Vai por mim: Grand Canyon

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Grand Canyon, Borda Sul

Contemplar o Grand Canyon ao vivo certamente está na sua lista de viagens para fazer antes de morrer. Quando chega a hora de planejar a visita, contudo, você se vê à beira de um precipício logístico. As opções de acesso são inúmeras – quase todas, infelizmente, bastante complicadas. Os hotéis dentro do parque lotam com uma antecedência maluca, e todos os outros pontos de acesso são distantes. (Não, o cânion não está do ladinho de Las Vegas como você sempre imaginou.) Por onde chegar? O que fazer? Do que abrir mão? Vamos lá.

Quantos dias?

Os mais afoitos reservam apenas um dia para fazer um desvio ao Grand Canyon, normalmente saindo de Las Vegas. Isso só é factível se você cacifar um caríssimo bate-e-volta de aviãozinho -- ou então se contentar com o Grand Canyon West, que fica fora do parque nacional. O mínimo ideal é hospedar-se por duas noites, seja dentro do parque, seja numa das cidades próximas. Quem gosta de atividades ao ar livre vai encontrar diversão para quatro dias, fácil.

Grand Canyon, Borda Sul

O filé: Borda Sul (South Rim)

A visita clássica ao Grand Canyon se faz pelo acesso sul do Parque Nacional (450 quilômetros de Las Vegas, 100 quilômetros de Williams, 135 quilômetros de Flagstaff). Doze mirantes espetaculares e uma série de trilhas vertiginosas contribuem para tornar este trecho o mais visitado do cânion. A Borda Sul está aberta o o ano inteiro; no verão do hemisfério norte (junho a agosto) tende a lotar de turistas. O ingresso custa US$ 30 por carro ou US$ 15 por pessoa entrando em van ou ônibus; o passe vale por uma semana (inclusive para ir à Borda Norte). Compre seus ingressos nos estabelecimentos comerciais da cidadezinha de Tusayan; assim você não pega a fila da bilheteria.

Você é livre para zanzar entre os mirantes – a pé, com o seu carro (fique atento a eventuais interdições) ou usando o ótimo serviço de ônibus à disposição dos visitantes. Vale a pena retornar aos seus pontos favoritos em diferentes horas do dia; a luz tem o poder de mudar a paisagem, sobretudo ao entardecer. As demais atividades no interior do cânion, no entanto, são estritamente regulamentadas. O passeio de mulas até a base do canyon (restrito a 10 visitantes por dia), o pernoite no Phantom Lodge (próximo ao rio Colorado) e a travessia de barco pelas corredeiras (que duram de 4 a 21 dias) devem ser reservados com entre nove e doze meses de antecedência. O único passeio que ainda é fácil de fazer é o tour de helicóptero (entre US$ 180 e US$ 200 por pessoa para um percurso de meia hora). Mas não se atrase: o passeio está sob a mira dos ambientalistas, que querem acabar com os sobrevoos. No momento os tours podem ser feitos apenas no Corredor do Dragão, um vão magnífico que permite observar da Borda Sul à Borda Norte. Dentro de alguns anos é possível que só seja permitido sobrevoar o cânion fora dos limites do parque.

Os melhores passeios guiados podem ser agendados no centro de visitantes da National Geographic de Tusayan: caminhadas e tours conduzidos por geólogos e biólogos. No local também funciona o cinema IMAX; vale a pena começar a sua visita assistindo ao premiadíssimo filme sobre o Grand Canyon exibido na tela gigante (a propósito: hoje em dia as filmagens na base do cânion não seriam permitidas pela administração do parque).

Na estrada, entre Flagstaff e Page

O osso: Borda Norte (North Rim)

O acesso norte ao Parque Nacional (400 quilômetros de Las Vegas, 200 quilômetros de Page) é o menos freqüentado. Abre apenas de 15 de maio a 15 de outubro, tem apenas três mirantes e pouca mordomia. É o Grand Canyon para iniciados – e para quem deseja contemplar as vistas (espetaculares) e fazer as trilhas sem muita companhia. A vegetação e a fauna são peculiares: a Borda Norte está mais de 300 metros acima da Borda Sul; o clima é mais frio e o ar, mais rarefeito. O ingresso custa US$ 30 por carro ou US$ 15 por pessoa entrando de van ou ônibus, e vale por 7 dias consecutivos (inclusive para ir à Borda Sul).

Rio Colorado, no caminho de Page para Flagstaff

Os complementos: Grand Canyon West e Lake Powell

Existem dois motivos para visitar áreas do Grand Canyon que não pertencem ao Parque Nacional. Uma é a distância. Outra é fazer atividades que não são permitidas dentro dos limites do parque.

O Grand Canyon West se enquadra nos dois casos. Por estar a apenas 195 km de Las Vegas, torna possível até o bate-volta de ônibus. E por estar numa reserva indígena, não se submete ao regulamento rígido do parque. É neste ponto que foi instalada a Skywalk, uma passarela de vidro que dá a sensação de caminhar no ar sobre o vazio do cânion. O ingresso para o parque incluindo a Skywalk custa US$ 81 – e você acaba morrendo com outros US$ 35 para imprimir uma foto sua na passarela (visitantes não podem levar suas próprias câmeras à passarela). Operadores de Las Vegas oferecem tours de helicóptero nesta área com possibilidade de descer até a base do cânion; o rafting também é muito procurado.

Já a cidadezinha de Page, à beira do Lake Powell, é o ponto de partida para uma travessia de bote pelo trecho mais tranqüilo do rio Colorado, atravessando o imponente Glen Canyon – uma espécie de antessala do Grand Canyon. Page está a 290 quilômetros de Flagstaff (pouco mais de três horas de estrada).

Grand Canyon Village

Grand Canyon Village, o camarote

Existe um núcleo de seis hotéis dentro da Borda Sul do parque, junto à estação do trem que vem de Williams. O lugar é conhecido como Grand Canyon Village. As opções vão desde o classudo El Tovar ao rústico Bright Angel Lodge (os dois hotéis com maior peso histórico da vila). O maior hotel é o Yavapai Lodge. Todos devem ser reservados com pelo menos seis meses de antecedência (nove meses para a temporada de verão – entre junho e agosto – e grandes feriados americanos). Reservas são processadas pelo site grandcanyonlodges.com.

Tusayan, a quebra-galho

Localizada a 10 quilômetros da entrada do parque, esta cidadezinha tem uma coleção de hotéis básicos e funcionais, perfeitos para quem não conseguiu reservas nos hotéis da Grand Canyon Village. São seis: Holiday Inn Express, Best Western Grand Canyon Squire Inn, Grand Canyon Plaza, The Grand Hotel, Red Feather Lodge e Canyon Plaza Premier Studio Apartments. Mesmo nesses, tente reservar com pelo menos três meses de antecipação. O centro de visitantes da National Geographic fica na vila, que também oferece vários restaurantes.

Williams, para chegar de trem

A cidade histórica de Williams, a 100 km do parque, proporciona a visita mais charmosa: você pode chegar a bordo dos trens vintage da Grand Canyon Railways. A viagem de ida e volta custa US$ 65 e precisa ser feita no mesmo dia; você terá 3 horas e 45 minutos no parque (recomenda-se complementar com um tour de ônibus da mesma companhia). O aeroporto mais próximo é o de Flagstaff, a 65 quilômetros.

Flagstaff, o aeroporto mais próximo

A uma hora e meia de carro da entrada da Borda Sul, esta simpática cidade do Arizona tem o aeroporto mais próximo do parque a receber vôos regulares (todos provenientes de Phoenix). Também serve para quem chega de avião e não quer alugar carro; você pode pegar tours organizados tanto à Borda Sul quanto à área do Lake Powell e Glen Canyon, em Page (supercansativo, a 3h15 de viagem).

De carro: Las Vegas-Grand Canyon-Flagstaff

O trajeto clássico de Las Vegas à Borda Sul passa por inúmeras atrações. Reserve um dia inteiro para o percurso. Se você curte mega-obras de engenharia, pare depois de 55 quilômetros no Hoover Dam, a represa que permite que Las Vegas sobreviva no deserto.120 quilômetros adiante, em Kingman, desvie da auto-estrada principal para pegar um dos trechos mais bem conservados da Rota 66. A próxima parada será 85 quilômetros adiante, em Peach Springs, para visitar as Cavernas do Grand Canyon, onde há visitas guiadas de 25 ou 45 minutos. Continue por mais 60 quilômetros até Seligman, que é a cidadezinha com a infra mais simpática ao longo deste trecho da estrada. Caso você queira viver a experiência completa de se hospedar na Rota 66, escolha um de seus motéis; senão, prossiga por mais 70 quilômetros a Williams (ou 150 km a Tusayan). Fique duas ou três noites na região e depois devolva o carro em Flagstaff (a 135 quilômetros do parque). Também dá para devolver o carro em Phoenix, mais bem-servida por vôos (370 km do parque).

Bate-volta de Las Vegas ao Grand Canyon

Você só tem mesmo aquele diazinho de sobra em Las Vegas para ir ao Grand Canyon e voltar? Pois não. O passeio ao verdadeiro Grand Canyon envolve ida e volta de aviãozinho até Tusayan, junto à Borda Sul; lá você desembarca e visita dois ou três mirantes no ônibus do tour. (É possível pagar à parte por um tour de helicóptero). Os tours de helicóptero que saem de Las Vegas são na verdade ao Grand Canyon West. Como a borda oeste fica fora da área do parque nacional controlada pelo governo, esses tours podem incluir pouso na base do cânion. Há também muitos tours ao Grand Canyon West de ônibus (incluindo uma parada na represa Hoover Dam) ou mesmo de 4x4 Hummer. A entrada para a Skywalk é cobrada sempre à parte. Não é recomendável fazer bate-e-volta por terra à Borda Sul; o passeio completo leva mais de 15 horas e você tem pouquíssimo tempo no parque. A Mirella do Mikix já fez o bate-volta e desrecomenda vivamente.

Leia mais:

419 comentários

Renata
RenataPermalinkResponder

Olá! Estarei em Miami em setembro e terei um final de semana pra visitar o Grand Canyon. O que me aconselha fazer? Pensei em um voo pra Flagstaff na sexta, dormir la e no sábado estou na dúvida entre a excursao e o aluguel do carro... O que acha?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! É uma boa estratégia. Se for fazer de passeio organizado, reserve antes de ir.

Fabricio Santos

Boa tarde,

reservei um dia pra sair de vegas e ir ao Grand Canyon com minha namorada.
Pensei em alugar um carro ou ir de excursao. O que sugere?
Obrigado!

att, Fabricio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabricio!

A nossa opinião está no item "Bate-volta de Las Vegas ao Grand Canyon". É o último item do texto. Por favor, leia.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Ola. Estarei em Las Vegas em Novembro, e gostaria de visitar South rim, dormindo 2 noites em Grand Canyon Village. Voce sabe se existe alguma empresa que faça o roteiro via helicoptero de ida e volta em dias diferentes? Gostaria de sair de LAs Vegas em uma Segunda por exemplo e retornar apenas na Quarta.

Obrigado,
Marcelo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! O helicóptero é usado apenas no parque. De Las Vegas ao South Rim, por via aérea, vai-se de teco-teco. Contacte as operadoras para ver se é possível você ir com um grupo e voltar por outro.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Obrigado pela resposta. Pela Papillon, nao e' possivel. Vou tentar verificar com outras operadoras. Se nao conseguir, sigo meu plano original: Ir de carro de LV a Grand Canyon Village e fazer o passeio de helicoptero no parque.

Abracos,
Marcelo

Elaine
ElainePermalinkResponder

Por favor, quero saber se o valor de 87 dólares para entrar no grand canyon west é por pessoa. Além disso, deve-se entrar com carro próprio para o passeio ou isso inclui ônibus a partir da entrada da reserva?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elaine! A entrada ao Grand Canyon West incluindo Skywalk custa US$ 70,95 por pessoa, mais impostos e US$ 12 de sobretaxas. Inclui uma refeição. O seu carro fica na entrada do parque e você obrigatoriamente vai de ônibus até os mirantes.

adilson
adilsonPermalinkResponder

quero saber se saindo bem cedo de las da para ir de carro ,e voltar bem tarde da noite , já que não encontraremos hotel. obrigado amogo pela resposta.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adilson! Não recomendamos.

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Olá, estou indo em novembro para fazer trilhas e pedalar. É uma boa época?
Tenho pesquisado sobre hospedagem e devo acampar mesmo. A estrutura do Grand Canyon Village (mercados, restaurantes à noite) é realmente boa?
Fazer os passeios do south rim de bicicleta é possivel?

Devo incluir no meu roteiro a reserva Havasupai. Me pareceu realmente incrível. Alguns fóruns de mochileiros dos EUA falam muito de Sedona. Eu consigo ver o básico desses três lugares (GC, Havasupai e Sedona) em 7 dias?
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcio! Vamos colocar sua pergunta no Perguntódromo; fique de olho nas respostas.

Guilherme Postali Mendes

Olá. Muito obrigado pelas informações valiosas.
Estarei em Las Vegas no início de outubro e estou reservando o passeio de helicóptero da Papillon (mais simples, apenas voo West). Sugere fazê-lo pela manhã (7h ou 8h), mais final da tarde 16h) ou tanto faz?
Trata-se de uma promoção para reservas em Setembro. Acha que estarei perdendo muito fazendo esse passeio ao invés do Celebration (que pousa e tem o lanche e tal)? Dif. de 100 dolares por pessoa. (200 o casal no meu caso).
Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Vale a diferença, sim. O diferencial do Grand Canyon West é proporcionar o pouso no canyon.

ANA LUIZA
ANA LUIZAPermalinkResponder

Gostaria de saber quais os melhores dias da semana para ir ao Grand Canyon??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Luiza! Naturalmente, dia de semana é um pouco menos cheio do que fim de semana.

AMDRE
AMDREPermalinkResponder

Oi Ricardo
Vamos em abril para VEGAS, estou na duvida quantos dias ficar pois gosrariamos de conhecer a cidade, ir para uns 2 espetaculos, fazer compras e ainda ir ao Grand Canyon. Quantos dias vc recomenda ? estamos querendo ficar 8 noites mas talves dormir no grand canyon, vc recomenda ir a borda west ou sul para dormir e irmos de carro de Vegas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amdre! Quem responde é A Bóia. O Ricardo Freire recomenda pelo menos dois pernoites na Borda Sul.

Andre
AndrePermalinkResponder

Obrigado, vc acha que poderemos passar na borda west antes de ir para borda Sul ? Gostaríamos de dormir 2 noites na borda sul e conhecer a plataforma de vidro no west mas nao sei se e caminho.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Você pode passar na borda oeste a caminho da borda sul, sim. Chegará à noite.

Andre
AndrePermalinkResponder

Obrigado, vc recomenda esse trajeto ou nao vale a pena seguir para as duas bordas.?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andre! O Ricardo Freire não foi à borda oeste, então não pode comparar. Ele foi à borda sul e gostou muito. Há muitos relatos dizendo que a passarela Skywalk é pega-turista. Mas nós do blog não temos como opinar na primeira pessoa.

ramon
ramonPermalinkResponder

Parabéns pelo blog. Fiz uma reserva no Bright Angel Lodge por 2 dias , aquele dentro do parque, bem no começo de jan/2013. Também andei vendo alguns hoteis em conta em Williams! Acha que vale a pena manter a reserva no hotel dentro do parque (debitada no cartão , mas cancelável até 2 dias antes). Estou fazendo um tour de 20 dias pela california, incluindo LA, com a família, e no grand canyon ainda não fucei muito, mas tenho intenção de fazer a visita skywalk e talvez um sobrevôo no canyon (helicoptero ou avião). O que vale a pena reservar em termos de hotel?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ramon! Todo mundo quer ficar dentro do parque. Você conseguiu e vai desistir??????

ramon
ramonPermalinkResponder

ok... respondido... vou ficar com a reserva do Parque. Abraços

Carlos peixoto

Olá!
Estou planejando viajar no final de novembro até Las Vegas e ir ao
Canyon de carro tenho o6 dias para esta viagem qual o melhor roteiro indo pela rota 66?
Carlos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Leia o post, está tudo explicado.

Jussara Moraes

Boa tarde Ricardo,

Gostaria de ter mais informações a respeito do passeio pelo rio, rafting. Se vale a pena, se dorme na beira do rio, quantas horas são, o preço, são para amadores...

Obrigada pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jussara! Quem responde é a Bóia. O rafting dentro do parque é para atletas, demora dias e precisa ser reservado com um ano de antecedência.

As atividades no Glen Canyon, em Page, são mais leves. Podem envolver corredeiras iu simplesmente flutuação em bote. Reserve um dia para o passeio, de Flagstaff até lá são 3 horas de viagem.

Fernando Lima
Fernando LimaPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber se é preciso reservar já aqui do Brasil ou podemos reservar quando chegar lá, como fica mais barato?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Hotel e carro é melhor reservar o quanto antes.

Sanny
SannyPermalinkResponder

Olá, estarei em Vegas em maio, gostaria de passar um dia no Grand Canyon e sobrevoar de helicoptero, porém, não gostaria de pagar os $400.
Alguma opção de ir até GC de onibus e fazer o passeio, voltando no mesmo dia para vegas ? Quantas horas seriam de viagem ? Devo reservar um dia inteiro ?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sanny! Só dá para ir ao Grand Canyon West. Está tudo no texto, leia com calma.

Monica
MonicaPermalinkResponder

Olá, o dia 13 de fevereiro pretendo ir ao Grand Canyon alugando um carro em Las Vegas e passar tres dias lá. Estou com medo com o clima desta epoca, a rota 66 vai estar transitavel de carro?
O que acha?

obrigada pela atenção
Monica

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica! É provável que esteja transitável.

Elaine
ElainePermalinkResponder

Olá,
Estou indo para Las Vegas em Março agora e gostaria de tirar dois para ir ao Grand Canyon mas seguindo sua dica quero é claro conhecer o filé: South Rim. Eu gostaria de saber onde posso me hospedar de forma a ficar mais proxima da borda sul. Destes hoteis que voce mencionou algum deles é mais próximo da borda sul?
Obrigada, Elaine

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elaine! Está bastante explicadinho no texto do Ricardo. Há hotéis dentro do parque (você não conseguirá reservar nenhum tão em cima da hora) e ligeiramente fora do parque, em Tusayan. Verifique os de Tusayan.

Alessandra Cala

Ola,

Sou guia bilingue (brasileira) em Las Vegas! Fazemos tours ao Grand Canyon West de carro ou vendemos os tours de helicoptero (da Maverick - a melhor e mais segura frota de helicopteros de Vegas ao G.C.), city tours diurnos e noturnos (de carro privado ou limusine), fazemos tours de compras nas melhores lojas espalhadas pela cidade, alem de tours pela costa oeste dos EUA!! Tbm vendemos ingressos para os melhores shows de Vegas; fazemos casamentos, reservamos mesas em baladas!
Se precisar de um guia para leva-los aos melhores locais, atracoes, com dicas e traducoes (assistencia nas duas linguas), contate-nos: www.facebook.com/AlexisToursInternational ou www.alexistoursinternational.com ou email reservas@alexistours.info.
Obrigada,
Alessandra

Camila K.
Camila K.PermalinkResponder

Olá, eu estou planejando minha viagem ao grand canyon e vi que tem passeio de Jeep e helicóptero. Faz sentido fazer os dois passeios ou verei a mesma coisa!? Qual melhor horário para fazer passeio de helicóptero!? Obrigada,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Os melhores horários sempre são o quanto mais cedo e o quanto mais tarde possível no dia. O problema é que os vôos dependem de não haver vento, e isso pode ocorrer a qualquer momento.

Não há passeios de jipe para dentro do canyon na área do parque. Por favor releia o post.

Debora
DeboraPermalinkResponder

No começo de Fevereiro fizemos com a Pappilon o passeio de helicóptero para Grand Canyon + Sky Walk . Fechei o pacote com a Pappilon aqui no Brasil mesmo, serviço mega eficiente... Desde a contratação ate o pouso final. Inclusive fizemos o passeio com um piloto chamado Chris, que morou no Brasil e, fala bem o Portugues!!
Não esperem muito do Sky Walk e pequeno e meio sem graça.. Pra mim, o que valeu foi voar pelo canyon, lindo, lindo lindo.. Vale a pena!

NARCIR GATTI JUNIOR

olá sou novo no assunto meu sonho é visitar o grand canyon, o que devo fazer primeiro de tudo ? em média quanto gasto com tudo casal + filho 12 anos. pode me dar umas idéias. obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Narcir! Veja as dicas no post acima! Não falamos de gastos pessoais, porque são pessoais smile

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Olá Pessoal,
Estarei indo para Las Vegas por 4 dias e tenho mais 3 dias para ir ao Grand Canyon. Quero muito fazer esse passeio de helicóptero da Pappilon que sai de Las Vegas e faz um pouso no Canyon e talvez inclua o Sky Walk. Depois quero ir de carro até South Rim. Vocês acham desnecessário, já que farei o passeio de helicóptero?
Obrigado,
Gustavo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Os passeios de helicóptero Grand Canyon West vão a uma parte menos espetacular do cânion, mas são mais audazes, já que podem descer no cânion, coisa que não é possível no South Rim.

Já o South Rim é o "verdadeiro" Grand Canyon, tem as paisagens mais bonitas e diversificadas.

Mauricio
MauricioPermalinkResponder

Alguém já fez o passeio a cavalo descendo o Grand Canyon? Vale a pena?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauricio! Este passeio é para pouquíssimos, você precisa reservar com um ano de antecedência. Entre no site do parque.

Fatima
FatimaPermalinkResponder

Estou planejando ir a Las Vegas e Grand Canyon em julho. Gostaria de fazer o passeio de helicóptero. Existem passeios que saem de Las Vegas e fazem um pouso no Canion mas na parte West do parque e existem outros tours de helicóptero que saem da parte sul. Qual dá uma melhor visão do parque? Os que saem de Las Vegas ou os que saem de South Rim? Qual desses tours vocês sugerem?
Obrigada.
Fátima.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fatima! O verdadeiro Grand Canyon é o do parque nacional, que compreende o South e o North Rims. O Grand Canyon West é para os apressados, que querem ver o cânion enquanto estão hospedados em Las Vegas.

Fátima
FátimaPermalinkResponder

Obrigada, acho que vou fazer o passeio do helicóptero. No site da Pappilon existem várias opções de
preço e duração! Quero fazer o passeio que veja as melhores e mais bonitas do Grand Canyon! Que pontos devo levar em consideração na hora de reservar?
Obrigada,
Fátima

Eduardo Gumiero Filho

Ola Pessoal, Tenho dois dias full para visitar o Grand Canyon saindo de Las Vegas, gostaria de dormir uma noite no parque, fazer o voo de helicoptero e o rafting de 3 horas. Vcs poderiam me informar qual o melhor ponto para me hospedar em West Rim, se existe voos de helicoptero saindo de Tusayan e se o passeio de barco de Flagstaff até Page - Glen Canyon, retorna para o ponto de partida em Flagstaff de onibus ou outro tipo de transporte.

Obrigado Eduardo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Não existe West Rim. Existe Grand Canyon West.

Não dá para ir de Grand Canyon West a Page e voltar.

Releia o post, o que é possível fazer está claramente explicado e mapeado.

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Obrigado pelas dicas! Eu acho que então vou fazer o passeio a partir do parque embora para o meu filho de 13 anos o pouso no Canyon seja mais radical. Qual tour vocês me indicam a partir do parque?
Abraços, Gustavo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo e Fátima do mesmo IP! As rotas dentro do parque são rigidamente controladas, não há muita escolha. O que variam são os complementos em terra. Se ventar muito os passeios não saem, por isso programe o passeio para o primeiro dia de estada, para poder remarcar se for o caso.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Olá! Estarei em Las Vegas a partir de amanhã e resolvi tentar fazer o tour de helicóptero ao Grand Canyon. Só que, como está "meio" em cima da hora, só encontrei o tour com partida no final da tarde, entre 5:00 e 6:00. Fiquei em dúvida, pois tenho medo de gastar e não aproveitar muita coisa pela baixa visibilidade. Alguém já fez ou sabe de alguém que tenha feito o passeio nesse horário? A que horas anoitece em Las Vegas nessa época do ano? Obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! O pôr do sol acontece lá pelas 19h. Veja neste site: http://www.timeanddate.com/worldclock/astronomy.html?n=127

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá.
Irei a Las Vegas em setembro e me animei em conhecer o Grand Canyon West e a instalção da Skywalk.Gostaria de saber se a ida de Las Vegas para o Grand Canyon West teria um ônibus de excurção ou se tereir que alugar um carro?
Caso tenha ônibus, teria algum site ou aonde posso pegar esse ônibus em Las Vegas?
Obrigada

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Fomos por voces e nos hospedamos dentro do parque, so conseguimos no Brigth Angel , mas foi muito bom. O Hotel, embora simples, atende muito bem as necessidades.O quarto e confortavel, e e possivel jantar no restaurante do El Tovar. Nos fizemos isso e foi otimo. Reserve na chegada. O Grand Canyon e espetacular ! Vale demais conhece-lo e ficar dentro do parque. Obrigada pessoal do vnv , as dicas que pegamos aqui foram preciosas. Ah. nao esquecam de checar o horario do nascer e por do sol , imperdiveis!!

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Bom dia, pessoal.
Achei o post de vocês bastante completo e agradeço. Mas ainda tenho algumas dúvidas e queria saber se conseguem me ajudar.

Vi que não é recomendado fazer o bate e volta por terra, mas vocês acham viável sair de manhã bem cedo de Las Vegas (4 da matina) para chegar lá até 9-10h e aproveitar o parque o dia todo, dormir por lá e voltar no dia seguinte?
O que penso de aproveitar com isso, passeios de bicicleta, por do sol e nascer do sol. Não vi no detalhe tudo que dá para fazer, mas o que acham disso que comentei?

E a respeito das bicicletas, alguma dica?

Grande abraço e muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! É quase tão cansativo quanto o bate volta. Acordar de madrugada e enfrentar 5 horas de estrada e ainda ter fôlego para andar de bicicleta? Estamos falando de turismo, não de triathlon.

Se não dispõe de pelo menos duas noites para ficar no South Rim, não vá ao South Rim.

(Sobre bicicletas, entre no site do parque, deve haver informações.)

Claudio Cesar de Siqueira

Prezado amigo, estou indo para Las Vegas entre 09 e 17 de junho próximo. Pretendo ir até o Grand Canyon de Harley Davidson pela Rota 66 via Kingman e Williams. Irei em um dia e retornarei no outro. Na verdade o mais importante para mim é pilotar pela Rota 66 mas também gostaria de visitar o Grand Canyon. O que voce sugere em termos de localização para dormir apenas uma noite e ainda cimum espaço muito curto de tempo, poder visitar o parque?

Obrigado e um forte abraço.

Claudio.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Você levará boa parte do dia para ir e para voltar. Planeje dois pernoites em Tusayan, na entrada do parque, assim você tem pelo menos um dia para visitar o Grand Canyon com calma.

joao mauricio andrade

É verdade que nao se pode tirar fotos nem filmar nos passeios de helicóptero?? So comprar as fotos da empresa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Maurício! O Ricardo Freire andou de helicóptero e fotografou sem problema.

Ariadne
AriadnePermalinkResponder

Gostaria de saber se no mês de dezembro a visita ao Grand Canyon é uma boa? Dá para ir de carro de Las Vegas até lá nessa época?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ariadne! No inverno os dias são mais curtos e pode haver neve no parque. Não deve haver problemas nas estradas, mas verifique antes de ir.

Katia
KatiaPermalinkResponder

Olá ,pretendo visitar o Grand Canyon começo de outubro estaremos hospedados em las vegas com a minha familia e gostaria de saber se é fria eu levar minha filha de 08 anos e uma sobrinha de 07 anos?? e a idéia é dormir uma noite em algum hotel e retornar pela manha do outro dia,tudo de carro, pois irei me casar em vegas e penso em me casar na volta ainda não decidi, estou um pouco atrapalhada marinheiro de primeira viagem kkkk
o clima essa época é muito frio ?? obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katia! Leitores comentam sobre Las Vegas e Grand Canyon com crianças neste post: https://www.viajenaviagem.com/2012/08/las-vegas-com-criancas/

Djalma Pinto
Djalma PintoPermalinkResponder

Olá! em julho iremos para Los Angeles em 8 pessoas. Programmos a viagem diretamente ao Grand Canyon, ficando 3 noites em William, pois não estamos encontrando Hotel no parque ou Tusayan. Qual o roteiro vc sugere? Gostaria de passar na Route 66, é possível?.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Djalma! Este artigo da Wikipedia traz o trajeto da Route 66:
http://wikitravel.org/en/Route_66

3 dias em Williams está de ótimo tamanho.

Antonio Carlos Rygaard

Olá, vi que têm várias empresas que fazem esse tour de Helicoptero de Las Vegas ao Grand Canyon West. Como só disponho de um dia, provavelmente irei no Sunset. Vi que tem bastante diferença de preço entre a Maverick e a Papilon ( O sunset sai 20% mais barato na papilon ) . Você tem algumas outras sugestoes de empresas confiáveis que saia de LA e façam esse vôo pra pesquisar preços ?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio! Não temos outras indicações de empresas! Você pode tentar buscar por relatos no Trip Advisor.

daniel
danielPermalinkResponder

Estou programando uma viagem a las vegas e tbm ir no gran canyon mais tenho muita dificuldade de locomoção. A acessibilidade é boa ou terei problemas?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniel! Os passeios no Grand Canyon são contemplativos; você pode ir de ônibus até muito perto dos mirantes. Em Las Vegas é preciso caminhar bastante dentro dos hotéis; verifique a possibilidade de alugar uma "mobility scooter", triciclo motorizado muito usado nos Estados Unidos por quem tem problemas de locomoção.

Arizona | 116 super dicas | Domingão de Twittadas

[...] | grand canyon from top to bottom | LINK 58. @viajenaviagem | vai por mim: grand canyon | LINK 59. @domingaodetwitt | aventuras no grand canyon (com neve) | LINK 60. @domingaodetwitt | grand [...]

Georgia Machado | Las Vegas

[...] norte da Strip, outro na saída sul) — e os passeios: Vale da Morte, Vale do Fogo, Hover Dam, Grand Canyon West (fora do parque nacional, mas a apenas 195 km de Las [...]

Everton
EvertonPermalinkResponder

Olá Bóia.
Vou para Las Vegas em dezembro e pretendo conhecer o Grand Canyon.
Que tipo de problemas terei em South Rim por causa do clima?
Muitos lugares fecham? Compensa ir nesta época ou não vou aproveitar o parque em sua totalidade? Considerando que o frio não é um problema.
Muito obrigado pelas dicas já apresentadas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Everton! O que fecha é o North Rim. O South Rim fica apenas mais frio, mas os caminhos dentro do parque não fecham.

kion
kionPermalinkResponder

Olá Bóia.Eu e meu marido queremos ir em setembro,de carro alugado para Grand canyon,partindo de Las Vegas pela rota 66 e separamos tres noites. O que v. acha de ficar duas noites em south rim ,nos hoteis dentro do parque,e uma noite no caminho de volta para LV e conhecer o sky walk.?A minha dúvida é qual hotel ou cidade mais perto do sky walk.Adorei suas dicas,e espero que v. possa me ajudar.Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kion! Você pode fazer o Sky Walk como pit stop no caminho de ida ou de volta, não é preciso dormir por lá.

Ana Audun
Ana AudunPermalinkResponder

Nós fizemos o bate volta de helicoptero e foi inesquecível!

Rebeca
RebecaPermalinkResponder

Pessoal, tudo bem?
Estou planejando ir à Las Vegas em abril/2014 e gostaria de passar alguns dias na região do Grand Canyon. Vocês já ouviram falar de Havasu Falls? Gostaria de conhecer essa cachoeira, pois me pareceu muito linda. Porém não achei nenhuma dica sobre esse local. Somente que o acesso é por uma trilha de 19km...Gostaria da ajuda de vocês para verificar se é viável o passeio, como chegar, tem passeio guiado,etc..

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rebeca! As instruções para chegar estão nesta página:

http://www.havasupaifalls.net/directions.html

Se você for, deixe seu relato aqui na volta!

Doris
DorisPermalinkResponder

Ola , boa noite, faco filmagem de casais , pre wedding, e queremos ir com noivos pra fazer uma filmagem diferente, um por do sol, um passeio romantico, estou procurando as melhores vistas e um passeio a cavalo , nao queremos excursoes pois nao nos deixariam parar pra filmar o casal , tem sugestao de onde irmos e se eh preciso uma autorizacao pra filmar dentro do parque? Temos dois dias e duas noites la, tambem nao sabemos onde eh mais interessante ficar , ou tem mais atracoes proximas as outras. Primeiro pensamos em locar um carro e ir pela 66 ate o grand canyon, obrigada se puderem me dar umas dicas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Doris! Deve ser uma encrenca fazer filmagens profissionais dentro do parque. Contacte o serviço de parques nacionais americanos: http://www.nps.gov/index.htm

doris
dorisPermalinkResponder

bom dia, ontem lhes enviei algumas perguntas, hoje quando entrei no blog, a pergunta não estava mais, seria pelo fato de ser uma empresa,?
o único questionamento é que não consigo achar cavalos para um passeio , queria saber qusl o lado de mais fácil acesso e bonito, para um vídeo romântico,
e se ao ir pro Grand Canyon dá pra fazer tudo pela Rota 66?
obrigada
Doris

-- A.L.
-- A.L.PermalinkResponder

Filmagens profissionais precisam de autorização do NPS.

A rota 66 não existe mais, exceto por um trecho a leste the Kingman. O restante da antiga rota foi convertido em estradas normais duplicadas, substituído por variantes modernas etc.

Cavalos não descem ao Grand Canyon. Só mulas. E o número de pessoas que podem fazer esse passeio é bem limitado. Sendo um parque nacional, você não pode simplesmente alugar cavalos e sair passeando.

O South Rim tem acesso mais fácil e bem mais estrutura. No North Rim dá pra conseguir melhores vistas, porém isso só acontece em trilhas de dificuldade média ou acima. São mais de 300km por estrada que separam as duas faces do canyon.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Doris! Sua pergunta e a resposta estão aí em cima smile
https://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-grand-canyon/comment-page-2/#comment-305804

-- A.L.
-- A.L.PermalinkResponder

boia, um post meu caio no limbo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Recuperado grin

doris
dorisPermalinkResponder

bom dia, agora sim vi todas as respostas, muito obrigada, acho que então a escolha certa para a filmagem seria mesmo ,a parte South, no entanto se precisaremos de autorização ,acredito que pelos aforas do parque consigamos também belas paisagens, excelente o seu blog, mais uma vez muito obrigada e sucesso!

Claudio Ferraz

Olá boia, eu e minha esposa vamos em meados de agosto para Vegas, temos 64 anos, ja viajamos um pouco por alguns lugares, gostariamos de fazer um passeio ao Grand Canyon, de Helicoptero ou de avião, e voltar para ver o por do sol e a Strep a noite, o que sugere. obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! É um belo programa.

Débora Ferreira

Ola,
Eu e um casal de amigos vamos para Costa Oeste Americana de 30/12 a 10jan.Estou montando roteiro e encontrei uma dificuldade em ver qual a melhor opção. Gostaria de sua orientação.
Chego em Las Vegas dia 30/12 porque dia 02/01 terei um casamento lá, então, aproveitaremos para ficar no reveillon.
E quero muito ir ao Grand Canyon, sabe se, em 3 de janeiro é possível visitar o local?
Pensei em sair de Vegas com destino a South Rim dia 03 de manha, passando por Grand Canyon West e pernoitar, terminando o passeio dia 04. A questão é que de lá meu próximo destino é los Angeles, sendo que, preciso estar em São Fco dia 07 ou 08 de janeiro pois já tenho passagem comprada para Nova YoRK dia 10/01.
O roteiro a principio é Vegas, Grand Canion, Los Angeles, Sta. Bárbara, Carmel e Sáo Francisco de 29 a 10, sendo que, precisaria chegar em São Fco, no maximo dia 08/01.sera que isso é possível? De carro...
Infelizmente, antes de comprar as passagens, imaginava que o Grand Canyon era muito mais perto de Vegas e por conta do reveillon e casamento nao posso antecipar minha saída de lá, o que acabou prejudicando meu roteiro.
Eu gostaria muito de ir de carro e nao de helicóptero, pois nao sei quando vou voltar, e por tudo que li até aqui, vi que a parte mais interessante é a South Rim.
Qual a sugestão que poderiam me passar, como opção, já pensei em seguir de avião de Los ANgeles para São Fco, mas perco todo o passeio da Costa. Socorro!!!
Quantas horas de viagem de South Rim a Los Angeles de carro? Tem alternativa de ir de avião a Los Angeles para economizarmos este tempo de estrada? Qual seria a opção? Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Débora! Você tem muito, mas muito pouco tempo pra fazer tudo o que imaginou. 11 dias para Las Vegas, Grand Canyon, Los Angeles, Highway 1 e San Francisco dá uma média de dois pernoites por destino. É um ritmo de excursão, sem a infra-estrutura de uma excursão, tendo que resolver sozinha todos os perrengues logísticos que ficam ainda maiores devido à falta de tempo.

O Ricardo Freire recomenda um mínimo ideal de dois pernoites no Grand Canyon, quatro pernoites em Los Angeles, pelo menos dois pernoites na Highway 1, quatro pernoites em San Francisco.

Faça o bate-volta a Grand Canyon West, voe de Las Vegas a Los Angeles.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/2012/03/california-las-vegas-yosemite-grand-canyon/

-- A.L.
-- A.L.PermalinkResponder

Débora, é muito destino para pouco tempo. Você precisa cortar algum deles. Do South Rim (entrada) até Los Angeles são 782km, uma viagem que demora no mínimo 8h30.

Vejo trÊs soluções para seu roteiro apertado:

1) visitar a South Rim, voar Flagstaff-Los Angeles, pegar o carro em LAX e já partir rumo a San Francisco (a visita a Los Angeles, com calma, fica para outra vez)

2) visitar a South Rim, voar Flagstaff-Los Angeles, pegar o carro em LAX, ficar por lá 3 dias e partir para para a viagem costeira, com objetivo de chegar em San Francisco na véspera e já ficar perto do aeroporto (conhecer a parte mais urbana da cidade fica para outra vez).

3) não visitar a South Rim, voar de Las Vegas para Los Angeles como a Boia sugeriu. Então, vc tem um tempinho de visitar Los Angeles

Nilton lima
Nilton limaPermalinkResponder

Pessoal, estou indo para las vegas agora no mes de outubro e gostaria muito de conhecer o grand canyon , mas como terei pouco tempo, vi que a opcao seria fazer o bate volta na regiao oeste , que e onde fica o Skywalk, correto ? Gostaria de saber se e possivel eu ir ate esse local e apreciar a vista , tirar fotos , sem ter que pagar para entrar nessa atracao ? La estarei de carro e estaremos em 5 pessoas, e pelo que vi, o custo por pessoa e bem alto se for entrar ou fazer passeios de helicoptero
Obrigado.
Nilton lima

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nilton! Tudo tem que pagar. Você não pode sequer tirar fotos com a sua própria câmera na Skywalk.

-- A.L.
-- A.L.PermalinkResponder

O Skywalk tem péssimos reviews no Trip Advisor e sites assemelhados. É classficado como um "rip-off". Usam a desculpa (fajuta) de não permitir câmeras para evitar que caiam e risquem o vidro. Reclama-se dos preços altíssimos de comida e funcionários ranzinzas também.

O Skywalk não é um parque nacional, é uma atração privada construída em área indígena, que explora a proximidade de Las Vegas para atrair turistas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar