Veneza: siga aquele guarda-chuva

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Veneza com chuva

Como cantaria Jorge Ben: Piove pioggia / piove senza sosta. Desde que chegamos a Veneza uma chuvisqueirinho chato, que por vezes se transforma em chuva de fato, se recusa a ir embora.

Do ponto de vista da experiência, não chega a ser um problema. Molhada e envolta em brumas, Veneza acentua a insalubridade que é parte indissociável do seu charme (e que é a parte impossível de reproduzir em Las Vegas ou no Epcot).

Veneza com chuva

Para o blogueiro/guieiro, no entanto, a possibilidade de passar quatro dias sob chuva em Veneza significa que vai ser difícil sair daqui com fotos onde não haja um guarda-chuva em quadro.

Veneza com chuva

É possível que amanhã de manhã o solzinho apareça, então ainda não perdi completamente a esperança.

Veneza com chuva

Ontem fomos caminhando aqui do nosso cantinho do Dorsoduro até o Rialto; atravessamos para o lado nobre de Veneza, mas daí a chuva apertou muito e resolvemos voltar (o trânsito de guarda-chuvas estava meio impraticável).

Veneza com chuva

Veneza com chuvaVeneza com chuvaVeneza com chuva

Hoje vamos atravessar pela ponte da Accademia; o objetivo é chegar a San Marco para os lerês mais básicos.

Veneza com chuva

Amanhã vamos comprar passes de dia inteiro de vaporetto para zanzar por tudo.

Enquanto isso, o blog não pára mrgreen

Leia mais:

 

41 comentários

val
valPermalinkResponder

ah mas espero que a chuva pare...Veneza com sol é outra coisa!

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Riq, ligeiramente off-topic: vc teve uma imensa sorte visitando as Cinqueterre, não? Houve um temporal muito sério por lá, o pior em 100 anos, e o Parco Nazionale delle Cinque Terre está severamente destruído. Monterosso foi invadida por lama, várias estradas estão fechadas, pessoas evacuadas etc. Vernazza também foi muito atingida e a micro-orla e as ruas estão tomadas por uma alavanche de lama e detritos.

A auto-estrada A12 e sua via alternativa estão fechadas com alguns deslizamentos, e algumas encostas na ferrovia que passa pelas Cinque Terre estão sendo monitoradas, e o tráfego de trens pode ser interrompido a qualquer momento.

Então acho que vc teve muita sorte de pegar bons dias de sol por lá. Não sabemos quando as coisas voltarão ao normal sad

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

tem comentário meu que foi pro spam sad

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Andre L. Sorte tivemos eu e meu marido. Visitamos na vespera. Pegamos a A12 um pouco antes dela ser interditada. Por sorte uma senhora nos avisou para voltar. Vimos casa alagada. Muito triste, lembra a tragedia da serra carioca com menos gente. Mas gracas a Deus chegamos bem na Cote D Azur onde pegamos 2 dias de sol lindos.

Bia Mignolo I Viaje no Detalhe

Fazendo a dança do sol, e torcendo para dar certo!! sol, sol, sol... =)

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Ric, joga um ovo no telhado do Hotel, dizem que é bom pra atrair o sol grin

Renato Carone
Renato CaronePermalinkResponder

Veneza é maravilhosa sempre...

Anna Francisca

Isso, Andrea. Um ovo prá Santa Clara.

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Que pena, Veneza é t?o linda com sol. Pegamos um taxi para os leres, que em Julho custou $ 70 , e andou ( oops, navegou) uma hora com a gente pela cidade. Talvez agora seja bem mais fácil negociar um preço melhor. Bj

Sílvia Oliveira

Veneza é boa com sol, mas absolutamente charmosa com esse tempinho cinzento. Aliás, uma cidade anfíbia, plantada sobre um oceano, há 1500 anos intacta, que serviu de inspiração para Vivaldi compor As Quatro Estações... é boa de qualquer jeito! wink

Douglas
DouglasPermalinkResponder

oi....tem algum post ou link ou sei la o q...q posso acompanhar todos os posts da sua viagem pela Europa....to sem entrar no site faz um tempo, nem sabia q vc ia fazer um rolezao pela Europa.... ou seja quero saber se tem um geralzao da sua vida...com os lugares q vc vai passar, onde ja passou, etc...

valeu e boa viagem...e post muitas fotos...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Douglas! Acompanhe o périplo por este link: https://www.viajenaviagem.com/category/zoropiando/

Os posts novos serão sempre catalogados nessa categoria e aparecerão no mesmo endereço.

Alice
AlicePermalinkResponder

Ah, chuva é sempre chato. É mais chato que frio...
Eu ia sugerir assistir ao pôr-do-sol no Giardinno Publicci ou no Parco de la Rimmembranze. É lindo e, quando fui, estava vazio... Torço para que o tempo melhore.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Na Europa, temos as 4 estações. Agora estamos no outono. Normalmente, faz chuva ou sol ou vento e cada dia é um pouco mais frio.

Para mim, os invernos são muito longo.

No final de abril há uma melhora. Está chovendo e ventando, mas cada dia é menos frio. No final de junho começa o nosso calor do verão.

É isso. Se você viajar em novembro o tempo pode ser ruim, ou pode ser ensolarado.

Admito que tem seu charme, mas eu sempre prefiro um dia ensolarado, se eu estou viajando e um dia chuvoso para estar sentada no sofá em minha casa e beber chá quente.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Carmen, isso em partes da Itália e França, né? Aqui mais na Europa setentrional, a primavera é bem menos chuvosa que o outono, e na média um pouco menos chuvosa que o inverno.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

O meu comentário no subió...sniff...

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Venezia é boa de qualquer forma, e em plena Biennale de Arte entao nem se fala.

Nao sei se esta no roteiro e se ha flexibilidade e tempo, mas recomendo muito uma esticada a Pádua para ver a Cappella degli Scrovegni e claro a Basilica de Santo Antonio (de Lisboa, hehe) e também uma visita a Vicenza que é uma simpática cidade patrimonio da Unesco com varias obras de Andrea Palladio e para os que como eu gostam de ciclismo a cidade onde esta a sediada a Campagnolo.

Lu
LuPermalinkResponder

Riq, acabei de postar um coment no cordial bom dia, c/sugestão de restaurante e do meu B&B, caso vc queira conhecer. Dê uma olhada lá... Já que está chovendo (no outro post ñ estava), tem uma expo que faz parte da bienal, que está no Palazzo Franchetti, só de vidro (chama-se Glasstress), que é bem legal, pequena, simpática, e o Palazzo Franchetti é lindíssimo, um vero palazzo! O cara do htl me indicou tb o Palazzo Fortuny, c/obras modernas, mas ñ deu tempo. C/chuva, pode ser uma opção.
Bjs,
Lu

Celina
CelinaPermalinkResponder

Acabo de ter um ataque de saudades. Veneza é linda com sol, céu azul refletido nas águas, mas essa chuva melancólica ... é quase um poema em Veneza. Amo!!!
PS: ainda bem que vc está em Veneza, na Toscana a chuva foi feia e inundou tudo!

Francy e Carlos Guttierrez

Veneza é maravilhosa sempre...
Mas também sempre tive muita sorte, em todas as vezes em que lá estive...
Ano que vem, retornaremos lá, mas não no mês de outubro, que dizem, chove muito. De chuva, já basta aqui em Leiden...
abs,

Douglas
DouglasPermalinkResponder

Boia...valeu pelo link, to lendo post a post agora, mas nao entendi que do post "Do Jungfrau ao Matterhorn — digo, de Interlaken a Zermatt" ele pulou para "Paris: um almoço belle-époque no Le Train Bleu"...é isso mesmo??? nao tem post no meio nao? ou nao tem sequencia de lugares....

valeu

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Douglas! O Ricardo Freire está fazendo uma longa viagem. O site é dinâmico e precisa de outros assuntos também. Você pode acompanhar os posts da Suíça em ordem cronológica invertida no link https://www.viajenaviagem.com/category/suica . Os próximos posts da série a ser publicados serão sobre St Moritz, Lugano, Wilhelm Tell Express, Lucerna/Berna/Zurique, Lausanne/Montreux/Genebra, Swiss Pass e itinerários. Até o fim do ano, com sorte, ele chega lá...

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Veneza é maravilhosa com qualquer clima, lógico que sem chuva é melhor. Ano passado fui a Veneza em lua de mel, que lugar maravilhoso, aliás a Itália é maravilhosa. Boa viajem, aproveite os encantos de Veneza e se tiver tempo vá ao Bacaro Jazz, uma restaurante/bar que fica atrás da ponte Rialto (lado contrário do mercado). Ótimos vinhos, ótima comida e um lugar bem aconchegante, com sutiãs pendurados em todo o teto e paredes escritas pelos frequentadores, achei até dizeres de Brasileiros que tiveram por lá.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Fiz uma resposta para o Andre L, mas sumiu. Tivemos muita sorte - visitamos 5 Terre na vespera da tragedia. Uma chuvinha fina de vez em quando mas qdo vimos a foto de Vernazza sob lama, nossa foto foi das ultimas antes do acontecido. Gracas a Deus pegamos um desvio para chegar a Cote D Azur onde o sol brilhou por 2 dias. Detalhe: uma senhora nos avisou da interrupcao da estrada antes da radio.

Carlos Henrique Loyo

Olá Riq/Bóia. Gostaria de saber se vocês já escutaram falar de óperas em Veneza. Ví em alguns sites uns casarões que oferecem este espetáculo mas nunca ví ninguém dizer que foi. Será que é bom? Se não alguém conhece algum teatro lá que ofereça espetáculos clássicos?

Agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos Henrique! O teatro legendário de ópera em Veneza é o La Fenice.

O próprio site tem o caminho para a compra de ingressos quentes:
http://www.teatrolafenice.it/static/biglietteria.php

Carlos Henrique Loyo

Oi Bóia, obrigado pela informação! Infelizmente nos dias que estaremos por lá, não haverá programação... ;(

Renata
RenataPermalinkResponder

precisamos comprar com antecedencia os ingressos dos palacios de veneza??? o que ver???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Não precisa não.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Visitamos Veneza e também preferi ficar em Veneza do que em Mestre.
Acho mais interessante.
http://daquipromundo.wordpress.com/2012/08/17/vamos-a-veneza/

Marcelo Azevedo

Olá
Adoro o blog e ele está sendo de muito valia para nosso planejamento...
Peço uma sugestão... Deixar de ir a Veneza para visita Cinqueterre pode ser uma heresia???
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Não há obrigação quando o assunto é viagem smile Monte o seu roteiro com o que tiver mais vontade de conhecer!

Marcelo Azevedo

Entendo Bóia.... Gostaria de conhecer os dois... Mas acho que teri tempo somente para um dos lugares.... Veneza, acredito ter mais história... Cinqueterra também me atrai bastante, pelo tanto que escreveram por aqui...
Em uma primeira viagem a Itália, espero estar decidindo pelo melhor... Mas acho que o Cinqueterre ajudaria em meu planejamento de sair de Milão e entrar na Toscana com carro, no caminho até Florença...
Uma viagem, somente comigo e esposa, acho que Veneza ainda me atrai mais..... Irei no final de abril até inicio de maio... Existe alguma festa nestes lugares nesta época? Acho que me ajudaria a decidir melhor!
Abraços a Bóia e Ricardo!
Muito obrigado por compartilharem tanta coisa boa!

Ana
AnaPermalinkResponder

Olá
Já peguei várias dicas legais aqui. Vou para Itália em outubro e sei que é um período mais chuvoso. Posso no meu roteiro ir para Veneza de 19 a 21/10 ou de 28 a 30/10. Vc acha que faz diferença ir nos primeiros dias por causa da chuva? Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Não há diferença. A probabilidade de chover ou não chover é a mesma nas duas datas.

Marcello
MarcelloPermalinkResponder

Estou pensando em ir com minha família para Veneza no Reveillon de 2014 e meu filho tem apenas 2 anos, é muito perrengue? Estou preocupado principalmente pela Acqua Alta, pois ele com certeza vai querer ficar se tacando na água rsrsrsrs. Minha idéia principal é Veneza, Florença e Roma. Sabe onde é melhor passar a virada pela Italia? Abraços e obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcello! Reunimos relatos de leitores sobre o Réveillon na Itália aqui: https://www.viajenaviagem.com/e/reveillon-2013/

Marcello
MarcelloPermalinkResponder

Eu li, mas não tem nenhum relato de criança no Reveillon. Só se alguém já tivesse levado. Mas vlw.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcello! A acqua alta não é um fenômeno garantido. Ele pode ocorrer. Quando ocorre, atrapalha durante duas horas de cada vez. Mas a cidade monta passarelas para as pessoas passsarem.

Os perrengues de levar uma criança à Itália no Réveillon são os mesmos de levar uma criança à Itália em qualquer época do ano, somados ao frio. Só você conhece seu filho o suficiente para saber se quer ou não fazer uma viagem não-infantil com ele.

Se você leu a página que indicamos, deve ter entendido que não há lugar melhor ou pior para passar Réveillon na Itália; é uma data que na Europa não tem o brilho e o significado que tem no Brasil.

Nemer
NemerPermalinkResponder

Bóia

Da viagem de 2011 do Ricardo para a Itália, me parece haver um outro post com passeiam Veneza. Nao o achei. Seri referente a passeios pela região. Existe ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nemer! Veja os posts já publicados no VnV sobre Veneza aqui: https://www.viajenaviagem.com/category/veneza/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar