Que moeda eu levo para o Caribe?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Peso dominicano

Peso dominicano -- uma nota que você dificilmente vai pegar na mão

Que moeda você deve levar para o Caribe? Em uma palavra: dólar. O dólar é moeda corrente em todo o Caribe turístico. Você vai ver preços e serviços cotados em dólar na maioria das ilhas e também na Riviera Maia.

A exceção desse mercado dolarizado é Cuba, para onde vale mais a pena levar euros.

Devo comprar moedas caribenhas ou peso mexicano no Brasil?
Não! Na maioria dos casos será inútil procurar, e quando você achar (eventualmente, bolívares venezuelanos ou pesos mexicanos) a cotação será péssima.

Vale a pena comprar dólar no Brasil para levar para o Caribe?
Se você gosta de viajar com dinheiro vivo, vale a pena, sim. Todo dólar que você levar será aceito a uma boa cotação em todas as ilhas, menos Cuba (onde o euro é mais forte).

Vale a pena levar reais para o Caribe?
Ninguém aceita reais no Caribe. Se eventualmente você encontrar algum posto de câmbio que opere com a nossa moeda, a cotação será fraca.

É possível sacar dinheiro em caixas automáticos no Caribe?
Sim, em toda a região você vai encontrar caixas eletrônicos (até mesmo em Cuba, em menor número). Em todo lugar será possível sacar dinheiro local, tanto com seu cartão de banco (habilitado para saques no exterior e desbloqueado antes da viagem) quanto com cartão de débito tipo travel money. O IOF será de 6,38%. Em alguns lugares, como Sint Maarten (lado holandês), Curaçao e Aruba você vai poder até mesmo sacar dólares. (Em Cancún alguns caixas também distribuem dólares, mas você paga duas operações de câmbio.) Só não vale nada a pena sacar dinheiro na Venezuela, já que você vai pagar o câmbio oficial, que vale a metade do câmbio negro.

Dá para usar cartão pré-pago no Caribe?
Os cartões de débito recarregáveis tipo travel money são aceitos em toda a região. Você paga IOF de 6,38% ao carregar o cartão com dólar. São mais vantajosos quando o saque e o pagamento podem ser feitos em dólar. Quando o saque ou a conta vêm em moeda local (dólar de Barbados, florim antilhano), você perde 5% na operação de câmbio. Na hora de fazer pagamentos com travel money, pergunte sempre se a conta não pode vir expressa em dólar.

Dá para usar cartão de crédito no Caribe?
Cartões de crédito são aceitos em toda a região, inclusive Cuba (desde que o seu cartão não seja emitido nos Estados Unidos). O IOF é de 6,38% e você está sujeito à variação cambial entre a data do pagamento e a do vencimento da fatura. Em compensação, é seguro, prático e você pode somar milhas, caso o seu cartão permita.

Mesmo que você não pense em usar, nunca deixe de viajar sem pelo menos um cartão de crédito internacional válido e desbloqueado para a viagem. Ele será necessário como caução para alugar carro, como garantia para extras no check-in do hotel, e pode salvar você de emergências.

Na Venezuela, no entanto, o cartão de crédito acaba duplicando os seus gastos, já que as operações serão computadas pelo dólar oficial, que vale a metade do dólar paralelo.

Como é o dinheiro em Aruba?
Você vai ver preços em dólar e, fora da zona turística, em florim de Aruba. Eventualmente o troco pode ser dado em florim. Todos os caixas eletrônicos distribuem florins e alguns também têm dólar.
Leia mais: Guia de Aruba no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em Barbados?
Os preços estão quase sempre em dólares de Barbados (B$), mas o dólar americano é aceito tranqüilamente, pela cotação fácil e praticamente fixa de 2 por 1 (US$ 1 = B$ 2). Os caixas automáticos operam apenas com dólar de Barbados.
Leia mais: Guia de Barbados no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em Cancún e na Riviera Maia?
Os preços são informados em pesos mexicanos, mas aceita-se dólar com facilidade. Em abril de 2017, US$ 1 = 18 pesos mexicanos. Os caixas automáticos distribuem pesos mexicanos; alguns poucos oferecem também dólar (mas não vale a pena sacar moeda americana, porque há dupla operação cambial).
Leia mais: Guia de Cancún no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em Curaçao?
Os preços são informados em florim antilhano; às vezes, em florim e dólar americano. Ao pagar em dólar, você pode receber o troco em florim. A maioria dos caixas automáticos oferece florim antilhano, mas alguns também estocam dólares.
Leia mais: Guia de Curaçao no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em Cuba?
Turistas devem usar pesos cubanos conversíveis (CUC). Leve euros e troque no banco ou nas Cadecas, as casas de câmbio (que oferecem uma cotação um pouco menos vantajosa). Se você quiser, pode levar dólares para Cuba. O dólar vale exatamente 1 CUC; o valor é fixo. Só que na hora de trocar há um imposto específico de 10% sobre o dólar, que não incide sobre nenhuma outra moeda forte. Logo, o dólar acaba valendo apenas 0,90 CUC. O euro é mais vantajoso. Existe uma segunda moeda, o peso cubano (CUP), que circula entre os cubanos que não trabalham no setor turístico. 1 CUC = 24 CUP. Você pode trocar CUCs por CUPs nos bancos e Cadecas e gastar em bares e restaurantes que aceitam CUPs (dica para quem sai do circuito turístico e consegue se embrenhar na vida real cubana). Há caixas automáticos, mas não em grande número; neles você pode sacar CUCs.
Leia mais: Todas de Cuba no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro no Panamá?
A moeda do Panamá se chama balboa, mas só existe na forma de moedinhas, mesmo. As notas em circulação são todas de dólar americano. Logo, não é preciso fazer câmbio. Os caixas automáticos oferecem dólar, evidentemente.
Leia mais: Todas do Panamá no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em Punta Cana?
A moeda local é o peso dominicano, mas o dólar é aceito e preferido. Você só vai precisar de dinheiro para pagar passeios e compras, já que os hotéis todos funcionam no sistema all inclusive. Precisando, você vai poder sacar pesos dominicanos dos caixa automáticos (todo hotel tem um).
Leia mais: Guia de Punta Cana no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em St. Maarten?
A moeda oficial do lado holandês é o florim antilhano. A moeda oficial do lado francês é o euro. Mas o dólar é aceito em toda a ilha. No lado holandês os preços podem aparecer em florim (se o lugar for freqüentado por locais, como supermercados e postos de gasolina) e em dólar (bares e restaurantes). No lado francês os preços aparecem sempre em euros, mas alguns lugares fazem promoções de € 1 = US$ 1, altamente vantajosas para quem tem dólar (mas exige-se dinheiro vivo). Os caixas automáticos do lado holandês estocam florins e dólares. No lado francês os caixas automáticos só têm euros.
Leia mais: Guia de St. Maarten no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro em St.-Barth?
Os preços são fixados em euros, mas o dólar é aceito prazerosamente. Não há a colher de chá da equiparação de euro com dólar que se encontra em alguns lugares de St.-Martin. Os caixas automáticos só têm euros.
Leia mais: Todas de St.-Barth no Viaje na Viagem

Como é o dinheiro na Venezuela/Los Roques?
Usa-se o bolívar fuerte em todas as transações. Mas o jeito de obter bolívares fuertes não é nada ortodoxo: recorre-se ao câmbio paralelo para conseguir até 10 vezes o valor que se conseguiria no câmbio oficial. Os caixas automáticos só têm bolívares fuertes, e se você sacar vai ser cobrado no câmbio oficial, desvantajoso. (A mesma coisa ocorre com os cartões de crédito.)
Leia mais: Chegando em Caracas: câmbio e táxi
Leia mais: Guia de Los Roques no Viaje na Viagem

Leia mais:

107 comentários

Leandro Totti
Leandro TottiPermalinkResponder

Bom dia Ricardo, gostei muito de suas dicas , devo ir à Punta Cana em Outubro , pergunto: está fora da época dos furacões? Abraços, obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Quem responde é A Bóia. Outubro é época chuvosa e ainda há risco de furacões.

https://www.viajenaviagem.com/2016/04/praia-em-outubro-brasil-caribe/

Jessica
JessicaPermalinkResponder

Vou passar 5 dias no Caribe (punta cana), com hospedagem e café incluso, quanto devo levar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jessica! Você só precisa levar dólares trocados para dar de gorjeta. Se não tiver trânsfer incluído no pacote, leve 100 dólares para o táxi de ida e de volta. No mais, verifique quais passeios você vai querer fazer fora do hotel e leve dinheiro ou cartão de crédito. Esses passeios custam entre 80 e 150 dólares por pessoa.

Renan Salgado Paiva

Tenho planos para Aruba e tenho Euros que sobraram de uma outra viagem.

Vale a pena trocar Euros por Dolar em Aruba ou é melhor trocar Euro por Dolar aqui no Brasil mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renan! Leve seus euros diretamente a Aruba.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar