Barra Grande

Índice de posts

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Barra Grande no Viaje na Viagem

Barra Grande & Maraú: como chegar, onde ficar, onde comer, o que fazer

Como ir de carro à Península de Maraú

Costa do Dendê: como chegar e se locomover

Às piscinas naturais de Taipu de Fora

Barra Grande & Moreré: uma introdução ao zen-baianismo

Bar da Rô: um Doppelgänger em Barra Grande

Fotoblog: Kiaroa, seis anos depois

De ônibus pela Costa do Dendê

Piscinas naturais: 7 dicas para não perder a viagem

Barra Grande: quando dá praia?

10 comentários

Camila
CamilaPermalinkResponder

Praias lindas e exoticas. Hospedagem tem que tomar cuidado ao fechar pacote antes de chegarem aqui por que e tudo longe. Mais o que mais me deixou triste dessa vez e que gastamos cerca de 4 horas pra fazer o percurso de 38 km. Ta terrivel a estrada. Não indico pra ninguém. Acho que ja que não querem que o asfalto cheguem até aqui devem consertar as estradas de chão. Um descaso com turista, além de ser uma rodovia estadual tem um fluxo enorme de caminhão e de quadriciclo tudo na maior bagunça. Realmente estou triste e frustada.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Camila, bom dia!

Em que época vc foi?
Tive informação que tem chovido muito na região. Estou planejanto ir na segunda quinzena de setembro, espero que até lá já esteja razoável o trajeto.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cesar! Na época seca a estrada é transitável. A indicação é SEMPRE ligar para a sua pousada para saber como anda a estrada. Não adianta perguntar na internet.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Olá Boia!

Conforme indicação aqui do site, já liguei, e a informação é essa: desde abril tem chovido muuuito e de forma intensa e diferente de anos anteriores. A sugestão, se me permite publicar aos interessados, é sim, evitar a estrada com carro comum.
Como COMENTEI, espero (do verbo "esperança") que na segunda quinzena de setembro, já tenha acalmado as chuvas e que já se tenha dado um tapa na estrada.

Obrigado!

Fátima F.
Fátima F.PermalinkResponder

Um dos atrativos deste lugar é ser rústico. Faz parte da vocação de Maraú esta dificuldade da estrada. Asfalto, assim como fast food e outras características afins são deixadas para os centros urbanos. Talvez, em vez das pousadas reverem o pacote, o turista deveria escolher qual deveria ser a viagem mais adequada para si.
Mudar a estrada para Barra Grande quebraria parte de seu encanto.

Aliás, estive lá em março e meu marido voltou esta semana para comprar um terreno e para lá nos mudarmos.

rafael
rafaelPermalinkResponder

Fatima , concordo plenamente com seu comentário.
Asfalto acaba com os paraísos, no mais...ninguém precisa de carro la. Pé no chão, silêncio e Paz no coração.
população local eh contra o asfalto pq acabaria com a paz de la.

Daniel
DanielPermalinkResponder

Sabe me informar se é sse último trecho de 38 km, é um que podemos fazer de lancha?
Foi o que me informaram na pousada. Que são duas horas de carro até Camamu é mais 30 minutos de lancha. Estou querendo ir com filhos pequenos e não quero correr o risco de ficar 4 horas neste trecho. Obrigado.

Miriam
MiriamPermalinkResponder

A informação da pousada está correta. Se vai com filhos pequenos saiba que é bom ter um adulto para segurar cada criança. A travessia é tranquila, mas a "lancha" são barquinhos pequenos.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Voltamos de Barra Grande na semana passada. Um paraíso para descansar e curtir a natureza!
A estrada está com muitos buracos, mas transitável. Nossa volta foi após uma noite de intensa chuva. Pela manhã, pegamos a estrada com muito barro, mas sem pontos de atolamento. Foram 48km em 1h40min.
Em época com tempo firme, vc vai de boa, sem problema nenhum, ainda mais se for um carro mais alto (sem necessidade de 4x4).
Se possível, divida a hospedagem entre Barra Grande e Taipu, vc vai curtir muito mais. (Na dúvida, sempre siga os ótimos "pitacos" do VnV. E na certeza, também).

Lilian valadares

Com toda certeza a estrada de chão não pode ser considerado um impecilho para tanta beleza!!!
Nunca imaginei que existisse praias tão lindas na Bahia.
Lugar maravilhoso, areia branquinha, águas na temperatura exata, por muitas vezes entramos no mar às 06:30 da manhã.
A estrada não chegou a ser um problema, estávamos em uma caminhonete e levava mais ou menos 50 minutos para chegarmos em Itacaré. Aconselho está viagem para famílias que querem sossego e muita beleza!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar