Aluguel de carro em Cuba (pra Luisa)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Estrada La Farola, Cuba (foto: João Leitão)

Ai que inveja! (positiva! positiva!)

A Luisa, do exxxxxcelente Arquivo de Viagens, vai fazer uma viagem que está entre os meus maiores sonhos de consumo: quinze dias por Cuba, com hospedagem em casas particulares.

Só que, em vez de andar de ônibus, ela está pensando em alugar um carro. E, na falta de nomes conhecidos como Hertz ou Avis, está com dificuldade de escolher entre as locadoras locais (Rex, Cubacar, Micar, Havana Autos).

Fiz uma pesquisa rapidinha. Achei muitas reclamações contra a indústria de multas e propinas e um ótimo relato do viajante português João Leitão, que alugou pela Cubacar, gostou da experiência e tem uma lista de conselhos a quem queira ir pelo mesmo caminho.

Atenção todos os trips que já alugaram carro em Cuba! Compareçam à caixa de comentários! Gracias!

Leia também:

Pergunta do dia: Cuba sem pacote

85 comentários

Patricia - Turomaquia

Luisa e Riq tenho uma amiga que acaba de chegar de Cuba. Ela alugou e não teve problema com a polícia, mas disse que foi bem caro, 80 euros/dia, e que as estradas são bem ruins, é mais fácil se perder do que se achar (hehehehe)! Disse para não se fiar e pensar são só duzentos quilômetros! Porque 200 aí são muitos! Mas ela amou a experiência, mas apenas alugou por um dia.

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Riq
Um post pra mim! Nossa!
Valeu mesmo!

Patricia,
Vc sabe qual locadora essa tua amiga usou?
Brigadinha!

Patricia - Turomaquia

Luisa, vou ver e te aviso.
Beijos

Mariana Della Barba

Há dois anos, fiz uma viagem de carro por Cuba, indo de Havana a Pinar del Rio e, depois, de Havana a Santiago (depois voltei de avião até a capital). Sendo honesta, a experiência não foi das melhores. É caríssimo, como já disseram em outro comentário, a sinalização é mais que precária, ao ponto de te fazer perder horas e horas. Mas o preço e a precariedade já eram mais ou menos esperados. O pior mesmo foram as taxas escondidas e afins. Coisas que nunca vi em outro lugar do mundo e que acabaram me rendendo um bom preju. E aluguei pela Cubacar, mas na verdade não faz muita diferença, porque elas são da mesma cia. Pelo menos acho que é o caso da Rex e da Via.

Marcelo Forlani

Como a Mariana disse, o maior problema são as taxas escondidas. Muito mais do que as péssimas estradas e a completa falta de sinalização. Esteja preparada para pedir informações o tempo todo e saiba que ao chegar em um pueblozito você pode ter de seguir alguém de bicicleta, que lhe mostrará o caminho para onde quer ir, mas vai querer uma "propina" ao final.

fernando
fernandoPermalinkResponder

Poxa, o sujeito deixa o seu próprio itinerário para guiá-lo de bicleta e te resolve um problema e vc reclama da gorjeta? O povo cubano, apesar de feliz, é um povo sofrido e passa necessidades. Nada mais justo que remunerar pelo seu trabalho.

Karen Cabral Dutra

Concordo 100%

Dri - EveryWhere

Oi Riq, aproveitando a fase de posts ligeiros com dias dos Trips, tambem queria uma ajuda...
Vou pra Polonia semana que vem, Cracóvia e alem de algumas dicas da cidade, queria mesmo era saber qual a melhor (e mais rapida) maneira de passear em Auschwitz (a intencao é fazer um bate-e-volta no campo de concentração).

Jah catei o VnV de cabo a rabo, mas nao achei nada...

Abs!
Dri Miller

Ricardo Freire

Achei um post engraçado no TripAdvisor: "the idiots guide on how to get to Auschwitz by bus Auschwitz" smile

Não deve ser complicado, não, hehe.

http://www.tripadvisor.com/ShowTopic-g274772-i961-k724399-The_idiots_guide_on_how_to_get_to_Auschwitz_by_bus_Auschwitz-Krakow_Southern_Poland.html

E esses são os horários dos trens:

http://www.krakow-info.com/train2os.htm

Já fui a Cracóvia, mas não tive coragem de ir a Auschwitz, não...

Natalie
NataliePermalinkResponder

Ric e Dri
O Breno do blog Vem Comigo tem um post falando sobre Auschwitz. Nos comentários ele também dá dicas de como chegar lá e como é o passeio.

http://brenob.wordpress.com/2008/08/05/auschwitz-birkenau/

Ricardo Freire

Eba!

Dri - EveryWhere

Eba!!!
Obrigada Trips!!!
Quando voltar da viagem eu faco um post detalhado e deixo a dica aqui!

Abs
Dri Miller

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Magníficas dicas de João Leitão! Gostei do relato.

Eu alugue um carro com Cubacar e todo fou bem.

Conselho: não corra com a carro, as pessoas caminhan pelo viário, estradas... Não há muitos carros somente "guaguas".
Um saludo

MaWá
MaWáPermalinkResponder

Riq e Luisa,

Aluguei um carro em Cuba, para fazer o trajeto de Santiago a Havana. Foi uma ótima opção, pois estávamos em 5 pessoas e o custo foi rachado entre as 5.

Se não me engano foi pela Cuba Car, mas não tenho certeza. Todas as agências são parecidas e pertencem ao governo, ou seja, vá na que melhor te atender.

As grandes estradas são tranquilas, mas não espere nada muito elaborado (não há divisão de faixas em diversos trechos, por exemplo). Nas estradinhas pequenas, siga as dicas do João mesmo: trechos irregulares, baixa velocidade, cuidado com noite/chuva e com animais que possam passar por lá.

A experiência de alugar um carro foi ótima, mas nós temos o perfil de ficar descobrindo mesmo. E a questão das placas é isso mesmo, quase não há. Mas quase não havia muito o que errar também.

Ah, uma curiosidade: fomos super empolgadas com a idéia do carro e compramos um monte de CD na viagem para deixar tocando no carro. Quando finalmente pegamos o carro, surpresa: o rádio era de fita ainda! Acabamos ouvindo por 10 dias as fitas que o moço da loja nos emprestou.

Como eu disse, estávamos em 5 pessoas e acabou dando nisso: http://migre.me/8xDA

Aproveite, Cuba é maravilhoso!

Um beijo

MaWá

nati
natiPermalinkResponder

Nós alugamos um carro em Cuba há 3 anos e foi tudo delicioso. Claro, você tem que estar com o humor e expectativas sintonizados com o lugar. Não fiz a reserva desde o Brasil, preferi entrar nas locadoras e perguntar tudo e mais um pouco para não ter surpresas. Todas as locadoras são estatais, mas concorrem entre si, então têm pequenas diferenças. Os carros são péssimos e a gasolina pior, mas... andam. As estradas não têm sinalização horizontal (o fabricante desse tipo de tinta é dos EUA), quase todas as pistas são de concreto, o que as torna bem transitáveis ainda e como o trafego é quase nulo, fica tranquilo (DE DIA). Nas estradas tivemos que perguntar muito, mas isso também rendeu ótimas recordações, um convite para conhecer a casa e a família, outro uma escola e até para um “churrasco” na praia.

Ricardo Freire

Acho que essa postura é super importante. Nunca esperar o profissionalismo "ocidental" por lá. Sempre vai ter um perrengue, mas vai valer a pena mrgreen

Clóvis
ClóvisPermalinkResponder

Estive em Cuba em janeiro de 2011 e aluguei um ótimo carro chinês (Emgrand), equivalente ou superior ao Sonata. E tive sorte: o carro era zero (tinha rodado apenas do porto à garagem)! As rodovias são muito remendadas, mas tem muito pouco buraco, de modo que geralmente vc consegue manter a velocidade máxima.

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Esse é o tipo de post que faz meus olhos brilharem... alguém sabe quantos quilômetros entre Havana e a "Salvador de Cuba"? (acho que é Santiago de Cuba né?

Ricardo Freire

970 km!

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Trips, obrigadissima pelas informacoes!
Vcs tem razao... Nao faz diferenca alugar o carro com uma ou outra companhia... Parece que sao todas (ou a maioria) do mesmo grupo, a www.transtur.cu
Valeu mesmo!

Clóvis
ClóvisPermalinkResponder

Olha, eu acho que faz diferença sim. Fiz uma reserva de carro a partir do Brasil, junto a uma agência espanhora com escritório em Havana. Houve um pequeno desencontro meu com o agente (que foi até o hotel) e, então, procurei a Cubacar no pátio do próprio hotel: me pediram 80% do preço mais! Claro, fui atrás da minha reserva, que foi respeitada. Depois fique sabendo: o carro é de propriedade da Cubacar...

Beatriz Calazans

Oiee,
gostaria de saber se em Fevereiro é aconselhavel ir à Cuba?

Ouvi dizer que ainda é época de chuva e huricanys? Alguem sabe me dizer?

Obrigada,
Abrços
Bia

Ricardo Freire

A temporada de furacão vai de julho/agosto a novembro.

Os meses mais secos são março-abril-maio, mas dá pra ir em fevereiro na boa.

Beatriz Calazans

Oi Ricardo....
Obrigada pela informação!!!! Assisti sua palestra na segunda feira no The Hub, e ja virei fa do seu blog. Adorei!!!! Parabens!!! Adoro viajar, e tem váaariassss dicas, roteiros, etc... !!!!

Abraços
Bia Calazans

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Riq e trips,

No ano passado eu me enrolei com a escolha do carro e tive que adiar a viagem, pois nao consegui encontrar nada para alugar, nem em locadora sèria, nem em locadora menos sèria!

Mas esse ano a viagem sai! (Espero!)

Eu estava pensando em seguir as dicas aqui do blog e passar uns diazinhos em Cayo Largo. Mas reparei que o post sobre Cayo Largo è de 2007 e andei lendo muita coisa nos jornais de viagem italianos que Cayo Largo "è stata colonizzata dal turismo: charter che sbarcano centinaia di europei e canadesi, discoteche, lezioni di salsa in spiaggia."

Nada contra o estilo, mas nao è exatamente esse o meu ideal de tranquilidade e o romantismo que gostaria de ver num paraiso tropical. E li tb que a "ultima frontiera caraibica di un mare intatto" sao as ilhas Canarreos.

Alguem saberia me dizer se Cayo Largo virou mesmo um lugar com aulas de salsa na praia? E alguem jà ouviu falar dessas ilhas Canarreos?

Super obrigada!

Ah, os trechos em italiano eu tirei desse artigo:

http://viaggi.corriere.it/viaggi/natura-sport/2009/cuba_canarreos/canarreos.shtml

Ricardo Freire

Luisa, Cayo Largo pertence ao arquipélago das Canarreos. É a segunda maior ilha (a maior é a Isla de la Juventud). Você pode alugar um iate em Cayo Largo e passear/pernoitar em partes desabitadas do arquipélago. Isso dá pra fazer também em Los Roques, na Venezuela, cujas partes mais selvagens são desejadíssimas por quem tem iate.

Não sei o que você imaginava de Cayo Largo, mas o tipo de hospedagem por lá sempre foi de resorts 4 estrelas, voltados para o turista europeu, com tudo o que ele está acostumado a encontrar em resorts do Caribe (quando fui, em 2002, com menos fartura de coisas à mesa, não sei se continua assim).

Eu recomendo Cayo Largo como um genérico das Maldivas: um banco de areia com água deslumbrante e preços razoáveis.

Não é uma ilha densamente ocupada, não. Atualmente só há cinco hotéis, todos na mesma praia (quando eu fui havia só dois, os outros estavam desativados por conta de um furacão).

http://www.cayolargo.net/hotels.html

Para sair do ambiente do resort basta caminhar um pouco adiante na praia ou pegar a jardineira e ir à Playa Sirena, que é a mais bonita da ilha, e onde não há construções.

De novo: não espere uma experiência charmosa. Cayo Largo é um upgrade de Varadero, mas é esquema resortão (e com bem menos cor local do que Varadero).

Se você procura um lugar do Caribe espanhol com hotéis de charme, te recomendo pesquisar sobre a Península de Samaná, na República Dominicana. A Carmen http://paraviajeros.blogspot.com esteve lá e descobriu coisas lindas.

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Brigada, Riq!

Praia nao è muito a minha praia, entao tenho um pouco de dificuldade de "captar" o lugar. Vi que eram lugares proximos, mas nao sabia que faziam parte do mesmo arquipelago.
Já estive na Peninsula de Samana nos idos de 2004 e amei! Mas em Cuba gostaria de um outro esquema de viagem! Depois de rodar o pais inteiro de carro, queria somente um lugar tranquilo pra tirar ferias das ferias.
Nao faço questao de hoteis de charme e acho que resort è uma boa quando o objetivo è simplesmente relaxar numa praia, sem maiores pretensoes.
Gosto muito do que vc diz sobre Cayo Largo, mas assustei com o que li nos jornais italianos e o meu medo era ir atè là e topar com musica alta e bagunça ao lado do meu guarda-sol.
Obrigada pela resposta! Me tranquilizou!

Ricardo Freire

Hehe, não me responsabilizo pelos hotéis, só digo que existe escapatória smile

Na ilha principal, um lugar que eu pesquisaria para as férias das férias é Holguín/Guardalavaca. As praias de Guardalavaca parecem perfeitas e há bem menos resorts do que em Varadero. Acho que, nas tuas andanças de carro, você vai achar um esquema de curtir por lá...

Muita inveja da tua viagem! É meu sonho! (Que não vou poder realizar enquanto não houver internet fácil na ilha...)

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Opa! Informaçao preciosa essa de Holguin/Guardalavaca! Vou pesquisar!!

È inacreditavel, mas nem a Russia me deu tanto trabalho para organizar uma viagem!

Brigadao mais uma vez, Riq!

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Olá !!! Sou uma leitora muito antiga do Ricardo Freire...desde a época do Manual de Autoajuda para Turistas...e freqüente visitante do viajenaviagem...AMMMOOO VIAAAJJAR e estou sempre organizando minhas viagens por conta própria, sempre descobrindo particularidades muito bacanas tanto na organização da viagem, quanto durante sua realização...Estudo muito previamente, assisto filmes, leio livros dos lugares...

Mas é a primeira vez que paro para escrever aqui...tenho visitado bastante o tema Cuba (aqui e o blog do português João Leitão), pois estou organizando uma viagem para lá em fevereiro/março...tudo por conta própria, já que pacotes não me despertam interesse algum.

Realmente, a dificuldade para locar carros lá em Cuba, aqui do Brasil é enorme !!!! Na verdade, meu roteiro começará no Peru (Cusco/machu Picchu/Lago Titicaca/Lima) e de lá vamos para Cuba.

Comprei a passagem com a Copa Air, via Panamá, direto no site deles.

Depois de ler bastante sobre Cuba, em blogs diversos e o Guia Publifolha, e considerando meus interesses pessoais e o número de dias que tinha, montei nosso roteiro: Havana, Vale de Viñales, Cayo Largo, Santa Clara e Varadero.

Em Havana vamos ficar em casa particular. Escolhi a casa de Nora Esquivel ( http://casaterraza.com/ - noraezquibel@infomed.sld.cu ) após ler comentários positivos sobre a casa, sobre ela e sua predileção por brasileiros. Já fiz vários contatos com ela por email e acho que a experiência vai ser incrível...

Viñalles e Cayo Largo vamos executar a partir de Havana com os operadores locais em trip days...Também foi muito difícil conseguir informações, mas através do diretório cuba travel web, consegui contato com os escritórios da Cubatur:

Em Havana:
Olga M. Morales Herrera
Directora Comercial y de Representaciones CUBATUR Ciudad Habana
23 esq. a L, Hotel Habana Libre
Telf.: 833-0645
jcomercial@repcbt.co.cu

Em Varadero:
Juan Carlos Soto García
Director Comercial - Agencia de Viajes Cubatur Varadero
Tel. 614436 / 667217 Ext. 111 - Fax. 667048
ventas@cubaturv.cbt.tur.cu

Eles me mandaram os books de tours, mas não fazem a reserva com antecedência, pois não conseguem receber pagamento com cartão de crédito pela internet. Mas, de toda forma, com os books completos com todas as excursões de Havana e Varadero, pude ler com calma, pesquisar fotos e reviews na internet e videos no youtube, escolhendo as que mais nos interessam. Foi através destes books que descobrimos o imperdível JEEP SAFARI em Varadero.

Em Varadero, vamos ficar num super resort que reservei pelo decolar/despegar. Também reservei com eles o Hotel Nacional de Cuba para a última noite em Cuba antes do retorno ao Brasil. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito e já foi debitado aqui no Brasil. Eles conseguem a reserva através de um operador mexicano, a TURAVIA HOTELBEDS.

Nossa única grande pendência ainda é a locação de carro. Os sites da Cubacar e Havanauto são fracos tecnicamente, dá muito erro, impossível executar a reserva. Descobri alguns sites internacionais(ex. solwayscuba), que seriam de agencias estrangeiras que atuam em Cuba, que oferecem o serviço de reserva de carros lá. Mas além dos preços serem maiores nestes sites, ainda não senti confiança em nenhum deles. Não há reviews de pessoas que já os utilizaram.

De toda forma, uma interessante fonte de consulta e referências sobre operadores/agencias de turismo em Cuba é o site da Camara de Comercio de La Republica de Cuba (http://www.camaracuba.cu). No link Cultura, Deporte e Turismo há link para EMPRESAS ASOCIADAS, onde estão listadas as empresas de turismo registradas na Camara, o que dá uma segurança pouco maior, mas não total. Pelo que li, a Camara não é um órgão estatal, mas sim uma associação que se relaciona com o governo cubano e que tem por missão o desenvolvimento do comércio cubano e suas relações internacionais.

Estou fazendo estas pesquisas, mas ainda não cheguei a uma conclusão/solução para o aluguel do carro, que prentendemos pegar no nosso último dia em Havana para ir até Santa Clara, Varadero e depois devolver no Aeroporto antes de nosso retorno ao Brasil. Contudo, assim que conseguir algo mais concreto, volto aqui para relatar o caminho percorrido.

Também aproveito para deixar aqui algumas sugestões de filmes muito bacanas para assistir no período pré-viagem à Cuba, que seguem listados abaixo. Também recomendo da leitura do livro recentemente lançado DOSSIÊ FIDEL CASTRO (letras grandes, histórico resumido e com muitas informações valiosas) e NOSSO HOMEM EM CUBA (da década de 60).

FILMES:

- "Diários de Motocicleta" (se passa na América do Sul, mas permite uma visão muito interessante sobre o Che Guevara pré revolucionário e serve como introdução para o filme que vou indicar a seguir, diretamente relacionado a Cuba)

- "Che" (mostra a Revolução Cubana, desde a saída de Fidel e Guevara do México até a chegada à Havana. Mostra a trajetória deles na Sierra Maestra. O filme é todo entremeado com o famoso discurdo de Che na ONU)

- "Cidade Perdida" (com Andy Garcia no papel principal como Fico Fellove, dono de um cabaret cubano em Havana, filho de professor universitário da aristocracia cubana e irmão e dois revolucionários. Fidel e Che são personagens do filme. Também aborda a ocorrência da Revolução Cubana, mas sob o ponto de vista americano - sensacional e complementar a Che)

- "Morango e Chocolate" (filme cubano com aspecto de "filme caseiro", mas líndissimo, sútil, e com cenas do cotidiano cubano, crianças de uniformes escolares nas ruas, as ondas do mar batendo no muro da Malecón...Aborda um polêmico tema para Cuba, o homossexualismo).

- "Antes do Anoitecer" (sobre a vida do escritor cubano Reinaldo Arenas, interpretado por Javier Bardem (par de Julia Roberts em Comer, Rezar e Amar - que dá um verdadeiro show de interprestação neste filme). Arenas também era homossexual e foi perseguido pela Revolução - também muitíssimo interessante porque mostra o lado negro da Revolução Cubana. Também tem cenas lindas de Havana e das praias cubanas.

Pessoal, espero que tenha ajudado alguém...e volto quando e se tiver informações concretas sobre a locação de carro...

Ricardo Freire

Obrigado Niedja! Tenha uma ótima viagem! E depois nos conte tudo sim!

raimundo
raimundoPermalinkResponder

Só uma pequenina correção: o nome do livro é "Nosso homem em HAVANA" de Graham Greene. Excelente sugestão!

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Obrigada, Raimundo ! Vc tem razão... Também estou atrás do filme homônimo, baseado no livro, que é raridade. Se tiver notícias, avise...

Claudio Macedo

Oi Neidja!

Estou planejando uma viagem bem parecida com a sua. Pretendo ir ao Peru e depois Cuba. Como foi a expeqri^encia e que tipo de dica pode dar?
Bjo!

Paola
PaolaPermalinkResponder

Ola Ricardo, Niedja, e todo mundo,

Estou embarcando pra Cuba daqui a 1 mês (13/nov) e me deliciando com os relatos e dicas de todos. Sensacional! smile

O plano é ir a Havana (de lá fazer bate-volta para Varadero e Viñales), Trinidad e ficar uns 2 dias numa praia bem gostosa, do tipo paradisíaca. Minhas maiores dúvidas no momento são:

1- Que praia escolher?? E como chegar lá?
Me parece que Cayo Coco é bem linda e de fácil acesso. Alguém já foi de carro para lá? E de lá consigo visitar várias praias da ilha, assim como dar uma esticada a Cayo Guillermo?

2- Estou louca pra ter a experiência (que deve ser única) de ficar numa casa de família local. O que você achou daque você ficou em Havana, Niedja? Recomenda? Alguma dica em particular?
Não espero nenhum luxo, claro. Apenas segurança, simpatia e um mínimo de limpeza.

Se tiverem dica de hospedagem em Trinidad também agradeço!

Saludos!
Paola

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Também iremos para Cuba em fevereiro. Como faço há anos, montei o roteiro sozinha, pesquisando aqui e em sites específicos e, apesar de ser o roteiro mais tradicional de Cuba, não me senti segura em concretizá-lo sem ajuda de uma agência. O ruim é que todas as agências mais especializadas em Cuba oferecem pacotes muito engessados,sem nenhuma flexibilidade e com deslocamentos absurdos. ( Como, por exemplo, fazer um pernoite em Havana na chegada, sair no dia seguinte para outra cidade e, no final, retornar mais 2 noites para Havana, de onde é o retorno!)
_
Por indicação de amigos,acabei conseguindo montar o pacote exatamente como eu queria, com a Bia da Sanchat Tour, especializada em Cuba e com escritório em Havana. ( www.sanchattour.com.br )

Consegui os mesmos voos que já tinha escolhido no site da Avianca e vamos passar 3 noites em Havana ( Meliá Cohiba), 4 noites em Cayo Largo (Sol Cayo Largo) e 3 noites em Varadero (Paradisus). O melhor é que farei os deslocamentos nessa ordem e com a acomodação como queria: em Havana ( onde ficaremos muito tempo fora) e em Varadero ( cujo quarto é uma junior suite) ficaremos em quarto triplo ( marido e filho de 18 anos, ambos mergulhadores) e em Cayo Largo (onde ficaremos mais tempo) estaremos em quartos single e duplo, flexibilidade inexistente nas outras agências.

O preço acaba sendo um pouco mais caro do que por conta própria, mas a forma de pagamento oferecida e a tranquilidade de já ter todos os vouchers e bilhetes aqui comigo, valeram a pena, principalmente em se tratando de Cuba.

Conciliei nossa ida com a Feira Internacional do Livro em Havana, mas não consigo, por exemplo, informações sobre programação do Ballet Nacional e outras atividades culturais. Vou tentar os contatos sugeridos pela Niedja acima!

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Olá, Cecília !

Quanto às atividades culturais, há uma agência especializada nelas em Cuba, a Paradiso. Soube dela enquanto procurava solucionar a questão da locação do carro. O site deles é http://www.paradiso.cu. Contato em Havana:

CASA MATRIZ
Calle 19 No. 560 Esq. C, Vedado,
C. de La Habana. Cuba.
Telef: (537) 8326928, 8329538, 553959, 553908
Fax: (537) 333921
E- mail: contacto@paradiso.artex.cu

Também vi referência à "Magazín cultural, turístico y comercial", uma revista inteiramente voltada à cultura, contendo atualidades sobre música, literatura, cinema, teatro, dança e artes visuais. Os contatos deles são:

Calle 19 No. 560 esq. a C, El Vedado, La Habana, Cuba
Tel.: (537) 836 4931.
E-mail: cartelera@paradiso.artex.cu

Especificamente quanto ao Ballet Nacional de Cuba, há um site bem interessante com a programação do grupo para o ano todo: http://www.balletcuba.cult.cu. Em fevereiro:

Viernes 5 - 8:30 pm - Teatro Tunas (Las Tunas)
Sabado 6 - 8:30 pm - Teatro Tunas (Las Tunas)
Domingo 7 - 5:00 pm - Teatro Tunas (Las Tunas)
Un concierto en blanco y negro (Coreografía: José Parés. Música: Franz Joseph Hayden. Diseños: Salvador Fernández) - La bella durmiente del bosque [Adagio de la rosa] (Coreografía: Alicia Alonso, sobre la versión original de Marius Petipa.Música: Piotr Ilich Chaikovski Libreto: Sobre un cuento de Charles Perrault. Escenografía: Ricardo Reymena Vestuario: Frank Álvarez)
Dionaea (Coreografía: Gustavo Herrera. Música: Heitor Villa Lobos. Diseños: Ricardo Reymena)

Sábado 13 - 8:30 pm - Teatro Karl Marx (Ciudad de La Habana)
Gala dedicada a la XIX Feria Internacional del Libro
Ballet Bolshoi de Rusia y Ballet Nacional de Cuba

Espero que estas informações possam ajudar em algo...beijos

Ricardo Freire

Sensacional!

Monica
MonicaPermalinkResponder

Olá Cecilia,
Você gostou da sua viagem? Faria algo diferente? Estou com dúvida entre Varadero e Cayo Largo. Gosto da ideia de Cayo Largo porém tenho medo de ficar entediada sem ter para onde ir lá. O que sugere? E o pacote com Sanchat Tour foi tranquilo? Como estava o tempo em Fevereiro? Obrigada!! Monica

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Niedja, quanta dedicação, obrigada!
A partir da sua indicação anterior, ontem mesmo já havia conseguido a relação completa de opcionais com o representante da Cubatur, mas o que você informa agora é bárbaro!
Como chego no dia 15 de fevereiro, vou ver se consigo reservar algo para esse período.
Mais uma vez, obrigada, Niedja e que você faça uma incrível viagem!
Ricardo, você é o culpado por toda essa maravilhosa rede de informações e gentilezas!
Cecilia

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Bom dia !!!

Feliz 2011 para todos !!!

Estou escrevendo para compartilhar uma informação interessante sobre mapas rodoviários para quem vai alugar carro para circular pela ilha cubana.

Consegui comprar um mapa rodoviário de Cuba da GEOCENTER (com reviews positivas no amazon) pelo site inglês www.mapsworldwide.com (email customers@mapsworldwide.co.uk ). O valor incluindo frete para entrega no Brasil ficou em torno de 10 libras. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou pelo paypal (particularmente, acho mais segura esta segunda opção).

Mas hoje descobri um site que disponibiliza download completo em pdf (50 páginas A4) do "Guia de Carreteras de Cuba", da Ediciones Geo, o mapa rodoviário mais recomendado de Cuba, conforme reviews da internet. O site é http://www.cubamappa.com/en/mappa_pratical.html .
O mais interessante é que este mapa aponta os postos de combustível disponíveis pelas rodovias e estradas.

Abs
Niedja

Hebe
HebePermalinkResponder

Olá, Riq e tripulação
Eu e meu marido também vamos para Cuba em fevereiro. Em Havana, precisamos decidir entre o Hotel Nacional e o NH Parque Central, que é elogiadíssimo no Trip Advisor. Entretanto, penso que o Hotel Nacional pode oferecer uma experiência mais autêntica. Alguém se hospedou por lá recentemente para informar sobre as condições do hotel (limpeza, mofo...)?
Riq, Cuba era um sonho antigo e nos animamos a esticar até Cayo Largo a partir dos seus comentários. Em 2009, fizemos uma viagem para Europa com suas dicas preciosas e deu tudo super certo! Adoro seu site!
Abs,
Hebe

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Hebe! Subimos sua pergunta para o Perguntódromo!

Me lembro de ter lido que o Comandante não gostou quando se hospedou neste hotel, em 2002. Ele recomenda os hotéis da http://www.habaguanexhotels.com !

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Hebe, também devo ir a Cuba em fevereiro e já fui uma vez, pois meu marido é cubano. Nunca fiquei em nenhum hotel por lá, mas "fuxiquei" alguns (vício) e posso dar minha opinião sobre esses dois: O Hotel Nacional é o Copacabana Palace dos habaneros, é muito glamour, aquela piscina maravilhosa e uma vista de matar do Malecón. Quanto aos quartos, não visitei (tb não tive tanta cara de pau assim), mas duvido que sejam tão "old style", afinal não é barato!!! O NH Parque Central fica beeeem no centro da Habana Vieja, e de lá é muito mais tranquilo de se chegar às partes históricas mais bonitas da cidade. Como é mais novo, me pareceu mais elegante e moderno do que o Nacional, e dizem q a piscina no terraço é deslumbrante (e certamente a vista também deve ser)! Do Parque Central (ou Central Park, hehe) você está direto no Gran Teatro, no Capitólio e no centro histórico. Do Nacional, direto no Malecón (o Nacional fica no bairro do Vedado, eu acho...Mas é do lado do centro).
Conclusão da minha opinião: pela história, o Nacional. Pelo conforto, o NH.
Espero que tenha te ajudado smile
bjs

Hebe
HebePermalinkResponder

Super obrigada! Repensando o Hotel Nacional...

Hebe
HebePermalinkResponder

Oi, Marcia

Ajudou sim! Decidimos ficar no NH 5 noites e quando voltarmos de Cayo Largo vamos passar a última noite em Cuba no Hotel Nacional. Não deu para resistir dar uma espiada num lugar tão histórico. Nada que um anti-alérgico não resolva, rsrsrs.
Bjs

Hebe
HebePermalinkResponder

Gostamos muito do estilo dos hotéis da Habaguanex, mas como a operadora não trabalhava com eles ficamos receosos de reservar pela internet. Pode ser bobagem, mas como é Cuba, não quisemos arriscar.

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Que ótimo, espero que façam uma viagem maravilhosa (e que faça bastante SOL)! Recomendo também um restaurante bem do lado do Capitólio, chamado El Asturianito. Na verdade é um "complexo" de 3 restaurantes (um em cada andar): Los Nardos/ El Asturianito/ EL Trofeo. Não sei o nome da rua, mas é a lateral do Capitólio, se nãaaao me engano a lateral direita de quem o vê de frente. O Los Nardos tem sempre fila na porta, pq é de frutos do mar e me lembro de ter visto prato de lagosta a 9 cuc (tipo 10 dólares). Como não curto, comi algumas vezes no ASturianito, pq tinha uma pizza de presunto bem legal, suco de laranja gostoso e era muuuuuito baratinho! Como é difícil achar um bom lugar para comer en la Habana Vieja, achei bom dar a dica!!! Não é nenhum FASANO, mas satisfaz smile
bjs

simone w.
simone w.PermalinkResponder

Hebe e Marcia,

Fiquei no Hotel Nacional de Havana em novembro de 2010, ou seja, ha menos de 2 meses. Haviam me falado muito mal do quartos e qual foi a minha surpresa em encontrar um apartamento super amplo, decoração classica, limpissimo, sem qualquer sinal de mofo, enfim, agradabilissimo. Como eu estava participando de um congresso e tinha varios colegas de trabalho hospedados no mesmo hotel, rapidamente entendi a questao. O hotel foi parcialmente reformado e os apartamentos acima do 6o andar, chamados executivos, sao muito melhores do que os de baixo. Eu fiquei no 8o e adorei. Colegas que ficaram nos andares mais baixos reclamaram muito de cheiro e desgaste de tapete, etc. Entao nao deixem de pedir andares mais altos! Há uma pequena diferença no preço que mais do que vale a pena pagar.
No mais, o hotel é lindo e muito agradável. Adorei estar lá. Não fica no centro, mas uma corrida de cocotaxi (a melhor maneira de se locomover em Havana) pelo Malecon sai por uns 10 cucs, demora menos de 10 minutos e é em si um belissimo programa.

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Hebe,
Acabei de voltar de Cuba (nem desfiz as malas ainda!) e me hospedei no Hotel Nacional no inicio da viagem e no Convento de Santa Brigida no final da viagem.
Achei o Hotel Nacional classudo, limpo, quarto espaçoso, chuveiro bom e muita historia pra contar, tb fiquei num andar alto, mas achei o hotel meio "cansado", precisando de um tratamento de rejuvenescimento. Gostei muito de me hospedar por là, pq o hotel faz parte da historia de Cuba e tem cara de hotel cubano parado no tempo, mas se esse hotel ficasse em qq outro lugar do mundo, eu nao iria.
Jà o Convento de Santa Brigida fica em Habana Vieja, na parte restaurada. Localizaçao perfeita, hotel super pitoresco e charmoso, afinal è um convento, tudo novinho e limpo, quarto bom, chuveiro bom. Voltaria com prazer para esse convento.
Ah, reservei tudo pela internet e nao tive problemas. Os cubanos conseguem se achar na desorganizaçao deles, è cultural!

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Riq,
Queria agradecer muitissimo todas as dicas de Cuba! A viagem foi maravilhosa!
Sobre o carro, eu acabei fechando com o site www.cubacar.info. Quem respondeu o meu email foi uma agencia de viagens na Alemanha, que pediu um deposito bancario internacional antecipado (pq cartao de credito simplesmente nao existe quando o assunto è "Cuba"), pra garantir a minha reserva.
Essa agencia explicou que as locadoras de carro em Cuba se equivalem, pois sao todas estatais, mas a REX è a que possui os carros mais novos (e consequentemente mais caros). Ficamos com a REX.
Quando chegamos no aeroporto de Santiago de Cuba, a loja da REX estava fechada, pois chegamos antes do horario previsto. No horario previsto (quer dizer, com uns 10 minutos de atraso...) chega a funcionaria da REX dirigindo nosso carro. Um Seat Cordoba com 125000km rodados.
Fizemos o seguro total para nao termos preocupaçoes e quando devolvemos o carro, eles sò olharam o contrato de locaçao e mal verificaram o estado do carro.
Mais uma vez, Riq, muito obrigada! Espero poder retribuir com relatos no meu blog (que anda meio paradinho, coitado...)

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Luisa, bom dia !
Todas as vezes que me deparo com a necessidade de realizar um depósito internacional, acabo ficando com receio. Já que vc teve esta experiência, só por curiosidade, poderia me dizer como foi? Conseguiu fazê-lo com facilidade? A tarifa bancária é alta? Estou indo para lá em fevereiro e consegui fazer a reserva com a cubatravelnetoworks, pagando com cartão de crédito. Como não consegui nenhum review sobre eles, fiz a reserva sabendo que poderia correr o risco de dar errado...Mas depois tive a idéia de confirmar com a Cubacar se minha reserva já estava no sistema deles e eles me confirmaram a reserva, o número e que a mesma foi feita pela agencia cubatravelnetwork...
Mas até chegar a esta agência, tinha trocado emails com outras que tinham justamente este esquema da transferência bancária...
beijos....

Hebe
HebePermalinkResponder

Marcia, Simone e Luisa, obrigada pelas dicas! Vou tentar pedir um quarto em andar mais alto no Hotel Nacional para a noite que vamos passar lá. Estamos super empolgados com a viagem!!
Optamos pelo NH para a maior parte do tempo em Havana porque estamos muito atribulados este mês para organizar a viagem (decidimos agora depois do ano-novo) e não queríamos perder a chance de ir em fevereiro (férias de última hora). Para facilitar, será tudo por operadora, aí tivemos que resolver o hotel rápido para garantir a data por conta da reserva do aéreo, essa pressa das operadoras... Tivemos que adotar a filosofia 'melhor assim do que não ir'.
Valeu pelas dicas de restaurante, Marcia. Estão anotadíssimassmile
Ainda não pesquisamos muito sobre nossos passeios por lá (vamos dia 11/2)mas pela folheada que dei no Guia Publifolha, Havana tem muitas atrações. Já achei nossos 6 dias por lá miguadinhos. À medida em que for 'estudando' Havana e Cayo Largo entro aqui para trocar idéias com vocês.
bjs

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Indico site que descobri hoje e que pode ser útil a todos que vão para Cuba: www.lovelycuba.com. É uma agência italiana, com escritório em Havana, e que oferece inúmeras informações e serviços,inclusive link para o serviço metereológico de Cuba.

Cuba: os primeiros preparativos falidos | Arquivo de Viagens

[...] meu guru de viagens, Riq Freire, do imprescidivel Viaje na Viagem, abriu um post para angariar dicas de quem jà tinha alugado carro em Cuba; nem preciso dizer que as dicas foram [...]

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Aos viajantes, sugestão de mais dois sites bem completos, principalmente sobre Havana ( http://www.wonderfulhavana.com e http://www.paseosporlahabana.com ) e um blog com ótimas dicas de Cuba( http://www.ultimaparada.wordpress.com )

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Pessoal, peço ajuda para quem acabou de voltar de Cuba: em relação ao VISTO, todos compraram direto no aeroporto? Foram ao consulado? Precisava de reserva de hotel? E em relação ao tal "seguro-viagem" cubano, alguém sabe disso?? Estou indo semana que vem e estou um pouco grilada com isso. Já liguei pra Copa Airlines e eles me confirmaram que o visto pode ser comprado na escala do Panamá, mas a pulga continua atrás da orelha...E como eu nunca fui com visto de turista, não sei se precisa ter reserva. Alguém sabe?

Obrigada!
bjs

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

eu não "acabei de voltar" (fui em novembro/2008), mas já que ninguém mais respondeu, talvez possa te ajudar:

1) comprei o visto aqui, pelo agente de viagens, mas no Panamá o visto foi vendido com facilidade a todo mundo, na fila de embarque (fui de Copa tb). O preço era praticamente o mesmo. SE eu fosse voltar para lá, acreditaria na Copa-Airlines e compraria o visto no embarque mesmo - o "visto" na verdade é mais uma taxa.

2)saí do Brasil com todos os (3) hotéis reservados e isso foi bom. Em primeiro lugar porque no aeroporto um policial ficou fazendo muitas perguntas sobre a razão da nossa viagem, o que fazíamos no Brasil, onde estava nossa carteira de trabalho (?!), mas no liberou tranquilo quando disse a ele em quais hotéis ficaríamos hospedados. E em segundo, porque com um tanto de pesquisa você pode conseguir boas ofertas - fui bem na época da crise-USA, e com a queda do dólar, no pacote cada noite no Meliá Las Américas em Varadero saiu a 208 REAIS por CASAL, com todas as atividades e refeições incluídas - uma verdadeira e absurda pechincha (maior ainda considerando que por conta de uma surpresa do agente, fizeram nossa reserva como 'luna de miel' e tivemos tratamento diferenciado). Só observo que esta dica não vale se a sua intenção for ficar em casas de cubanos - aí você vai ter que pesquisar como fazer, principalmente para responder à nada simpática polícia da imigração. E lembro que o próprio Ricardo Freire sugere que para Cuba ir por pacote pode ser melhor (se não me engano num post que discute as vantagens e desvantagens de ir por conta, com pacote ou excursão).

eva
evaPermalinkResponder

Eu comprei o "visto" na sala de embarque da Copa no Panama. Os oficiais em Havana fizeram diversas perguntas, mas nao pediram comprovante de nada.

eva
evaPermalinkResponder

Faltou dizer que essa informacao nao e recente (2008).

mateus marahao

Marcia, estive em Cuba no ano novo 2009\2010 e como a Ana Carolina disse o "visto" era facilmente vendido no embarque no Panamá. O meu foi adquirido junto a minha agência de viagens.Na chegada fui direto para Varadero onde fiquei hospedado no Paradisus. Achei o máximo. E e minha esposa adoraaamos o hotel. Pena que das 7 noites que passamos lá 3 choeu e fez um friozinho que não dava pra aproveitar o mar nem a piscina. Depois passamos 3 noites em cayo largo. Ma-ra-vi-lho-so, algo fora do comum. Os 3 dias de mto sol e calor, as praias lindas. Na volta passamos 2 noites em Havana, ficamos no Hotel Nacional. Um charme. Minha esposa não entrou no clima e odiou Havana. Eu gostei muito de andar pelas ruas. Curta sua viagem!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Obrigada a todos pela resposta! Agora vou mais tranquila de que consigo o visto mesmo com a CopaAir, e por via das dúvidas farei alguma reserva em algum hotel (na verdade ficarei na casa de cubanos, mas não terei como comprovar isso). Obrigada mesmo! smile

Clóvis
ClóvisPermalinkResponder

Cheguei esta semana de uma estada em Cuba de duas semanas. Fiz todas as minhas reservas por internet, e não tivem nenhum problema. Fiz o itinerário Havana/Santigado de carro em sete dias e retornei a Havana em voo doméstico. Todos os horários e reservas foram respeitadas.

Loquei um carro por meio de uma agência espanhora com escritório em Havana (carros da Cubacar). Preço 105,00 CUC (ou seja, cerca de U$ 115,00), com kilometragem livre, seguros incluidos, mais taxa drop off de 100,00 CUC (carro equivalente ao Sonata). Nao tive nenhum problema, nem multa.

Uma grande surpresa: as cidades são muito limpas, com certeza mais limpas que as boas cidades brasileiras. Há muita segurança (baixo índice de criminalidade), o turista é bem tratado, e você se alimenta e se hospeda bem (claro, se tiver dinheiro). O custo de vida para o brasileiro (comparando-se com os custos no Brasil) é baixo.

As casas particulares são ótimas opções baradas de hospedagem (de 25 a 35 U$). No oriente vc encontra també ótimos hotéis a bons preços.

Porém, algumas tristezas: há muita pobreza em Cuba, há muitos pedintes, prostituição. A maioria das pessoas ou todas com quem você desenvolver um diálogo vai te sensibilizar (com razão) e, em algum momento, vai te pedir algo material ou de oferecer algum produto ou serviço...

As estradas, no geral são boas (embora parte delas remendadas). Você consegue, no geral, desenvolver a velocidade máxima permitida (100km, 80km etc.). Com uma vantagem: há poucos carros circulando nas rodovias (mas tem carroças e ciclistas). Nas saídas, há muitas gente pedindo carona ("bodella"), algo comum em toda Cuba dada a ausëncia de condiçoes de transporte para a populáção. Assim, prepare-se para dar muita carona (não seja egoísta).

Se alguém mais alguma informação, fique a vontate para solicitar.

Boa viagem!

Clóvis
ClóvisPermalinkResponder

Márcia, só confirmando o que o colega disse: vc pode comprar o visto na escala no Panamá (U$ 20,00). Quanto ao seguro-saúde e o certificado de vacina, são obrigatórios, mas ninguem me pediu e não precisei mostrei a ninguém (mas não arriscaria ir sem).

Sandra Ribeiro

Olá,pessoal!

Estou tentando organizar uma viagem a Cuba por conta própria e gostaria de saber se é possível reservar võos entre Havana , Cayo Largo Varadero pela internet.Como vocês fizeram para organizar este translado?Desde já obrigada!
Sandra Ribeiro.

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Sandra,cheguei de uma viagem de 12 dias à Cuba e agora entendi que todos os serviços , por serem estatais, têm que ser reservados com agências cubanas ou autorizadas pela Cubatur, que, em última instância, vão se reportar à Cubatur.Daí várias pessoas aqui no blog terem feito reservas com agências italianas, alemãs, etc.
Tive a sorte de ter uma indicação de amigos que foram a um Congresso da área médica em Cuba, utilizando os serviços de uma agência brasileira, com escritório lá. Em post anterior escrevi sobre esse achado e, agora, posso assegurar que foi uma grande opção: o receptivo foi feito por um amável e eficientíssimo casal de guias cubanos,formados em Filologia e tradutores de português! Todos os voos ( Copa e Cubana) e todos os deslocamentos terrestres foram organizados com perfeição e as reservas dos hotéis foram realizadas como solicitei.
Imagino que eles fazem apenas a reserva dos traslados, mas é melhor você contatá-los. Fui atendida desde o início pela Bia (www.sanchattour.com.br)
É uma viagem impactante e inesquecível!
Boa sorte!

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Estou com viajem marcada para os EUA em novembro/2011 e estava pensando em viajar para Cuba em agosto/2011, mas hoje me disseram que os americanos exigem um prazo de 6 meses de intervalo para que você entre no país deles. Alguém pode me dizer se essa informação é correta? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Essa informação absolutamente não procede. Boato de internet!

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Valeu!!! Irei à Cuba.

anelise
anelisePermalinkResponder

Olá,
Vou a Cuba em abril, ficarei em Havana por 4 dias,mas gostaria de ir também a Cienfuegos e Trinidad.Pensei em alugar um carro lá mesmo em Havana e fazer o percurso em 3 dias ,dormindo 1 noite em cada uma das cidades.Outra alternativa seria ir de ônibus Islazul .Alguém já fez esse percurso?Pode me informar o estado da estrada, o tempo gasto de ônibus e de carro?O tempo(3 dias)é suficiente para este roteiro?Gostaria também de sugestões de casas particulares e sites onde consigo fazer as reservas com alguma segurança.
Muito obrigada,
Beijos
Anelise

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anelise! Se você vai se aventurar pelo interior de Cuba, seja de ônibus, seja de carro, vá com calma. Não ache que vai dar para fazer tudo rapidinho como no "Ocidente", porque não dá. Separe dois dias para Trinidad, vá de ônibus, e daí vai dar certo.

eva
evaPermalinkResponder

Anelise, fizemos esse percurso, mas em 4 dias, 5 anos atrás e foi ótimo. As estradas estavam boas, mas não têm sinalização horizontal, ou seja, nada de dirigir no escuro. As placas de orientação de direção, existem e são suficientes, MAS em algumas encruzilhadas, os locais as tiram e ficam no lugar para você parar e pedir informações, então pedem uma carona ou indicam (bem tranquilamente) uma casa de família para você almoçar ou se hospedar. Depois que saem de lá, colocam a placa no lugar. Demos muita carona, a filha do dono do posto de gasolina, o atendente do bar, os bailarinos do... , o que tornou a viagem ainda mais especial.

anelise
anelisePermalinkResponder

Muito obrigada,Bóia e Eva , pelas respostas.
Também acho que 3 dias é pouco e corrido,e ,sei que vou passar muito tempo na estrada,mas,na verdade eu quero mais é ver a vida cubana além de Havana,e dormir algumas noites em casa particulares.Não vai dar pra conhecer muito bem as duas cidades,mas ,uma passeadinha pelo centro,um mojito,e uma comidinha gostosa já me satifazem.
Eva,as dicas sobre as estradas foram muito úteis,espero que minha viagem também seja especial!
Beijos,
Anelise

Clóvis
ClóvisPermalinkResponder

Anelise, não tenha dúvida: alugue um carro. Esse meio te dará autonomia para realmente conhecer a região. Até porque o principal meio de transporte do cubano é a "bodella" (carona), ou seja, o transporte público praticamente inexistente. A não ser que você também goste de pedir carona... rs rs rs

francisco santini

A carteira de habilitação brasileira serve para alugar um carro em Cuba?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Francisco! Em princípio serve no mundo inteiro, mas sempre é bom ter a internacional junto para qualquer eventualidade. Leia:

https://www.viajenaviagem.com/2010/09/habilitacao-internacional-precisar-nao-precisa-mas-e-bom-ter/

Vitória
VitóriaPermalinkResponder

Olá! Não vi a estimativa de preços por dia para alugar um carro... Alguém saberia dizer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vitória! A partir de 55 euros por dia:
http://www.supercubatravel.com/cars/car_rental_cuba.asp

Denise
DenisePermalinkResponder

Olá,
Vou passar 2 noites em Havana e 5 noites em Varadero e gostaria de saber qual é a melhor opção para ir a Varadero. Taxi? Onibus? Alguma dica de traslado?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! Você pode ir de ônibus com a cia. Viazul.

Erika Chaves
Erika ChavesPermalinkResponder

Bom dia , Ricardo!
Ano que vem minha filha completa 15 anos, e resolvemos passar 30 dias viajando pela europa.
Queria saber quais os paises que vc acha interessante, e romantico para ela festejar esses 15 anos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erika! Falamos sobre a Europa aqui: https://www.viajenaviagem.com/europa/europa-como-quando-quanto-tempo/

Silvio Quirino

Amigos... estive em Cuba em outubro de 2011 e estou voltando lá neste final de ano. Minha experiência com locação de carro foi a melhor possível.... fiz um amigo, algo fácil de se fazer em Cuba, e lhe disse que precisar de um carro por 4 dias....ele me alugou o próprio carro por 30 cuc's diários(moeda cubana para turista). Foi muito divertido. Eu ganhei ele ganhou pois a renda mensal de um cubano não passa de 18 dólares/mês.

juliana
julianaPermalinkResponder

Estou indo a Cuba dia 03 e volto dia 14/12
Quando chegar posto minhas dicas aqui, já que sou leitora assídua do Ricardo Freire. (Peguei dicas excelentes para o Chile, quando fui em julho com meus filhos).

Beijos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Oba, ficamos no aguardo. Boa viagem grin

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar