaram todos sem espaço (tanto no primeiro nome quanto no sobrenome, não sei se é normal) e o documento (que usei para emitir a reserva foi a identidade (RG) que para isso selecionei a opção DNI) veio como se eu tivesse escolhido passaporte, o que não foi o caso. Sobre o nome acho que é menos mal, pois já pesquisei no google e vi que os nomes geralmente vem sem espaço mesmo... mas e o documento, posso reservar usando a identidade? alguém já teve essa experiência? preciso reservar outro voo logo e não queria errar duas vezes... valeu

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Tudo o que o atendente do check-in vai querer ver é se o nome no seu documento válido no Chile bate com o nome que está na passagem. Tanto faz se for carteira de identidade ou passaporte.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Muitissimo obrigado pela celeridade... o pessoal da Sky não me responde sobre esse assunto desde quinta, já estava ficando ansioso... rss
Bom, então vou emitir de novo da mesma forma... entendo também que se o RG vale como documento de viagem, então eu poderia usá-lo na reserva... valeu mesmo!!

Leonardo Gonçalves

Olá!
Minha namorada e eu queremos fazer uma viagem com duração de 15 à 18 dias no Chile em Outubro desse ano. Nossa intenção é fazer Atacama, Santiago, Mendoza e Patagônia Chilena. Temos duas perguntas:
1. É possível fazer todos esses locais dentro do período que estamos pretendo (aproveitando bem os lugares)?
2. Quantos dias são ideias para cada região?

Algguém poderia nos ajudar, por favor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! No post abaixo recomendamos as permanências mínimas em cada destino. Spoiler: 18 dias pra tudo isso? Tem jeito não.

http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago

Danilo Nogueira

Peguei varias dicas sobre o Atacama aqui no VnV e como retribuição gostaria de deixar meus comentários. Escrevo ainda do Atacama após 5 dias de tirar o fôlego. A seguir minhas dicas:
1) foi incrível, mas se puder evite vir ao Atacama em Fevereiro. É época do inverno altiplanico na Bolívia o que gera maior chance de chuvas aqui. Quase não chove no Atacama, mas fevereiro é mais propício e aí várias atrações são canceladas. Eu peguei dois dias de chuva e os Geisers de Tatio ficaram fechados a semana toda.
2) não feche seu pacote antes de vir pra cá. Melhor pechinchar e montar seu roteiro no local. Os preços variam bastante. Os quatro passeios clássicos (geisers + laguna cejar + lagunas altiplanicas + valle de la luna) podem sair por 55.000pesos ou por 100mil pesos.
3) vi vários comentários elogiosos sobre a Grado10. Fechei com eles, apesar deles cobrarem uns 30% a mais que a média e foi uma enorme decepção. Não vale. Caminhão deles quebrou na véspera, nos transferiram pra outra agência. Depois descobrimos que vários passeios legais eles não fazem. Tiveram que devolver nosso dinheiro e queriam devolver a menos. Tive ótima experiência com a Maxim.
4) se fizer lagunas altiplanicas, pelo amor de Deus faça junto no mesmo passeio a esticada até Pedras Rojas. A maior parte das agências não oferece, mas para mim é o melhor do Atacama. Paisagem surreal.
5) além dos básicos, o passeio Salar de Tara é incrível. Devia estar na lista principal tb.
6) fiquei no hotel Cumbres. Estrutura, quarto, comida de hotel 5 estrelas. Atendimento e serviço nem tanto. Mas vale, só não espere ser mimado.

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Problemas com Transfer Calama - Atacama - Calama. Empresa Trans Licancabur
Boa tarde!
Reservei transfer para 3 pessoas de ida e volta com a empresa LICANCABUR e eles simplesmente não apareceram para nos buscar na volta!! Estávamos em hotel diferente, mas informamos ao atendente. Tivemos que contratar um carro particular para nos levar que foi caríssimo. Quase perdemos o voo e a empresa ainda nem devolveu o dinheiro. Na correria acabamos perdendo o bilhete por isso não levamos a reclamação adiante. Só deixo aqui registrado o grave erro da empresa que não indico pra ninguém.

Maria Angelica

Também não recomendo esta empresa. Na ida a viagem foi tranquila, o carro era confortável. Na volta viemos num ônibus caindo aos pedaços, sem ar condicionado. A viagem foi terrível!

Manoel Fernandes

Boa noite.
Estou indo ao Atacama dia 16/04/2016.
1- Gostaria de saber se existe cambio em Reais em São Pedro do Atacama? E qual a melhor casa de Cambio?
2- O Hotel já está reservado, mas caso o pagamento seja em Dóres Americanos existe um desconto de 19% por não ser cobrado o imposto isso procede?
3- Estarei alugando carro para fazer os passeios. É possivel fazer sem contratar uma empresa especializada ou tem como contratar o serviso de um guia para nos acompanhar?
Obrigado pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Manoel! Leve dólares para o dia a dia e para o pagamento do hotel. Não é desconto de 19%; se você pagar o hotel em pesos será ACRESCENTADO um imposto (IVA) de 19%. Apenas pagamentos em dólares ou cartão internacional estão isentos deste imposto. Nem pense em fazer passeio sem guia.

Tem um post fresquinho sobre todos esses assuntos:
http://www.viajenaviagem.com/2016/03/dicas-do-atacama

Marcel
MarcelPermalinkResponder

Pessoal,
quem comprou passagens SCL-CJC-SCL direto na LAN Chile, pagou as taxas de embarque embutidas no preço ou direto no aeroporto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcel! As tarifas de embarque estão todas incluídas.

Mayara
MayaraPermalinkResponder

Seguindo as dicas do Ricardo e demais colegas do viaje na viagem, viajei ao Deserto do Atacama nessa época de maio. Foi muito bom, as temperaturas ainda não estavam castigando tanto, mais o frio do que o calor foi problema.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Pra quem tem disponível desde 300 dólares, nessa semana começaram vôos de balões em San Pedro de Atacama. Deve ser um visual incrível!
http://www.easternsafaris.com/balloonsoveratacama_home/

Maria Angelica

Estive no Atacama em dezembro de 2016, já comentei sobre o transfer (Licancabur - não recomendo!). Ficamos hospedadas no Hostal Corvastch, a equipe era simpática, mas não o dono. Eles desligam a água durante a noite e quem desejar usar vaso sanitário terá que torcer... a desculpa é que falta água no deserto, mas no hotel deles, isso nunca foi problema. A água do chuveiro nem sempre é quente e a internet irregular.
Fizemos passeios com eles, o que foi um problema, no Salar de Tara tivemos muitos problemas. O pneu do carro furou e a pessoa que mais ajudou a trocar foi outro cliente, não o motorista ou o guia. O guia tomou decisões muito ruins durante todo o passeio - resolveu desviar o trajeto para um salar diferente e quando chegou lá não parou o carro para fotos/passeio, nas catedrais de pedra falou que faríamos um trekking que levava meia hora, levamos 2 horas, sem água e no meio do caminho ele simplesmente acelerou e largou todo o grupo. Quando chegamos no ponto de encontro combinado o carro e o guia não estavam lá. Acabamos pedindo ajuda a outra empresa (Kimal). Acabou que ele decidiu ir buscar o grupo de carro na duna de areia e obviamente o carro atolou. Na volta o guia ainda veio dirigindo de forma perigosa e xingando o grupo. Foi muito ruim. Conversamos com a dona sobre tudo o que aconteceu que culpou somente o guia e disse que não faria mais esse passeio. Dois dias depois outro grupo estava saindo para o mesmo destino.
Nos dias que seguiram também tínhamos passeios já reservados com eles, a guia que substituiu era melhor, mas só contava histórias dizendo que os brasileiros são burros. O motorista foi o próprio dono do hotel que era muito seco, não deixou escutarmos música no carro e ainda levava a própria filha para os passeios. No último passeio que fizemos com eles o grupo foi dividido em duas vans e quando chegamos à entrada dos geyser (a parte que tem os banheiros e a bilheteria) eles esqueceram um dos passageiros, que veio correndo atrás da van.
Ou seja, um desastre atrás do outro com esta empresa. Não recomendo! Em outros sites de avaliação, sempre que há uma avaliação ruim os donos respondem a mensagem, porém a NUNCA assumem a responsabilidade sobre suas decisões e serviços.
O Atacama é uma região interessante, mas de paisagem um pouco monótona. Muitas empresas tem se aproveitado do fato de ser uma região turística procurada e tem oferecido um serviço ruim, com péssimo custo/benefício. As melhores empresas são mais caras, mas tem mais segurança. No dia que furamos o pneu em Tara, caso algo mais tivesse acontecido com o transporte não sei o que teria acontecido, eles não tinham como se comunicar com a agência. Poucas agências dispõe de telefones por satélite e numa região potencialmente perigosa como essa, acho importante. Alguns passageiros passaram mal por causa da altitude (eu inclusive) e a agência não se preocupou com isso em nenhum momento. Hoje acho que é uma região para se visitar se puder gastar um pouco mais, o conforto e a sensação de segurança vão fazer bem!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 1º de fevereiro de 2017. Obrigado pela compreensão.

Cancelar