Bariloche: de barco a Puerto Blest e Cascata dos Cântaros

passeio barco bariloche

Pois é, meus caros, às vezes precisamos aceitar certas condições do clima quando viajamos com um roteiro não flexível. O dia escolhido para fazer o passeio de barco de Bariloche até Puerto Blest estava todo chuvoso e as previsões não mostravam sinais de melhoria. São Pedro não me deu nem 3 minutos de folga, muito menos mandou um raiozinho sequer de sol para animar as fotos. Como quem está na chuva é para se molhar, resolvi encarar a travessia mesmo assim 🙂

passeio barco bariloche

Este passeio nada mais é que a primeira parte do Cruce de Lagos, do ponto de vista de quem parte de Bariloche. O que demonstra o que o comandante Riq Freire sempre diz: que é possível fazer os passeios de barco do Cruce dos dois lados da fronteira sem precisar fazer o Cruce propriamente dito. Este passeio parte do Puerto Pañuelo pela manhã e retorna ao final do dia.

passeio barco bariloche

passeio barco bariloche

Navegamos cerca de uma hora e meia até a primeira parada. Lá você tem a oportunidade de fazer uma breve navegação pelo Lago Frías (pago à parte), um trecho adicional do passeio, em um lago com águas ainda mais verdes que o lago Juan Blest. É lindão 😀

(Curiosidade: e o passeio pelo Lago Frías, o que é? Outro trecho do Cruce…)

passeio barco bariloche

Retornamos para o almoço e seguimos para a Cascata dos Cântaros. São cerca de 650 degraus até o último mirante da cachoeira, mas já é possível escutar o barulho da queda d’água desde os primeiros passos. A chuva apertou pra valer nessa hora e um tristonho “aahhh” ecoou (eu sei que essa é uma das regiões mais chuvosas da Argentina, mas a gente sempre fica com uma pontinha de esperança que o tempo vá melhorar). Persisti por quase 500 degraus, mas ao perceber que toda a minha mochila e meu equipamento fotográfico estavam bem molhados, achei melhor retornar ao barco e salvar o cartão da memória da câmera 😛

passeio barco bariloche passeio-barco-bariloche-03passeio-barco-bariloche-14

Vale apelar para vários recursos: consultar a previsão do tempo, enviar um memorando a São Pedro, procurar uma app de sol instantâneo… Tudo isso para garantir bons momentos durante sua navegação até Puerto Blest.

passeio barco bariloche

Oferecido pela Turisur, esse passeio custava, em agosto de 2012, 300 pesos (65 dólares pela cotação das casas de câmbio) e não inclui o trecho opcional pelo Lago Frias, que custava mais 100 pesos (22 dólares pela cotação das casas de câmbio), nem os 63 pesos de taxas de ingresso ao Parque Nacional (14 dólares). O almoço que custa cerca de 120 pesos (26 dólares pela cotação das casas de câmbio). Lembre-se de levar dinheiro em espécie para todos esses gastos extras, pois cartão de crédito não é aceito em nenhum momento.

passeio barco bariloche

Se você tem interesse em conhecer mais detalhes sobre o Cruce de Lagos, não deixe de consultar o post super completo que Riq Freire publicou em 2010 relatando sua experiência durante a travessia no verão:


passeio barco bariloche

Outro passeio de barco bem conhecido na região — e que não faz parte do Cruce! — é o passeio até Isla Victoria e Bosque de Arrayanes, já do ladinho de Villa La Angostura. Esse tour, realizado pela operadora Cau Cau, dura aproximadamente meio dia e inclui traslado e uma pequena caminhada na ilha. Não sobrou nem um tempinho para fazer esse passeio — por isso, se você quiser conhecer mais detalhes sobre o passeio até a Ilha Victória, não deixe de consultar os relatos da turma:

E você? Já fez passeios de barco em Bariloche? Conta pra gente como foi a sua experiência 🙂

Este passeio foi uma cortesia da Emprotur de Bariloche e da Turisur.

Leia mais:

27 comentários

Olá fiz este passeio este ano abril 2019, tempo estava maravilhoso melhor impossível muito sol sem chuva de bermuda e camiseta, sou do interior de São Paulo fui de motocicleta, 10 mil km e 25 dias 4 pazes. Vim por Mendoza desci a cordilheira ate Hua hum via balça ate vila lá Langostura e Bariloche. B Aires

Fiz este passeio e demos sorte e pegar um bom tempo, apesar do frio! As bolachinhas para as garças eles estavam dando de graça, mas não tive sorte delas pegarem na minha mão! O passeio foi maravilhoso, fiz com o adicional do Lago Frías e vale super a pena. No local que eles param para almoçar, tem mesas disponíveis e várias pessoas haviam levar sua própria comida, então elas podiam comer ali mesmo sem nenhum problema ou constrangimento. O restaurante aceitava reais também. Comprei os ingressos pela Zig Zag Travel, que cobrou a mesma coisa que é cobrado na porta. A fila é bem demorada apesar de pequena, então é bom ir com antecedência ao horário do passeio. Brasileiros tem um descontinho pelo mercosul nos ingressos, porém nem faz tanta diferença (se não me engano eram 10 pesos de desconto).

Pois é, fiz esse passeio em 2005, e o tempo também não ajudou. Vou tentar novamente, em junho desse ano , mas fico em dúvida se o da Isla Vitória não é mais bonito… dois passeios de barco eu acho repetirivo e caro

Olá, Bóia, gostaria de saber se esse passeio e tudo o mais poderia ser pago em notas de DOLAR, trocando-se o mínimo possível por Pesos Argentinos. Câmbio é uma coisa que me estressa em viagem. Um abraço e obrigado pelas dicas formidáveis.

    Olá, Márcia! Em princípio em Bariloche todos os passeios poderão ser pagos em dólares ou reais. Pergunte sempre qual a cotação oferecida. Se for baixa, troque no paralelo e pague em pesos.

Olá Bóia….fiz a tão esperada viagem…Foi tudo um pouco apertado e cansativo até pelas condições financeiras mas deu pra fazer quase tudo que eu queria…..
Fiz o seguinte: dias 14,15 e 16 em El Calafate (Passeios:…Todos Os Glaciares dia 15 e Glaciar Perito Moreno dia 16)………No dia 16 mesmo embarquei para Bariloche de ônibus (viagem longa e cansativa, porem com uma rota e lugares muito bonitos como a cidade de Esquel por exemplo. Fiquei o final do dia 17, 18 e 19 em Bariloche…Infelizmente não consegui ir no cerro catedral nem no cerro otto…estava fechado nos dois dias porque ventava muito, mas a cidade é linda…peguei de tudo: sol, chuva, vento, muito frio e neve…tirei muitas fotos. No dia 20 fiz o Cruce Andino de Bariloche a Puerto Varas no Chile. Apesar de ser inverno e o tempo estar um pouco ruim e encoberto, o passeio é muito lindo principalmente a sensação de atravessar a cordilheira dos Andes (com muita neve) de um país para o outro. Fiquei o resto do dia 20, 21 e 22 na linda Puerto Varas. No dia 22, com o tempo muito bom fui a charmosa Frutillar, onde pude finalmente ver e tirar muitas fotos dos Vulcões: Tronador, Pontiagudo, Calbuco e o imponente vulcão Osorno. No dia 23 voltei de ônibus por uma outra rota muito bonita para Bariloche onde estava -4 graus com sensação térmica de -11 as 4 horas da tarde e com o tempo bom…e então anoite voltei a Buenos Aires/Brasil. Hoje posso dizer que tenho a honra e a felicidade de ter conhecido a Patagônia Argentina/Chilena….Imagens lindas que nem as fotos podem descrever e que eu nunca vou esquecer…Obrigado por tudo…Edson.

Olá, quais agencias fazem a rota de onibus de el calafate pra bariloche e quanto custa ?. Sei que é muito longe mas de avião é muito caro e não tem voo direto, tambem demore bastante.

Olá pessoal, poderiam me dizer quantas agencias em El Calafate que fazem os passeios: Glaciar Perito Moreno e Todos los Glaciares.
Obrigado…Edson

    Olá, Edson! Você pode comprar qualquer passeio que esteja sendo oferecido em qualquer agência. O seu hotel pode arranjar isso.

Oi,
Eu e meu marido estaremos em Bariloche com um pacote da CVC de 8 dias e 7 noites, somos um casal de 61 e 63 anos, gostaríamos de ter uma idéia de que passeios fazer para nossa idade, não somos muito aventureiros. Li vários comentários nesse blog sobre que moeda levar e fiquei na dúvida, estamos pensando em levar pesos (dinheiro vivo para pequenos gastos) e o cartão travelmoney com pesos, e um cartão de crédito liberado para qualquer eventualidade.
Nosso hotel está próximo da Mitre (Hotel Alpenglow),temos costume de apenas almoçar e fazer um lanche a noite ou vice-versa, vc poderia me dar uma idéia de quanto levar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.