Nova York: 10 hotéis + reservados pelos leitores (e +10 sugestões)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Central Park

Central Park

Não é fácil escolher hotel em Nova York. O alto preço das diárias (em Manhattan, US$ 200 é uma pechincha!) torna ainda mais delicada a decisão de onde ficar. Quer ver como os outros leitores do Viaje na Viagem têm decidido, depois de ler sobre a diferença entre as regiões de Manhattan e passar em revista os comentários da tripulação sobre 100 hotéis em Nova York?

Graças à nossa parceria com o Booking, conseguimos saber quais são os hotéis mais reservados por vocês por meio aqui do blog. Neste post eu comento a lista dos hotéis mais reservados em Nova York por vocês em 2013. Em seguida, acrescento uma listinha de 10 hotéis cool para você também considerar.

Times Square

Times Square

Os 10 mais reservados em Nova York

Os campeões de bilheteria dos leitores estão surpreendentemente bem distribuídos por Manhattan. A lista não se limita ao eixo Times Square-Central Park, não: tem hotéis nos arredores da Penn Station e da rua 34, no Village e até lá embaixo, em Tribeca.

1 | ROW NYC (8ª Avenida entre W44 e W45)

Row NYC é o novo nome do Milford Plaza desde março de 2014, quando se encerraram as reformas (que se arrastaram por mais de dois anos). Todos os seus 1.300 apartamentos (sim, é uma cidade) foram renovados e estão com look moderninho. Vá sabendo que os apartamentos mais baratos são bastante compactos. A localização é para quem quer estar na cara do gol: está a uma quadra da Times Square (o burburinho parece invadir o lobby do hotel). Tem nota 7,8 no Booking. Confira preços aqui.

2 | HUDSON (W58 entre 8ª e 9ª Avenidas)

Para quem quer estar perto do Central Park, a localização é nota 11: está a uma quadra e meia da quina sudoeste do parque (onde está plantada a utilíssima estação Columbus Circle, entroncamento de várias linhas de metrô). O shopping Lincoln Center (com uma maravilhosa filial da Whole Foods no subsolo) está a uma quadra. Se você assistiu à websérie Desempacotando Nova York, deve se lembrar do Hudson -- foi o hotel em que me hospedei. Os quartos são beeeeem pequenos, a decoração tem as esquisitices charmosas de Philippe Starck, e o bar é animadíssimo. Tem nota 7,6 no Booking. Confira preços aqui.

3 | THE TIME (W49 entre Broadway e 8ª Avenida)

Foi o primeiro hotel metidinho a design a se instalar na região de Times Square. A decoração dos quartos é minimalista-com-cores; os preços costumam ser em conta. Fica bem no fervo dos teatros. Tem nota 7,5 no Booking. Confira preços aqui.

4 | HILTON GARDEN INN TRIBECA (6ª Avenida esquina West Broadway)

Fica no finzão da West Broadway, a uma curta caminhada do Soho (e perfeito também para incursões ao Marco Zero -- e às compras da Century 21 --, a Chinatown, Little Italy, Nolita e Lower East Side. Os apartamentos são espaçosos. À diferença de hotéis desta rede em outras cidades, aqui o café da manhã é cobrado à parte (mas tem um Starbucks pertinho na rua). Tem nota 8,4 no Booking. Confira preços aqui.

5 | RADIO CITY APARTMENTS (W49 entre 6ª e 7ª Avenidas)

Os apartamentos são tipo flat: estúdios ou apês de 1 quarto, todos com cozinha equipada e mesa para jantar. Ótima solução para quem quer alugar apartamento mas tem receio (ou preguiça) de passar por imobiliárias ou AirBnB. Está a 4 quadras da Times Square e a 10 do Central Park. O trecho de bons restaurantes da 9ª Avenida está a três quadras. Tem nota 8,2 no Booking. Confira preços aqui.

6 | YOTEL TIMES SQUARE (10ª Avenida entre W41 e W42)

Novo, moderninho, bochinchado, o Yotel tem apartamentos futuristas (mas muuuuito pequenos) e efervescência de hostel: é um hotel para quem é, ou se sente, jovem. Não se deixe levar pelo "Times Square" do nome: o hotel fica em Hell's Kitchen, nova fronteira gay nova-iorquina. Tem nota 8,3 no Booking. Confira preços aqui.

7 | CARVI (E55 entre Lexington e 3ª Avenida)

Os quartos aconchegantes e a boa localização -- perto do trecho mais bacana da 5ª Avenida e a meio caminho entre a Times Square e o Central Park -- certamente contam. A qualidade deste hotel que mais encanta ao leitor, no entanto, é o fato de o atendimento ser em português. Os donos são portugueses e se dedicam a receber bem os hóspedes brazucas, que são só elogios aos funcionários. Tem nota 8,6 no Booking. Confira preços aqui.

8 | HAMPTON INN MADISON SQUARE GARDEN (W31 entre 6ª e 7ª Avenidas)

Perfeito para quem busca funcionalidade. Fica a uma quadra e meia da Penn Station (onde chegam os trens dos dois principais aeroportos, JFK e Newark), tem quartos pequenos mas confortáveis e, tcharam!, café da manhã incluído. De quebra, a rua 34 -- melhor lugar para compras em Nova York -- está a três quadrinhas, perfeitamente percorríveis mesmo carregando muitas sacolas. Tem nota 8,3 no Booking. Confira preços aqui.

9 | NYMA (W32 entre 5ª Avenida e Broadway)

A duas quadras da Penn Station e também a duas quadras das grandes lojas da rua 34, eis outro hotel que permite que você economize o táxi do aeroporto e, quem sabe, desista de perder aquele dia indo ao outlet. Outro ponto a favor: o café da manhã está incluído nas diárias. Os apartamentos têm decoração antiquada, mas são confortáveis. Tem nota 8 no Booking. Confira preços aqui.

10 | WASHINGTON SQUARE HOTEL (Washington Square, a uma quadra da 5ª Avenida)

A localização é adorável: no coração do Village, em frente a uma das praças mais gostosas de Nova York, e a no máximo 20 minutos de proveitosas caminhadas aos bairros mais bacanas de Downtown -- Union Square, Meatpacking, Chelsea, Soho, Nolita, East Village. Os quartos são um pouco caros para o tamanho, mas a situação do hotel -- e o café da manhã incluído -- compensam. Tem nota 8,4 no Booking. Confira preços aqui.

Chelsea

Chelsea

10 sugestões de hospedagem cool

Se além de localização e preço, você também procura aquele hotel com um "it" a mais, aí vai uma listinha de 10 hotéis, a maioria supernovos, que valem a pena você incluir na sua pesquisa.

CITIZEN M NEW YORK TIMES SQUARE (W50 entre Broadway e 8ª Avenida)

Novíssimo, é o primeiro endereço americano desta rede que tem hotéis de grande sucesso em Amsterdã e Londres. Os ambientes são charmosos e igualitários; os quartos são pequenos mas fotogênicos, e há uma academia superbem montada (com área específica para ioga) à disposição dos hóspedes (o que é raro num hotel de perfil mais econômico). A Broadway está à porta, e a Times Square, a 4 quadras. Nota no Booking: 9. Confira preços aqui.

ROOM MATE GRACE (W45 entre 6ª e 7ª Avenidas)

A rede espanhola Room Mate é craque em fazer hotéis joviais e divertidos. Este está praticamente encravado em Times Square. O mimo extra são as saunas seca e a vapor e a piscina coberta, ótimas para se recuperar das caminhadas por Manhattan. Nota no Booking: 8. Confira preços aqui.

ANDAZ 5th AVENUE (5ª Avenida entre E41 e E42)

Andaz é a rede de hotéis-boutique do grupo Hyatt, criada meio que à semelhança dos hotéis W (da Starwood), mas com preços um pouco melhores. A localização é discreta mas excelente: em frente à New York Library (e ao Bryant Park), e a uma quadra da Grand Central Station, por onde passam praticamente todas as linhas de metrô. Nota no Booking: 9,1. Confira preços aqui.

THE HIGH LINE HOTEL (10ª Avenida entre W21 e W22)

A localização é ispectécuilar: praticamente debruçado no High Line Park, a duas quadras do melhor trecho de Chelsea e a cinco minutos do fervo do Meatpacking District. O hotel é supernovo, mas ocupa a antiga área residencial de um mosteiro. Por fora você não dá nada pela fachada gótica, mas por dentro os ambientes são charmosérrimos (quando esteve hospedado por lá, Sig Bergamin instagramou intensamente). No Booking a nota é 8,6. Confira preços aqui.

AMERICANO (W27 entre 10ª e 11ª Avenidas)

O sucesso do High Line Park está transformando o entorno: não param de surgir novos edifícios entre o antigo elevado e o rio Hudson. Este hotel-butique é para quem quer curtir a área sem cacifar as diárias salgadíssimas do ícone The Standard. O Americano fica na outra extremidade do elevado, na região da última expansão do High Line. A nota no Booking é 8. Confira preços aqui.

POD 39 (E39 entre 3ª Avenida e Lexington)

Se você está procurando um hotel econômico e com personalidade, não deixe de conferir as tarifas do Pod 39. Segundo endereço da rede Pod, esta filial tem uma grande vantagem: todos os apartamentos têm banheiro privativo. Mas os quartos são minúsculos -- sejam os de solteiro, os de beliche ou os com cama de casal. O astral é de hostel bacana. Fica a meio camnho entre o East Village e Times Square. Nota no Booking: 8,3. Confira preços aqui.

ACE (W29 entre 5ª Avenida e Broadway)

Hipsters se sentem em casa neste hotel que tem jeito de Brooklyn-em-Manhattan e virou um hub de gente criativa (e já começa a espalhar filiais pelos Estados Unidos). Funciona num prédio histórico, que teve sua arquitetura respeitada. Os ambientes sociais são ligeiramente bagunçados, de propósito, para dar um ar gasto, de brechó. Cada apartamento tem sua própria decoração. Não está na porta de Chelsea, mas dá para ir a pé. Nota no Booking: 8,6. Confira preços aqui.

THE STANDARD EAST VILLAGE (Bowery entre E5 e E6)

Irmão mais novo do Standard do High Line, deixa você de boa para curtir os restaurantes e a noite do East Village e do Lower East Side. Assim como no outro endereço, o skyline de Nova York faz parte da decoração; todos os apartamentos tem vidros do chão ao teto. No Booking a nota é 8,5. Confira preços aqui.

THE OUT NYC (W42 entre 10ª e 11ª Avenidas)

Vizinho do Yotel, o The Out NYC é o maior hotel de Nova York dedicado ao público GLS -- aproveitando o fato da região onde está localizado, Hell's Kitchen, ter se tornado o novo território gay de Manhattan, depois do aburguesamento de Chelsea. Tem academia, banheiras de hidromassagem e bares animados; os preços costumam ser bons. No Booking a nota é 8,4. Confira preços aqui.

THE JANE (Jane St. entre Washington e West Ave.)

OK, você procura um hotel baratíssimo e bem-localizadíssimo em Manhattan. Eu consigo para você -- desde que você faça uma pequena concessão. Se conseguir se imaginar hospedado num hotel com banheiro compartilhado, The Jane é a solução para os seus problemas. A localização é ecsépchonal: no Meatpacking District, o bairro do momento, ao pé do High Line Park. Os quartos são pequeninos (parecem cabines de navio). Os banheiros ficam no fim do corredor e são limpos constantemente. De vez em quando aparecem tarifas de US$ 99, o que é incrível para Nova York. A nota no Booking é 7,8. Confira preços aqui.

Leia mais:

24 comentários

Cândida Silva

Passei 8 dias de abril, aproveitando os feriados de Páscoa e Tiradentes, em NY e fiquei hospedada no NYMA. Adorei a localização, ia a pé fazer comprinhas na rua 34, também a pé fui assistir ao jogo de basquete no Madison Square, da janela do meu quarto via o Empire State e todos os dias dava um "confere" na fila para subir ao observatório. Num fim de tarde, quando voltava ao hotel, desci do bus na esquina e vi que a calçada do Empire estava vazia! Era o momento pelo qual esperava para subir. O café da manhã está incluído, mas é beeeeem simples, bom para os que estão de dieta. Na esquina da 32 com a Broadway, tem um restaurante do hotel Radisson, muito bom, chamado Martinique. Almocei e jantei lá várias vezes, tudo que comi estava bom. A rua 32 também é conhecida como Korea Way, pra quem curte comida Koreana, são muitos restaurantes com essa culinária, desde os mais simples aos mais arrumadinhos. Me hospedaria lá de novo.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Eu vou para lá em setembro e reservei o hotel NYMA. Alguém conhece?? Vejam o site: http://thenewyorkmanhattanhotel.com
Acho que a localização é boa. Perto do Empire State...

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Pesquisando muito os preços pela internet, consegui pelo Travelocity fazer uma reserva no The Out por $ 120 a diária! Como só vi depoimentos favoráveis no Tripadvisor, estou bastante ansiosa para minha estadia, que será em setembro!

Thiago Parente

Os preços em junho me surpreenderam. Vi o Renaissance 57 com diárias de 179,00.

Claudio Garcia

O broadway@timessquare e o the hotel@timessquare da rede Apple Core hotels são super bem localizados, com ótimo café da mannã, wifi gratuita e preço bom, dependendo da época. Ficamos 11 dias lá reservando pelo site deles sem nenhum problema.

Neid Martins
Neid MartinsPermalinkResponder

Seguindo sugestões daqui, estive no Hudson NY entre 05 e 15/05/2014 no quarto 611. Não voltaria. Extrapola o limite de espaço mínimo. Até utilizar o vaso do banheiro se torna desconfortável. Inviabiliza até mesmo aproveitar as comidinhas e lanchinhos prontas que se poderia trazer para o quarto. Não vale nem pela localização já que locomover-se por NY é tão fácil. Reconsidere....

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Oi Viajantes e Boia:

uma amiga me indicou um site de reserva chamado TravelPony. Alguém daqui já usou? É confiável?

Desde já, obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naila! Ainda não recebemos comentários de leitores sobre este site smile

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Ok, Bóia

Obrigada!

Priscila Cunha

Oi, equipe do VNV!
Acabei de chegar de Nova York. Foi uma experiência sensacional! Fiquei no Courtyard New York Manhattan/Chelsea. Hotel novo, com bom preço e muito perto da Penn Station, estação de trem/metrô grande e com ótimas opções de comida barata!
Depois da dica de hotel, outra que descobri por amigos no Face e não me lembro de ter visto algo parecido por aqui: fotografia profissional em viagens.
Em Nova York, me indicaram a Clicked NYC. O serviço é simples: sair por Nova York fotografando (ou aprendendo a fotografar) ou simplesmente, conhecer lugares e ter um registro fotográfico da visita. Acabei fechando os dois. Achei legal por muitos motivos: primeiro, o fotógrafo é brasileiro e vive na cidade há 13 anos. Então, pude ter uma visão menos turística e mais nova iorquina de tudo. Peguei várias dicas boas de fotografia, lugares para comer, comprar e até remédio, quando precisei! (rs)
Para quem viaja de casal (foi o meu caso), é ótimo não ter que ficar fazendo malabarismo com câmera para fazer selfie ou ter de parar um desconhecido e pedir para fazer foto toda a hora. E outra: as fotos ficaram sensacionais! Como não sou boa fotógrafa, sempre tenho a sensação de que minhas fotos não fizeram jus ao que eu vi. Mas dessa vez, foi muito legal! Essa experiência de ter um registro profissional não foi cara e foi interessante demais!Foi a primeira vez que eu fiz isso e foi sensacional! Não é jabá “pega turista”, recomendo mesmo!
Nunca tinha visto isso antes. Conheço só esse serviço em NYC. Aproveito para perguntar se alguém conhece algo semelhante em outras partes do mundo. Seria legal fazer isso mais vezes.
Obrigada!
Abraços!

Esther
EstherPermalinkResponder

Poderias me passar o contato e o valor cobrado ??? Obrigada

Leela
LeelaPermalinkResponder

Ultimamente em todos os paises existe esse tipo de programa! Em Buenos Aires se chama Foto Ruta Buenos Aires. Tambem tem em Roma, Paris, Barcelona, Madrid e Lisboa! Quando quiseres fazer é só procurar o telefone no Booking

July Barreto
July BarretoPermalinkResponder

Fiquei 11 dias em NYC no inicio de dez/13;
Eu e um amigo nos hospedamos no Hostel - West Side YMCA;
quarto com beliche, 1 armário, escrivaninha, ar condicionado;
o nosso quarto ficava próximo aos banheiros (uso coletivo , 4 box ducha,4 box sanitários),banheiros sempre limpos e diariamente limpeza/arrumação do quarto
ótima localização, da nossa janela dava p/ ver o central park, prox. Lincoln Center, tem metrô aprox. 2 quadras, boas lojas ,com uma caminhada de 30 min pelo central park fomos ao Metropolitan Museum ou chegávamos até a Times Sq.
em uma próxima viagem econômica, me hospedaria tranquilamente lá;
até mais

Maisa
MaisaPermalinkResponder

Fomos a NY pela primeira vez em maio/14, ficamos no Holiday Inn Manhattan West Side, na 48th St. Tem uma boa localização e café da manhã incluído. As diárias tem um bom custo-benefício, vale a pena pesquisar tb.

Adriana Almeida

Ricardo, vou a NY em dezembro. Seremos 8 pessoas, sendo 4 adultos e 4 crianças. É possível, melhor e mais econômico hospedarmos num apartamento? Quais vantagens e desvantagens?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! O bacana de alugar um apartamento é viver um pouco a vida dos nativos. No caso de Nova York, alugar um apartamento também costuma sair bem mais em conta do que se hospedar em um hotel. Se estiver pensando em alugar via AirBnB, leia: https://www.viajenaviagem.com/2014/05/airbnb-versus-nova-york-nova-sentenca/
Em um apartamento você precisa se preocupar em cozinhar, limpar a casa, trocar as toalhas. Em um hotel, você tem todas as mordomias e pode contar com a ajuda da recepção para qualquer galho smile

BRENO MENDES
BRENO MENDESPermalinkResponder

Amigos,

Cheguei a pouco de NY e conheci um Brasileiro muito gente boa e de confiança. Ele tem carro particular e faz traslados para Aeroporto, Outlets, Restaurantes. O que ele cobra economizamos muito mais com suas dicas. Nos levou em um Outlet de NJ muito barato, restaurantes tb muito bons e baratos, diferentemente dos caros indicados por turistas. Quem tiver interesse indico, o nome dele é Roberto, e-mail betosmesquita@msn.com. Abs

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá, Breno! O Roberto é um contato de confiança? Fiz contato e ele tem preços ótimos, mas como estou indo apenas com uma amiga queria saber se podemos confiar!
Obrigada
Daniela

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Vc pode ir do aeroporto para o hotel de transporte público ou metrô. E vc pode ir para os outlets (NJ Gardens e Woodbury) de ônibus saindo do Port Authority. Andar por Manhattan é super tranquilo ainda mais se vc ficar no setor turístico (times square). É claro que é uma questão de gosto, mas eu (na minha opinião) não vejo necessidade alguma de guia em NY. É só pegar as indicações do que quer fazer (endereço, preço, horários) e fazer o percurso a pé ou de metrô. Piece of cake. smile

Daisy
DaisyPermalinkResponder

estive em Nova York de 29/08 a 07/09/2014. suas dicas foram essenciais para o sucesso e delicias da cidade Ficamos em um hotel na 7av, com a 51 st , vizinho do cafe com os garçons cantores< maravilha!!!!!!!!!!! Adorei e sugiro a quem for a big apple ir a sorveteria Grom fomos 1796 Broadway
Nova Iorque, NY 10019
Estados Unidos
entre as Columbus Cir e 58th St em Midtown West. é tudo de bom.
Obrigada pela ajuda foi muito bom!!!!!!!!!!!!

Marina da Silva Neiva

Olá Bom Dia!
Estou fazendo reserva de hotel para NYC. Gostaria de saber se alguém já se hospedou no Carvi e no Avalon, estou em duvida entre estes dois.

Obrigada,
Marina

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! São hotéis bem comentados pelos leitores. Para saber mais sobre eles, você pode ler as resenhas dos ex-hóspedes do Carvi Hotel e do Hotel Avalon no Booking.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Já estive em NY em quatro outras ocasiões e pelos seus post estou vendo que ainda há muito o que ver. Super obrigada pelas dicas!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar