Bate-e-volta: de Paris a Reims, na Champagne

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

veuveclicq450.jpg

Eis aqui um passeio bate-volta interessantérrimo, que vem a calhar a todo mundo que pede passeios nos arredores de Paris que não sejam Versalhes (onde todo mundo vai na primeira viagem), Disneyland Paris (que vale a pena para quem vai com criança), Mont St.-Michel ou Vale do Loire (over-puxados para um dia só, e de logística complicada).

Estou falando de Reims (diga: "Rãs"), capital da região da (e do) Champagne, primeira estação importante na nova linha do TGV, a apenas 45 minutos de viagem.

(A outra "capital" da Champagne, Épernay -- sede da Moët & Chandon -- está na linha antiga, a 1h20min. de viagem.)

A passagem "cheia" (sem restrições) custa 30 euros em cada perna; mas comprada com antecedência site da SNCF pode sair até por 15 euros por trecho. Os trens operam da Gare de l'Est. Para ir, os melhores horários são 7h57 e 8h57. Para voltar, 17h15 ou 20h15.

Reims

A cidade foi desfigurada pela 2a. Guerra, mas conseguiu conservar seus dois tesouros mais valiosos: a Catedral de Notre-Dame, onde 25 reis franceses foram coroados, e o vizinho Palácio do Tau, onde aconteciam as festas de coroação.

Mas a atração principal da cidade são as caves de algumas das marcas mais famosas de champagne. Muitas delas estão concentradas ao sul do centro histórico, e são vizinhas umas das outras -- como você pode ver nesse mapa aqui.

Veuve Clicquot

As visitas guiadas, que duram entre uma hora e meia e duas horas, partem sempre que chegam pessoas suficientes para compor um grupo. Na Veuve Cliquot elas acontecem de 2a. a sábado das 10h às 18h (de novembro a março, de 2a. a 6a.). Na Pommery as visitas são diárias, das 10h às 18h. Na Piper-Heidseick, todos os dias das 9h30 às 11h45 e das 14h às 18h, de março a dezembro. E na Taittinger, das 9h30 às 13h e das 14h às 17h30, todos os dias, inclusive feriados (de 15 de novembro a 15 de março, de 2a. a 6a., salvo feriados). Todas as visitas terminam com degustação; o número de taças e o conteúdo delas vai depender do tipo de ingresso que você comprar.

Querendo comer uma coisinha entre uma visita e outra (hic!), volte ao centro da cidade e visite uma outra instituição de Reims: o Café du Palais, em frente ao Palácio de Justiça, que serve comida de bistrô a preços camaradas.

Leia mais:

143 comentários

Gabriela Diniz

Olá pessal!!! Na minha trupe de viagem agora contamos com uma nova integrante, Clara, de 10 meses. Estaremos indo alguns dias a Paris em outubro acompanhando alguns familiares, e gostaríamos de fazer um bate e volta pois já estivemos na cidade outras vezes. Descarto Reims porque ficaria complicado visitar as caves com um bebe (e não sei se a cidade em si tem muito mais a oferecer além disso, o que vcs acham?), mas fico na dúvida entre Troyes, Giverny ou até mesmo Nancy. O que sugerem? Alguma consideração especial ou algo a evitar em Paris e arredores com ela? Obrigada!!!

Samantha Soares

Olá Viajantes, Ricardo e Boia,

Gostaria de um informação: agendei uma visitação na Moet & Chandon na parte na data as 15:30 mas devo chegar em Épernay de manhã.
Dúvida: a estação de trem é próxima da avenida Champanhe? Consigo ir a pé passeando ou vocês aconselham pegar um táxi?

Obrigadúuu

bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Samantha! São 8 km, você vai precisar de táxi.

paulo cesar
paulo cesarPermalinkResponder

Qual a duração de trem entre paris e troyes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo Cesar! 1h35. Reserve em http://www.voyages-sncf.com .

marilane guedes

por favor, voce pode me indicar uma excursão de onibus para reims? tenho dificulkdade para caminhar e levo cadeira de rodas para facilitar.obrigada pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marilane! Aqui a gente não tem como recomendar passeios organizados.

Falam bem da Cityrama.

O Conexão Paris tem operadores recomendados: http://www.conexaoparis.com.br .

Julia
JuliaPermalinkResponder

Foi o que eu comprei!! Eles são ótimos!

Adriane
AdrianePermalinkResponder

Olá

Para comprar a passagem para REIMS pelo site da SNCF, está tudo em francês e não consigo entender o passo a passo. também fiquei em dúvida porque em alguns momentos as passagens de 1a classe são mais baratas do que as de 2a classe. É isso mesmo? Por favor, me ajude. Como posso ver uma versão traduzida do site para conseguir as passagens mais em conta?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriane! Se as passagens promocionais na segunda classe já se esgotaram e ainda há tarifas promocionais na primeira, a primeira será mais barata.

Use o auxílio do Google Translate para traduzir as páginas.

Simao
SimaoPermalinkResponder

Meu amigo, voce pode me dizer qual estação do TGV pego para fazer o bate volta para Reims. Chegando lá, os pontos turisticos indicados por voce ficam longe da estaçao do TGV?
Grato pela atenção e cordialidade

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Simão! Sempre que você comprar sua passagem pelo site da http://www.voyages-snfc.com o site indicará automaticamente a estação de onde parte o trem. Para Reims a saída é da Gare de l'Est. É preciso pegar um táxi para as caves.

Benigna Rabelo

trem para Reims há necessidade de comprar a passagem com antecedência? estou viajando a partir do dia 24/10
Grato pela atenção

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Numa estada de 6 dias inteiros em Paris é muita coisa ir Versailles e a Reims?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Em princípio, sim. Deixe para ir a Reims se você já tiver dado Paris por visitada.

Ana Carolina Raiza

Parabéns pelo site, fantástico, não saio do Brasil sem dar uma lidinha no viaje na viagem. Sou fã de vocês e indico para todo mundo!!! Pergunta, em Reims é possível alugar um carro fácil, ou é melhor taxi entre estação e caves? Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! Se você vai ficar só em Reims, vá de táxi. Se for ficar uns dias e rodar pela região, então pense num carro.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Olá Ricardo! Vamos a Paris em marco com nossa filha de 4 anos e como não poderia deixar de ser vamos leva-lá a Eurodisney! Sair de Paris de carro passar o dia lá e depois seguir para Reims por duas noites e valido? Ou muito contramão? Obrigada Vanessa.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Quem respond é A Bóia. É válido.

Bruno MEndonça

Fiz esse bate-volta em fevereiro do ano passado. Valeu muito a pena! sai de Paris por volta das 9 hs e retornei de Reims as 17 hs. Foi suficiente para conhecer a cidade (é pequena e dá para fazer praticamente tudo a pé). Visitei a igreja de Nortre Dame, duas "caves", almocei no Restaurante "Flor" no Centro da cidade (perfeito), caminhei pelo Centro e retornei para Paris. Comprei as ppassagens antes da viajem, aqui do Brail mesmo. abs

Ana Lucia
Ana LuciaPermalinkResponder

Bruno pode me dizer em qual site você comprou as passagens para o bete-volta Paris/ Reims? Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Lucia! O site da SNCF agora é https://en.oui.sncf .

katia negreiros

olá, gostaria de fazer Reims, Epernay, Troyes em um dia e seguir de trem para Tours. Há essa possibilidade, sem necessariamente passar por Paris? obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katia! Não dá. Uma visita a uma cave dura duas horas. Passear pela rota dos vinhedos de Épernay leva tempo. Troyes é um lugar onde você precisa parar, estacionar, pelo menos ir à catedral. É preciso almoçar, lanchar, abastecer, voltar pelo retorno porque você não entendeu o GPS... vá mais devagar. Viagem de carro com pressa e objetivos demais não tem jeito de dar certo.

Leda Logus Ferreira

A minha estadia é curta, serão apenas 9 noites, em Paris, entretanto, quero ir a Reims (TGV). No mês de maio as caves funcionam para visitação?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leda! Não sabemos de nenhum período em que não funcionem, mas se você tem receio entre nos sites para ver se há algum aviso.

Livia
LiviaPermalinkResponder

Um dos melhores passeios que já fiz. A cidade é linda, a catedral estupenda e as caves maravilhosas

Daniela Valla
Daniela VallaPermalinkResponder

Olá!
Você sabe se saem excursões de Reims para os vinhedos de de Épernay tipo vai de manhã e volta de tarde ou precisamos ir de trem para lá e de lá fazer o passeio?!
grata!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Excursões assim são normalmente reservadas de véspera, é difícil chegar de outro lugar e se encaixar numa. Passe numa agência em Paris e veja se eles te encaixam num passeio desses.

Ludgero
LudgeroPermalinkResponder

A Cáve Ruinart estará fechada de maio 2013 a dezembro 2013 para reforma das caves... uma pena já que vou em setembro irei perder esta.

Thiago Cosin
Thiago CosinPermalinkResponder

Olá;

Na minha viagem que será no começo de julho tenho planejado 4 dias cheios para conhecer as caves de Reims e Épernay. Queria umas dicas, se possível, claro:
Primeira: é melhor ficar em um hotel em alguma das 2 cidades ou melhor ficar 2 dias hospedados em cada 1?
Segunda: É melhor alugar 1 carro para conhecer as Caves ou vai de taxi? Se for de Taxi é fácil achar algum na hora de voltar?

Obrigado pela ajuda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Dá para escolher uma base, trocar de hotel toma tempo e energia, é tudo muito perto. É possível fazer de carro, o problema é ser pego pela fiscalização. Escolhendo Reims você pode fazer as caves da cidade de táxi e as de Épernay por agência especializada (seu hotel terá contatos).

Aline
AlinePermalinkResponder

Pessoal, boa noite.

Fico com base em Paris 6 dias e gostaria de conhecer Strasbourg e Reims ou Épernay.

Minha dúvida: 1 dia em cada local ou 2 dias em Strasbourg?

Sendo a 1a. opção, devo dormir lá; se for a 2a. opção, farei 2 bate e voltas de Paris.

Sugestoes???

Algum site para locação de apto em Paris?

Abraço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! O Ricardo Freire desrecomenda estadas de apenas uma noite; acha bate-voltas até 2h mais rentáveis em termos de aproveitamento de tempo e energia.

Aline
AlinePermalinkResponder

Obrigada Bóia.

Fred
FredPermalinkResponder

A Mumm tem uma visita guiada no idioma português. O guia é um simpático francês de nome italiano (Enzo), que fala bem a nossa lingua. A visita dura uns 45 minutos e é muito informativa. Agendei pelo e-mail guides@mumm.com.

maria luiza capra

Irei a Reims de 25 a 28 de setembro. Quero aproveitar para conhecer a região, além de Reims, Epernay, Troyes. Alguma sugestão e, se de carro, qual melhor roteiro? MUUUIIITTTOOO obrigada. Maria Luiza

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luiza! O Conexão Paris tem bastante material sobre a região:
http://www.conexaoparis.com.br/tag/rota-do-champagne/

Fernanda Souza

Ola,
vou a Franca, incluido Reims, no proximo mes e estou adorando seu site. Fiquei com uma duvida quanto a compra da passagem. Se comprar direto da estacao dai cerca de 30 euros e se comprar no site sai 15? Isso mesmo?
E se comprar pelo site posso retirar na maquininha na estacao com o cartao de credito que fez a compra, certo?
Desde ja agradeco!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Os descontos no site variam de acordo com a antecedência. Atualmente quase todos os trechos oferecem eticket, é só imprimir o recibo.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

OI, Boia!!

Em marco irei de Paris a Estrasburg. Da pra comprar o bilhete ate Estrasburg e descer em Reims e depois da visita subir em outro para continuar o trajeto? Ou tenho que comprar as duas viagens separadas?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danielle! Ao usar trens rápidos na França você precisa ter reserva de assento. Para ter reserva de assento você precisa definir um horário. Por isso, se quiser descer no meio do caminho e pegar um trem mais tarde, você deverá ter duas passagens separadas.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Obrigada, Bóia!! Como sempre, vcs me ajudaram muito!

Claudio Orlandi

Ola -Qual o melhor meio de ir até Saint Michel estando em Reims.
É viável viajar de Reims a Djon de carro e de trem dai até Carcassone.
Muito agradecido pelas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Simule roteiros rodoviários em http://www.viamichelin.com .

De trem, é preciso ir a Paris.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2009/09/uma-escapada-ao-mont-st-michel/

kleber
kleberPermalinkResponder

OLA ,QUERO CONHECER A MOET ,EM EPERNAY E DEPOIS REINS, SERÁ QUE DEVO PEGAR O TGV Paris-Epernay, e ir de taxi depois pra Reins, e voltar Por Reis- Paris, será que o taxi é caro?

grato

kleber

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kleber! Você pode usar táxis localmente, entre Reims e Épernay. Pode também se encaixar numa excursão a partir de Paris, como esta:

http://www.viator.com/tours/Paris/Champagne-Region-Day-Trip-from-Paris/d479-2050RC

Victor
VictorPermalinkResponder

Ola, vou para paris no dia 10 d março, e queria tirar um dia pra fazer epernay e reims... Somos jovens e rapidos, acha que da tempo? Grato

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Victor! Escolha entre Reims e Epernay.

Victor
VictorPermalinkResponder

Ah, e quanto tempo acha que eu levo de taxi epernay reims? Ou melhor fazer o circuito de tgv?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Victor! Entre as duas cidades, ou você vai de trem e pega um táxi localmente em Epernay ou pagará uma fortuna.

Lucia Stock
Lucia StockPermalinkResponder

Minha família e eu adoramos a visita a Epernay e a Moet Chandon.

Wania Cosso
Wania CossoPermalinkResponder

Olá, um esclarecimento, por favor: preciso fazer reserva para visitas a Veuve Clicquot? No site não aparece a tarifa cobrada para a visita com degustação. Sabem me informar? Muito obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wania! É preciso reservar preenchendo um formulário que você encontra no site (não dá para linkar).

A visita standard com degustação de uma taça custa 20 euros por adulto. Existe agora também um tour especial sobre a vida de Mme Clicquot que custa 35 euros por pessoa.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Olá pessoal,
Eu comprei um pacote de ônibus (saindo ali do Louvre) com direito a 2 visitas e degustação! Fomos na MUM e na Moet et Chandon e foi maravilhoso! O passeio tinha guia em português e visita a catedral de notre dame e ao centro de Reims. Vale muito a pena!!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi Júlia! Em que site você comprou esta excursão? Quanto custou? Vamos em julho e estamos analisando todas as possibilidades de transporte Paris-Reims. Obrigada!

Josiane
JosianePermalinkResponder

Oi Ricardo e Bóia,

vi a forma que algumas explicaram para chegar a Epernay de trem (TGV para reims na Champagne-Ardenne e depois outro trem de 20 minutos para Epernay), porém fui tentar comprar passagens pelo site da VOYAGES SNCF, joguei destino inicial Paris e final Epernay, e saíram opções de passagens de trem direto, com duração de 1:21h entre as duas cidades. Parece que é uma empresa que se chama TER. Agora estou na dúvida se é isso mesmo... Será que agora tem trem direto de Paris a Epernay sem baldeações? É só comprar esse trecho e pronto??? Se puderem me ajudar ficrei mais segura... Muito obrigada,

Josiane

Carolina Cassola

Olá! Vou passar pela rota do Champagne em setembro e também pela rota dos vinhos na Alsácia de carro. Meu marido ainda está em recuperação de uma cirurgia no joelho. Ele pode andar mas não distâncias muito longas. Gostaria de saber se nas caves o percurso é muito longo a pé e de difícil acesso.

Obrigada,
Carol

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! Cada caso será um caso. Nas duas caves que o Ricardo Freire visitou -- Taittinger e Veuve Clicquot -- não houve grandes caminhadas (mas sempre há escadas a descer).

Note que visitas a vinícolas são bastante repetitivas; o roteiro é praticamente igual em todas. Selecione para visitas uma cave de vinhos e outra de champagne; complemente a viagem com degustações, que não precisam envolver visitas à propriedade inteira.

Mariana Paschoal

Olá!
Estou programando um bate e volta para Reims no final de agosto.
Gostaria de saber se o trajeto Estação de Trem - Catedral - Caves é muito longo ou podemos fazer a pé?
Daria tempo para retornarmos no trem das 14h?
Obrigada pelas ótimas dicas!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! A estação de TGV fica fora da cidade, você precisará de táxi.

Se descer na estação central, ainda assim ficará longe para ir às caves.

Não faça essa viagem correndo. Marque o trem para o fim da tarde. Dará tempo para almoçar e visitar a catedral.

Sandra Carvalho

Olá amigo,quero agendar uma visita à Veuve Clicquot saindo de Paris de TGV. Como proceder ? Grata em responder-me
Ps. to achando seu site um barato !

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! Entre no site da Veuve Cliquot para fazer seu agendamento e reserva (na página principal, escolha o idioma português e clique em Visita, na parte inferior da página, do lado esquerdo): http://www.veuve-clicquot.com/

Isabela Bastos

Adorei as dicas!!

Uma pena que algumas vinículas fecham em dezembro. Mas com certeza quero fazer esse bate e volta!

Maura Ribeiro
Maura RibeiroPermalinkResponder

Gostaria fe fazer a visita à cave Veuve Criquot em maio. É verdade que não é a reta a visitação nesta época! Obrigada.
Aguardo retorno.
Maura Ribeiro

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maura! A visitação em maio é aberta sim (exceto dia 1º). No site - http://www.veuve-clicquot.com/ - as datas ainda se referem a 2014, mas devem se manter semelhantes em 2015. Lembre-se que é necessário reservar a visitação.

Fernanda Molinaro

Oi Boia!! Eu e meu marido estamos planejando alugar um carro em paris e ir para Reims e Epernay curtir um dia de degustações, etc. Isso em fev de 2015. Mas me conta... Vale a pena?? Ou seria melhor ficar nos trens e taxi mesmo? Pensei no carro pq daria mais liberdade de fuçar nas cidadezinhas.. mas me preocupa o lance do alcool.. Ninguem vai encher a cara (ou apenas um de nós dois).. O que vc acha??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! O limite para beber e dirigir é de apenas uma taça. Não vale a pena arriscar. Se quiser fazer uma excursão completa pela região, faça... uma excursão mesmo, guiada. Ou use táxi entre Reims e Épernay.

Rogério
RogérioPermalinkResponder

Óh dúvida cruel, estarei em Paris pela primeira vez com minha esposa em março(08 dias).
Já marquei dois dias em Londres, mas vendo esses comentários por aqui e lendo também sobre Estrabourgo, fiquem com uma tremenda dúvida.
O que você recomenda pela primeira vez?
Reims ou Estraburgo para fazer um bate e volta?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rogério! As duas opções são bacanas. Vai do que vocês tiverem mais vontade de conhecer primeiro. Você viu o post sobre o bate-volta de Strasbourg?
https://www.viajenaviagem.com/2009/10/strasbourg-otimo-bate-volta-a-2h20-de-paris-por-alessandro-ayres

Fabrício
FabrícioPermalinkResponder

Olá boia! Estou indo pra Reims em setembro, baseado nas dicas de vocês, mas estou com uma dúvida. Pelo que vi, os horários dos trens mudaram (Já não são os horários informados neste post) e não sei como fazer. Quanto tempo pensa ser necessário para conhecer a catedral, a saint-demi, almoçar no palais e visitar duas caves, sem muita correria? O trem (TGV) mais cedo parte às 7:58h, o seguinte apenas 10:28h, da gare de l'est. Vi que agora eles vão até a estação central em Reims também. No retorno, o último parte às 19:15h. Como estarei hospedado em montparnasse (15 Arr., metro linhas 12 ou 13), tenho receio do deslocamento de manhã cedo até a gare de l'est para o trem das 7:58h. Alguém sabe dizer quanto tempo levaria esse deslocamento em Paris e a melhor forma de fazê-lo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabrício! Pegue o trem das 8h40 que vai a Champagne-Ardenne e chega às 9h20. De lá siga de táxi ou ônibus a Reims (15 km) ou espere o próximo trem, que sai às 9h58 e chega às 10h09 no centro de Reims.

Perdigão
PerdigãoPermalinkResponder

Olá bóia, vou estar em Bruxelas e gostaria de seguir para Reims. Não consigo identificar um deslocamento de trem entre essas cidades sem ter que ir para Paris. Você saberia me indicar se há linha de trem entre as cidades?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Perdigão! Não importa a cidade que você escolha para visitar no meio do caminho -- Lille, Liège, Luxemburgo -- a conexão será feita em Paris. A única dessas que está no realmente no caminho e não aumenta o tempo de deslocamento é Lille.

Leticia
LeticiaPermalinkResponder

Não existe trem direto de Paris a Reims, é isso mesmo? Só encontrei trechos com baldeação em Epernay e Laon, todos com 2 horas ou mais de viagem. O deslocamento de 45 min como o site informa não existe mais??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Letícia! Para quando, e em que site, você está pesquisando? Pesquise sempre para datas nos próximos 120 dias, e sempre no site da http://www.voyages-scnf.com . Há vários horários diretos à gare central de Reims em 45 minutos.

Leticia
LeticiaPermalinkResponder

Estou procurando para o 02/05/16... Realmente, datas mais recentes (ex: março) aparece a opção desse trem... mas para início de maio e um pouco antes, não!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leticia! Então espere, que aparecerão.

Flavio Lopes
Flavio LopesPermalinkResponder

AS informações sobre a visita a Veuve Cliquot continuam as mesmas? O link sobre a visita esta indisponível! Gostaria de saber também se é necessário comprar ingressos antecipadamente!! Muito obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flavio! A visita só acontece mediante reserva.

Link atualizado:
http://www.veuve-clicquot.com/pdf/Veuve_Clicquot_first_experiences_EN.pdf

Raquel Botinha

Olá! Estou organizando 9 dias em Paris e quero ir a vinícolas neste período? É possível fazer Veuve Clicquout e Moet no mesmo dia?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! As duas caves estão em cidades diferentes. É difícil combinar as duas visitas por conta própria, a não ser que você vá de carro. Apesar de estarem distantes apenas meia hora de trem (e a Moët fica a 5 minutos a pé da estação de Épernay), os horários dos trens rápidos (que fazem o trajeto em meia hora) não são convenientes. Se você quer fazer degustações em Reims e em Épernay no mesmo passeio, procure tours organizados, como este.

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Oi Ricardo!
Realmente Reims é conhecida basicamente pelas champagnes mas a cidade tem várias coisas bacanas tbm pra quem quiser esticar a viagem.
Vou deixar a dica mais preciosa que descobri por acaso e não sei porque, nunca vi em site nenhum. Na cidade foi assinado o 2o termo de rendição dos alemães, quando eles se retiram da França na 2a guerra e a sala aonde isso aconteceu está INTACTA!! O Museu da Rendição fica bem pertinho da estação de trem. É um museu pequeno e conta com essa preciosidade que até então, não vi em nenhum outro museu sobre a guerra. Ela tem todas as estratégias e mapas do dia ainda nos lugares! A entrada custa 5 euros

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Oi, estou pensando em pernoitar em Reims, mas como pretendo fazer degustações, não daria certo o deslocamento de carro entre as caves. É fácil se deslocar por táxis? Deixaria um dia para Épernay e outro para Reims

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! O que fizemos em Reims foi exatamente o descrito pelo Ricardo Freire. Não sabemos como é o transporte de táxi ou Uber entre Reims e Epernay em 2018, desculpe.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar