Argentina aberta para brasileiros: El Calafate

Argentina reaberta: veja as exigências de entrada por avião e via terrestre

Desde 1º de outubro a Argentina está aberta para brasileiros. A medida veio em boa hora para planejar viagens de verão a Buenos Aires, Mendoza e a destinos da Patagônia, como Ushuaia e El Calafate.

As fronteiras terrestres entre Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú, e entre Uruguaiana e Paso de Los Libres e entre Dionísio Cerqueira e Bernardo Irigoyen também abriram. As outras fronteiras terrestres entre o Brasil e a Argentina ainda permanecem fechadas.

Veja neste post as exigências para viajar à Argentina.

ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE: 19 DE JANEIRO DE 2022

Exigências para viajar à Argentina

Exigências de entrada na Argentina em vigor desde 1º de novembro:

  • Estar vacinado há pelo menos 14 dias com 2 doses de AstraZeneca, Coronavac ou Pfizer, ou a dose única da Janssen
  • Fazer um teste RT-PCR com 72 horas de antecedência do embarque
  • Fazer um seguro-viagem que cubra covid
  • Preencher previamente a declaração juramentada no site do governo argentino
  • Fazer um novo teste PCR em solo argentino, entre o 3º e o 5º dia da viagem

Menores de 18 anos

  • Entre 6 e 17 anos é preciso apresentar RT-PCR coletado dentro das 72 horas antes do embarque e fazer novo teste PCR na Argentina entre 3º e o 5º dia dia viagem
  • Até 5 anos não é preciso apresentar RT-PCR para embarque

Atravessando por fronteira terrestre

As exigências são as mesmas da entrada por via aérea.

Apenas em Foz do Iguaçu os visitantes que atravessem apenas para passar o dia e voltar não precisam fazer seguro-viagem. Mas precisam apresentar PCR negativo e declaração juramentada.

Moradores de cidades de fronteira

Moradores de Foz do Iguaçu, Paso de Los Libres, Dionísio Cerqueira e de cidades a até 50 km da fronteira estão dispensados de teste e declaração juramentada.

Requisitos para voltar ao Brasil

Para voltar de avião, é preciso apresentar um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Para voltar por via terrestre não é necessário apresentar teste de antígeno.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

    471 comentários

    Bom dia! Sobre o teste a ser feito na Argentina entre os dias 3 a 5 da chagada não seria suficiente um teste de antígeno/autoteste? ou seria mesmo necessário um outro PCR?
    No site do governo argentino só fala em um teste, sem especificar o tipo de teste…
    “Los (…)extranjeros o extranjeras residentes o no residentes que ingresen al país (…) deberán practicarse una prueba diagnóstica de SARS-COV-2 entre los días tercero a quinto de su llegada al país.”

    Estaremos viajando de SP para argentina no final de março 2022.
    Não tem voo direto para nosso destino , El Calafate.
    Temos q descer em Buenos Aires .
    Nos faremos PCR para VOO SP > Buenos Aires . A dúvida é: teremos que fazer um novo PCR em Buenos Aires , antes de embarcar no voo para El calafate ?
    E no retorno para o brasil tbm ????
    Pq ambos não são voo direto .

      Olá, Erica! O segundo PCR na Argentina é feito entre 3 a 5 dias depois da chegada. Para voltar você faz um teste de antígeno.

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.